Centro Cultural recebe 1ª edição da mostra de curtas ‘Cine Kaki’

Neste sábado, 18/02/2017, a partir das 17h00, o Centro Cultural de Mogi das Cruzes receberá a primeira edição do Cine Kaki, uma mostra de curtas metragens independentes. O objetivo é valorizar a produção cinematográfica, além de promover uma aproximação entre os realizadores de cinema e o público que aprecia este tipo de arte. Serão exibidos até dez curtas e o evento como um todo será dividido em blocos, com debate ao término de cada bloco. A entrada é gratuita.

A princípio, constam nove curtas na programação. Mas, como avisam os organizadores, há uma décima obra, que pode ser inserida no cronograma de exibições. Os títulos confirmados são “Conto de Fadas”, “Capitão Moreno”, “TAG”, “Reviravolta Sangrenta”, “Desafios Mortais”, “Não Abra Jamais”, “Maldito Mundo Moderno”, “Ainda Não é Sexta” e “O pouco sobre o muito que vejo”. As temáticas e gêneros são variados, passeando por dramas e doenças da vida moderna, suspenses, thrillers e aventuras.

1ª edição da mostra de curtas ‘Cine Kaki’

O Pouco sobre o mundo que vejo”, por exemplo, é uma produção do grupo Minimal Filmes que aborda desafios da vida contemporânea e a ansiedade inerente ao enfrentamento das situações. No filme, isso é representado por meio de uma entrevista de emprego. Já “O Conto de Fadas” é uma aventura fantástica com personagens fictícios, que trata da vingança contra uma injusta execução. “Não Abra Jamais”, por sua vez, mergulha no clima de mistério, trazendo ao espectador a história de Karen, que recebe em seu apartamento um envelope sem remetente, que gera consequência inexplicável ao senso comum.

TAG”, como o próprio nome diz, fala sobre o Transtorno de Ansiedade Generalizada, uma condição de saúde não muito conhecida, porém que, segundo levantamentos feitos pela produção, afeta aproximadamente 30% de toda a população global. O filme mostra as implicações e os prejuízos da síndrome na vida de uma pessoa comum, atinando para a necessidade de um tratamento.

Capitão Moreno” narra a história de um repórter muito dedicado a sua profissão, cuja especialidade é ir atrás de matérias bizarras em lugares inusitados. No episódio abordado pelo curta, ele investiga, sorrateiramente, a produção de um filme de terror.

Maldito Mundo Moderno” é uma crítica ao modo de vida padronizada dos dias atuais, abordado a partir de personagens que são gurus, portadores de manuais de como se dar bem e ser feliz na vida. Embora muito desejado pela sociedade, o material é também altamente questionável do ponto de vista humano. Já “Ainda não é sexta” traz uma trama simples, porém profunda, de uma jovem que perde o emprego, porém segue em frente na busca por um novo rumo em sua vida profissional e pessoal, com muita alegria e simpatia.

Em “Desafios Mortais”, fica uma reflexão acerca do peso dado nos dias de hoje às redes sociais. O curta conta a história de um grupo de youtubers que não mede esforços para alcançar o maior número possível de curtidas. Dentro desse âmbito, entram desafios insanos, impostos pelos seus seguidores e que acabam por colocar suas vidas em risco. “Reviravolta Sangrenta”, por fim, tem como enfoque uma verdadeira reviravolta que ocorre quando um estuprador está prestes a fazer suas duas próximas vítimas.

Mais informações pela página do evento no Facebook ou o telefone 4798-6986.

Fonte: Secretaria de Cultura de Mogi das Cruzes

Anúncios

Mogi recebe sessão gratuita de cinema nacional

Na próxima quinta-feira, 16/06/2016, moradores de Mogi das Cruzes poderão curtir uma sessão gratuita de cinema nacional. O diferencial é que toda a projeção será realizada por alunos e professores da ETEC Presidente Vargas, que foram capacitados previamente como produtores culturais através da formação continuada ministrada pela Brazucah Produções.

A iniciativa faz parte do circuito Rede Brazucah nas Escolas, um projeto que leva o cinema nacional para dentro das salas de aula de unidades do Centro Paula Souza, patrocinado pela CPFL e realizado pela Brazucah Produções.

Rede Brazucah nas Escolas

A exibição acontecerá no dia 16 de junho, às 19h30, nas dependência da Etec Presidente Vargas e será aberta ao público em geral. Na programação, cinco curtas metragens nacionais: Bravura (Leonardo Minozzo), Meu amigo Nietzsche (Fáuston da Silva), Graffiti (Lilian Solá Santiago), Matadeira (Jorge Furtado) e Dá licença de contar (Pedro Soffer Serran).

Mostra Brazucah

A Etec receberá um workshop sobre produção audiovisual, com carga horária de oito horas que habilitará alunos e professores a criarem seus próprios vídeos. A escola realizará um concurso interno de produção audiovisual entre seus estudantes. As melhores criações participarão da “Mostra – Cinema e Educação”, que acontecerá em São Paulo, ao término do circuito. Serão dois dias dedicados ao cinema brasileiros com apresentação dos filmes exibidos durante o projeto, debates com seus realizadores e com a equipe do projeto Rede Brazucah e projeção dos melhores filmes produzidos nas escolas.

Sobre a Rede Brazucah

Produzido e realizado pela Brazucah Produções o projeto tem como objetivo aproximar alunos e professores do cinema nacional e desenvolver polos educacionais para reflexão de produções nacionais, alternativo ao circuito comercial convencional. A Rede Brazucah nas Escolas acontece desde 2011 e nesse período realizou mais de 700 sessões de filmes brasileiros, impactou cerca de 60 mil pessoas e formou 60 estudantes e 40 professores para a utilização do audiovisual em sala de aula. O projeto passou por mais de 20 instituições de ensino em 17 cidades do estado de São Paulo e a capital.

SERVIÇO:

Evento: Rede Brazucah nas Escolas
Local: ETEC Presidente Vargas
Endereço: Rua Adriano Francisco Salgado, 30 – Vila Sud Menucci
Data: 16/06/2016
Horário: 19h30
Duração: Não informada
Recomendação: Livre
Ingressos: Entrada Franca 🙂
Informações: redebrazucah.com.br

⚡️Curtas (02/05/2016)

Interrupção no abastecimento de água

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) continua nessa semana o processo de limpeza dos reservatórios instalados em vários pontos da cidade. O serviço exigirá, por algumas horas, a interrupção do fornecimento de água. Por isso, a autarquia pede aos moradores que utilizem água de forma racional, evitando a limpeza de carros e quintais e combatendo o desperdício ao executar as tarefas domésticas indispensáveis como a lavagem de louças e de roupas, além de reduzir o tempo de banho.

É um serviço de rotina que realizamos a cada seis meses. Da mesma forma que nas caixas de água das residências, é necessário fazer uma limpeza periódica em nossos reservatórios para manter a qualidade da água”, explica o diretor-geral do Semae, Marcus Melo.

Na segunda-feira, 02/05, o procedimento será no reservatório do Botujuru, que abastece o bairro e também a Vila São Paulo. O corte no fornecimento de água será das 6h00 às 22h00.

Interrupção no abastecimento de água

Na quarta, 04/05, a limpeza será em um dos tanques do Reservatório Baixo 1 (RB-1), na Vila Natal, com interrupção do fornecimento de água em bairros como Vila Oliveira, Cocuera, Real Park Mogi, Vila Nova União, Jardim Camila, Conjunto São Sebastião e Vila Moraes, entre outros. O abastecimento será interrompido das 6h00 às 14h00.

No mesmo dia, o Semae limpará o reservatório da Vila Pomar, cuja área de abastecimento inclui a Vila Melchizedec, Vila Brasileira, Vila São Sebastião, Conjunto Residencial Thaysa e Loteamento Alvorada. O corte no fornecimento de água está previsto para ocorrer das 6h00 às 22h00.

Já na quinta-feira,  05/05, o procedimento será realizado no reservatório da Vila da Prata. A interrupção do abastecimento também será das 6h00 às 22h00, abrangendo a Vila São João e a Estrada Jinichi Shigeno, além da própria Vila da Prata.

Centro Paula Souza lança curso livre a distância de Gestão de Pessoas

O Centro Paula Souza (CPS) lançou o novo curso livre gratuito de Gestão de Pessoas em sua plataforma online de ensino a distância (EaD). Com duração de 30 horas, a capacitação aborda, no ambiente virtual, temas como recrutamento, treinamento, avaliação de desempenho, remuneração, liderança, motivação, contratação e horas-extras. São quatro aulas com exercícios, jogo educativo e avaliação final obrigatória. Qualquer pessoa interessada pode se matricular sem necessidade de processo seletivo. Basta acessar a plataforma via navegador em um computador conectado à internet e se cadastrar com login e senha. Ao final das atividades é emitido um certificado de formação inicial.

Mooc

Este é o terceiro curso livre lançado pelo Centro Paula Souza na plataforma Mooc (Massive Open Online Course – sigla em inglês para Curso Online Aberto e Massivo). As outras duas formações são Autocad e Mercado de Trabalho. O sistema entrou no ar em junho do ano passado e já contabiliza cerca de 10 mil estudantes inscritos. Os conteúdos são dinâmicos, com avaliações e exercícios.

O curso auxilia o aluno a compreender questões que envolvem desde a seleção de candidatos até o cuidado que se deve ter com o trabalhador empregado em uma organização”, explica o diretor do Grupo de Estudo de Educação a Distância (GEEAD) do Paula Souza, Rogério Teixeira. A instituição oferece várias modalidades de ensino a distância.

Fundação Japão e SESI-SP promovem a Mostra ‘Japão Jovem’

Pela primeira vez um país asiático é tema do projeto Cine SESI-SP no Mundo. Realizada em parceria com a Fundação Japão em São Paulo, de 5 a 28 de maio, a mostra Japão Jovem traz ao público do SESI-SP quatro filmes do cinema nipônico contemporâneo, incluindo um longa-metragem de ficção e três animações. São obras assinadas por dois diretores premiados internacionalmente e com grande sucesso de público: Tomoyuki Furumaya e Makoto Shinkai.

As produções da mostra trazem em comum histórias de protagonistas jovens, ricas em referências a práticas culturais japonesas, mas que remetem a experiências universais. Espectadores de todas as idades poderão reconhecer os dilemas dos personagens, que precisam aprender a lidar com as perdas e frustrações para poderem seguir em frente.

Participam da mostra o filme Bushido Sixteen, e as animações Em Busca das Estrelas, O Jardim das Palavras e O Lugar Prometido em Nossa Juventude.

A Mostra tem entrada gratuita e inclui sessões de debates e atividades de mediação cultural.

Em Mogi, as exibições serão realizadas nas quintas-feiras (05, 12, 19 e 26/05), sempre às 15h00, no CAT Nadir Dias de Figueiredo.

Exibições da ‘Mostra Municipal de Cinema Nacional’ acontecem entre quarta e domingo (11 a 15/03/2015)

De quarta-feira a domingo desta semana (11 a 15/03/2015), Mogi das Cruzes vai sediar a Mostra Municipal de Cinema Nacional. Trata-se de uma coletânea de filmes brasileiros voltados para todo tipo de público, que serão exibidos em oito pontos da cidade, sempre com entrada franca. O evento faz parte do projeto Festival de Cinema do Alto Tietê – Cultura para Todos, que tem apoio e parceria da Secretaria Municipal de Cultura.

O projeto visa a promoção cultural e a difusão da produção audiovisual brasileira para pessoas com dificuldade de acesso aos bens culturais. Além das exibições de filmes, haverá palestras, oficinas de audiovisual e uma mostra regional. Inspirada no Festival de Cinema e Meio Ambiente de Guararema, a iniciativa acontece de forma descentralizada e não tem fins lucrativos. Qualquer lucro será revertido para a AACD – Associação de Assistência à Criança Deficiente.

As exibições de filme acontecerão nos cinco Centros Municipais de Programas Educacionais – CEMPREs da cidade, no Theatro Vasques e também em dois hospitais da cidade geridos pelo Governo do Estado – Luzia de Pinho Melo e Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcante – nesses últimos casos, as exibições serão restritas à pacientes e funcionários das unidades de saúde.

Já as oficinas acontecerão no Casarão do Carmo e haverá uma por dia, de quarta-feira a sábado (11 a 14/03), geralmente em dois horários – às 10h00 ou 15h00. Os temas são todos da área da produção audiovisual e as aulas serão, portanto, ministradas, por profissionais especializados, como Thales Pagassini, Marcus Mantovanelli e Rinaldo Martinucci. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas diretamente no blog do festival.

Faça aqui sua inscrição para as oficinas

No Theatro Vasques, haverá até quatro sessões diárias de cinema, com títulos como Faroeste Caboclo, Os Normais – o Filme, A Grande Família – o Filme e Dois Coelhos. Já na linha infantil e juvenil, foram selecionados títulos como Seus Problemas Acabaram, Longa Garoto Cósmico, Brichos e um documentário do Palavra (En) Cantada.

Mais informações podem ser obtidas no blog do evento.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes