Pedale pelo bem! O GAPC está com inscrições abertas para o Desafio Virtual Julho Verde

Com a pandemia e o fechamento das academias, o ciclismo ganhou espaço entre os adeptos a esportes. Os grupos de pedal deram um salto nos números de novos participantes. Paralelamente, no mesmo período, a demanda de portadores de câncer aumentou e as doações diminuíram. O momento se tornou essencial para abordar a prevenção e a conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce, ao mesmo tempo em que é necessário ajudar instituições como o GAPC a manter seu funcionamento.

As inscrições para o Desafio Julho Verde (Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço) estão abertas até o dia 30 de junho, com valores diferenciados, de acordo com o kit escolhido pelo participante R$ 39,90 ou R$ 65,00, além dos itens a parte que são opcionais. Toda a renda revertida para a compra de itens essenciais (suplemento alimentar, medicamentos, fraldas geriátricas) aos pacientes oncológicos atendidos pelas 5 unidades do GAPC.

O desafio deverá ser realizado entre os dias 01 a 31 de julho/2021 e os participantes deverão enviar um comprovante para a organização após completar a prova.

Para realizar a inscrição acesse o site: http://bit.ly/gapc4x1

CATEGORIAS

Individual – 300 / 400 ou 500 Km

Grupo de 5 integrantes – 2.500 Km

Grupo de 10 integrantes – 5.000 Km

GAPC

O GAPC – Grupo de Apoio à Pessoas com Câncer – é uma Entidade Civil sem fins lucrativos que sobrevive unicamente de doações.

O principal objetivo da instituição é amenizar o sofrimento de pacientes oncológicos, suprir suas necessidades básicas e melhorar sua qualidade de vida.A entidade fornece, gratuitamente, medicamentos, suplementos alimentares, próteses, fraldas geriátricas, terapias alternativas e atendimento social,psicológico, fisioterapêutico, nutricional, dentre outros.

Em 2021, o GAPC completa 20 anos, conta com 5 unidades no Brasil e já atendeu mais de 20.000 portadores de câncer.

Para mais informações acesse: gapc.org.br ou ligue: 4726-6575

Projeto de aluna da Fatec Mogi recebe R$ 300 mil da Fundação Banco do Brasil

A iniciativa solidária de uma estudante do curso superior de tecnologia de Agronegócio da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Mogi das Cruzes, que já venceu uma premiação do jornal Folha de S. Paulo, agora vai receber R$ 300 mil da Fundação Banco do Brasil. Com esse recurso, o #FaçaumBemINCRÍVEL, coordenado por Simone Silotti, vai doar 2,5 mil cestas básicas à população carente dos municípios de Mogi, Suzano e Biritiba Mirim, todos na Região Metropolitana de São Paulo.

Como Simone se associou à Cooperativa dos Produtores Rurais de Jundiapeba e Região (Cooprojur) para que seu trabalho ganhasse escala, o valor será entregue a essa entidade. Segundo ela, serão distribuídos nove quilos de frutas, verduras e legumes e outros nove de arroz, feijão, açúcar e farinha para cada família, além de alguns itens de higiene.

Valor custeará 2,5 mil cestas a famílias em situação de vulnerabilidade; projeto do curso de Agronegócios já doou 200 toneladas de alimentos. Foto: Governo do Estado de São Paulo

A Fundação Banco do Brasil, que tradicionalmente apoia projetos de agricultura familiar, buscava organizações em todo o Brasil para dar continuidade à campanha Proteja e Salve Vidas, que em 2020 distribuiu R$ 14,2 milhões, beneficiou 5,5 mil agricultores familiares e atendeu 255 mil pessoas em situação de vulnerabilidade.

Nós buscávamos alguém que tivesse coragem, mobilização, logística, capacidade de articulação, rede de produção”, enumera a assessora da Fundação, Rosângela D’Angelis Brandão, ao explicar a escolha do projeto liderado pela aluna da Fatec.

Combate à fome

A iniciativa de Simone consiste em comprar os alimentos que os agricultores de Mogi das Cruzes não conseguiram vender e entregá-los para Organizações Não-Governamentais (ONGs) e comunidades carentes. Doações feitas por empresas e por pessoas físicas custeiam a operação. Assim, o projeto ajuda os produtores rurais e combate à fome.

Até hoje já foram distribuídas cerca de 200 toneladas de produtos agrícolas, principalmente hortaliças, em 13 municípios da Região Metropolitana de São Paulo, Cubatão, Praia Grande, Taubaté e Campinas.

Além de evitar o desperdício de alimentos levando comida à mesa de quem mais precisava, a iniciativa também ajudou a evitar demissões no campo. “Na horticultura, 40% dos trabalhadores são mulheres, muitas delas negras, de baixa escolaridade e chefes de família”, explica Simone.

Apenas para citar um exemplo, em março, o #FaçaumBemINCRÍVEL doou meia tonelada de cogumelos à Gastromotiva, uma organização que oferece formações profissionais para que seus alunos se tornem empreendedores, auxiliares e chefs de cozinha, replicadores da sua metodologia. Durante a pandemia, essa entidade montou seis cozinhas solidárias, que atendem a população de rua e comunidades carentes.  Os cogumelos foram usados em 14 mil refeições, ao longo de duas semanas. Além disso, foi preciso compartilhar a doação com quatro parceiros para que nada fosse desperdiçado.

Simone quer ampliar as doações para cozinhas solidárias e diz que é preciso atrair empresas para patrocinar essas ações. “Isso evita demissões e prejuízo no campo e combate a fome”, afirma. Rosângela alerta para um outro aspecto: “Sem capital, os produtores rurais podem não conseguir plantar futuramente e isso pode desabastecer o mercado interno”. Ela explica que é a agricultura familiar que produz o que o brasileiro consome. Os grandes produtores destinam a maior parte da produção para exportação.

Além de se associar à Cooprojur, Simone também decidiu iniciar um MBA (sigla de Master of Business Administration) sobre Gestão de Projetos na Universidade de São Paulo (SP) para ganhar mais conhecimentos e dar continuidade à iniciativa que já ajudou tanta gente. O #FaçaumBemINCRÍVEL está concorrendo ao prêmio Empreendedor Social do Ano-Legado Pós-Pandemia, da Folha de S. Paulo, que conta com votação popular, e a um prêmio da Bloomberg Philanthropies.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Bazar Solidário 2018 será realizado nos dias 12 e 13 de dezembro

Nos dias 12 e 13 de dezembro, o Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes promove a edição 2018 do Bazar Solidário. O evento será realizado no salão social do Clube de Campo de Mogi das Cruzes e vai oferecer, ao longo de dois dias, diversas opções de produtos e presentes, com preços atrativos e design criativo.

O bazar deste ano contará com um total de 50 expositores, que estarão comercializando produtos dos segmentos de artesanato, bijuterias e acessórios, cosméticos, roupas e sapatos. O espaço também vai oferecer praça de alimentação, com opções como comida árabe, brasileira (sanduíches, crepes, salgados), japonesa (temaki), além de doces, biscoitos artesanais e bebidas.

Assim como ocorreu na última edição, neste ano o consumidor vai poder fazer a compra do produto escolhido direto no estande. A mudança facilita e agiliza o processo de compra, beneficiando tanto o expositor como o cliente. As opções de pagamento (dinheiro ou cartão) ficam a critério de cada expositor.

O Bazar Solidário 2018, do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, será realizado nos dias 12 e 13 de dezembro, no salão social do Clube de Campo. Foto: Ney Sarmento/PMMC

O Bazar Solidário ficará aberto nos dois dias, das 10h00 às 22h00. A entrada é franca e haverá serviço de valet. O evento contribui para a campanha Natal de Sorrisos, ação do Fundo Social que faz a arrecadação e entrega de brinquedos para crianças de regiões de vulnerabilidade da cidade, no período do Natal.

A campanha de arrecadação segue oficialmente até o dia 10 de dezembro. A meta do Fundo Social de Solidariedade é conseguir presentear todas as crianças referenciadas pelas 200 entidades cadastradas, o que gera um total aproximado de 30 mil brinquedos.

Diversos postos de coleta estão instalados em locais estratégicos, como a Prefeitura de Mogi das Cruzes, a Câmara, escolas municipais, estaduais e particulares, estabelecimentos comerciais e a Associação Comercial de Mogi das Cruzes.

Os mogianos que quiserem contribuir devem depositar brinquedos novos ou em bom estado dentro desses pontos ou, se preferirem, podem entrar em contato direto com o Fundo Social, pelo telefone 4798-5143.

O Clube de Campo de Mogi das Cruzes, onde acontecerá a edição 2018 do Bazar Solidário, fica na rua Duarte de Freitas, 133, no Parque Monte Líbano.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

⚡️Curtas (08/06/2018)

– Programação do Junho Verde terá Festival de Pipas neste domingo

Como parte da programação do Junho Verde, a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente realizará neste domingo, 10/06/2018, pela manhã o Festival de Pipas no Parque Centenário. Haverá premiação para as pipas mais bonitas, as mais exóticas e ainda premiação para as maiores e menores pipas que voarem, entre outras. O evento contará com uma oficina de construção de pipas, ministrada pelo instrutor Roberto Pipas. Haverá ainda distribuição de pipas prontas e várias atrações. Quem quiser concorrer ou participar das oficinas poderá fazer sua inscrição diretamente no local.

Festival de Pipas no Parque Centenário terá premiação para as pipas mais bonitas, as mais exóticas e ainda para as maiores e menores pipas que voarem

De acordo com o diretor da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, André Miragaia, o Festival de Pipas “visa promover o lazer contemplativo dos frequentadores do parque com uma atividade lúdica, e aproveita pra estimular uma reflexão sobre a utilização do vento como força motriz e uma alternativa energética limpa e renovável”.

– Almoço Família Solidária será realizado neste domingo no Clube Náutico

O Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes promove neste domingo, 10/06/2018, o Almoço Família Solidária. Esta será mais uma ação do programa, que tem por objetivo reunir pessoas dispostas a fazer o bem atuando como voluntários em prol de entidades e projetos sociais do município. Tudo o que for arrecadado com a venda dos convites será revertido para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) de Mogi.

O almoço será das 12h00 às 16h00, no Clube Náutico Mogiano, que fica na Rua Cabo Diogo Oliver, 758, no Mogilar, e o cardápio reunirá delícias da culinária caipira

No dia, atuarão cerca de 70 voluntários que se inscreveram no Família Solidária, mais colaboradores do Fundo Social de Solidariedade, o que vai totalizar equipe de aproximadamente 100 pessoas. Já quem comandará a cozinha é o chef Adan Garcia, do restaurante Leitão de Gravata, que atuou recentemente junto ao Fundo Social na barraca do baião de dois durante a Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes.

Desta vez, além do baião, todos os convidados poderão degustar pratos como feijão tropeiro, arroz carreteiro, galinhada, polenta e mandioca frita, porco à pururuca no rolete, linguiças artesanais, torresmo, carne bovina, salada de folhas e couve na manteiga. As bebidas e sobremesas serão servidas à parte.

Este será o primeiro grande evento do Família Solidária, anunciado já no início deste ano, quando o programa estava sendo concebido. “Tenho certeza de que será um belíssimo evento, um dia para reunir a família, os amigos, desfrutar de uma comida deliciosa e, ao mesmo tempo, contribuir para uma entidade com uma atuação tão importante na nossa cidade e região, como a AACD”, destaca a presidente do Fundo Social, Karin Melo.

– Havan Mogi promove Desfile de Moda Outono/Inverno 2018

Com o objetivo de mostrar as peças da coleção Outono/Inverno 2018, a Havan de Mogi das Cruzes promove um megaevento de moda no próximo sábado, 09/06. Será um Desfile de Moda com as principais marcas da Havan, e direcionado aos clientes e visitantes da filial. Os modelos subirão à passarela em dois horários: às 16h00 e às 19h00.

Para o evento, a Havan contará com 60 profissionais envolvidos, entre modelos e fornecedores. “Será um desfile para evidenciar as nossas novas coleções, como a jeans, que vem inspirada no movimento e na descontração que a dança proporciona, com toques de musicalidade, evidenciando a versatilidade, a qualidade e o conforto das marcas de jeans vendidas na Havan de Mogi. O Desfile também contará com peças femininas, masculinas e infantis de outros tecidos”, acrescenta o gerente da filial Mogi, Alexandro Campos.

O gerente Campos ainda comenta que o público da cidade e região é bem versátil e que o evento foi pensado para agradar estes clientes. “Venham conferir as novidades da Havan Mogi neste sábado. Está imperdível.

⚡️Curtas (19/04/2018)

– Fundo Social promove 3º Food Truck Solidário

O Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes promove nos dias 21 e 22 de abril/2018, das 10h00 às 21h00, o 3º Food Truck Solidário, no Parque da Cidade. O evento terá opções variadas de cardápios para agradar todos os públicos, como hambúrguer, pastel, crepe, açaí, massas, comida mexicana, comida nordestina, bolinho de bacalhau, espetinhos, temaki, milk-shake e diversos tipos de bebidas e sobremesas. No sábado, 21, o evento contará com atrações musicais e artísticas do Circuito Sesc de Artes.

Nesta terceira edição do Food Truck Solidário, 20% da renda do evento será repassada para o Fundo Social de Solidariedade, que desenvolve vários projetos ao lado de entidades cadastradas em todo o município. O objetivo é utilizar os recursos para a aquisição de cobertores para a edição 2018 da Campanha do Agasalho, que já está em pleno andamento.

Este é mais um evento que alia solidariedade e diversão. Durante o Food Truck Solidário, as famílias e amigos podem provar um cardápio variado e muito bem elaborado, passar algumas horas agradáveis e ainda ajudar quem precisa”, explica a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Karin Melo.

O Food Truck Solidário já faz parte do calendário de eventos do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes. Em sua primeira edição, em abril de 2017, foram 18 participantes. Em setembro, quando o evento comemorou o Aniversário da Cidade, o público contou com 30 opções de cardápios. Em todos os eventos, também são promovidas atrações culturais e esportivas para entretenimento dos visitantes.

O Parque da Cidade tem 85 mil metros quadrados e várias opções de lazer e práticas esportivas. Durante a semana, o equipamento recebe uma média de 2 mil visitantes por dia. Nos sábados e domingos, a frequência aumenta e varia entre 5 mil e 8 mil pessoas por dia.

O espaço tem entrada pela Avenida Jardelina de Almeida Lopes, em frente à praça Deputado Paulo Kobayashi (Praça do Oito). O Parque da Cidade funciona todos os dias, das 7h00 às 19h00, mas terá funcionamento especial durante a terceira edição do Food Truck Solidário.

– Fundo Social entrega novo Espaço de Convivência no Lar Batista

O prefeito Marcus Melo participou, ao lado da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Karin Melo, dos trabalhos de finalização e entrega do novo Espaço de Convivência do Lar Batista de Crianças de Mogi das Cruzes, em Braz Cubas, totalmente revitalizado e modernizado para utilização pelas crianças e adolescentes que vivem no local. A implantação é resultado de um trabalho realizado por cerca de 30 voluntários que integram o Programa Família Solidária, iniciativa que une amigos, famílias e voluntários para novas ações em prol de entidades e projetos sociais da cidade.

A implantação do novo Espaço de Convivência foi entregue no último sábado, 14/04, mas começou com a palestra “Somos Felizes”, promovida no final do ano passado pelos coaches Carlos Costa, Alexandre Oliveira e Wilson Nascimento. Com toda a verba destinada para o projeto, foi possível realizar diversos serviços como reforma do playground, pintura total da área externa, aquisição de novos brinquedos, implantação de uma área especial para crianças pequenas, bancos recicláveis e mesas de pneus.

O trabalho foi finalizado no último sábado com a realização de acabamentos finais, como pintura, aplicação de verniz e implantação de uma horta suspensa. O artista plástico Bozer completou a ação com uma arte em grafite. “Realizamos um trabalho em família, com pessoas unidas pela solidariedade e pelo amor ao próximo. Só tenho a agradecer por mais essa oportunidade e também pelo envolvimento de tantos amigos que não mediram esforços para transformar em realidade um sonho antigo das crianças e adolescentes do Lar Batista”, afirmou Karin.

O Lar Batista de Crianças é uma entidade social sem fins lucrativos que atende crianças e adolescentes em situação de risco. Foi fundado em 1941 por missionários batistas do Estado de São Paulo e até hoje é mantido com doações de igrejas, pessoas físicas e jurídicas e convênios federal, estadual e municipal. Em Mogi das Cruzes, o Lar Batista conta com dois projetos: Convivência e Fortalecimento de Vínculos, que atende 125 crianças; e Acolhimento Institucional, que atende 20 crianças e adolescentes.

Poder oferecer um pouco mais de conforto, comodidade e alegria para essas crianças e adolescentes é motivo de orgulho e satisfação. O Lar Batista é uma das mais antigas instituições da cidade e realiza um trabalho de extrema importância, seja no acolhimento de crianças e adolescentes afastados de suas famílias ou na oferta de atividades de convivência para meninos e meninas em período alternado com o horário escolar”, comentou o prefeito Marcus Melo.

Neste ano, o Lar Batista receberá um total de R$ 932.108,15 em subvenções federal, estadual e municipal para apoio aos dois projetos, dos quais R$ 628.737,05 serão repassados com recursos da Prefeitura de Mogi das Cruzes.