Arquivos do Blog

AACD inicia estudo para ampliação do atendimento na unidade mogiana

A Prefeitura de Mogi das Cruzes e a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente estão elaborando um estudo para ampliar o atendimento na unidade mogiana. Na manhã de terça-feira (27/01/2015), o prefeito Marco Bertaiolli recebeu a visita da presidente da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), Regina Scripiliti Velloso, acompanhada do superintendente Valdecir Galvan, e da presidente voluntária da unidade mogiana, Onélia Miranda. O projeto deverá ficar pronto dentro de 30 dias.

No último mês de dezembro, a unidade mogiana da AACD atendeu 282 pacientes e realizou 1.261 procedimentos diversos, como sessões de Fisioterapia Solo, Fisioterapia Aquática, Terapia Ocupacional, Psicologia, Fonoaudiologia, Pedagogia, Serviço Social e Enfermagem. Destes totais, foram atendidos 161 pacientes de Mogi das Cruzes, o que corresponde a 57,09%, que realizaram 872 procedimentos diversos (69,16%).

visita-presidente-da-aacd

O prefeito Marco Bertaiolli recebeu a visita da presidente da AACD, Regina Scripiliti Velloso, acompanhada do superintendente Valdecir Galvan, e da presidente voluntária da unidade mogiana, Onélia Miranda. Foto: Ney Sarmento

A AACD é um equipamento que tem garantido reabilitação e qualidade de vida para diversos adultos e crianças da nossa cidade. Por isso, vamos trabalhar juntos para ampliarmos o atendimento em Mogi das Cruzes”, afirmou Bertaiolli, que recebeu a diretoria da AACD acompanhado do vice-prefeito José Antonio Cuco Pereira, do secretário municipal de Saúde, Marcello Delascio Cusatis, e do prefeito de Biritiba Mirim, Carlos Alberto Taino Júnior, que está entre as cidades do Alto Tietê beneficiadas pelo atendimento realizado na unidade mogiana.

Inaugurado em dezembro de 2011 no bairro do Rodeio, o Centro de Reabilitação atende crianças e adultos com deficiências físicas e trabalha para que esses pacientes possam atingir seu máximo potencial e evoluir além de suas limitações. “Essa reunião foi para garantir uma aproximação ainda maior com a Prefeitura de Mogi das Cruzes, entender a demanda existente na cidade e planejar novas ações de ampliação no atendimento”, afirmou a presidente da AACD.

A unidade mogiana da AACD foi construída com recursos da edição 2010 do Teleton, que escolheu Mogi das Cruzes graças a uma série de investimentos feitos pela Administração Municipal na inclusão de deficientes. Entre eles estão: frota de ônibus 100% adaptada para o transporte de cadeirantes; referência regional da Santa Casa de Misericórdia para a realização de cirurgias ortopédicas e o engajamento da Prefeitura em todo o processo, incluindo a doação da área de 5 mil metros quadrados.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Programa ‘Viva Mais Esporte Mogi’ estimulará a prática de atividades físicas e esportivas entre a população

O prefeito Marco Bertaiolli lançou nesta segunda-feira (12/01/2015) pela manhã, no Parque Botyra Camorim Gatti, o Programa Viva Mais Esporte Mogi, uma ação macroesportiva cujo objetivo é estimular a prática de atividades físicas e esportivas entre a população do município. O evento contou com professores de Educação Física da Prefeitura, crianças, idosos atendidos nas 43 Academias da Terceira Idade (ATIs) e o público que habitualmente participa de atividades nos equipamentos públicos de esporte do município.

O Viva Mais Esporte Mogi vai levar atividades físicas para todos os bairros, nos centros esportivos, na ATIs e também aqui no próprio Botyra. Desde que começamos a instalar as ATIs na cidade, notamos claramente que o movimento de pessoas nesses equipamentos vem sendo muito bom e muitas pessoas pedem a implantação desses aparelhos nos bairros. Por isso, vamos instalar mais 18 ATIs em toda a cidade até o final deste ano. As pessoas que praticam exercícios melhoram as condições de saúde e a própria ATI proporciona o convívio social entre a comunidade”, disse Bertaiolli, ao lado do vice Cuco Pereira e do presidente da Câmara, Antonio Lino.

Na prática, o Viva Mais Esporte Mogi oferecerá um conjunto de aulas de iniciação em diversas modalidades para crianças e jovens, além de uma programação específica para adultos e idosos. Todas as atividades são gratuitas e acontecerão nos centros esportivos, ginásios poliesportivos, parques, equipamentos públicos e praças que contam com a estrutura das Academias da Terceira Idade (ATIs).

O secretário municipal de Esportes e Lazer, Nilo Guimarães, explica que o programa tem como objetivo utilizar a estrutura de equipamentos públicos de esporte e lazer para impulsionar a prática esportiva na cidade: “Mogi das Cruzes possui uma rede de centros esportivos, ginásios e espaços onde existe uma presença consolidada de pessoas, de todas as idades. O Viva Mais Esporte Mogi vai intensificar as ações que já ocorrem nestes locais, levando novas opções e procurando consolidar a prática esportiva como parte da vida das pessoas”, diz.

Mogi das Cruzes possui oito ginásios poliesportivos, dez centros esportivos e recreativos e 43 Academias da Terceira Idade (ATIs) – estes equipamentos estão espalhados em todos os bairros e distritos da cidade. Além disso, mais 16 ATIs serão entregues até o final de 2016. Em todos estes locais, haverá atividades físicas oferecidas à população, de acordo com as características de cada equipamento.

Nas ATIs, por exemplo, existem professores de Educação Física que orientam os frequentadores sobre a maneira correta de utilizar os aparelhos e executar os exercícios. Da mesma maneira, nos centros esportivos há uma programação contínua de iniciação esportiva e prática de modalidades. O mesmo acontece nos ginásios, que possuem utilização aberta à comunidade nos finais de semana.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Posto de Saúde de Braz Cubas passa por reforma e ampliação a partir de segunda-feira (12/01/2015)

O Posto de Saúde de Braz Cubas será fechado para reforma e ampliação a partir da próxima segunda-feira (12/01/2015). Os detalhes da obra foram apresentados pelo secretário municipal de Saúde, Marcello Delascio Cusatis, que recebeu a imprensa nesta manhã de quarta-feira (07/01), na unidade localizada na Rua Padre Álvaro Quinones Zuniga, nº 340.

A unidade passará dos atuais 300 para 500 metros quadrados de área construída, incluindo a construção de consultório de ginecologia com banheiro, consultório de odontologia, sala de demonstração em saúde e área para embarque e desembarque de pacientes. Além das novas edificações, o projeto prevê a ampliação da recepção e da farmácia e a adequação de diversos espaços como salas de curativo, vacina, esterilização e lavagem de materiais, inalação e coleta de materiais para exames.

As obras serão realizadas no prazo de oito meses e o investimento será de R$ 759.999,94, dos quais R$ 249.990,00 do Governo Federal (emenda parlamentar do deputado federal Junji Abe), R$ 216 mil do Governo Estadual (Programa Qualis UBS Fase II) e o R$ 294.009,04 da Prefeitura de Mogi das Cruzes.

Posto de Saúde de Braz Cubas passa por reforma

A unidade passará dos atuais 300 para 500 metros quadrados de área construída. Foto: PMMC

Nosso objetivo é adequar as instalações da unidade para ampliarmos os serviços disponibilizados à população. Atualmente, a unidade oferece consultas de clínica médica e pediatria, além dos procedimentos de enfermagem. Com a ampliação, teremos também consultas de ginecologia e odontologia”, informou o secretário de Saúde. “Queremos aproveitar a oportunidade para pedir a compreensão de todos os usuários da unidade neste período de obras”, acrescentou.

A partir de segunda-feira (12/01), os médicos que atendem no Posto de Saúde de Braz Cubas trabalharão em outras unidades. O clínico geral (dr. Giro) e o pediatra do período da manhã (dr. Leonardo) estarão na UBS Vila Jundiaí, que fica na rua José Galdino de Castro, número 252, enquanto a pediatra do período da tarde (dra. Patrícia) atenderá na UBS Jardim Ivete, que fica avenida Pedro Machado, número 1.411. Os pacientes estão sendo orientados sobre a mudança. Mais informações pela Central de Agendamento de Consultas do SIS – Sistema Integrado de Saúde no telefone 0800-770-5585.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Mogi realiza Dia D de Mobilização contra a Dengue neste sábado (06/12/2014)

Para chamar a atenção da comunidade e conter a proliferação do mosquito Aedes aegypti em Mogi das Cruzes, o Núcleo de Controle e Prevenção da Dengue participa neste sábado (06/12/2014), do Dia D de Mobilização Nacional contra a Dengue e o Chikungunya. A partir das 9h00, a equipe percorrerá a região central levando informações e materiais educativos para comerciantes e consumidores. À tarde, o mesmo trabalho acontecerá nos bairros.

Aedes aegypti

Atualmente, o mosquito Aedes aegypti está presente em todo o território mogiano. Foto: Guilherme Berti

O objetivo é reforçar a importância do papel da população em apoiar as ações dos órgãos públicos de combate aos focos recebendo os agentes de controle de endemias em suas casas, e também eliminando os locais de água parada, onde os mosquitos transmissores se reproduzem. “A prevenção do mosquito depende um trabalho contínuo, com atenção diária para os cuidados necessários em todos os imóveis da cidade”, explica o veterinário Jefferson Renan de Araújo Leite.

Atualmente, o mosquito está presente em todo o território mogiano, por isso os trabalhos de prevenção devem continuar. A principal orientação é pela retirada de todo e qualquer recipiente ou situação que possa facilitar o acúmulo de água e, consequentemente, a proliferação do Aedes aegypti. “Em nossas visitas, reforçamos a necessidade de eliminar os criadouros”, acrescenta o veterinário.

Os cuidados devem ser redobrados a partir de agora, quando começa o período de temperaturas mais altas e chuvas frequentes. Quem tiver alguma dúvida sobre dengue pode entrar em contato pelo telefone 4794-4343.

Confira algumas dicas de prevenção à dengue:

- Não acumule materiais desnecessários e sem uso. Se forem destinados à reciclagem, guarde-os em local coberto e abrigado da chuva.

- Trate a piscina com cloro. Se ela não estiver em uso, esvazie-a completamente. Mantenha lagos, cascatas ou espelhos sempre limpos ou crie peixes que se alimentem de larvas.

- Entregue pneus velhos para reciclagem ou guarde-os, sem água, em locais cobertos.

- Verifique se os ralos da casa não estão entupidos. Limpe-os pelo menos uma vez por semana e, se não os estiver usando, deixe-os fechados.

- Guarde as garrafas, baldes ou latas vazias de cabeça para baixo.

- Lave com escova e sabão as vasilhas de água e comida de seus animais.

- Retire a água da bandeja externa da geladeira e lave a bandeja com sabão.

- Não deixe acumular água na parte debaixo das torneiras de bebedouros e filtro.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

EDP cadastra clientes que utilizam equipamento elétrico essencial à sobrevivência humana

Pessoas que utilizam equipamentos elétricos essenciais à sobrevivência têm direito a atendimento especial e desconto na fatura de energia. A EDP realiza o cadastro destes clientes com o objetivo de facilitar a comunicação entre a empresa e o consumidor sobre interrupções programadas ou não do fornecimento de energia elétrica, de maneira a minimizar transtornos.

EDP

O cadastro da unidade consumidora que utilizam equipamento elétrico vital deve ser formalizado junto à EDP por meio de correspondência ou diretamente na agência de atendimento presencial, acompanhado das seguintes informações:

- Endereço completo;
– Nome do titular que consta na fatura de energia elétrica da unidade consumidora;
– Número da instalação também informado na fatura;
– Telefone, fax e e-mail;
– Laudo médico confirmando o nome da pessoa que utiliza o equipamento, assim como a justificativa sobre a necessidade do mesmo.

Se o dependente do equipamento não for o titular responsável pela unidade consumidora, é importante que providencie também a transferência de titularidade. Não sendo possível, a mesma deve apresentar um Termo de Autorização (disponível nas agências de atendimento presenciais da EDP) assinado pelo titular autorizando a Distribuidora a efetuar o cadastro.

Como obter o desconto na fatura de energia

O benefício pode ser adquirido por meio do programa Tarifa Social, que garante de 10% a 65% de desconto na fatura de energia para os primeiros 220 kW/h consumidos mensalmente. É necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e, caso não esteja inscrita e possua renda mensal de até três salários mínimos, a família deve realizar a inscrição junto à Prefeitura Municipal.

Com a inscrição no CadÚnico, o paciente ou familiar deve se dirigir a uma agência de atendimento da EDP ou entrar em contato com a Central de Atendimento no 0800 721 0123, 24 horas e com ligação gratuita.

Dicas para aumentar a segurança de pacientes com necessidade de uso contínuo de equipamento elétrico

- Ter um gerenciador portátil de energia (No Break) – aparelho utilizado para alimentar o respirador enquanto houver a interrupção no fornecimento de energia elétrica. Sua alimentação é feita por meio de uma bateria que é carregada, enquanto há fornecimento de energia elétrica. Portanto, é imprescindível manter este aparelho (No Break) sempre ligado na tomada.

– Ter três ou quatro pontos de energia elétrica (tomadas) para evitar ligar vários equipamentos em um único local.

– Dispor de Filtro de Linha – usado para proteger os equipamentos de possíveis oscilações na rede elétrica, além de possibilitar a expansão do número de tomadas disponíveis.

– Estabilizadores de Energia – são responsáveis por proteger os equipamentos e corrigir possíveis oscilações na corrente elétrica, fornecendo assim uma alimentação estável e segura aos equipamentos.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 297 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: