Com nível do Tietê elevado, Ilha Marabá é fechada temporariamente para visitação

A chuva intensa dos últimos dias e o aumento do nível do rio Tietê levaram a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente a determinar o fechamento temporário do Núcleo Ambiental da Ilha Marabá, no Mogilar, a partir desta terça-feira, 11/02/2020, ao meio-dia. Localizada às margens do Tietê, a Ilha Marabá possui uma trilha que permite aos visitantes chegarem até as margens do rio. Com a chuva, a trilha está alagada e a água chegou perto da ponte de madeira existente no local.

Reinaugurada em junho de 2019, a Ilha Marabá funciona como um núcleo de educação ambiental, com visitas monitoradas voltadas para alunos de escolas da cidade.

A Ilha Marabá está localizada na área de várzea do rio Tietê e, para garantir a segurança dos visitantes e funcionários, decidimos mantê-la fechada até que o nível do rio volte ao normal”, explica o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima. De acordo com ele, funcionários da pasta farão o monitoramento diário da situação.

Parque Centenário

Também por causa da forte chuva, o Parque Centenário continua com trechos da pista de caminhada alagados e interditados. A Secretaria do Verde fez o isolamento das áreas alagadas e os guardas municipais que trabalham no local reforçam a orientação aos frequentadores. Apesar disso, o parque está aberto – as demais áreas podem ser utilizadas normalmente pelas pessoas.

Tanto o Parque Centenário como a Ilha Marabá foram construídos com o objetivo de ajudar na preservação da área de várzea do rio. “Os dois equipamentos contribuem para a preservação das margens do Tietê e permitem, durante o tempo seco, que as pessoas conheçam o ecossistema existente. Já durante os período de cheia, eles recebem a água do rio e auxiliam na sua extravasão”, finaliza.

Nesta terça-feira, 11/02, o nível do rio Tietê está em 3,50 metros no ponto de medição da Ponte Grande. O limite para extravasão é de 3,60 metros.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Complexo Esportivo do Conjunto do Bosque será entregue neste sábado, 08/02/2020

A Prefeitura de Mogi das Cruzes entrega neste sábado, 08/02/2020, a partir das 10h00, o Complexo Esportivo Conjunto Residencial do Bosque. A estrutura fica na praça existente na rua do Bosque e recebeu diversos equipamentos para a prática de atividades esportivas e de lazer pela população.

O complexo terá quadra de streetball, campo de futebol society com grama sintética e uma Academia da Terceira Idade (ATI). Além disso, o local também vai ganhar, posteriormente, uma pista de caminhada, cancha de malha e câmera de monitoramento.

O investimento na reforma da área de lazer é de R$ 278.513,22, sendo que R$ 250 mil são fruto de uma emenda parlamentar e o restante é contrapartida municipal.

O Complexo Esportivo do Conjunto Residencial do Bosque terá quadra de streetball, campo de futebol society com grama sintética e uma ATI. Foto: Ney Sarmento/PMMC

A Prefeitura vem recuperando os espaços públicos da cidade para a utilização pela população. A implantação de uma estrutura de lazer era uma demanda da comunidade, que ganha uma opção para praticar esporte e atividades físicas”, destacou o prefeito Marcus Melo.

Em 2017, a Prefeitura entregou a Arena Água Verde, localizada no Jardim Camila. Já em 2018, foram inaugurados os campos da Vila Cléo, localizado na rua Maestro Benedito Olegário Berti, e do Jardim Santa Tereza, na rua Kazuo Sumizomo com avenida Shozo Sakai, ao lado da Unidade Básica de Saúde do bairro.

No ano passado, a Prefeitura de Mogi das Cruzes inaugurou duas unidades do programa Bola na Rede. Em julho, foi entregue o campo do Complexo Esportivo Jardim Camila, no local popularmente conhecido como Buraco do Bidu. Já em outubro, foi a vez da Arena Jardim das Bandeiras. A estrutura fica na rua Fagundes Varela, ao lado do CEIM Professora Maria Apparecida Meirelles de Azevedo Arouca.

A Prefeitura também entregou outras estruturas esportivas, como o Espaço de Lazer Vereador Nelson da Cunha Mesquita, na Ponte Grande, que conta com cancha de malha e ATI. As mesmas estruturas também foram entregues no Residencial Itapety, na rua Menochi Del Picchia.

Já no Residencial Novo Horizonte, foi entregue, no último mês de setembro, uma quadra poliesportiva, que também conta com uma ATI.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Saúde reduz tempo de espera para realização de exames laboratoriais

A Secretaria Municipal de Saúde deverá diminuir pela metade o tempo de espera para agendamento de exames laboratoriais, passando de 60 para 30 dias a partir da data do pedido. Os exames laboratoriais ou de análises clínicas são solicitados por médicos e outros profissionais de saúde para confirmar suspeita de doenças, realizar acompanhamento de tratamentos ou avaliações de rotina, entre outros procedimentos.

Em 2019, a Secretaria Municipal de Saúde realizou 1.114.710 exames laboratoriais, número que representa um pequeno aumento em relação aos anos anteriores. As análises são realizadas pelo Laboratório Municipal de Exames Diagnósticos atende à demanda de exames laboratoriais de todas as unidades municipais de saúde.  O trabalho começou com o atendimento restrito à Rede Básica, mas atualmente atende também todas as unidades de Pronto Atendimento, garantindo a mesma qualidade a todos os pacientes assistidos pelo SIS – Sistema Integrado de Saúde.

Em 2019, a Secretaria Municipal de Saúde realizou 1.114.710 exames laboratoriais

O Laboratório Municipal funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, inclusive sábados, domingos e feriados, e oferece 427 tipos diferentes de exames laboratoriais, dos quais 79 são exames especiais, realizados na própria unidade, como curva glicêmica e espermograma. Entre os recursos existentes está o “Alerta de Pânico” para exames alterados, possibilitando rápido agendamento de uma consulta para o paciente em casos de emergência.

Além da qualidade no atendimento, a implantação do Laboratório Municipal possibilitou outros avanços como a visualização de resultados de exames de forma prática e ágil; veículos 24 horas por dia com logística de transporte adequado e interligado para retirada de amostras; acompanhamento informatizado dos materiais processados; e gerenciamento e fornecimento de insumos padronizados utilizados na coleta de material biológico.

Números de Exames Laboratoriais realizados:

2015: 1.096.510
2016: 958.733
2017: 937.600
2018: 1.051.770
2019: 1.114.710

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Crescer abrirá inscrições para mais de 6 mil vagas nesta quinta, 06/09/2020

O Crescer – Centro Municipal de Apoio à Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Educação de Mogi das Cruzes abrirá, nesta quinta-feira, 06/02/2020, as inscrições para 6.140 vagas em cursos gratuitos. São 113 opções de cursos diferentes nas áreas de gestão, beleza, saúde, artesanato, culinária e informática nas seis unidades do programa, localizadas na Vila Brasileira, Vila Natal, Braz Cubas, Cezar de Souza, Jundiapeba e Centro. A inscrição pode ser feita online, nos links abaixo, ou nas unidades.

Lista dos sorteados em 1ª chamada:

Braz Cubas / Centro / Cezar de Souza
Jundiapeba / Vila Brasileira / Vila Natal

O maior número de vagas oferecidas é na unidade de Braz Cubas, são 1.775 oportunidades. O Crescer oferece ainda 1.585 vagas na Vila Natal, 940 na Vila Brasileira e 520 no Centro. As unidades de Jundiapeba e Cezar de Souza contam com 660 vagas cada. Ao todo são 260 turmas e podem se inscrever mogianos a partir dos 11 anos. Veja nas listas de cursos os critérios exigidos.

As inscrições poderão ser feitas online ou nas unidades. Foto: PMMC

Além da variedade dos cursos nas áreas de artesanato e culinária, esta edição traz o curso de Auxiliar de Recursos Humanos, Instagram para Negócios, Marketing Digital, Teatro, Cuidador de Idosos, Jardinagem, Personal Organizer, entre outros. Para aproveitar a Páscoa, que neste ano será em abril, o Crescer oferece o curso de Chocolates para a Páscoa em cinco unidades do programa, com exceção da Vila Brasileira. Caso o número de inscrições seja superior ao de vagas, será realizado o sorteio no dia 11 de fevereiro, a partir das 9h00, nas unidades.

As listas de primeira chamada serão divulgadas no dia 13, a partir das 14h00, nas unidades e no site da Prefeitura. As matrículas deverão ser feitas de 17 a 20 de fevereiro e na primeira aula do curso para o qual o candidato foi selecionado. É preciso apresentar RG, comprovante de endereço no próprio nome (são aceitos comprovantes em nome dos pais e cônjuges) e comprovante de escolaridade ou da conclusão do curso básico, caso seja necessário.

Centro
Rua Ipiranga, 579
Tel.: 4727-4971
Lista de Cursos: http://bit.ly/crescer-ce-b1-20-v2
Inscrições: http://bit.ly/CE_1_2020

Braz Cubas
Rua Capitão Francisco de Almeida, 47
Tel.: 4798-5729
Lista de Cursos: http://bit.ly/crescer-bc-b1-20
Inscrições: http://bit.ly/BC_1_2020

Vila Natal
Rua dos Vicentinos, 1216
Tel.: 4725-1985
Lista de Cursos: http://bit.ly/crescer-vn-b1-20
Inscrições: http://bit.ly/VN_01_2020

Vila Brasileira
Rua João Gualberto Mafra Machado, 221
Tel.: 4721-2423
Lista de Cursos: http://bit.ly/crescer-vb-b1-20
Inscrições: http://bit.ly/VB_01_2020

César de Souza
Rua Rômulo Pasqualini, 304
Tel.: 4699-1294
Lista de Cursos: http://bit.ly/crescer-cs-b1-20
Inscrições: http://bit.ly/CS_01_2020

Jundiapeba
Av. Lourenço de Souza Franco, 1479
Tel.: 4725-3876
Lista de Cursos: http://bit.ly/crescer-jp-b1-20
Inscrições: http://bit.ly/JP_01_2020

Estado descarta notificação suspeita de coronavírus registrada em Mogi das Cruzes

O Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde descartou, no final da tarde de segunda-feira, 03/02/2020, a notificação suspeita de coronavírus registrada na última semana em Mogi das Cruzes. O próprio CVE havia orientado pela notificação e monitoramento do caso, que acabou descartado diante da ausência de sintomas clínicos específicos da doença (febre e problemas respiratórios como tosse ou falta de ar) e da melhora da paciente.

Uma jovem de 22 anos, residente na região central da cidade, chegou de Wuhan, na China, no último dia 26 de janeiro, e no dia 29 procurou um hospital particular da cidade relatando dores de barriga e garganta. Apesar de não apresentar perfil clínico específico da doença, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu orientação do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado para notificar e monitorar o caso em função do perfil epidemiológico, ou seja, o recente retorno da paciente de viagem ao epicentro da doença.

Mercado de mariscos de Wuhan, após a descoberta do coronavírus. Foto: Wikimedia Commons

O Brasil não tem nenhum caso de coronavírus confirmado até o momento, mas monitora 14 notificações suspeitas em quatro Estados. Mesmo sem confirmações, o Governo Federal decidiu elevar o nível de alerta no país e pretende declarar emergência em saúde pública para agilizar a contratação de equipamentos sanitários e a montagem da área de quarentena que receberá os brasileiros retornados da cidade de Wuhan, epicentro do surto do novo coronavírus na China.

Para prevenir o coronavírus e outras doenças de transmissão respiratória, alguns cuidados devem ser adotados: lavar as mãos com água e sabão ou álcool, principalmente antes das refeições; utilizar lenço descartável para higiene nasal; cobrir o nariz e a boca quando tossir ou espirrar; evitar tocar mucosas de nariz, olhos e boca; higienizar as mãos após tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal (copo, garrafa, talher, batom); manter ambientes sempre ventilados; evitar contato próximo com pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes