Coronavírus: Parques Centenário, Leon Feffer e da Cidade reabrem em horário reduzido

Os Parques Centenário, Leon Feffer e da Cidade serão reabertos ao público a partir de segunda-feira, 20/07/2020, com horário reduzido, limitação de público e adequações para garantir a segurança dos frequentadores durante a pandemia. Os três parques funcionarão de segunda a sexta-feira, das 7h00 às 13h00. No Centenário e Leon Feffer, o limite de público será de 800 pessoas cada um. Já no Parque da Cidade, o número máximo será de 200 pessoas. Haverá placas de orientação, pontos com frascos de álcool gel e funcionários para medir a temperatura e informar o público. Os três equipamentos também receberão higienização reforçada em pontos de maior concentração de pessoas.

Os secretários municipais do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, e de Esportes e Lazer, Nilo Guimarães, coordenaram o trabalho de preparação nos últimos dias. Eles lembram que os protocolos foram definidos para garantir o máximo de segurança aos frequentadores, mas reforçam que as pessoas devem ter consciência da gravidade da pandemia e utilizar os parques respeitando as medidas conhecidas por toda a sociedade, como usar máscaras, evitar aglomerações, manter distância de outras pessoas e reforçar a higienização pessoal.

Espaços públicos como pistas de caminhada e jardins passaram por cuidados nos quase quatro meses de fechamento. Foto: Divulgação/PMMC

Os chamados parques urbanos serão reabertos na segunda-feira, mas tomamos essas medidas para que as pessoas possam contemplar a natureza e fazer atividades físicas sem descuidar das normas vigentes na pandemia. Haverá todo um trabalho de orientação e fiscalização, mas a principal ferramenta será a própria consciência dos cidadãos. Se todos respeitarem as regras, os parques poderão ser usados de forma equilibrada, com os frequentadores se exercitando ao mesmo tempo em que se previnem contra o contágio”, afirmou Lima.

Os três parques receberam placas de informação e pontos com álcool gel para as pessoas higienizarem as mãos. O uso de máscaras – que é obrigatório em espaços públicos em todo o Estado de São Paulo –  também será fiscalizado. Na entrada, funcionários farão o controle de entrada e a contagem do público, como explica o secretário Nilo Guimarães:

Quando o limite pessoas for atingido, os funcionários vão esperar a saída das pessoas para que só então outras possam entrar. Mas reforçamos que todo esse trabalho de fiscalização realizado pela Prefeitura precisa ter o apoio da população, cuja colaboração será fundamental para que tenhamos um funcionamento dos parques de forma prudente e dentro dos limites que a pandemia nos impõe”, afirmou.

Dentro dos parques, permanecerão fechados os quiosques, churrasqueiras, playground, ATIs, quadras esportivas, assim como os demais locais que possam acarretar aglomeração de pessoas. Da mesma forma, os vendedores ambulantes que atuam no Centenário não retomarão suas atividades, pelo menos neste momento. Outro detalhe importante é que os bebedouros também não poderão ser usados, por serem focos de propagação do vírus: “Nossa orientação é para que as pessoas tragam sua água de casa”, frisou Nilo.

Nenhum dos três parques funcionará aos sábados e domingos, justamente para evitar o aumento no número de frequentadores. Além disso, as escolinhas esportivas do Parque da Cidade manterão suas atividades suspensas, com exceção da prática de caminhada e corrida.

Os parques receberam manutenção contínua durante o período em que permaneceram fechados. O trabalho incluiu corte de mato, reparos de alvenaria, manutenção dos lagos, reparos nos banheiros, cuidados com os gansos que habitam o Centenário, além de pintura e troca de equipamentos que precisavam de substituição, como torneiras e fechaduras.

Ilha Marabá e Parque Municipal

O Núcleo Ambiental da Ilha Marabá e o Parque Municipal Francisco Affonso de Melo – Chiquinho Veríssimo continuarão fechados, mas o agendamento de visitas monitoradas será reaberto a partir de segunda-feira, 20/07. Os interessados podem entrar em contato com a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente pelo telefone 4798-5959. Nos dois espaços, as visitas acontecerão com número reduzido de pessoas e em dias previamente agendados. Haverá monitores e as orientações de segurança sanitária serão reforçadas, como uso de máscara, de álcool gel e manutenção de distanciamento.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Coronavírus: Mogi decreta estado de calamidade pública

O prefeito Marcus Melo decretou nesta sexta-feira, 20/03/2020, estado de calamidade pública em Mogi das Cruzes. A medida tem como finalidade a prevenção e o enfrentamento à epidemia causada pelo Coronavírus. Entre as determinações que o Decreto 19.163 traz, destacam-se:

  • O fechamento de tabacarias, adegas de varejo, bares, food trucks, carrinhos de alimentação em geral, casas de shows, casas noturnas e afins, clubes sociais, esportivos, parques, feiras noturnas, shopping centers, lojas de departamento e academias;
  • O fechamento do mercado municipal aos domingos, mas faculta o funcionamento dos boxes dos permissionários a partir do dia 23 de março, durante a semana;
  • Fica proibida a realização de eventos e de reuniões de qualquer natureza, de caráter público ou privado, incluídas excursões, cursos presenciais, confraternizações, festas, missas e cultos religiosos, com mais de 50 (cinquenta) pessoas;
  • Os estabelecimentos comerciais devem fixar horários ou setores exclusivos para atender os clientes com idade superior ou igual a 60 anos e aqueles grupos de risco;
  • Os fornecedores e comerciantes devem estabelecer limites quantitativos para a aquisição de bens essenciais à saúde, à higiene, à alimentação, sempre que necessário para evitar o esvaziamento do estoque de tais produtos;

A íntegra da live realizada nesta sexta está disponível no Facebook.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Coronavírus: Parques Centenário e Leon Feffer fecham a partir deste sábado, 21/03/2020

A Prefeitura de Mogi das Cruzes determinou o fechamento dos Parques Centenário e Leon Feffer, a partir deste sábado, 21/03/2020, como mais uma medida para reduzir a circulação de pessoas na cidade e, consequentemente, diminuir os riscos de contaminação pelo novo Coronavírus. A suspensão do funcionamento é por tempo indeterminado.

O Viveiro de Mudas, localizado no Parque Leon Feffer, também vai fechar, assim como a distribuição de mudas ao público. Da mesma forma, o Parque Municipal Chiquinho Veríssimo, o Parque da Cidade e a Ilha Marabá seguem fechados.

O Centenário e o Leon feffer são alguns dos principais locais de lazer, eventos e encontros da cidade, com milhares de visitantes todos os dias, sobretudo aos fins de semana. “Esta pandemia é uma situação preocupante que exige nós medidas para preservar a saúde e a vida dos cidadãos. Temos de reduzir ao máximo a circulação e contato entre as pessoas”, diz o prefeito Marcus Melo.

Parque Centenário ficará fechado ao público por tempo indeterminado, como forma de reduzir a propagação do Coronavírus. Foto: PMMC

Ao longo dos últimos dias, o município vem adotado uma série de medidas de contenção. Até a quinta-feira, 19/03, à noite, Mogi das Cruzes possuía 47 notificações suspeitas de coronavírus, das quais cinco foram descartadas. As demais aguardam resultados de exames.

Entre eles está a contraprova do primeiro caso confirmado entre mogianos, que é uma paciente de 43 anos internada em um hospital particular da Capital. O marido dela também está internado com a doença, em São Paulo, mas a unidade hospitalar ainda não oficializou a notificação na Vigilância Epidemiológica de Mogi.

A Prefeitura criou um Centro de Referência do Coronavírus no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes, com entrada exclusiva pelo Bloco “B”, que fica na rua Capitão Francisco de Almeida, nº466, em Braz Cubas. O serviço médico está disponível para pacientes com idade a partir dos 13 anos. Para menores, o atendimento continua sendo realizado no Pronto Atendimento Infantil 24 horas.

O espaço foi especialmente preparado para realizar acolhimento e atendimento aos pacientes com toda segurança necessária e sem contato com outros setores. Com a suspensão das cirurgias eletivas, exames e consultas ambulatoriais na unidade, os espaços e leitos serão disponibilizados para eventuais internações, incluindo Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Desde terça-feira, 17/03, o município está em situação de emergência para conter a disseminação do vírus, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo.

INFORMAÇÕES SOBRE O CORONAVÍRUS EM MOGI

Para ficar sabendo de todas as medidas adotadas em Mogi das Cruzes para conter a disseminação do novo coronavírus, acesse: mogidascruzes.sp.gov.br/coronavirus

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Parque da Cidade oferece aulas de capoeira, futsal e ginástica rítmica

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer disponibiliza aulas gratuitas de diversas modalidades esportivas no Parque da Cidade, entre elas capoeira, futsal e ginástica rítmica, que estão com vagas abertas para novos alunos. As turmas são para meninas de 5 a 14 anos, no caso da ginástica, para meninos de categoria sub 14, no futsal, e para pessoas de todas as idades, de ambos os sexos, no caso da capoeira. As inscrições devem ser feitas pelo site da secretaria (esportemogi.com.br).

Oferecer às crianças mogianas a oportunidade de realizar atividades físicas de forma gratuita é um grande benefício para todos. Elas podem praticar esporte, criando assim uma mentalidade de prática esportiva que pode ser levada para toda a vida”, afirma o secretário de Esporte e Lazer, Nilo Guimarães.

Na modalidade de ginástica rítmica, as turmas são divididas em dois níveis. O primeiro é o iniciante, para alunas que nunca praticaram a modalidade, e o segundo é o avançado, para meninas que já possuem algum contato com a ginástica.

O Parque da Cidade foi inaugurado em 2016, tem uma área de 85 mil metros quadrados e reúne estruturas voltadas à prática esportiva, atividades culturais e lazer. Foto: PMMC

A avaliação para diferenciar e definir o nível de cada uma é feita pelo professor da modalidade. Os horários para o iniciante é segunda-feira, das 8h00 às 8h40, e sexta-feira, das 8h50 às 9h45. Já o avançado é às segundas e quartas-feiras, das 8h50 às 9h30.

No futsal, as vagas remanescentes são para a categoria sub 14, que inclui meninos de 13 e 14 anos. As aulas são às quartas-feiras, das 10h15 às 11h20, e sexta-feira, das 9h30 às 11h00. Todas as aulas são realizadas na quadra poliesportiva do Parque da Cidade. Já na capoeira, uma nova turma está em formação e agrega pessoas de todas as idades, de ambos os sexos.

O Parque da Cidade foi inaugurado em 2016, tem uma área de 85 mil metros quadrados e reúne estruturas voltadas à prática esportiva, atividades culturais e lazer.

O equipamento conta com uma Academia da Terceira Idade (ATI), dois campos de futebol society com grama sintética, pista de caminhada com 1.200 metros de extensão, duas quadras de tênis, uma quadra poliesportiva, duas quadras de vôlei de areia, três quadras de basquete (modalidade streetball) e um pavilhão esportivo para modalidades como xadrez, judô e tênis de mesa.

O parque fica na rua Jaderlina de Almeida Lopes, s/nº – Parque Santana, e funciona todos os dias, das 7h00 às 19h00.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Academia do Jovem torna-se referência em musculação gratuita

Inaugurada em setembro de 2019, a Academia do Jovem, no Parque da Cidade, tornou-se referência de qualidade em relação a atividades de musculação gratuita. Cerca de 1.000 mogianos utilizam a academia durante o mês e mais de 2 mil pessoas já realizaram seu cadastro no site da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, estando aptas a utilizarem e usufruírem do equipamento.

O mogiano que deseja usufruir do benefício deve possuir cadastro no site da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (esportemogi.com.br) e, por meio da carteirinha gerada, o cidadão poderá utilizar o espaço apresentando ela no local.

A utilização da Academia do Jovem é feita de modo rotativo, em que até 30 alunos podem utilizar o equipamento na mesma hora. As atividades contam com a presença de profissionais formados e capacitados, que já atuam no Parque da Cidade, para instruir o atleta. A permanência máxima por dia é de uma hora por pessoa.

A Academia do Jovem conta com 17 aparelhos de aço inox, além de disponibilizar halteres, barras e anilhas. Foto: Ney Sarmento/PMMC

A academia ainda conta com equipamentos de alta qualidade. Ao todo, são 17 aparelhos de aço inox, como maquinas multiusos de musculação, além de halteres, barras e anilhas. O valor investido pela Prefeitura para a implantação dos aparelhos foi de R$ 210 mil.

O Equipamento tem piso de grama sintética, que dá um conforto maior para os usuários e uma cobertura em formato ondular que protege os aparelhos e os atletas da chuva e do forte sol. Ao redor da academia, um alambrado foi instalado para uma melhor segurança.

A Academia do Jovem funciona na terça, quinta e sexta-feira, das 7h30 às 10h30, e na quarta-feira das 9h30 às 10h30. Já no horário da tarde, apenas na terça e na quarta-feira o local é aberto. Na terça-feira, das 15h30 às 16h30, e na quarta-feira, das 15h30 às 18h30. As atividades só poderão ser feitas com a presença e acompanhamento dos professores da Secretaria de Esporte e Lazer de Mogi das Cruzes.

A Academia do Jovem fica dentro do Parque da Cidade, que está localizado na rua Jardelina de Almeida Lopes, 451 – Parque Santana. O telefone para contato é o 4798-4087.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes