Área do Centro Esportivo do Socorro é escolhida para receber o Sesc Mogi das Cruzes

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, reuniu-se na manhã desta sexta-feira, 12/05/2017, com representantes do Sesc, para dar andamento às conversas que visam a instalação de uma unidade no município. O diretor do Sesc no Estado de São Paulo, Danilo Santos de Miranda, esteve presente no encontro e afirmou que, dentre as áreas previamente disponibilizadas pela Prefeitura para receber o equipamento, o Centro Esportivo do Socorro foi selecionado como o local ideal.

Por isso, além de reunião no gabinete, foi feita também uma vistoria na área do centro esportivo. “Mogi justifica a presença de um Sesc, não só pela vontade já manifestada por todos, como também por suas características, do ponto de vista social, cultural e econômico. Agora falta apenas formalizarmos isso, porém informalmente digo que já estávamos analisando há algum tempo as áreas disponíveis aqui em Mogi e escolhemos esta, por tudo o que observamos aqui”, destacou.

Além de já ofertar serviços à comunidade, o Centro Esportivo do Socorro atende aos demais requisitos da diretoria do Sesc. Foto: Guilherme Berti / PMMC

O próximo passo, como explanou Miranda, é a formalização da intenção hoje declarada, por meio da atuação da Prefeitura e da Câmara Municipal, que também se fez presente, com os membros da Comissão Especial de Vereadores (CEV) criada especificamente para acompanhar este tema. Além da formalização via ofício da oferta da área por parte da Prefeitura, também será preciso criar e aprovar uma lei, que viabilize a cessão do terreno ao Sesc.

Conforme estimou Miranda, uma unidade em Mogi das Cruzes vai requerer um investimento de mais de R$ 100 milhões, além de demandar tempo até que esteja concluída. Para agilizar o processo, ele cogita trazer à cidade uma unidade Sesc provisória. Isto é, uma equipe da instituição se instalaria no Centro Esportivo do Socorro da maneira como ele está e daria início em breve às atividades oferecidas pelo Sesc, até que os trâmites burocráticos para a edificação de uma unidade definitiva sejam vencidos.

O diretor estadual do Sesc disse ainda que, com base no que observou da área em Mogi das Cruzes, a unidade definitiva do Sesc Mogi das Cruzes se assemelharia muito com a unidade de Jundiaí, que foi inaugurada em abril de 2016.

Sobre prazos, ele afirmou que, em se tratando de uma unidade provisória, em menos de um ano seria possível iniciar as atividades, caso não haja empecilhos ao longo do caminho. “Precisamos lembrar que temos 12 projetos em andamento, portanto não é possível garantirmos que isso acontecerá rapidamente. O que pode ser viabilizado de forma mais rápida é o início das atividades por meio de uma unidade provisória, assim como acontece em Osasco, em Presidente Prudente, no Campo Limpo e no Parque Dom Pedro”, exemplificou.

O prefeito Marcus Melo ressaltou que o objetivo é sempre proporcionar mais serviços à população, por isso a Prefeitura está de acordo com a utilização da área do Centro Esportivo do Socorro. “Em se tratando de áreas municipais, temos sempre que escolher a melhor ocupação para cada uma delas e o Sesc é um equipamento que atenderia a toda a população. É, na verdade, um grande presente para a cidade”, pontuou, garantindo que vai tomar as providências burocráticas necessárias para a formalização do que foi acordado.

Agora vamos cuidar de todas as tratativas para poder fazer a cessão da área ao Sesc. Este é um grande investimento, que a Prefeitura sozinha não teria condições de fazer. Por isso, agradecemos a toda a atenção e o carinho pela cidade que os representantes do Sesc têm demonstrado”, finalizou.

Também participaram da reunião e vistoria o coordenador de Planejamento do Sesc, Sérgio Batistelli, o chefe de Gabinete da Prefeitura de Mogi das Cruzes, José Luiz Freire de Almeida, o secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, o secretário municipal de Esporte e Lazer, Nilo Guimarães e vereadores da cidade.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Parque da Cidade será entregue nesta sexta-feira (30/12/2016)

Mogi das Cruzes ganhará nesta sexta-feira, 30/12/2016, às 10h00, mais um equipamento público voltado à melhoria da qualidade de vida de seus moradores, com a inauguração do Parque da Cidade. O novo equipamento urbano tem 85 mil metros quadrados e reúne estruturas voltadas à prática esportiva, atividades culturais e ao lazer dos mogianos. Nesta terça-feira, 27/12, o prefeito Marco Bertaiolli visitou o novo espaço ao lado dos secretários municipais.

Parque da Cidade
A nova área de lazer tem 85 mil metros quadrados e projeto do arquiteto Ruy Ohtake. Foto: Guilherme Berti/ PMMC

O Parque da Cidade completa uma série de investimentos bem planejados que foram realizados pela Prefeitura nos últimos anos, desde a infraestrutura urbana, passando pela educação e saúde, até chegar na cultura e no esporte. São investimentos para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e o parque terá este papel, sendo uma área de lazer e contemplação no centro da cidade”, destacou o prefeito Marco Bertaiolli.

O Parque da Cidade terá entradas pela Avenida Jardelina de Almeida Lopes, em frente à Praça Deputado Paulo Kobayashi, e pela Rua Francisco Affonso de Mello. O projeto desenvolvido pelo arquiteto Ruy Ohtake conta com espelho de água cercado por palmeiras, praça de integração entre crianças e idosos, com playground e Academia da Terceira Idade (ATI), bosque com espécies nativas da região do Alto Tietê, orquidário e jardim de flores, com variedades produzidas em Mogi das Cruzes, teatro de arena para atividades culturais de artistas da cidade, churrasqueiras, dois campos de futebol society, pista de caminhada com 1.200 metros de extensão, duas quadras de tênis, quadra poliesportiva, duas quadras de vôlei de areia, três quadras de basquete (modalidade streetball) e pavilhão esportivo para atividades como tênis de mesa, xadrez e judô.

Parque da Cidade
O parque será fechado e funcionará das 6h00 às 22h00. Foto: Guilherme Berti/ PMMC

Além disso, o ginásio poliesportivo existente no espaço foi recuperado e, além da utilização pela comunidade, terá escolinhas de iniciação esportiva para crianças e atividades esportivas voltadas aos idosos. Em todos os espaços do Parque da Cidade, a utilização poderá ser feita mediante agendamento junto à administração do parque.

O Parque da Cidade é um convite a Mogi das Cruzes para sair do sedentarismo e praticar atividades físicas na área central, em um local de fácil acesso. É também uma demonstração de amor e carinho da Prefeitura para a cidade”, disse Bertaiolli.

Convite - Parque da Cidade

O Parque da Cidade será o quinto parque municipal de Mogi das Cruzes e o segundo entregue pela atual administração, ao lado do parque Botyra Camorim Gatti, que foi revitalizado em 2010. Além disso, em 2011, o Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello foi reaberto ao público. O município também conta com os parques Centenário, no distrito de Cezar de Souza, e Leon Feffer, em Braz Cubas.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Sistema de aluguel de bicicletas chega a Mogi das Cruzes

A Lemon Bikes inaugura sua primeira unidade em Mogi das Cruzes. O local escolhido foi o Parque Centenário. Agora, os moradores da região poderão alugar bicicletas, exercitar, e aproveitar de um ótimo lazer com toda a família. E as novidades não param por aí: para as crianças que ainda não conseguem andar de bike, a empresa oferece também o serviço personalizado, com profissional capacitado, dedicado exclusivamente para que a criança aprenda a pedalar equilibradamente sem ajuda das rodinhas, já que com a vida agitada, muitos pais não conseguem conciliar, tempo, habilidade e paciência.

Ensinamos crianças a partir dos 6 anos de idade a andar de bicicleta sem ajuda das rodinhas, tudo é possível, através de um método prático que utilizamos voltado ao resultado. A maioria dos alunos consegue se equilibrar na primeira aula”, garante Ricardo Gomes, da empresa Lemon Bikes e SemRodinha.com.

bicicleta para crianças
Empresa conta com profissional capacitado, dedicado exclusivamente para que a criança aprenda a pedalar sem ajuda das rodinhas. Foto: Pixabay

Nosso foco é na dificuldade de cada um dos alunos e os exercícios são aplicados para atingir os melhores resultados de acordo com cada perfil”, completa.

Enquanto alguns aprendem a pedalar com duas ou três aulas, outros podem levar mais tempo. O importante é não desistir, pois no que depender do professor, paciência e dedicação ao aluno não faltarão.

SERVIÇO:

Aluguel de bicicletas/ Aula de bicicleta para Crianças
Local: Parque Centenário da Imigração Japonesa
Funcionamento: Finais de semana e feriados
Horário: Sábados, das 9h00 às 17h00 / Domingos e feriados das 8h00 às 17h00
Valores:
Aluguel de bicicletas = R$ 8/hora
Aula para ensinar a criança a andar de bicicleta = R$ 100 (1 hora de aula)
Informações: semrodinha.com / (11) 9 8298-2538

Sesi recebe inscrições para a temporada 2016 do ‘Super Férias’ (2º Semestre)

Para alegrar as férias de julho da garotada de 4 a 13 anos, o Sesi-SP terá diversas atividades de esporte e lazer no Centro de Atividades Nadir Dias de Figueiredo (CAT), em Braz Cubas. As vagas são limitadas e as inscrições devem ser feitas diretamente na secretaria única da unidade.

São 4 módulos que acontecerão durante o mês de Julho/2016, de segunda a sexta-feira, das 13h30 às 17h30. O lanche (opcional) será vendido pela cantina.

Módulos:

1° Módulo – de 04 a 08/07
2° Módulo – de 11 a 15/07
3° Módulo – de 18 a 22/07
4° Módulo – 25, 27, 28 e 29/07

Valores:

Beneficiário: R$ 39 (cada módulo)
Não beneficiário: R$ 78 (cada módulo)
Diária – Beneficiário: R$ 25
Diária – Não beneficiário: R$ 50

SERVIÇO:

Super Férias 2016 do Sesi-SP (2º Semestre)
Local: Centro de Atividades Nadir Dias de Figueiredo (CAT)
Endereço: Rua Valmet, 171 – Braz Cubas
Período: de 04 a 29/07
Informações: (11) 4723-6912 / 4723-6921
sesisp.org.br/mogidascruzes / facebook.com.br/sesimogidascruzes

Parque Centenário oferecerá aluguel de bicicletas

O Parque Centenário recebeu um conjunto de melhorias nos últimos dois meses e está com uma estrutura remodelada para receber os cidadãos mogianos. O equipamento de lazer, localizado no distrito de Cezar de Souza, teve seu estacionamento duplicado – passando de 300 para 600 vagas – e em breve terá um serviço de locação de bicicletas para os frequentadores. Toda a estrutura interna, como banheiros, trilhas, churrasqueiras, torneiras e bancos, entre outros, recebeu nova pintura e o resultado geral é um parque remodelado e preparado para atender à demanda de pessoas que buscam lazer.

O secretário municipal de Serviços Urbanos, Nilmar de Cássia Ferreira, explica que uma equipe formada por 20 funcionários, com o apoio de equipamentos de poda e veículos específicos para o trabalho, permaneceu no parque nos últimos 60 dias fazendo uma reforma cuidadosa do espaço. “As quadras receberam areia nova, todas as trilhas passaram por limpeza e capinação, pintamos os equipamentos de lazer e os que remetem à cultura japonesa, enfim, recuperamos toda a beleza que o parque possui e que o transformou em um ponto de lazer para os mogianos”, comentou o secretário, que supervisionou todo o trabalho.

Parque Centenário
Reformado, Parque Centenário tem estacionamento ampliado e oferecerá aluguel de bicicletas. Foto: Guilherme Berti/PMMC

Desde que foi inaugurado, em 2008, o Parque Centenário vem recebendo um número crescente de frequentadores. Nos finais de semana normais, cerca de 2 mil pessoas passam pelo local. Durante o verão, com o aumento da temperatura, este número chega a dobrar. Uma das consequências deste aumento da demanda foi sentida no estacionamento, que passou a ficar pequeno para o número de frequentadores. O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, André Saraiva, lembra que a ampliação do espaço foi o ponto de partida no trabalho de melhoria do parque.

Em oito anos, a frota de veículos aumentou muito, da mesma forma que o parque se consolidou como um espaço de lazer na cidade. Por isso, a ampliação do estacionamento era o ponto inicial deste trabalho”, explica. Outra ação planejada na área de mobilidade é a implantação de um serviço de aluguel de bicicletas no parque, que está em fase final de licitação e permitirá que as pessoas pedalem no interior do local, conhecendo trilhas e toda a exuberância da mata preservada, às margens do rio Tietê. De acordo com o secretário, serão oferecidas bicicletas para homens, mulheres e crianças e uma empresa cuidará de todo o serviço.

Com o parque remodelado, um dos desafios será a manutenção do espaço e a redução das ações de vandalismo. Guardas municipais percorrem o local a pé e de moto diariamente, mas a conservação de equipamentos como papeleiras nos banheiros, torneiras, vasos sanitários, além do próprio descarte de lixo, depende basicamente do senso de cidadania dos frequentadores. O secretário Nilmar Ferreira lembra que a reposição de materiais danificados é um dos principais desafios enfrentados pela pasta.

A enorme maioria das pessoas nos ajuda a cuidar do patrimônio público e estamos falando, evidentemente, de uma pequena parcela de frequentadores que não se importa com esta manutenção. Com essas melhorias que nós fizemos no Parque Centenário, é importante existir o sentimento de que o espaço é de todos e que todos devemos colaborar para que ele continue dessa forma”, frisa.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes