Prazo de religação de água para casos de corte por inadimplência é reduzido de 72 para 24 horas

Uma mudança no regulamento do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) de Mogi das Cruzes reduziu o prazo para religação de água para os casos em que o fornecimento é cortado por inadimplência. Em vez de 72 horas, o período passa a ser de 24 horas, desde que não haja impedimentos técnicos (como necessidade de substituição de cavaletes, por exemplo) ou logísticos. A diminuição do tempo para execução do serviço foi possível graças a estudos e adequações na rotina de trabalho do Departamento Comercial da autarquia.

Conforme o regulamento, o fornecimento de água é restabelecido após o pagamento das faturas vencidas, tarifa de religação e apresentação dos respectivos comprovantes em um dos postos de atendimento presencial (como as unidades do PAC) ou pelo telefone 115, canal pelo qual os pedidos de religação também podem ser feitos a partir de agora.

Diminuição do tempo para execução do serviço foi possível graças a estudos e adequações na rotina de trabalho do Departamento Comercial da autarquia. Foto: Guilherme Berti/PMMC

O regulamento do Semae é o documento que disciplina os procedimentos relativos aos serviços de abastecimento de água e de coleta de esgotos em Mogi das Cruzes; orienta as relações entre autarquia e os usuários e contém informações e orientações técnicas e legais de interesse dos clientes para consultas, normas e sanções a serem aplicadas pelo Semae para regularização dos serviços administrativos, técnicos e financeiros.

Agência Virtual

A autarquia também disponibilizou dois novos serviços em sua Agência Virtual, no endereço eletrônico agenciavirtual.semae.sp.gov.br. Os clientes agora podem solicitar, pela internet, a restituição de pagamentos em duplicidade e a inclusão de um endereço alternativo para entrega da conta, diferente do local da ligação (para este serviço, há cobrança dos custos de postagem).

Pela agência virtual, o cliente do Semae também tem acesso à segunda via da conta, relação de débitos, histórico de consumo, segunda via de carnê de parcelamento de débitos e certidão negativa de débitos. É possível ainda atualizar dados, acompanhar o andamento de serviços solicitados e verificar a validade de certidões.

Para acessar, é necessário informar o número do cadastro (disponível na conta de água) e o CPF. Caso o CPF não esteja cadastrado ou precise de atualização, é necessário enviar, também online, uma foto do documento – mais uma facilidade, já que dispensa o comparecimento a um posto de atendimento.

Essas funções estão disponíveis também no aplicativo Semae Conecta, que pode ser baixado na Google Play e na App Store.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

⚡️Curtas (06/10/2017)

– Feira gastronômica “Sabores do Alto Tietê” acontece neste sábado, 07/10/2017

O público do Alto Tietê tem uma atração diferente para conferir neste sábado, 07/10/2017. Das 10h00 às 17h00, será realizado no Largo do Rosário, em Mogi das Cruzes, o “Sabores do Alto Tietê”, um evento com boa comida e uma programação cultural eclética, com música, dança e show de palhaços.

A iniciativa é do Conselho do Fundo Social de Solidariedade do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê e conta com a participação de 11 cidades – Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano.

Com o objetivo de estimular a solidariedade, divulgar as ações e arrecadar recursos para os projetos, os Fundos Sociais irão comercializar comidas diversificadas e com preços acessíveis. No cardápio tem fritas (em diferentes versões), esfiha, fogazza, doces, baião de dois, tapioca, churros, nhoque, pastel, pizza, pães, queijos e mel.

A proposta desse cardápio é mostrar um pouco do que é tradição nas festas que acontecem na cidade”, ressalta Vanessa Noronha Leite, coordenadora do Conselho do Fundo Social do Condemat.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, Karin Melo, também fala sobre a importância da atividade. “O trabalho junto ao Condemat tem sido muito gratificante, pois podemos trocar experiências, debater ideias e projetos juntos. Espero que todos compareçam, prestigiem e aproveitem as opções gastronômicas ali oferecidas, ao mesmo tempo em que estarão contribuindo para uma causa nobre“, enfatiza.

A programação cultural começa logo na abertura do evento e se estende até o final da tarde com apresentações de taikô (Grupo Kouran Daiko – Suzano Bunkyo); zumba (Guararema); show com os palhaços Paçoca e Paçoquita (Suzano); moda de viola com Shirley Luzia & Prata Fina (Salesópolis) ; dança folclórica com Catiteiros de Salesópolis; MPB e sertanejo com o cantor Eduardo Henrique (Mogi das Cruzes) e, fechando a programação, a cantora Leandra Oliveira (Arujá) com música sertaneja.

O palco está montado na parte central do Largo do Rosário e as barracas de comida nas duas laterais. O local foi escolhido em virtude da grande circulação de pessoas, em especial aos sábados.

– Prefeitura amplia número de câmeras com imagens disponíveis pela internet

A Prefeitura de Mogi das Cruzes ampliou o número de câmeras de monitoramento que têm suas imagens disponibilizadas, em tempo real, na página da administração municipal na internet. Com a inclusão, as imagens de 30 equipamentos instalados em ruas, avenidas e praças da cidade podem ser consultados.

O projeto faz parte das ações da Prefeitura para a utilização de ferramentas tecnológicas para facilitar o dia a dia da população. O serviço ‘Câmeras Ao Vivo’ pode ser acessado pelo endereço eletrônico mogidascruzes.sp.gov.br/camera-ao-vivo. As imagens serão atualizadas a cada 5 segundos e o internauta pode verificar, em tempo real, a movimentação das regiões atendidas, as condições do trânsito, entre outras informações.

Imagens de 30 câmeras de monitoramento estão disponíveis na página da Prefeitura de Mogi das Cruzes na internet, com atualização a cada 5 segundos

Os novos equipamentos disponibilizados ficam no Centro (rua Coronel Cardoso de Siqueira x Largo Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira e Rua Professor Flaviano de Melo X Praça Otaviano Augusto Malta Moreira – Totó), Cezar de Souza (Avenida João XXIII X Avenida Nilo Marcatto e Avenida Ricieri José Marcatto X Rua Maria do Nascimento Boz Vidal), Jundiapeba (Avenida Pres. Altino Arantes X Rua Pedro Paulo dos Santos e Avenida Áurea Martins dos Anjos X Alameda Santo Ângelo) e em Braz Cubas (Avenida Edith Inácia da Silva X Rua Shiguetoshi Suzuki).

No lançamento do projeto, em julho, já haviam sido disponibilizadas as imagens de 23 câmeras com tecnologia compatível para o envio automático para a internet. Estes equipamentos ficam nos bairros Jundiapeba, Jardim Universo, Centro, Centro Cívico, Cezar de Souza, Braz Cubas, Alto do Ipiranga, Vila Natal, Nova Mogilar, Ponte Grande, Vila Oliveira e Chácara Jafet.

Mogi das Cruzes possui atualmente cerca de 300 câmeras de monitoramento, entre equipamentos localizados em espaços públicos e em prédios municipais. O sistema é monitorado pela Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp).

– Novo PAC Central inicia atendimento na segunda-feira, 09/10

A Prefeitura de Mogi das Cruzes entregará, na próxima segunda-feira, 09/10/2017, às 9h00, as obras de reforma e modernização da unidade central do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC). O setor, que desde julho funciona provisoriamente no saguão do Paço Municipal, encerrou suas atividades às 12h00 desta sexta-feira, 06/10, para transferência de móveis e equipamentos para as novas instalações. O serviço ao público será retomado na segunda, a partir do meio-dia.

O investimento na melhoria do serviço foi de R$ 317 mil. A unidade central do PAC passará a funcionar em área fechada com vidros e terá ar-condicionado. Foram construídas três salas para o Procon, duas delas para audiências de conciliação, salas para coordenação do PAC, de atendimento e de convivência.

O PAC Central funciona no térreo do Prédio 1 da Prefeitura

O piso elevado foi substituído e há rampas e piso podotátil para garantir a acessibilidade. As instalações elétricas, hidráulicas, de lógica e telefonia foram trocadas.

Esta será a última etapa do processo de modernização do prédio da Prefeitura, que ganhou novo visual e melhorias estruturais nos últimos dois anos. O prédio foi construído na década de 80 e, desde então, não havia recebido atualizações.

Com investimento de R$ 7,4 milhões, a reforma garantiu acessibilidade, elevadores, novo sistema elétrico e de informática, trazendo mais conforto para cidadãos e servidores.