Usuários de equipamentos elétricos essenciais à sobrevivência podem ter desconto na conta de luz

A energia elétrica, como um serviço de utilidade pública, é também prioritária para usuários em tratamento médico domiciliar que requer o uso de equipamentos elétricos essências à vida, como respiradores, aparelhos para hemodiálise, entre outros. Assim, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral norte de São Paulo, alerta sobre o cadastramento para atendimento especial de residências (unidades consumidoras) com pessoas nessas condições.

O cadastro auxilia tanto no atendimento e prestação de serviços às unidades consumidoras, quanto na otimização de manutenções programadas da rede, que visam assegurar a qualidade da energia fornecida aos 1,8 clientes atendidos na área de concessão no estado”, afirma Marcos Scarpa, relações institucionais da EDP.

O objetivo é facilitar a comunicação entre a empresa e o consumidor sobre interrupções programadas ou não do fornecimento de energia elétrica, de maneira a minimizar possíveis transtornos. Após o cadastro, as faturas passam a disponibilizar a mensagem UNIDADE CONSUMIDORA CADASTRADA PARA AVISO PREFERENCIAL.

A inscrição da unidade consumidora deve ser formalizada junto à EDP diretamente na agência de atendimento presencial mais próxima, acompanhado das seguintes informações:

– Endereço completo;
– Nome do titular da fatura de energia elétrica;
– Número da instalação também informado na fatura;
– Telefone e e-mail;
– Laudo médico confirmando o nome da pessoa que utiliza o equipamento, assim como a justificativa sobre a necessidade do uso.

Se o dependente do equipamento não for o titular responsável pela unidade consumidora, é importante que providencie também a transferência de titularidade. Não sendo possível, a mesma deve apresentar um Termo de Autorização (disponível nas agências de atendimento presenciais da EDP) assinado pelo titular autorizando a Distribuidora a efetuar o cadastro.

Como obter o desconto na fatura de energia

O benefício pode ser adquirido por meio do programa Tarifa Social de Energia Elétrica, que garante de 10% a 65% de desconto na conta de luz para os primeiros 220 kW/h consumidos mensalmente.

É necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Caso não esteja cadastrada e possua renda mensal de até três salários mínimos, é importante buscar informações na Prefeitura Municipal. Posteriormente ao cadastro, deve dirigir-se a agência de atendimento da EDP.

Com a inscrição no CadÚnico, o paciente ou familiar deve se dirigir a uma agência de atendimento da EDP ou entrar em contato com a Central de Atendimento no 0800 721 0123, 24 horas e com ligação gratuita.

Diretoria de Ensino realiza ação para o Dia Mundial da Atividade Física

Nesta sexta-feira, 08/04/2016, um mega evento promete agitar Mogi das Cruzes. Como parte das homenagens ao Dia Mundial da Atividade Física, celebrado no dia 6 de abril, a Diretoria Regional de Ensino, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde da região, reunirá escolas e comunidade para uma série de demonstrações de atividades físicas que podem fazer parte da rotina das pessoas.

Quem for ao Largo do Rosário, a partir das 08h00, poderá participar de inúmeras atividades como ginástica natural, zumba, sessão de alongamento e até mesmo de uma aula de rugby. As atividades serão ministradas por professores de Educação Física e por profissionais da área da saúde.

Largo do Rosário
Participantes poderão praticar ginástica, alongamento, zumba e rugby

Para o evento, a diretoria espera a participação de aproximadamente mil alunos das escolas da região. “Nós entendemos que se a criança ou adolescente é estimulado a praticar atividade física e se alimentar de forma saudável e constante, ele se tornará um adulto saudável, com menos riscos de ter problemas cardíacos. Nesse sentido a escola tem obrigação, como formadora de cidadãos, de incentivar as práticas saudáveis em seu ambiente”, afirma Mickael Nunes dos Santos, diretor técnico do Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino.

Programação do evento:

Das 08h00 às 08h30: Sessão de alongamentos – Aquecimento.
Das 08h35 às 09h25: Ginástica Natural
Das 09h35 às 10h30: Zumba
Das 10h35 às 11h25: Rugby
Das 11h30 às 12h00: Alongamentos – Encerramento

Fonte: Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil começa neste sábado (15/08/2015)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil e Multivacinação começa neste sábado (15/08/2015), com todos os postos de saúde e unidades do Programa Saúde da Família (PSFs) abertos das 8h00 às 17h00. Haverá, ainda, postos volantes instalados em locais estratégicos, como o Largo do Rosário, no Centro. A campanha é direcionada para crianças de seis meses a 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias), o que compreende uma população estimada em mais de 26 mil crianças.

A vacinação é indicada para todas as crianças dentro desta faixa etária, independente de terem sido vacinadas ou não no calendário de rotina, “A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar 95% do total estimado, mas nosso objetivo é imunizarmos 100% das crianças da cidade”, afirma a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Lilian Peres Mendes.

Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil
SP pretende vacinar cerca de 2,3 milhões de crianças no Estado. Foto: A2img/ Ciete Silvério

A imunização em massa atua como uma barreira natural contra o vírus que transmite a paralisia infantil. Com as doses aplicadas durante a campanha, o vírus atenuado se multiplica no intestino e é eliminado pelas fezes, espalhando-se pelo meio ambiente. Por isso a importância de levar as crianças ao posto de saúde na data inicial da campanha. “A vacinação de rotina garante a proteção individual da criança, mas a campanha tem importância coletiva”, explica a médica da Vigilância Epidemiológica, Tereza Nihei.

Além da vacina contra a paralisia infantil, que é a Sabin, aplicada em gotas direto na boca da criança, as crianças que estiverem com a caderneta de vacinação em atraso receberão as doses necessárias para atualização da caderneta. Para isso, é fundamental que as crianças comparecem portando a caderneta de vacinação para verificação e eventual atualização.

Rotary Club

O Rotary Internacional financia a vacinação contra a paralisia infantil em todo o mundo há 35 anos. Desde o ano passado, Rotary Club promove um evento especial no sábado para colaborar com a campanha, em sua sede localizada na Rua Franz Steiner, nº 200, no Alto Ipiranga, das 8h30 às 17h00. Além da vacinação, serão realizadas outras atividades e serviços no local.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil prossegue até o dia 31 de agosto, em todas as unidades de saúde. Mais informações pelo telefone 4798-6768.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Mogi inicia Campanha de Vacinação contra a Gripe e prepara Dia D para sábado (09/05/2015)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou nesta segunda-feira (04/05/2015) em Mogi das Cruzes. A dose está disponível em todos os Postos de Saúde e unidades do Programa Saúde da Família (PSF) até o dia 22 de maio, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 17h00. Neste ano, a meta é imunizar 80% das 100 mil pessoas que compõem os grupos prioritários na cidade, o que corresponde a cerca de 80 mil mogianos.

Para isso, a Secretaria Municipal de Saúde preparou um esquema especial de divulgação, com a distribuição de cartazes e informes nas mídias, além da capacitação das equipes e distribuição das doses. Também foi realizado o cadastro antecipado de pacientes ou idosos acamados que precisam receber a vacina em domicílio.

Veja aqui a relação de postos volantes para o Dia D (09/05/2015)

A imunização anual faz parte das ações de saúde e tem como principal objetivo reduzir a mortalidade e o número de internações causadas pelo vírus. Conforme preconizado pelo Ministério da Saúde, a vacinação é destinada a idosos, trabalhadores de saúde, indígenas, crianças entre seis meses e menores de cinco anos de idade, gestantes, puérperas (mães em até 45 dias após o parto), portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, conforme indicação médica.

Para facilitar o acesso da população, como ocorre todos os anos, será realizado o Dia D da Campanha de Vacinação contra a Gripe no sábado, dia 09 de maio. Das 8h00 às 17h00, todos os Postos de Saúde e unidades do Programa Saúde da Família estarão abertos. Haverá, ainda, 25 postos volantes, como o Largo do Rosário, no Centro.

vacina
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começou nesta segunda, 04 de maio, e prossegue até 22 em todos os Postos de Saúde e unidades do Programa Saúde da Família. Foto: PMMC

A transmissão do vírus da gripe ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, olhos e nariz. “A melhor forma de prevenção é através da imunização. Por isso, estamos orientando a todas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários que procurem uma unidade de saúde no menor prazo possível, garantindo a proteção antes do período de inverno mais rigoroso”, afirma o secretário municipal de Saúde, Marcello Delascio Cusatis.

Ele lembra que alguns cuidados simples também podem contribuir para reduzir os riscos de contágio e disseminação do vírus, como cobrir boca e nariz com um lenço ou com a parte superior das mangas das roupas ao espirrar ou tossir, evitando assim que as secreções se espalhem pelo ar e possam contaminar outras pessoas.

Outras recomendações são: evitar locais fechados; lavar sempre as mãos com água e sabão; manter a janela do transporte coletivo aberta, mesmo em dias mais frios para facilitar a circulação de ar e descartar corretamente os lenços de papel no lixo.

Mais informações sobre a vacinação podem ser obtidas pelo telefone 4798-6768.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

AACD inicia estudo para ampliação do atendimento na unidade mogiana

A Prefeitura de Mogi das Cruzes e a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente estão elaborando um estudo para ampliar o atendimento na unidade mogiana. Na manhã de terça-feira (27/01/2015), o prefeito Marco Bertaiolli recebeu a visita da presidente da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), Regina Scripiliti Velloso, acompanhada do superintendente Valdecir Galvan, e da presidente voluntária da unidade mogiana, Onélia Miranda. O projeto deverá ficar pronto dentro de 30 dias.

No último mês de dezembro, a unidade mogiana da AACD atendeu 282 pacientes e realizou 1.261 procedimentos diversos, como sessões de Fisioterapia Solo, Fisioterapia Aquática, Terapia Ocupacional, Psicologia, Fonoaudiologia, Pedagogia, Serviço Social e Enfermagem. Destes totais, foram atendidos 161 pacientes de Mogi das Cruzes, o que corresponde a 57,09%, que realizaram 872 procedimentos diversos (69,16%).

visita-presidente-da-aacd
O prefeito Marco Bertaiolli recebeu a visita da presidente da AACD, Regina Scripiliti Velloso, acompanhada do superintendente Valdecir Galvan, e da presidente voluntária da unidade mogiana, Onélia Miranda. Foto: Ney Sarmento

A AACD é um equipamento que tem garantido reabilitação e qualidade de vida para diversos adultos e crianças da nossa cidade. Por isso, vamos trabalhar juntos para ampliarmos o atendimento em Mogi das Cruzes”, afirmou Bertaiolli, que recebeu a diretoria da AACD acompanhado do vice-prefeito José Antonio Cuco Pereira, do secretário municipal de Saúde, Marcello Delascio Cusatis, e do prefeito de Biritiba Mirim, Carlos Alberto Taino Júnior, que está entre as cidades do Alto Tietê beneficiadas pelo atendimento realizado na unidade mogiana.

Inaugurado em dezembro de 2011 no bairro do Rodeio, o Centro de Reabilitação atende crianças e adultos com deficiências físicas e trabalha para que esses pacientes possam atingir seu máximo potencial e evoluir além de suas limitações. “Essa reunião foi para garantir uma aproximação ainda maior com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, entender a demanda existente na cidade e planejar novas ações de ampliação no atendimento”, afirmou a presidente da AACD.

A unidade mogiana da AACD foi construída com recursos da edição 2010 do Teleton, que escolheu Mogi das Cruzes graças a uma série de investimentos feitos pela Administração Municipal na inclusão de deficientes. Entre eles estão: frota de ônibus 100% adaptada para o transporte de cadeirantes; referência regional da Santa Casa de Misericórdia para a realização de cirurgias ortopédicas e o engajamento da Prefeitura em todo o processo, incluindo a doação da área de 5 mil metros quadrados.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes