Festival de Inverno Serra do Itapety 2019 começa nesta sexta, 05/07

Nesta sexta-feira, 05/07/2019, terá início a 11ª edição do Festival de Inverno Serra do Itapety. Já tradicional na cidade, o evento vai se estender até o dia 29 de julho, com mais de 40 atrações de diversos segmentos e linguagens culturais, como música, teatro, dança, literatura, cinema, circo, além de workshop e cultura popular. Toda a programação é gratuita.

Veja a programação completa do Festival de Inverno Serra do Itapety 2019

As atrações serão apresentadas em dez palcos no total, sendo sete espaços fechados e três praças públicas. Os palcos fechados serão Theatro Vasques, Biblioteca Municipal Benedicto Sérvulo de Sant´Anna, Casarão do Carmo, prédio da banda Santa Cecília, Centro Cultural, Casarão do Chá e CEU das Artes. Já as praças que servirão como palcos para o festival são: Praça Coronel Almeida, Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros e a praça Cipriano Branco da Silva, em Taiaçupeba.

A abertura acontece já nesta sexta-feira, 05/07, com apresentação da Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes, com a violinista convidada Betina Stegmann. O espetáculo começa às 20h00no Theatro Vasques e os interessados já podem fazer a troca de ingressos no Centro Cultural, por pacotes de fralda geriátrica. Cada pacote, que deve ser no tamanho G e ter no mínimo oito unidades, valerá dois ingressos. As trocas devem ser feitas pessoalmente no Centro Cultural de Mogi das Cruzes, que fica na Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, 360, no Centro.

Um dos destaques do festival é o lançamento de CDs gravados no Estúdio Municipal de Áudio e Música (EMAM). Serão, ao todo, cinco obras lançadas ao longo do mês: “Poesia Dura, Língua Ferina, Coração Justo”, de Deo Miranda, “Varal de Canções”, do grupo Charanga, “Supernova”, de Ana Beatriz Torralvo, “Sempre Enfrente”, da banda Avulsos S/A e “Púrpura”, de Valéria Custódio.

A banda Avulsos S/A fará lançamento de seu CD “Sempre Enfrente” no dia 20 de julho, às 20 horas, pela programação do Festival de Inverno Serra do Itapety 2019

O festival também terá programação infantil, com sessões de cinema destinadas a esse público. A ação tem parceria com a Programadora Brasil e vai acontecer nos dias 16 e 23 de julho, no Centro Cultural, em dois horários: às 10h00 e às 15h00.

Atrações apoiadas via Programa de Ação Cultural (ProAC) também estão na programação. Uma delas é o show musical com Luzia Dvorek, que será no dia 13 de julho, a partir das 20h00 no Theatro Vasques. Outra é a peça teatral “Minhas Queridas”, baseada em livro homônimo de Clarice Lispector e contemplada pelo ProAC edital de montagens inéditas 2018, da Secretaria de Estado da Cultura.

O programa Circuito Cultural Paulista é outro que se fará presente na festival, com a apresentação do espetáculo circense “Le Petit Potpourri”, que mistura malabares, acrobacia, equilíbrio e humor. Dirigida por Gonzalo Caraballo, a produção será apresentada ao ar livre, na Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, no dia 19 de julho, às 15h00.

O Festival de Inverno Serra do Itapety 2019 também terá um espetáculo em que dois tradicionais coros da cidade se reunião em palco. É o concerto “Encontro de Gerações”, com os corais Canarinhos do Itapety e 1º de Setembro, com apresentação marcada para este domingo, 07/07, às 19h00, no Theatro Vasques.

Além disso, o público poderá conferir atrações de cultura popular, com encontros do programa Musicalidade e Capoeira – Vozes do Berimbau, encontros literários, do grupo Entremeio Literário e algumas ações pontuais de outros segmentos, encontros musicais do programa Roda de Choro do Seu Julinho, além de outras apresentações e ações pontuais, como a etapa regional do torneio Free Step e apresentação do espetáculo teatral “Frida”, da Escola de Artes AJPS.

Mais informações pelo telefone 4798-6900.

Fonte: Secretaria Municipal de Cultura

Anúncios

Museus e espaços de cultura receberão câmeras para reforço na segurança

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo está adotando medidas de reforço na segurança de museus e espaços de cultura da cidade, por meio da aquisição de câmeras de monitoramento. A ação tem por objetivo evitar episódios como o ocorrido na semana passada, com a imagem sacra de Nossa Senhora da Conceição.

A princípio, foram adquiridas 20 câmeras, que serão instaladas na Pinacoteca de Mogi das Cruzes, no Arquivo Histórico Municipal “Historiador Isaac Grinberg” e no Museu Virtual de Educação. Só na Pinacoteca, serão 12 câmeras, a serem instaladas nas oito salas expositivas, corredores, entradas e saídas do prédio. No Arquivo Histórico serão duas, sendo uma para cada pavimento e no Muve serão instalados os demais seis equipamentos. O investimento inicial foi de aproximadamente R$ 12,5 mil.

A Secretaria de Cultura desenvolve neste momento o planejamento para que as mesmas providências sejam adotadas nos prédios do Casarão do Carmo, onde está o Museu Visconde de Mauá, no Centro de Cultura e Memória Expedicionários Mogianos (Museu dos Expedicionários) e no Museu Taro Konno, situado no Parque Centenário da Imigração Japonesa.

A Secretaria de Cultura e Turismo está adquirindo câmeras de monitoramento, que serão instaladas nos principais museus e espaços de exposição da cidade, para reforço na segurança. Foto: PMMC

Neste ínterim, foram adotadas algumas restrições referentes ao funcionamento de determinados espaços. A Pinacoteca, por exemplo, está fechada, até que seja feita a completa desmontagem da exposição Arte Sacra em Mogi das Cruzes, que ocupava o piso superior do prédio. Já o Museu Guiomar Pinheiro Franco, no Centro da Cidade, a partir de agora só receberá visitas espontâneas no seu piso térreo. No pavimento superior, só poderão ser feitas visitas de grupos, com agendamento prévio.

A meta é proteger os acervos dos museus do município, inibindo qualquer tipo de ação criminosa. Na semana passada, uma santa pertencente ao acervo da Diocese de Mogi das Cruzes foi retirada do local onde estava exposta na Pinacoteca e escondida em um cubo de exposição em outro cômodo do espaço. A suposição é de que o ato tenha sido premeditado, já com o objetivo de furtar a peça, em momento mais oportuno.

O ocorrido foi fundamental para que tomássemos providências no sentido de reforçar a segurança do nosso acervo. Mogi tem uma história riquíssima e é nossa obrigação proteger esse patrimônio, até para que ele continue cumprindo seu papel de resguardar e passar para futuras gerações fragmentos do nosso passado”, destacou o secretário municipal de Cultura e Turismo, Mateus Sartori.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Pinacoteca de Mogi das Cruzes é fechada após suposto furto de obra

A Pinacoteca de Mogi das Cruzes teve de ser fechada na tarde desta quarta-feira, 17/04/2019, após a identificação do suposto furto de uma obra de arte. O espaço permanecerá sem atividades até que o caso seja devidamente apurado (veja a atualização logo abaixo).

A ausência da peça foi percebida por funcionários da Pinacoteca às 15h00 desta quarta-feira, 17/04. O episódio foi oficializado como furto ao patrimônio em boletim de ocorrência, lavrado no 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes.

A Pinacoteca de Mogi das Cruzes está temporariamente fechada após o furto de uma obra de arte, que foi identificado na tarde desta quarta-feira.

A obra subtraída é a imagem da santa Nossa Senhora da Conceição, que pertencia à Diocese de Mogi das Cruzes. A peça está devidamente catalogada, inclusive no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O bispo diocesano, Dom Pedro Luiz Stringhini, foi comunicado do ocorrido pelo secretário municipal de Cultura e Turismo, Mateus Sartori.

Nesta quinta-feira, 18, a Prefeitura abrirá um processo administrativo com caráter investigativo, para ouvir todas as pessoas que têm acesso à Pinacoteca. Não há sinais de arrombamento no prédio.

A obra compunha a exposição “Arte Sacra em Mogi das Cruzes”, que estava em cartaz desde setembro do ano passado. A exposição ocupava três salas do andar superior da Pinacoteca e reunia obras dos séculos XVII, XVIII e XIX, entre altares, oratórios, imagens e outros fragmentos históricos.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Atualização:

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informa que encontrou a imagem sacra de Nossa Senhora da Conceição, que foi retirada do local onde estava exposta, na Pinacoteca de Mogi das Cruzes e tida, a princípio, como objeto de furto.

O imediato fechamento do prédio, a partir da tarde desta quarta-feira, 17/04, possibilitou à equipe técnica da Secretaria de Cultura e Turismo uma busca minuciosa nas dependências da Pinacoteca, que culminou com a localização da imagem.

A mesma foi retirada da sala onde estava exposta e escondida em um cubo de exposição, que sustenta o livro de assinaturas situado na entrada do espaço de exposição, já no piso superior do prédio.

A Prefeitura defende que o ato de esconder já foi feito com o objetivo final de furtar a imagem e o fechamento do prédio inviabilizou a conclusão do crime.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Festival de Inverno Serra do Itapety 2017 começa no próximo sábado, 01/07

O Festival de Inverno Serra do Itapety 2017 vai se estender de 1º de julho a 1º de agosto. Ao longo deste um mês de programação, o público poderá conferir um total de 55 atrações, distribuídas por 14 palcos. São eles: Centro Cultural, Cemforpe, Parque da Cidade, sede da Banda Santa Cecília, Theatro Vasques, Museu Taro Konno, Museu Guiomar Pinheiro Franco, Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, Casarão do Carmo, Largo do Carmo, Ciarte, Estação Sabaúna, Largo do Rosário e Pinacoteca.

Estão presentes na programação do festival deste ano os tradicionais segmentos da música, teatro, dança, literatura e cinema. A programação também inclui eventos de capoeira, visitas a museus da cidade, pelo segmento de patrimônio, evento que vai falar sobre a tatuagem como expressão artística, feira de antiguidades, feira de livro, alguns cursos, como de manuseio e cuidado com orquídeas e há também o convite aberto para visitas à Pinacoteca de Mogi das Cruzes.

Um dos destaques da programação é a entrega, no dia 19 de julho, das obras de reforma e conservação do Casarão do Carmo. Os trabalhos, iniciados em janeiro deste ano, tiveram como intuito manter a edificação histórica em boas condições e compreenderam trabalhos de revisão e manutenção geral do prédio, mais restauro de algumas estruturas, em respeito às suas características originais. Foram seis meses de trabalho e um investimento total de R$ 115.703,80.

Outro destaque da programação será o ciclo de lançamentos de CDs gravados no Estúdio Municipal de Áudio e Música (EMAM). Serão 10 obras lançadas, de artistas locais e também de grupos e programas da cidade, como o Arena MC e a Orquestra Sinfônica Jovem, por meio do Quarteto de Cordas e Quinteto de Metais. Além de CDs musicais, também serão lançados dois audiolivros, outra categoria que o estúdio também contempla.

Além das ações pontuais, o Festival de Inverno também abarca programas que já fazem parte da agenda semanal da Secretaria de Cultura e eventos com maior tempo de duração. Entram neste rol as sessões de cinema do programa Pontos MIS, a Roda de Choro do Seu Julinho, a Pinacoteca, que ficará aberta durante todo o mês para livre visitação, a exposição “Além da Tatuagem”, que ocupara o Centro Cultural de 03 a 29 de julho e a Feira do Livro, que vai durar um mês (de 1º de julho a 1º de agosto), sempre de segunda a sábado, das 8h00 às 18h00, no Largo do Rosário.

Toda a programação do Festival de Inverno Serra do Itapety é gratuita. Mais informações podem ser obtidas no telefone 4798-6900.

Fonte: Secretaria Municipal de Cultura

⚡️Curtas (09/11/2016)

Poupatempo Mogi tem novo horário de funcionamento

O Poupatempo Mogi, que fica na Av. Vereador Narciso Yague Guimarães, 1.000 – Centro Cívico, dentro do D’avo Hiper, mudará o horário de funcionamento a partir de quinta-feira, 10/11/2016:  de segunda a sexta, das 8h00 às 17h00. Atualmente, o posto fica aberto durante a semana até às 18h00. Aos sábados, o atendimento continuará sendo feito das 8h00 às 13h00.

Poupatempo Mogi das Cruzes
Em pesquisa realizada pela empresa Praxian no ano de 2015, a unidade foi aprovada por 97% dos usuários.

Vereador sugere regulamentação de estacionamentos

O vereador Olimpio Tomiyama sugeriu em sessão ordinária, na tarde desta terça-feira, 08/11/2016, que o Legislativo inicie discussões para regulamentar o funcionamento de estacionamentos em estabelecimentos comerciais do Município. Ele conta que recebeu reclamações de consumidores do Mogi Shopping sobre a redução no tempo de condescendência para manter veículos no local sem pagar. “A tolerância, que era de 15 minutos, reduziu para dez. Em vários locais é de 30 minutos. Está na hora de a Câmara se manifestar, estudar. Quem sabe até mesmo iniciar estudo pela Comissão Permanente de Direito do Consumidor. Por que não pode ser meia hora? A Câmara deveria tomar um posicionamento”.

Pinacoteca tem horário de funcionamento ampliado

A Pinacoteca de Mogi das Cruzes passou por um ajuste em seu horário de funcionamento e ampliará seu expediente. Além do funcionamento das 8h00 às 18h00 às segundas, terças, quartas e sextas, ela passará a atender até as 20h00 às quintas-feiras, e também já abre todo segundo sábado do mês, das 10h00 às 16h00.

A ampliação foi feita em virtude da aceitação do público para com o equipamento e também visando criar um horário mais viável e flexível para aqueles que desempenham, por exemplo, atividade profissional em período integral.

Pinacoteca de Mogi das Cruzes
A Pinacoteca de Mogi das Cruzes tem 10 espaços expositivos internos, possui atualmente 161 obras expostas e agora está com o horário de funcionamento ampliado. Foto: Guilherme Berti/ PMMC

A Pinacoteca de Mogi das Cruzes tem, no momento, 161 obras expostas, assinadas por 128 artistas plásticos locais. O acervo é composto por 242 obras no total e está sempre aberto à ampliação, uma vez que a Secretaria de Cultura está em constante contato com profissionais da arte, para obter a maior representatividade possível das artes plásticas mogianas no novo espaço cultural. Há no acervo obras doadas e também recebidas por comodato.

A Pinacoteca funciona no mesmo prédio-sede da Secretaria de Cultura, na Rua Coronel Souza Franco, nº 993, no Centro Histórico.