Ordem de serviço é assinada e empresa deverá operar Terminal Rodoviário no dia 1º

A ordem de serviço para a concessão do Terminal Rodoviário Geraldo Scavone, no Mogilar, foi assinada na manhã sexta-feira, 05/10/2018, pelo prefeito Marcus Melo e pelo secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida. A empresa Atlântica Construções, Comércio e Serviços, vencedora do processo licitatório, será a responsável pela administração do local pelos próximos 20 anos.

Demos a ordem de serviço e a empresa deu como previsão o dia 1º de novembro para assumir o terminal. Esperamos que ela possa fazer as melhorias necessárias para os nossos usuários, com a modernização e a utilização dos recursos tecnológicos. É um terminal com 30 anos e esperamos que a operação desta concessão seja para melhorar a vida dos usuários”, destacou Marcus Melo.

O prefeito lembrou ainda que estão previstos 54 itens de melhorias e modernização para o Terminal Geraldo Scavone. Os serviços englobam o saguão (balcão de informações, guichês, área de espera, salas comerciais, etc), plataformas, áreas de embarque, banheiros, cobertura e pavimentação das áreas de circulação dos ônibus e estacionamento.

Entre os destaques das intervenções, os banheiros serão totalmente reformados, o prédio e o estacionamento receberão câmeras de segurança e os acessos também deverão ganhar portas de vidro. Também serão construídos um espaço de convivência para motoristas, a administração e sala de apoio operacional.

Nova empresa deverá assumir a administração do Terminal Geraldo Scavone no dia 1 de novembro e realizar melhorias em até 15 meses. Foto: Guilherme Berti/PMMC

O cronograma prevê que os projetos executivos das intervenções sejam apresentados em 90 dias e que a conclusão das intervenções aconteça em até 15 meses. A estimativa é que as melhorias previstas requeiram investimento de R$ 2.392.886,25, que será feito pela empresa concessionária.

A empresa Atlântica Construções, Comércio e Serviços já administra o terminal rodoviário de Anápolis, em Goiás. Além disso, ela também já atuou nas cidades de São Luiz, no Maranhão, e de São Carlos. Durante o processo licitatório em Mogi das Cruzes, que foi pelo modelo de concessão onerosa, a empresa apresentou como proposta a remuneração à Prefeitura de 26,18% sobre a receita a bruta mensal, que são os valores obtidos com tarifas de embarque, locação de espaços, estacionamento, exploração publicitária, guarda-volumes, entre outros.

O Terminal Geraldo Scavone recebe as linhas rodoviárias que fazem a ligação com a Capital, cidades do litoral, Vale do Paraíba e de fora do estado, em um total de 37 destinos.

Também acompanharam a assinatura da ordem de serviço o presidente da Câmara Municipal, Pedro Komura, e os vereadores Protássio Nogueira, Sadao Sakai e Mauro de Assis Margarido.

Melhorias previstas para o Terminal Geraldo Scavone:

  • Reforma e tratamento do piso, com nova aplicação de um piso industrial, implantação de piso tátil direção e atenção, para que o terminal fique completamente adaptado a pessoas com deficiência;
  • Adequação dos guichês de atendimento e instalação de novos;
  • Reforma completa dos sanitários;
  • Instalação de três portas de vidro nas entradas de acesso principais ao saguão;
  • Sala de convivência com copa para os motoristas;
  • Ampliação das áreas comerciais;
  • CCO – Centro de Controle Operacional câmeras de vigilância e sistema de CFTV capaz de processar e gravar as imagens em tempo real;
  • Construção de uma sala de apoio operacional nas dependências do terminal capaz de abrigar os equipamentos de apoio operacional, como macas, cadeira de rodas, cadeira de transbordo, etc;
  • Recuperação e recapeamento asfáltico de toda a área da pista de rolagem de ônibus e onde dá-se o acesso dos mesmos às plataformas do Terminal;
  • Ampliação do sistema de água fluvial da pista de rolamento;
  • Troca do alambrado que cerca o Terminal, por telas e grades, incluindo a pintura;
  • Revitalização da cobertura, de todo o terminal, incluindo a substituição de telhas, rufos e calhas que apresentarem algum tipo de defeito;
  • Recuperação das calçadas no entorno do Terminal, com a remoção do concreto existente, nivelamento do piso, instalação de tela de ferro e concretagem do piso;
  • Recapeamento da área de estacionamento;
  • Troca de todas as luminárias existentes;
  • Instalação de catraca e dispositivos de contenção para controle de acesso às áreas de embarque e desembarque pelos usuários;
  • Instalação de cancela na entrada dos ônibus, para controle, fiscalização e proibição de acesso por veículos não autorizados;
  • Pintura nas paredes internas e externas do Terminal;
  • Aquisição de 20 novas lixeiras do tipo coleta seletiva;
  • Troca da manta isolante da caixa d´água;
  • Aquisição de uma lavadora de piso de alta pressão, um cortador de grama com alimentação elétrica, quatro relógios digitais, duas telas de 50” para informações de embarque e desembarque e dois bebedouros adaptados para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida;
  • Nova comunicação visual.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios

Secretário Gilberto Nascimento garante nova unidade do Bom Prato em Jundiapeba

O secretário de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Gilberto Nascimento Junior, esteve em Mogi das Cruzes nesta terça-feira, 02/10/2018, para uma visita às entidades parceiras do Programa Viva Leite e ao Restaurante Bom Prato. O prefeito Marcus Melo o acompanhou no almoço e aproveitou a oportunidade para reforçar o pedido de implantação de uma unidade do Bom Prato em Jundiapeba e para apresentar o projeto da Casa do Idoso elaborado pela equipe técnica da Prefeitura.

O projeto do restaurante popular em Jundiapeba prevê uma construção de 300 m² incluindo cozinha industrial, despensa, vestiários, sanitários, caixa e refeitório com capacidade para 200 lugares. O Distrito de Jundiapeba foi escolhido pela alta vulnerabilidade e localização distante da área central, onde o município já conta com um Bom Prato.

Unidade mogiana distribui diariamente 1,4 mil refeições e 500 cafés da manhã

Estamos conversando com a Prefeitura para definirmos o layout da parceria, afinal, a proposta da Administração Municipal para construção da sede é um modelo novo. De qualquer forma, é uma demanda que será atendida, para a qual já temos parte do recurso reservado”, afirmou o secretário.

Atualmente, o Estado de São Paulo conta com 54 restaurantes Bom Prato e mais seis unidades devem ser implantadas até o final deste ano. Entre os mais antigos equipamentos está a unidade mogiana, que recebeu a visita das autoridades nesta terça-feira. “O Bom Prato presta um importante serviço para a população, oferecendo refeições saborosas e balanceadas a preços populares”, observou o prefeito.

Localizado na rua Professor Flaviano de Melo, o restaurante completou 12 anos no último mês de março, distribuindo diariamente 1,4 mil refeições e 500 cafés da manhã a preços populares: R$ 1,00 (almoço) e R$ 0,50 (café).

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Escola de Empreendedorismo e Inovação será inaugurada neste sábado, 29/09/2018

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Educação, entregará neste sábado, 29/09/2018, às 10h00, a Escola de Empreendedorismo e Inovação. O espaço na Rua Senador Dantas, 326, que antes abrigava o Instituto Dona Placidina, oferecerá atividades voltadas para o empreendedorismo de inovação, além de cursos oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes e atendimento do Sebrae-SP.

A nova unidade também integrará o ecossistema de inovação da cidade, realizando um trabalho conectado com o Polo Digital de Mogi das Cruzes. “A inovação veio para ficar e temos estar preparados, em especial, os nossos jovens. Estamos criando um ambiente favorável para fortalecer a cultura empreendedora e dar oportunidades para que novas empresas possam surgir e também escolher nossa cidade para investir”, disse o prefeito Marcus Melo.

Nova unidade integrará o ecossistema de inovação da cidade, realizando um trabalho conectado com o Polo Digital de Mogi das Cruzes. Foto: Divulgação/PMMC

A unidade tem como objetivo fomentar o comportamento empreendedor, por meio da inovação com vistas para o desenvolvimento da Indústria 4.0 no município. Capacitará os jovens para atuarem no mercado frente às novas exigências do mercado e atendendo às necessidades do próprio município. Os alunos encontrarão um formato inovador de ensino nesta unidade, o trabalho será conduzido de maneira que sejam mais autônomos e criem sua própria trilha de conhecimento.

O Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes terá espaços para cursos voltados para a culinária, moda e beleza. Os cursos profissionalizantes são uma das diretrizes de atuação do Fundo Social de Mogi. Por meio deles, as pessoas têm a oportunidade de aprender um novo ofício, praticam a socialização e podem, a partir dos conhecimentos obtidos, entrar ou se reinserir no mercado de trabalho, ou ainda gerar renda de forma autônoma.

O local também contará com parceiros, como o Sebrae-SP, que estará presente na sala de atendimento ao empreendedor. Todos os cursos serão propostos de acordo com os conceitos de inovação e empreendedorismo, além do atendimento às turmas de Educação de Jovens e Adultos.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Hospital Dia da Unica inicia cirurgias de pequeno porte a partir de outubro

O prefeito Marcus Melo entregou na última sexta-feira, 21/09/2018, o Hospital Dia da Unica – Unidade Clínica Ambulatorial e também assinou a abertura do processo de licitação para construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Jundiapeba. Os eventos fazem parte da programação do 458º Aniversário de Mogi das Cruzes e representam importantes avanços para o desenvolvimento do Distrito.

São conquistas importantes que qualificam ainda mais os serviços de saúde ofertados à população, além de valorizarem essa região da cidade. Os avanços não param por aí. Vamos canalizar a rua Alício de Carvalho, implantar um Pólo de Segurança, novas escolas, a avenida das Orquídeas e também vamos realizar o esgotamento sanitário da Vila Nova Jundiapeba”, pontou o prefeito, destacando os principais investimentos previstos para o Distrito de Jundiapeba.

O Hospital Dia deverá passar por limpeza e higienização terminal nas próximas semanas e inicia os procedimentos cirúrgicos a partir do dia 15 de outubro. A nova unidade realizará cirurgias de pequeno porte, sem necessidade de internação dos pacientes, inicialmente nas áreas de Cirurgia Geral e Dermatologia, tais como extração de lipoma, lesão ou mancha de pele, cistos dermóides, entre outros procedimentos.

Hospital Dia foi construída anexo à Unica de Jundiapeba. Foto: Junior Lago/PMMC

O equipamento conta com 300 metros quadrados de área construída, distribuídos em estruturas diversas como sala de cirurgia, leitos pós-anestésicos, posto de enfermagem, sala de antissepsia e demais espaços necessários para realização dos procedimentos e recuperação dos pacientes. “Uma das principais vantagens será a liberação de vagas do Hospital Municipal para a realização de cirurgias mais complexas, como vesícula, por exemplo”, observou o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis, que já solicitou aos hospitais públicos da cidade um levantamento atual da demanda de pequenas cirurgias.

O projeto de implantação da UPA de Jundiapeba foi apresentado pelo secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Cláudio Rodrigues, e exposto à comunidade presente. O estudo prevê a construção de um prédio de aproximadamente 1,5 mil metros quadrados na rua Dr. Francisco Soares Marialva, esquina com a avenida José de Souza, organizado por setores: Pronto Atendimento; Apoio Diagnóstico e Terapia; Urgência; Observação; Apoio Administrativo; e Apoio Técnico e Logístico.

A nova unidade será uma UPA porte II e terá uma média de 8 mil pessoas por mês.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Prefeito assina abertura de licitação para construção de um novo complexo de saúde

O prefeito Marcus Melo assina nesta sexta-feira, 14/09/2018, a abertura do processo de licitação para construção de um novo complexo multifuncional da Saúde que será implantado na avenida Pedro Romero, ao lado da UPA do Rodeio. No total, serão mais de 3 mil metros quadrados de área construída numa edificação de dois pavimentos para implantação da Clínica do Homem, Pró-Hiper e UnicaFisio, reunindo importantes serviços à comunidade numa instalação moderna e funcional.

A nova unidade oferecerá atendimento ambulatorial especializado na saúde dos homens, com consultas e exames especializados, além de atendimentos de promoção à saúde, convivência e prática esportiva para idosos e reabilitação fisioterápica. Serão dois pavimentos e área total de construção de 3.325,50m². “A área fica ao lado de outros equipamentos municipais em funcionamento como a UPA, Centro do Paradesporto, AACD e Creche Municipal”, explica o prefeito.

O projeto contempla três equipamentos no mesmo local – UnicaFisio, Pró-hiper e Clínica do Homem, num edifício contemporâneo que se organiza em forma de “u” ao redor de uma praça central. O espaço prevê, ainda, as futuras instalações da Delegacia do Idoso. Nos fundos, está projetada uma área de estacionamento para funcionários e público.

Futuro complexo de saúde terá 3 mil m² de área construída e abrigará a Clínica do Homem, Pró-Hiper e UnicaFisio. Foto: PMMC/Divulgação

A nova clínica Unica oferecerá o atendimento ambulatorial para a realização de exames (ultrasom, holter, teste ergométrico), consultas agendadas em especialidade diversas como endocrinologia, neurologia, vascular, geriatria, nutricionista, proctologia e cardiologia.
Dentro da parte ambulatorial será implantada, ainda, uma clínica especializada no tratamento do público masculino com dois consultórios para urologia, ultrassonografias e sala de estudo urodinâmico.

O bloco destinado ao Pró-Hiper abrigará academia, quadra de voleibol coberta, três piscinas cobertas (uma para uso terapêutico e duas para uso recreativo), contando com infraestrutura completa de sanitários e vestiários. Na parte de atendimento fisioterápico, além de sala de dança e “escola da coluna”, estão previstos espaços para tratamentos diversos como eletroterapia, termoterapia, mecanoterapia e cinesioterapia.

No piso térreo, numa grande área aberta e integrada, serão instaladas a recepção e as salas de artesanato, informática, jogos e leitura. O projeto também prevê um espaço de educação e demonstração em saúde para palestras e ensinos na área da saúde.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes