Coronavírus: Decreto retira exigência de uma só pessoa por família em super e hipermercados de Mogi

O decreto nº 19.450, de 12 agosto de 2020, publicado pela Prefeitura de Mogi das Cruzes esta semana, retira a exigência de que somente uma pessoa por família possa entrar em estabelecimentos comerciais como supermercados e hipermercados. A medida foi adotada durante a pandemia (decreto 19.230, de 6 de maio de 2020) para evitar aglomerações e prevenir a contaminação pelo novo coronavírus. Já a nova decisão reverte esta medida e leva em conta o mais recente balanço semanal do Plano São Paulo, que atualizou a classificação e manteve Mogi das Cruzes na Fase 3 – Amarela, pelo período ininterrupto de 28 dias.

Medida foi adotada durante a pandemia

O decreto nº 19.450, de 12 agosto de 2020, determina que as pessoas poderão entrar nos estabelecimentos comerciais, desde que utilizem equipamento de proteção individual (máscara facial com cobertura de boca e nariz), e respeitado o distanciamento seguro entre os demais frequentadores, de acordo com as dimensões estruturais do local.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

SP amplia programa Poupatempo de 75 para 340 unidades e investe em serviços digitais

O Vice-Governador Rodrigo Garcia anunciou nesta quarta-feira, 12/08/2020, a ampliação do programa Poupatempo de 75 para 340 unidades, maior expansão de seus 23 anos de história. Para isso, o Poupatempo vai incorporar à sua gestão todos os serviços prestados pelo Detran.SP. Assim, as unidades do Detran.SP serão transformadas em postos presenciais do Poupatempo.

O número de unidades presenciais crescerá quatro vezes nos próximos dois anos. Junto a essa expansão sem precedentes, o Poupatempo continua seu processo de digitalização. No início de 2019, quando assumimos o governo, tínhamos sete serviços digitais no portal do Poupatempo. Nestes 18 meses de governo, multiplicamos isso mais de dez vezes. Hoje temos cerca de 82 serviços digitais pelo aplicativo do Poupatempo”, disse Garcia.

As novas unidades vão manter todos os serviços prestados pelo departamento de trânsito e incorporar os outros serviços prestados pelo Poupatempo. No total, serão oferecidos 133 diferentes tipos de serviço. Até 2022, serão disponibilizados 242 serviços digitais nas 340 unidades. A transição para as 252 novas unidades será gradual e concluída também até 2022. Esta reestruturação operacional possibilitará ao Estado alcançar uma economia de cerca de R$ 100 milhões por ano.

Estado aumentará cobertura de atendimento e levará serviços para todos os municípios; retomada nos postos ocorre dia 19

Além de expandir a capilaridade dos serviços prestados, a medida resultará em atendimento público de forma presencial e remota (pelo celular), por meio do Poupatempo Digital, para todos os municípios paulistas – incluindo o alcance a cidades menores. “Desde quando iniciamos esta gestão, temos incessantemente buscado impulsionar a transformação digital no governo estadual com menos custos, oferecendo serviços públicos nas plataformas digitais de modo simples, intuitivo e acessíveis a todos”, afirma o Presidente da Prodesp, André Arruda. A Prodesp é a empresa de tecnologia do estado de São Paulo responsável por operacionalizar a implantação e administrar os postos do Poupatempo.

Os novos postos serão mais modernos, enxutos e com atendentes realizando diversos tipos de serviços. “Integrar nossos serviços ao programa fará a população ganhar ainda mais. As pessoas serão atendidas nas novas unidades com mais comodidade, de forma simples, eficiente e com toda segurança – e contando também com um maior leque de serviços prestados, além daqueles referentes a CNH e documentação veicular”, destaca o Diretor-Presidente do Detran.SP, Ernesto Mascellani.

Todas as inovações digitais desenvolvidas pela Prodesp até o momento permitiram colocar os principais serviços do Poupatempo e do Detran.SP na palma da mão de todos os cidadãos. Acelerado pela pandemia do coronavírus, o portal e o aplicativo Poupatempo Digital se mostraram fundamentais para a manutenção dos atendimentos. Mais de sete milhões de interações/atendimentos foram feitos em quatro meses. Isto representa mais de 65% dos atendimentos diários nas unidades físicas, estimados em 120 mil.

Atualmente existem mais de 200 serviços sendo digitalizados pelo Poupatempo, em comparação com os sete oferecidos no início de 2019. Apenas cinco serviços que apresentam maior volume de transações permanecerão sem digitalização, como os atendimentos para emissão da primeira via do RG e a renovação da CNH, que requerem coleta biométrica e exigem a ida ao posto.

Atendimento presencial

A partir da próxima quarta-feira, 19, haverá a retomada dos atendimentos nos postos físicos, com permissão de agendamentos a partir da terça-feira, 18. Esta etapa de reabertura priorizará apenas o que houver exigência presencial, como primeira emissão de CNH e expedição de RG. A partir desta data já começarão a operar na nova modalidade as unidades do Poupatempo da Sé, Itaquera, São Bernardo do Campo, Mauá, Mogi das Cruzes, Santos, Guarujá e Bauru. O cronograma de retomada dos atendimentos presenciais será semanal, até 28 de outubro.

A reabertura das unidades segue as diretrizes da aderência ao Plano São Paulo, com a flexibilização permitida apenas para cidades que estiverem nas fases amarela e laranja, e com fluxo de pessoas equivalente a 30% da capacidade de cada unidade.

Do total de 340 postos, 252 retornam ainda na modalidade Ciretrans e oito unidades como Poupatempo. As Ciretrans que ainda permanecem exclusivas para atendimentos relativos a assuntos de trânsito serão transformadas semanalmente, até a transição plena da remodelação, prevista para estar concluída até 2022.

Fonte: Portal do Governo de São Paulo

Coronavírus: Câmara Municipal é contra volta às aulas presenciais

A Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, na sessão ordinária desta terça-feira, 04/08/2020, aprovou a Moção 32/2020, apresentada pelo vereador Iduigues Martins, que fez um apelo à Prefeitura Municipal para que não retorne as aulas durante a pandemia. No documento apresentado ao Plenário, Iduigues pediu que a Secretaria Municipal de Educação intensifique a disponibilização de meios tecnológicos para que as aulas possam ser feitas de forma remota para os alunos.

O parlamentar ainda citou uma consulta pública, realizada pela Prefeitura, que colheu a opinião dos cidadãos sobre a volta às aulas no segundo semestre no ano. Na pesquisa, 89% das pessoas disseram não concordar com a volta às aulas no momento e 89% responderam que não levariam seus filhos caso as aulas retornem. “A sociedade está se manifestando contra o retorno das aulas nesse ano e este vereador é contra também”, ressaltou Iduigues.

Câmara Municipal de Mogi das Cruzes

O vereador Mauro Araújo votou favorável à Moção de Iduigues, mas pontuou que é necessário debater mais sobre o assunto. “Uma discussão simplista sobre o tema é muito ruim porque não demonstra a realidade da sociedade hoje. Não dá para as crianças simplesmente perderem o ano. Não é uma decisão simples. E as mães que precisam deixar as crianças na creche para trabalhar?”, questionou o vereador Mauro Araújo.

Mauro Araújo ainda fez um Requerimento verbal para que a Câmara convide a secretária municipal de Educação, Juliana Guedes, para falar sobre o tema com os vereadores, no Plenário. Em seguida, o vereador Protássio Nogueira, também fez um Requerimento pedindo que o convite seja estendido à dirigente regional de Ensino, representando o Estado de São Paulo. Ambos os pedidos foram aprovados pelos vereadores.

O vereador Otto Rezende também se manifestou sobre o tema: “Quero parabenizar o vereador Iduigues, que pensando em Educação e Saúde, tem toda razão. Não podemos voltar às aulas porque estamos em pandemia e todas as vidas são importantes”, ressaltou.

Os vereadores Jean Lopes, Cuco Pereira, pastor Carlos Evaristo e Rodrigo Valverde também fizeram o uso da palavra para declarar apoio à Moção aprovada.

Fonte: Câmara Municipal de Mogi das Cruzes

Poupatempo entrega mais de 70 mil RGs pelos Correios em uma semana

O Poupatempo inicia nesta segunda-feira, 27/07/2020, as postagens pelos Correios para entrega de Carteira Nacional de Habilitação (CNHs) aos cidadãos atendidos nos postos nos três primeiros meses do ano, antes da suspensão temporária dos atendimentos por conta da pandemia. A ação beneficia 65 mil motoristas.

Em 16 de julho, em parceria com o Detran.SP, o Poupatempo anunciou a entrega gradual, de forma segura e sem nenhum custo para o cidadão, de 195 mil documentos (130 mil RGs e 65 mil CNHs) prontos, aguardando retirada nas unidades de atendimento.

Na 1ª etapa, foram postados documentos solicitados em março nos postos; cidadãos começam a receber CNHs nesta segunda, 27

Na primeira semana, o programa entregou 76 mil RGs solicitados em março. A partir de 3 de agosto, começam a ser entregues as Carteiras de Identidade emitidas em janeiro e fevereiro.

Para Murilo Macedo, diretor da Prodesp (empresa de Tecnologia do Governo do Estado que gerencia o Poupatempo), o objetivo da ação é oferecer mais facilidade para a população e evitar aglomerações futuras, quando as unidades forem reabertas. “Sabemos que a melhor maneira de se proteger é com o distanciamento social. Por isso, o Poupatempo se antecipou e, por meio de entrega em domicílio, atende a população de maneira responsável e segura”, afirma.

Atendimento

A entrega dos documentos é feita nos endereços de cadastros, gratuitamente. Caso não receba a correspondência até o dia 10 de agosto, o cidadão deve entrar em contato pelos canais de atendimento: Fale Conosco, no portal do Poupatempo (poupatempo.sp.gov.br), ou Fale com o Detran.SP, no site do órgão (detran.sp.gov.br).

Desde o início da pandemia de COVID-19, o Governo de São Paulo, por meio da Prodesp, não mediu esforços no desenvolvimento de inovações tecnológicas para manter o pleno funcionamento dos serviços essenciais para que o cidadão tivesse atendimento de qualidade com a mesma eficiência e sem a necessidade de sair de casa.

O Poupatempo ampliou a oferta de serviços online, realizados com conforto e comodidade na palma da mão, pelo celular. São mais de 70 opções disponíveis no portal e aplicativo Poupatempo Digital.

Para suprir as necessidades da população, o programa priorizou atendimentos emergenciais para entrega e emissão de novos documentos, como a Carteira de Identidade. O cidadão só precisa registrar a solicitação no Fale Conosco do Poupatempo, explicando sua necessidade e deixando telefone e e-mail para contato.

Fonte: Portal do Governo de São Paulo

Coronavírus: Câmara Municipal solicita reabertura da agência da EDP

Foi aprovado por unanimidade, na sessão ordinária desta terça-feira, 21/07/2020, o Requerimento 71/2020, de autoria do vereador Clodoaldo de Moraes, que pede apoio à Prefeitura para abertura da agência da EDP São Paulo, concessionária de energia elétrica em Mogi das Cruzes.

Moraes pede que seja restabelecido o atendimento presencial, respeitando as normas e exigências necessárias na pandemia.

No documento apresentado ao Plenário o vereador ainda justificou que há muitos munícipes encontrando dificuldades nos serviços da EDP, tanto pela falta de conexão com a internet quanto pela falta de habilidades com o sistema online.

Em função da situação mundial gerada pela Covid-19, ou Coronavírus, declarada como pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 12 de março de 2020, a EDP Brasil decidiu paralisar temporariamente o funcionamento de suas agências de atendimento presencial ao cliente.

Dessa forma, os serviços que eram realizados somente nas agências de atendimento presenciais da EDP passaram a ser solicitados pelo site da empresa.

Fonte: Câmara Municipal de Mogi das Cruzes