Cure 192 comemora sete anos com lançamento de aplicativo

A partir do dia 10 de outubro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Mogi das Cruzes poderá ser acionado pelos munícipes por um aplicativo de celular nas plataformas Android e IOS. Além de fazer um cadastro prévio da ficha médica do paciente, a tecnologia permite que o usuário seja “monitorado” pela central de regulação durante viagens na estrada, por exemplo. Em caso de forte impacto, o aplicativo aciona o Samu automaticamente.

A novidade foi apresentada no evento de aniversário de 7 anos da Central de Urgências, Remoções e Emergências da cidade – a Cure 192, nesta segunda-feira, 01/10/2018. “Trata-se de mais um importante avanço na qualidade e na facilidade de acesso. Sou testemunha da eficiência do Samu. No ano passado presenciei um atendimento que salvou a vida de um paciente. Há duas semanas, novamente precisamos acionar o serviço e mais uma vez presenciei um serviço de qualidade“, declarou o prefeito.

O aplicativo também atenderá os municípios que fazem parte do Consórcio Regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Cresamu): Salesópolis, Biritiba Mirim, Guararema, Arujá e Santa Isabel. A nova ferramenta é gratuita e não substituirá o atendimento pelo telefone 192.

Aplicativo estará disponível a partir do dia 10 de outubro. Foto: Guilherme Berti/PMMC

A tecnologia foi desenvolvida a custo zero para o município pela empresa Sys4web. O app permite que o usuário faça seu cadastro e inclua informações de mais 10 pessoas. Além dos dados pessoais, como endereço da residência, por exemplo, é possível incluir a ficha médica de cada paciente. Com isso, o médico da central de regulação, tem acesso mais rápido a informações no caso de ocorrências que envolvam pessoas com deficiência, diabéticos, hipertensos, entre outras condições.

Se houver necessidade, o munícipe pode acionar o Samu por meio do aplicativo e escolher o nome da vítima cadastrada. Feito isso, a informação e a localização no GPS do usuário chega ao médico da central de regulação em até 30 segundos.

Baixe o aplicativo 192 Online para Android

Outra novidade é a possibilidade do munícipe pedir para ser “monitorado” pela central de regulação, quando for pegar a estrada, por exemplo. “O perfil passa a ser monitorado via GPS. Se houver um impacto leve no celular, o aplicativo abre sozinho e pergunta pro usuário se aquilo é uma emergência ou não. Se o impacto for muito forte, o sistema entende que houve uma colisão e o usuário está desacordado, então ele aciona a Central de Regulação sozinho”, explicou a coordenadora do Cresamu, Marly Inês dos Reis.

Também é possível cancelar o acionamento, em caso de engano. “Com o aplicativo, as informações pulam uma etapa do atendimento convencional, via 192. Ao invés do atendente pegar as informações básicas, tudo isso já vai estar cadastrado, então o acionamento chega direto para o médico”, explicou Marly.

O Samu é gerido pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Hospitalar, sob contrato com a Secretaria de Saúde de Mogi das Cruzes. Em 2012, O Samu de Mogi foi o primeiro entre os 157 existentes no Brasil a ser qualificado pelo Ministério da Saúde com Selo de Serviço de Excelência, o que aumenta o valor do repasse do governo federal por viatura de R$ 13.125,00 para R$ 21.919,00.

Aniversário da CURE

De 2011 até agosto de 2018, a CURE 192 realizou mais de meio milhão de atendimentos (553.482), sendo 237.367 ocorrências de urgência e emergência; 88.695 eletivos (consultas e retornos médicos), 94.955 pacientes para consultas intermunicipais; 84.420 pacientes de hemodiálise, 41.071 remoções de Ubs, 2.336 eventos, 1.123 transportes de pacientes em tratamento de fissuras lábio-palatais (em Bauru).

A Cure conta atualmente com frota de 30 ambulâncias, sendo 14 do município (eletivas), nove de suporte básico, duas ambulâncias equipadas com Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e cinco de reserva técnica do Samu. Ela concentra todas as chamadas emergenciais dos municípios do Cresamu e as solicitações de ambulâncias para ações eletivas, num sistema que engloba também o Corpo de Bombeiros.

Instalada junto ao Corpo de Bombeiros, no bairro do Shangai, a Cure tem ainda duas bases descentralizadas, situadas em Braz Cubas e na UPA 24 horas do Oropó. A equipe é composta por 256 funcionários da Cure e 188 do Samu.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios

Hospital Dia da Unica inicia cirurgias de pequeno porte a partir de outubro

O prefeito Marcus Melo entregou na última sexta-feira, 21/09/2018, o Hospital Dia da Unica – Unidade Clínica Ambulatorial e também assinou a abertura do processo de licitação para construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Jundiapeba. Os eventos fazem parte da programação do 458º Aniversário de Mogi das Cruzes e representam importantes avanços para o desenvolvimento do Distrito.

São conquistas importantes que qualificam ainda mais os serviços de saúde ofertados à população, além de valorizarem essa região da cidade. Os avanços não param por aí. Vamos canalizar a rua Alício de Carvalho, implantar um Pólo de Segurança, novas escolas, a avenida das Orquídeas e também vamos realizar o esgotamento sanitário da Vila Nova Jundiapeba”, pontou o prefeito, destacando os principais investimentos previstos para o Distrito de Jundiapeba.

O Hospital Dia deverá passar por limpeza e higienização terminal nas próximas semanas e inicia os procedimentos cirúrgicos a partir do dia 15 de outubro. A nova unidade realizará cirurgias de pequeno porte, sem necessidade de internação dos pacientes, inicialmente nas áreas de Cirurgia Geral e Dermatologia, tais como extração de lipoma, lesão ou mancha de pele, cistos dermóides, entre outros procedimentos.

Hospital Dia foi construída anexo à Unica de Jundiapeba. Foto: Junior Lago/PMMC

O equipamento conta com 300 metros quadrados de área construída, distribuídos em estruturas diversas como sala de cirurgia, leitos pós-anestésicos, posto de enfermagem, sala de antissepsia e demais espaços necessários para realização dos procedimentos e recuperação dos pacientes. “Uma das principais vantagens será a liberação de vagas do Hospital Municipal para a realização de cirurgias mais complexas, como vesícula, por exemplo”, observou o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis, que já solicitou aos hospitais públicos da cidade um levantamento atual da demanda de pequenas cirurgias.

O projeto de implantação da UPA de Jundiapeba foi apresentado pelo secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Cláudio Rodrigues, e exposto à comunidade presente. O estudo prevê a construção de um prédio de aproximadamente 1,5 mil metros quadrados na rua Dr. Francisco Soares Marialva, esquina com a avenida José de Souza, organizado por setores: Pronto Atendimento; Apoio Diagnóstico e Terapia; Urgência; Observação; Apoio Administrativo; e Apoio Técnico e Logístico.

A nova unidade será uma UPA porte II e terá uma média de 8 mil pessoas por mês.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Prefeito assina abertura de licitação para construção de um novo complexo de saúde

O prefeito Marcus Melo assina nesta sexta-feira, 14/09/2018, a abertura do processo de licitação para construção de um novo complexo multifuncional da Saúde que será implantado na avenida Pedro Romero, ao lado da UPA do Rodeio. No total, serão mais de 3 mil metros quadrados de área construída numa edificação de dois pavimentos para implantação da Clínica do Homem, Pró-Hiper e UnicaFisio, reunindo importantes serviços à comunidade numa instalação moderna e funcional.

A nova unidade oferecerá atendimento ambulatorial especializado na saúde dos homens, com consultas e exames especializados, além de atendimentos de promoção à saúde, convivência e prática esportiva para idosos e reabilitação fisioterápica. Serão dois pavimentos e área total de construção de 3.325,50m². “A área fica ao lado de outros equipamentos municipais em funcionamento como a UPA, Centro do Paradesporto, AACD e Creche Municipal”, explica o prefeito.

O projeto contempla três equipamentos no mesmo local – UnicaFisio, Pró-hiper e Clínica do Homem, num edifício contemporâneo que se organiza em forma de “u” ao redor de uma praça central. O espaço prevê, ainda, as futuras instalações da Delegacia do Idoso. Nos fundos, está projetada uma área de estacionamento para funcionários e público.

Futuro complexo de saúde terá 3 mil m² de área construída e abrigará a Clínica do Homem, Pró-Hiper e UnicaFisio. Foto: PMMC/Divulgação

A nova clínica Unica oferecerá o atendimento ambulatorial para a realização de exames (ultrasom, holter, teste ergométrico), consultas agendadas em especialidade diversas como endocrinologia, neurologia, vascular, geriatria, nutricionista, proctologia e cardiologia.
Dentro da parte ambulatorial será implantada, ainda, uma clínica especializada no tratamento do público masculino com dois consultórios para urologia, ultrassonografias e sala de estudo urodinâmico.

O bloco destinado ao Pró-Hiper abrigará academia, quadra de voleibol coberta, três piscinas cobertas (uma para uso terapêutico e duas para uso recreativo), contando com infraestrutura completa de sanitários e vestiários. Na parte de atendimento fisioterápico, além de sala de dança e “escola da coluna”, estão previstos espaços para tratamentos diversos como eletroterapia, termoterapia, mecanoterapia e cinesioterapia.

No piso térreo, numa grande área aberta e integrada, serão instaladas a recepção e as salas de artesanato, informática, jogos e leitura. O projeto também prevê um espaço de educação e demonstração em saúde para palestras e ensinos na área da saúde.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Campanha de Vacinação Antirrábica 2018 prossegue até o dia 12/09

A Campanha de Vacinação Antirrábica 2018 de Mogi das Cruzes prossegue até o dia 12 de setembro. Neste período, os agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) irão visitar 153 pontos da cidade para garantir a imunização de cães e gatos. A expectativa é vacinar cerca de 50 mil animais.

Veja todos as datas e locais de vacinação

A vacina contra a raiva é indicada para cães e gatos a partir dos três meses de vida. Para a vacinação, não é obrigatório que o animal tenha algum documento e a principal orientação é para que os cães e gatos sejam transportados de maneira segura, tanto para os profissionais, como para a população em geral.

Os cães devem ser levados em guias e coleiras e os gatos devem ser transportados em caixas especiais, caixotes de papelão ou qualquer outro recurso que garanta a segurança do animal e dos profissionais.

A imunização prossegue até o dia 12/09. Foto: PMMC

A raiva é transmitida por meio de vírus que, quando acomete os animais, é quase sempre fatal. A doença atinge também os humanos que têm contato com a saliva com o bicho infectado. “A vacinação antirrábica é muito importante e os proprietários precisam estar atentos para garantir a proteção anual necessária”, explica o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis.

A dose estará disponível também no Centro de Controle de Zoonoses, de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 17h00. O endereço é Estrada de Santa Catarina, 2.540, em Cezar de Souza.

Informações pelo telefone 4792-8585.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil e Sarampo começa neste sábado, 04/08/2018

A Prefeitura de Mogi das Cruzes realiza neste sábado, 04/08/2018, o primeiro Dia D da Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil e Sarampo. Crianças de 1 a 5 anos incompletos devem ser levadas aos postos de saúde para receber as doses, mesmo que já tenham sido imunizadas anteriormente.

O lançamento da campanha e todos os detalhes da ação foram apresentados pelo secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis, e pelo enfermeiro da Vigilância Epidemiológica, Hector Trevor, nesta quarta-feira, 01/08, durante a sessão da Câmara Municipal. “O sucesso da campanha depende da conscientização dos pais ou responsáveis, que devem levar seus filhos à unidade de saúde mais próxima e garantir a proteção necessária”, explicou o secretário.

A Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil e Sarampo será realizada durante todo o mês de agosto em todos os postos de saúde e unidades do Programa Saúde da Família de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 16h30. Nos dias 4 e 18 de agosto (sábados) serão realizados os “Dia D” de mobilização, quando os 35 postos de vacinação da cidade estarão abertos ofertando as doses. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 22 mil crianças devem ser vacinadas em Mogi das Cruzes.

Em todo o território nacional, o Ministério da Saúde tem três objetivos: vacinar quem nunca tomou a vacina; completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as doses; dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente, ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção.

Neste ano, a campanha é ainda mais importante dada à volta da circulação do sarampo no território brasileiro e a ameaça da paralisia infantil. Além das crianças, os adultos (nascidos a partir de 1958) que ainda não tomaram também devem ser imunizados contra o sarampo e, para isso, a vacina está disponível de segunda a sexta-feira.

INFLUENZA

Durante a sessão, foram apresentadas informações sobre as outras campanhas de vacinação realizadas neste ano – Febre Amarela e Influenza – com índices de cobertura e andamento de imunizações.

O secretário anunciou que, a partir da próxima segunda-feira, 06/08, as doses de vacina contra a Influenza ainda disponíveis estarão liberadas para toda a população, independente de grupos prioritários. “Restam cerca de 10 mil doses em estoques e a procura pelo público-alvo continua em baixa. Por isso tomamos a iniciativa de liberar a vacina para quem quiser, afinal, não podemos perdê-las”, explicou Cusatis.

Ele explicou que, inicialmente, a vacina contra Influenza será disponibilizada em todas as unidades de saúde mas, caso a procura seja muito grande, dificultando a campanha em andamento e/ou as aplicações de rotina, uma nova estratégica, como a distribuição de senhas, possa ser adotada.

Neste ano, até o momento, Mogi das Cruzes registrou 22 casos confirmados de Influenza dos quais, quatro pacientes foram a óbito, o último deles uma criança de sete meses, falecida no último dia 27 de julho, portadora de hepatopatia.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes