Novos pontos de fiscalização eletrônica começam a operar nesta segunda, 07/01/2019

A partir desta segunda-feira, 07/01/2019, seis novos pontos de fiscalização eletrônica de velocidade com radares fixos começarão a operar em Mogi das Cruzes, autuando os motoristas que passarem pelos locais acima do limite de velocidade estabelecido. A medida busca aumentar a segurança no trânsito da cidade e prevenir acidentes com risco à vida da população. Os equipamentos foram instalados em setembro e já passaram por aferição dos órgãos técnicos responsáveis.

Os pontos de fiscalização eletrônica ficam nas duas pistas da avenida Francisco Ferreira Lopes, no trecho que corta a Vila Jundiaí; na rua Doutor Deodato Wertheimer, no Mogi Moderno; na avenida Júlio Simões, na Vila Cecilia; na avenida Prefeito Carlos Alberto Lopes, no Jardim Camila; e na avenida Japão, no trecho conhecido como “Curva da Morte”.

A Secretaria Municipal de Transportes implantou banners em todos os locais para alertar os motoristas. Desde o mês de setembro, os locais já estavam identificados com a informação sobre a implantação dos dispositivos, que foi feita após estudos desenvolvidos pela pasta.


Equipamentos passarão a autuar nesta segunda-feira os motoristas que passarem acima da velocidade e locais receberam faixas alertando sobre a fiscalização. Foto: Junior Lago/PMMC

A função da fiscalização eletrônica, antes de tudo, é a prevenção de acidentes e educação do motorista, sobre o perigo que o excesso de velocidade causa, principalmente para os pedestres. Por isso, durante todo o período de implantação, que quatro meses, os locais foram indicados alertando para a presença do radar e, agora, novamente este trabalho está sendo feito com o início da fiscalização. É importante lembrar ainda que todos os pontos estão devidamente sinalizados, de acordo com a legislação de trânsito”, explicou o secretário municipal de Transportes.

A implantação dos novos pontos de fiscalização eletrônica faz parte de uma série de ações da Prefeitura de Mogi das Cruzes dentro do programa Mogi pela Vida, que busca o aumento da segurança viária, prevenção de acidentes e diminuição no número de mortes no trânsito na cidade. A iniciativa também abrange ações de sinalização, engenharia de tráfego e educação para o trânsito.

A relação com todos os pontos de fiscalização eletrônica em Mogi das Cruzes está disponível no site da Prefeitura.

Confira os pontos que receberão fiscalização eletrônica:

Rua Doutor Deodato Wertheimer, 2.376/2.378 – C/B e B/C – 40 km/h
Avenida Prefeito Carlos Alberto Lopes, 650/655 – C/B e B/C – 40 km/h
Avenida Francisco Ferreira Lopes x Rua Alberto Alves – B/C – 60 km/h
Avenida Francisco Ferreira Lopes, 4.410 + 40 m – C/B – 60 km/h
Avenida Júlio Simões, 302 – B/C – 50 km/h
Avenida Japão, 3.982 + 850 m – C/B – 40 km/h

Anúncios

Travessias iluminadas são implantadas e melhoram a segurança dos pedestres

A Prefeitura de Mogi das Cruzes está implantando faixas de pedestres iluminadas em locais com grande movimentação de pessoas. Ao todo, 45 pontos receberão o benefício que faz parte de um convênio entre a administração municipal e o Detran, por meio do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, para a melhoria da segurança das ruas e avenidas na cidade. Oito pontos já estão em funcionamento.

Já estão em funcionamento seis pontos de travessia iluminada na avenida Francisco Rodrigues Filho. Eles estão em frente ao Terminal Rodoviário Geraldo Scavone, na altura da avenida Lourenço Della Nina Tavares, em frente ao Parque Centenário, próximo ao encontro com a avenida Ricieri José Marcatto e em pontos em que a avenida cortam a Vila Suíssa e o Botujuru. Os outros pontos já beneficiados estão na avenida Lothar Waldemar Hoehnne, na altura dos números 3.000 e 3.139, no Rodeio.


Travessias iluminadas aumentam a segurança dos pedestres no período noturno e estão sendo instaladas em locais como a avenida Francisco Rodrigues Filho. Foto: Divulgação

“As faixas iluminadas são um avanço para o trânsito de Mogi das Cruzes, uma vez que dão mais visibilidade para a travessia e mais segurança para os pedestres atravessarem no período noturno. Foram escolhidos locais com grande movimentação de veículos e pessoas e, assim, conseguimos diminuir o risco de acidentes”, destacou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

O secretário lembrou ainda que as faixas iluminadas são inéditas em Mogi das Cruzes e que nas demais travessias que receberão a iluminação estão em andamento os trabalhos de implantação dos postes e da preparação do sistema elétrico.

A implantação faz parte de uma série de investimentos da Prefeitura para ampliar a segurança dos pedestres e a acessibilidade em Mogi das Cruzes. Já foram implantadas 54 rampas de acessibilidade de um total de 86 locais que serão beneficiados, entre o convênio assinado com o Detran e recursos de emenda parlamentar, e 11 lombadas.

Além disso, a cidade já ganhou 6 lombofaixas que ficam na rua Professor Álvaro Pavan, na avenida Anchieta, nas praças Sacadura Cabral e da Bandeira e no largo Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira. Além disso, outras cinco serão implantadas.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Lei que regulamenta o transporte por aplicativos em Mogi é sancionada

O prefeito Marcus Melo sancionou, na manhã desta quarta-feira, 21/11/2018, a lei municipal que regulamenta o transporte de passageiros por aplicativos em Mogi das Cruzes. A legislação foi aprovada pela Câmara Municipal no dia 6 de novembro e a solenidade aconteceu no gabinete, com a presença de vereadores e representantes da categoria.

Com a nova legislação, os motoristas de aplicativos poderão atuar legalmente na cidade, de acordo com os parâmetros estabelecidos. Anteriormente, os motoristas estavam atuando beneficiados com liminares judiciais. A Prefeitura deverá ainda editar um decreto regulamentando pontos da nova lei. A previsão é que isso seja feito em cerca de 15 dias.

É uma conquista para a cidade como um todo. Esta foi uma lei construída com muito diálogo, debatida com a categoria, com os vereadores e com todos os interessados. O sistema de aplicativos é uma tendência em todo o mundo e é importante que toda a população tenha as opções de táxis, que realizam um bom trabalho há muito tempo na cidade, e de aplicativos para poder se locomover”, destacou Marcus Melo.

O prefeito lembrou ainda que a regulamentação possibilitará um maior acompanhamento da Prefeitura com relação ao trabalho oferecido à população. A fiscalização ficará a cargo da Secretaria Municipal de Transportes.

Com esta regulamentação, poderemos entender melhor o trabalho que é realizado, monitorar e fiscalizar. As pessoas se apropriaram deste novo sistema de transporte e tendo a atividade regulamentada os profissionais poderão trabalhar com mais tranquilidade”, disse.

Prefeito Marcus Melo destacou que a legislação sobre o transporte com aplicativo foi amplamente discutida, com a participação dos vereadores e profissionais. Foto: Junior Lago/PMMC

O presidente da Câmara Municipal, Pedro Komura, também destacou o período de discussão que antecedeu a elaboração do projeto de lei que foi enviado à Câmara Municipal. No Legislativo, foram incluídas cinco emendas no texto, que foi aprovado por unanimidade pelos vereadores.

Foram muitas audiências e discussões para chegarmos a um denominador comum. É algo irreversível, uma nova era no transporte de passageiros. Um avanço e quem ganha é a comunidade que tem mais opções para se locomover”, disse.

As Operadoras de Tecnologia de Transporte Remunerado Privado (OTTs) farão o cadastro dos motoristas. As empresas também serão responsáveis pelo pagamento mensal da taxa de manutenção do aparato de fiscalização, no valor de 0,5 UFM, o correspondente a R$ 83,64, por veículo.

De acordo com a legislação, os motoristas deverão cumprir alguns requisitos, como apresentar documentação pessoal, comprovante de residência atualizado ou declaração com firma reconhecida em nome do motorista na cidade, e Certidão Negativa de Execuções Criminais da Comarca de Mogi das Cruzes e atestado de sanidade física e mental.

Já os veículos, entre outras questões, deverão ter até 6 anos de idade, não podem ter sofrido alterações nas características de fábrica, estar em nome do condutor a ser cadastrado como motorista parceiro ou contrato de leasing no qual configure o condutor como único arrendatário perante a instituição financeira e devem ser aprovados em vistoria.

Também participaram da cerimônia de sanção os vereadores Mauro Araújo, Antonio Lino, Diego de Amorim Martins e Jean Lopes, os secretários municipais de Transportes, José Luiz Freire de Almeida, de Governo, Marco Soares, e do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores com Aplicativos de Transporte do Estado de São Paulo, Leandro da Cruz Medeiros, o presidente do Sindicato do Transporte Rodoviário de Mogi das Cruzes, Félix Serrano, e o presidente da Associação do Alto Tietê de Motoristas por Aplicativo, Geovane Ricardo de Melo.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Ruas da Vila Industrial terão mudança de trânsito nesta terça, 09/10/2018

O trânsito nas ruas Borges Vieira e Vereador Doutor Abílio de Mello Pinto, na Vila Industrial, terá alterações nesta terça-feira, 09/10/2018. O objetivo da Secretaria Municipal de Transportes é melhorar a mobilidade urbana na região e oferecer uma nova opção para os motoristas que desejam acessar o Centro, sem a necessidade de utilização da passagem de nível da avenida Cavalheiro Nami Jafet.

A rua Borges Vieira terá sua mão de direção invertida, passando a circulação a ser feita em direção ao Mogilar. Com isso, a via será uma opção para os motoristas de veículos leves que estão na avenida Cavalheiro Nami Jafet ou na avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar e desejam chegar ao Centro. Veículos pesados, como caminhões e ônibus, não terão a circulação permitida. Já a rua Vereador Doutor Abílio de Mello Pinto terá sentido em direção à avenida Cavalheiro Nami Jafet. Com isso, será formado um sistema binário com a rua Borges Vieira.

Alteração no trânsito das ruas Borges Vieira e Vereador Abílio de Mello Pinto acontecerá nesta terça-feira, 09/10, e a intenção é melhorar a mobilidade urbana. Fonte: Guilherme Berti/PMMC

Hoje, quem está na avenida Tenente Onofre e deseja acessar o Centro precisa ir até pela passagem em nível, acessar as avenidas Governador Adhemar de Barros e Voluntário Fernando Pinheiro Franco e fazer uma volta para chegar a seu destino. Com a alteração, os motoristas poderão seguir em frente até a região do Mogilar. Com isso, pretendemos melhorar o trânsito da região e desafogar significativamente a passagem em nível”, explicou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

Com a intervenção no trânsito, o transporte coletivo também terá mudança. O atendimento da linha E802 (Terminal Estudantes – Vila São Francisco) à Vila Industrial será ampliado e os ônibus passarão a atender um número maior de ruas, facilitando o acesso dos passageiros.

A linha passará a cumprir trajeto pelas ruas Presidente Campos Salles, Capitão Alexandre Grecco, Antonio Ferreira de Souza, Professora Ana Maria Bernardes, Jurandir Bino Ferreira e avenida Cavalheiro Nami Jafet, seguindo trajeto normal pela avenida Tenente Onofre Rodrigues de Aguiar.

A Secretaria de Transportes também vai implantar novos pontos de parada em dois locais da rua Professora Ana Maria Bernardes e em um da avenida Cavalheiro Nami Jafet. Eles substituirão os dois pontos que funcionam na rua Borges Vieira. Outra opção para os passageiros é a utilização do ponto existente na rua Antonio Ferreira de Souza.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Avenida Fernando Costa ganha faixa preferencial para circulação de ônibus

A Secretaria Municipal de Transportes implantou uma nova faixa preferencial para a circulação de ônibus na avenida Fernando Costa, entre a praça do Imigrante e a avenida Japão. A medida completa as melhorias no corredor de saída do transporte coletivo do Centro para as regiões de Braz Cubas e Jundiapeba, que já teve, em julho, a colocação de faixa preferencial na avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco.

Além das duas avenidas, a rua Ipiranga também conta com uma faixa preferencial para o transporte coletivo, implantada no trecho entre a avenida Fernando Costa e as proximidades na rua Lara. A via é o corredor de chegada dos ônibus à região central.

Sinalização da faixa preferencial para ônibus foi implantada pela Secretaria de Transportes na avenida Fernando Costa, entre a praça do Imigrante e a avenida Japão. Foto: PMMC/Divulgação

As ações da Secretaria são feitas com planejamento e, no caso das faixas preferenciais, estamos atendendo os principais corredores para a saída e chegada dos ônibus. Com isso, os passageiros ganham em agilidade para ir para o trabalho, estudo ou para casa”, explicou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

O secretário lembrou ainda que o acompanhamento que vem sendo feito pela pasta aponta que os motoristas vêm respeitando as faixas já implantadas. “O respeito vem sendo positivo. Com esta situação sendo mantida, não será necessária a implantação de faixa exclusiva”, completou.

A Secretaria Municipal de Transportes mantém um acompanhamento constante em busca de melhorias para o transporte coletivo. Neste mês de agosto, as vias próximas ao Terminal Central receberam recapeamento, dentro das obras do Corredor Leste-Oeste. A melhoria do pavimento, além de colaborar para a mobilidade urbana, também têm impacto positivo na circulação dos ônibus.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes