Trecho da Adhemar de Barros será aberto ao trânsito nesta segunda, 29/05/2017

A Avenida Governador Adhemar de Barros terá o trânsito de veículos liberado nesta segunda-feira, 29/05/2017, no trecho a partir do encontro com a Rua Princesa Isabel de Bragança. O local está interditado para as obras de construção do segundo túnel do Complexo Viário Jornalista Tirreno Da San Biágio.

Com a liberação, os veículos ganharão uma nova opção para acesso a regiões como a Vila Rubens e os distritos de Braz Cubas e Jundiapeba, que poderão ser acessados pelo corredor formado pelas avenidas Governador Adhemar de Barros e Anchieta. Com isso, a expectativa é que o corredor formado pelas ruas Doutor Correa, José Bonifácio e a Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco seja desafogado.

Com a liberação do trecho para o trânsito de veículos pelos responsáveis pela obra, as equipes da secretaria fizeram a sinalização para os motoristas. Tínhamos uma previsão de liberação para o início do próximo mês, mas foi possível antecipar este prazo”, explicou o secretário municipal de Segurança, Eduardo Rangel.

Com a liberação da Adhemar de Barros, motorista ganhará uma nova opção para bairros como a Vila Rubens, Braz Cubas e Jundiapeba. Foto: Guilherme Berti/ PMMC

Atualmente, os motoristas que seguem pela Rua Doutor Ricardo Vilela precisam, obrigatoriamente acessar a Rua Princesa Isabel de Bragança, que também deverá ter impacto positivo na fluidez. Já a rua Tenente Manoel Alves dos Anjos terá a sua mão de direção mantida, seguindo no sentido da praça da Bandeira em direção à Avenida Governador Adhemar de Barros.

O secretário lembrou que, nos primeiros dias da alteração, os técnicos farão um acompanhamento constante do comportamento do tráfego de veículos e dos motoristas para verificar a necessidade de novas intervenções.

Os ônibus do sistema de transporte coletivo que utilizavam o corredor viário antes da interdição retornarão para a via paulatinamente. A previsão é que isso passe a ocorrer a partir da semana do dia 5 de junho.

É necessário um período da divulgação junto aos passageiros, já que ocorrerá uma alteração que impactará também em pontos de parada dos ônibus, o que mexe com a rotina dos passageiros”, disse Rangel.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Área do Centro Esportivo do Socorro é escolhida para receber o Sesc Mogi das Cruzes

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, reuniu-se na manhã desta sexta-feira, 12/05/2017, com representantes do Sesc, para dar andamento às conversas que visam a instalação de uma unidade no município. O diretor do Sesc no Estado de São Paulo, Danilo Santos de Miranda, esteve presente no encontro e afirmou que, dentre as áreas previamente disponibilizadas pela Prefeitura para receber o equipamento, o Centro Esportivo do Socorro foi selecionado como o local ideal.

Por isso, além de reunião no gabinete, foi feita também uma vistoria na área do centro esportivo. “Mogi justifica a presença de um Sesc, não só pela vontade já manifestada por todos, como também por suas características, do ponto de vista social, cultural e econômico. Agora falta apenas formalizarmos isso, porém informalmente digo que já estávamos analisando há algum tempo as áreas disponíveis aqui em Mogi e escolhemos esta, por tudo o que observamos aqui”, destacou.

Além de já ofertar serviços à comunidade, o Centro Esportivo do Socorro atende aos demais requisitos da diretoria do Sesc. Foto: Guilherme Berti / PMMC

O próximo passo, como explanou Miranda, é a formalização da intenção hoje declarada, por meio da atuação da Prefeitura e da Câmara Municipal, que também se fez presente, com os membros da Comissão Especial de Vereadores (CEV) criada especificamente para acompanhar este tema. Além da formalização via ofício da oferta da área por parte da Prefeitura, também será preciso criar e aprovar uma lei, que viabilize a cessão do terreno ao Sesc.

Conforme estimou Miranda, uma unidade em Mogi das Cruzes vai requerer um investimento de mais de R$ 100 milhões, além de demandar tempo até que esteja concluída. Para agilizar o processo, ele cogita trazer à cidade uma unidade Sesc provisória. Isto é, uma equipe da instituição se instalaria no Centro Esportivo do Socorro da maneira como ele está e daria início em breve às atividades oferecidas pelo Sesc, até que os trâmites burocráticos para a edificação de uma unidade definitiva sejam vencidos.

O diretor estadual do Sesc disse ainda que, com base no que observou da área em Mogi das Cruzes, a unidade definitiva do Sesc Mogi das Cruzes se assemelharia muito com a unidade de Jundiaí, que foi inaugurada em abril de 2016.

Sobre prazos, ele afirmou que, em se tratando de uma unidade provisória, em menos de um ano seria possível iniciar as atividades, caso não haja empecilhos ao longo do caminho. “Precisamos lembrar que temos 12 projetos em andamento, portanto não é possível garantirmos que isso acontecerá rapidamente. O que pode ser viabilizado de forma mais rápida é o início das atividades por meio de uma unidade provisória, assim como acontece em Osasco, em Presidente Prudente, no Campo Limpo e no Parque Dom Pedro”, exemplificou.

O prefeito Marcus Melo ressaltou que o objetivo é sempre proporcionar mais serviços à população, por isso a Prefeitura está de acordo com a utilização da área do Centro Esportivo do Socorro. “Em se tratando de áreas municipais, temos sempre que escolher a melhor ocupação para cada uma delas e o Sesc é um equipamento que atenderia a toda a população. É, na verdade, um grande presente para a cidade”, pontuou, garantindo que vai tomar as providências burocráticas necessárias para a formalização do que foi acordado.

Agora vamos cuidar de todas as tratativas para poder fazer a cessão da área ao Sesc. Este é um grande investimento, que a Prefeitura sozinha não teria condições de fazer. Por isso, agradecemos a toda a atenção e o carinho pela cidade que os representantes do Sesc têm demonstrado”, finalizou.

Também participaram da reunião e vistoria o coordenador de Planejamento do Sesc, Sérgio Batistelli, o chefe de Gabinete da Prefeitura de Mogi das Cruzes, José Luiz Freire de Almeida, o secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, o secretário municipal de Esporte e Lazer, Nilo Guimarães e vereadores da cidade.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Governador inaugura novo Centro Oncológico do Hospital Luzia de Pinho Melo

O prefeito Marcus Melo participou, nesta manhã de quarta-feira, 10/05/2017, da inauguração do novo Centro Oncológico do Hospital Luzia de Pinho Melo, no bairro do Mogilar, ao lado do governador Geraldo Alckmin. A nova unidade da Secretaria de Estado da Saúde, gerenciada pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), passa a oferecer atendimento integral a pacientes com câncer no Alto Tietê.

O Estado investiu R$ 27,2 milhões para construir o prédio do Centro Oncológico, incluindo a compra de um acelerador linear, equipamento utilizado para sessões de radioterapia, serviço que chega para completar o atendimento. “Hoje é um dia muito especial para a população de Mogi e Região. Completamos o ciclo de tratamento de câncer desde o diagnóstico. Hospital aparelhadíssimo, com cirurgias, quimioterapias e, finalmente, a parte mais completa de radioterapias. O equipamento já está instalado e começa a atender a partir desta tarde”, comemorou Alckmin.

Prefeito Marcus Melo acompanha explicação do governador Geraldo Alckmin sobre nova radioterapia. Foto: Ney Sarmento/ PMMC

O Centro Oncológico possibilitará tratamento integral desde o acolhimento do paciente a partir do diagnóstico até a última fase do tratamento. “Quando houve o descredenciamento do antigo serviço de radioterapia, em 2012, o prefeito Marco Bertaiolli e o secretário Téo Cusatis foram à Secretaria de Estado da Saúde buscar soluções. Felizmente, o atendimento hoje é uma realidade para a nossa cidade e certamente irá diminuir o sofrimento das pessoas que precisam de tratamento. Hoje é dia de agradecer”, afirmou o prefeito Marcus Melo.

A radioterapia passa a funcionar de forma gradativa para oferecer 300 sessões de tratamento por mês, com a expectativa de duplicar esse número para 600 sessões mês, até o final do ano. “Tudo aquilo que foi prometido, ainda que de forma lenta, está sendo cumprido, apesar da crise que enfrentamos atualmente no Brasil”, afirmou o secretário estadual da Saúde, David Uip.

O Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo faz parte da Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer, que possui 76 unidades oncológicas em todo o Estado. Habilitado como Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), é considerado referência para toda a região do Alto Tietê e recebe em média 90 pacientes com casos novos de câncer por mês.

Tratamento

Atualmente, a Prefeitura de Mogi das Cruzes realiza o transporte de 108 pacientes oncológicos para tratamento fora da cidade. Nos primeiros quatro meses deste ano, foram realizados 656 transportes para tratamento, quimioterapia, radioterapia e braquiterapia (tipo específico de radioterapia).

Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde cuidou do encaminhamento de 68 novos casos oncológicos entre os meses de janeiro e abril deste ano. Deste total, 33 foram agendados no Hospital Luzia de Pinho Melo. “Com a abertura do novo Centro Oncológico nossa expectativa é oferecer mais comodidade ao paciente mogiano, com atendimento integral na cidade”, afirma o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Governador vem a Mogi entregar novo Fórum de Braz Cubas

Resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e o Governo do Estado de São Paulo, o prédio do novo Fórum de Braz Cubas será entregue nesta quarta-feira, 19/04/2017, às 10h00. A cerimônia deverá contar com a presença do governador Geraldo Alckmin e do secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, Márcio Fernando Elias Rosa.

Este é um dos momentos mais importantes para Mogi das Cruzes. Há décadas, a população, promotores, juízes e advogados cobravam uma ampliação do Poder Judiciário“, afirma o prefeito Marcus Melo.

A unidade funcionará na Avenida Valentina Mello Freire Borenstein, em Braz Cubas, próximo do Parque Leon Feffer. O prédio tem cerca de 10 mil metros de construção e foi construído pelo Governo do Estado, com investimento de R$ 7 milhões.

O terreno, de 15 mil metros quadrados, foi doado para a Prefeitura de Mogi das Cruzes. Esta cessão, realizada em 2012, foi fundamental para a obra. “Havia um impasse muito grande e com esta doação, o convênio pôde ser firmado e hoje temos um novo Fórum para Braz Cubas, já que o antigo prédio não atende mais a demanda da cidade, seja em seu espaço físico ou nas estruturas ali instaladas“, diz o prefeito.

Novo prédio do Fórum de Braz Cubas foi construído pelo Governo do Estado, com o terreno doado pela Prefeitura de Mogi. Foto: Ney Sarmento/ PMMC

O prédio foi construído pelo modelo de layout acoplado flexível, que facilita a ampliação das áreas para expansão dos serviços. Afora a área construída, ainda restam 5 mil metros quadrados para uma futura ampliação. Em seu interior, as instalações são amplas e confortáveis, com estacionamento e em uma localização de fácil acesso. Nesta nova unidade ficarão a varas criminais, enquanto no Fórum central permanecerão as cíveis.

Em 2014, o Fórum Distrital de Braz Cubas foi extinto e sua estrutura foi unificada ao Fórum de Mogi das Cruzes, com a instalação da 6ª e 7ª Varas Cíveis, bem como da 3ª Vara Criminal e da Vara da Infância e da Juventude. A medida teve como objetivo agilizar a tramitação dos processos judiciais em Mogi das Cruzes. Com a unificação, a divisão do funcionamento dos prédios do Fórum do Centro Cívico e de Braz Cubas passou a ser estrutural e não mais territorial.

A viabilização de um novo prédio para o Fórum de Braz Cubas foi possível após intensas negociações realizadas entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e a Secretaria Estadual de Justiça e Defesa da Cidadania.

Em dezembro de 2011, foi celebrado o protocolo de intenções entre a Administração Municipal e o Governo do Estado para a realização da obra e, em junho de 2012, a Prefeitura de Mogi das Cruzes conseguiu a reversão da área que havia sido doada para uma empresa e não ainda havia sido utilizada. Finalizada essa negociação, a doação pôde ser feita e o novo Fórum construído por meio da parceria entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e o Governo do Estado.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Parque da Cidade será entregue nesta sexta-feira (30/12/2016)

Mogi das Cruzes ganhará nesta sexta-feira, 30/12/2016, às 10h00, mais um equipamento público voltado à melhoria da qualidade de vida de seus moradores, com a inauguração do Parque da Cidade. O novo equipamento urbano tem 85 mil metros quadrados e reúne estruturas voltadas à prática esportiva, atividades culturais e ao lazer dos mogianos. Nesta terça-feira, 27/12, o prefeito Marco Bertaiolli visitou o novo espaço ao lado dos secretários municipais.

Parque da Cidade
A nova área de lazer tem 85 mil metros quadrados e projeto do arquiteto Ruy Ohtake. Foto: Guilherme Berti/ PMMC

O Parque da Cidade completa uma série de investimentos bem planejados que foram realizados pela Prefeitura nos últimos anos, desde a infraestrutura urbana, passando pela educação e saúde, até chegar na cultura e no esporte. São investimentos para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e o parque terá este papel, sendo uma área de lazer e contemplação no centro da cidade”, destacou o prefeito Marco Bertaiolli.

O Parque da Cidade terá entradas pela Avenida Jardelina de Almeida Lopes, em frente à Praça Deputado Paulo Kobayashi, e pela Rua Francisco Affonso de Mello. O projeto desenvolvido pelo arquiteto Ruy Ohtake conta com espelho de água cercado por palmeiras, praça de integração entre crianças e idosos, com playground e Academia da Terceira Idade (ATI), bosque com espécies nativas da região do Alto Tietê, orquidário e jardim de flores, com variedades produzidas em Mogi das Cruzes, teatro de arena para atividades culturais de artistas da cidade, churrasqueiras, dois campos de futebol society, pista de caminhada com 1.200 metros de extensão, duas quadras de tênis, quadra poliesportiva, duas quadras de vôlei de areia, três quadras de basquete (modalidade streetball) e pavilhão esportivo para atividades como tênis de mesa, xadrez e judô.

Parque da Cidade
O parque será fechado e funcionará das 6h00 às 22h00. Foto: Guilherme Berti/ PMMC

Além disso, o ginásio poliesportivo existente no espaço foi recuperado e, além da utilização pela comunidade, terá escolinhas de iniciação esportiva para crianças e atividades esportivas voltadas aos idosos. Em todos os espaços do Parque da Cidade, a utilização poderá ser feita mediante agendamento junto à administração do parque.

O Parque da Cidade é um convite a Mogi das Cruzes para sair do sedentarismo e praticar atividades físicas na área central, em um local de fácil acesso. É também uma demonstração de amor e carinho da Prefeitura para a cidade”, disse Bertaiolli.

Convite - Parque da Cidade

O Parque da Cidade será o quinto parque municipal de Mogi das Cruzes e o segundo entregue pela atual administração, ao lado do parque Botyra Camorim Gatti, que foi revitalizado em 2010. Além disso, em 2011, o Parque Natural Municipal Francisco Affonso de Mello foi reaberto ao público. O município também conta com os parques Centenário, no distrito de Cezar de Souza, e Leon Feffer, em Braz Cubas.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes