Veja o que abre e fecha em Mogi durante o feriado da Independência/2020

A Prefeitura de Mogi das Cruzes não terá expediente nesta segunda-feira, 07/09/2020, em virtude do feriado em comemoração à Independência do Brasil. O atendimento à população, dentro das normas estabelecidas para o combate à pandemia do novo coronavírus, voltará ao normal na terça-feira, 08/09. Os serviços essenciais funcionam todos os dias.

Na área da saúde, o Centro de Referência do Coronavírus, montado no Hospital Municipal, funcionará normalmente no feriado. A estrutura tem entrada pela rua Gutterman, nº 577, no distrito de Braz Cubas. O atendimento telefônico pelo número 4798-5160 também continuará sendo feito. O mogiano que tiver dúvidas ou precisar de atendimento pode utilizar o serviço.

Para outras situações de atendimento de urgência e emergência, estarão atendendo a população as UPAs 24 horas do Rodeio (Av. Pedro Romero s/nº) e do Oropó (Av. Kaoru Hiramatsu, s/nº) e Jundiapeba (rua Francisco Soares Marialva esquina com Cecília da Rocha) atenderão a população para casos de urgência e emergências. A unidade 24 horas do Jardim Universo e o Pró-Criança, que fica no Mogilar, também atenderão normalmente a população. Para remoção de pacientes, a Cure 192 funcionará ininterruptamente.

Mercado Municipal

A Guarda Municipal e o Departamento de Fiscalização de Posturas manterão o atendimento ao público pelo telefone 153 para denúncias e reclamações referentes ao descumprimento das medidas de quarentena, utilização de máscaras e outras legislações municipais, além de casos de urgência e emergência.

Poupatempo e Detran.SP

Na próxima segunda-feira, 07/09, os postos do Poupatempo e do Detran.SP estarão fechados em todo o Estado, em razão do feriado nacional de Independência do Brasil. Na terça-feira, 08, o funcionamento volta ao horário habitual de cada unidade. Atenção: nas cidades de Santos e Itaquaquecetuba, as unidades também não abrem na terça-feira, dia 8, em atenção aos feriados municipais. Nesses postos, o atendimento presencial retorna na quarta-feira, 09.

Unidades reabertas voltam a atender na terça-feira, dia 08, mediante agendamento

Retomada consciente

Para minimizar os riscos de transmissão e garantir a segurança da população e de nossos colaboradores, o Poupatempo está reabrindo suas unidades de atendimento gradativamente em todo o Estado, com a adoção de medidas preventivas e protocolos sanitários, seguindo as diretrizes do Plano São Paulo.

Para garantir conforto e eficiência, os serviços no Poupatempo são oferecidos mediante agendamento de data e horário, e com apenas 30% da capacidade de cada posto. Neste momento, são priorizados os serviços que necessitam da presença do cidadão para serem concluídos, como primeira habilitação e expedição de RG, por exemplo.

O agendamento também garante o controle de acesso à unidade. Só será permitida a presença de acompanhantes em casos de crianças, idosos ou pessoas com deficiência. O uso de máscaras de proteção é obrigatório, assim como a medição de temperatura e higienização das mãos com álcool em gel na entrada das unidades. A manutenção do distanciamento entre as pessoas foi reforçada com sinalização nos bancos de espera, marcações no chão e orientação.

O Poupatempo Mogi das Cruzes fica localizado na Av. Vereador Narciso Yague Guimarães, 1.000 – Centro Cívico, dentro do D’avo Hiper.

Serviços essenciais funcionarão normalmente no feriado de 1º de Setembro/2020

A Prefeitura de Mogi das Cruzes não terá expediente na segunda e terça-feira da próxima semana, 31/08 e 01/09/2020, devido ao feriado de aniversário de 460 anos da cidade, comemorado em 1º de setembro. O expediente administrativo volta ao normal na quarta-feira, 02/09, a partir das 8h, mas os serviços essenciais atenderão a população normalmente durante o feriado prolongado.

Na área da saúde, as UPAs 24 horas do Rodeio (Av. Pedro Romero s/nº) e do Oropó (Av. Kaoru Hiramatsu, s/nº) atenderão a população para casos de urgência e emergências. As unidades 24 horas de Jundiapeba e Jardim Universo e o Pró-Criança, que fica no Mogilar, também funcionarão normalmente. Para remoção de pacientes, a Cure 192 trabalhará de forma ininterrupta.

Na área da saúde, as UPAs 24 horas do Rodeio e do Oropó atenderão a população para casos de urgência e emergência.

A Guarda Municipal e o Departamento de Fiscalização manterão o atendimento 24 horas para casos como Lei do Silêncio e Lei Seca, entre outras. O telefone para denúncias é o 153. Para informações relativas ao trânsito de veículos, o telefone é o 0800 77 30 194, enquanto o Semae atenderá emergências como falta de água e vazamentos pelo telefone 115.

Todos os serviços funcionarão respeitando as determinações que estão em vigor durante o período de quarentena para enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Comércio

O Mercado Municipal abrirá na segunda-feira, das 8h00 às 17h00. Na terça, o atendimento será das 8h00 às 12h00. As feiras livres funcionarão normalmente na terça (não há feiras livres às segundas).

Coronavírus: Serviços essenciais funcionam normalmente durante o feriado antecipado

A Prefeitura de Mogi das Cruzes não terá expediente nesta sexta-feira, 22/05/2020, devido à antecipação do feriado de Corpus Christi. A medida foi aprovada pela Câmara Municipal nesta terça-feira, 19/05, e tem o objetivo de melhorar o índice de isolamento social para combater a disseminação do novo coronavírus. A Assembleia Legislativa do Estado (Alesp) deverá votar ainda nesta semana a proposta do Governo do Estado de antecipar o feriado em homenagem à Revolução Constitucionalista para esta segunda-feira, 25/05. De qualquer forma, os serviços essenciais funcionam todos os dias.

Caso a proposta de antecipação do feriado de 9 de Julho para segunda-feira seja aprovada pela Alesp, o atendimento da Prefeitura de Mogi das Cruzes à população por meio dos canais eletrônicos volta na terça-feira, 26/05, da mesma forma que vem sendo feito desde o início do período de quarentena e isolamento social.

Na área da saúde, o Centro de Referência do Coronavírus, montado no Hospital Municipal, funcionará normalmente no feriado. A estrutura tem entrada exclusiva pelo Bloco B, que fica na rua Capitão Francisco de Almeida, nº 466, no distrito de Braz Cubas. O atendimento telefônico pelo número 4798-5160 também continuará sendo feito. O mogiano que tiver dúvidas ou precisar de atendimento pode utilizar o serviço. O serviço por WhatsApp não funcionará nos dias de feriado e no final de semana.

O Centro de Referência do Coronavírus, montado no Hospital Municipal com entrada pelo Bloco B, funcionará normalmente durante os dias do feriado

Para outras situações de atendimento de urgência e emergência, estarão atendendo a população as UPAs 24 horas do Rodeio (avenida Pedro Romero s/nº) e do Oropó (avenida Kaoru Hiramatsu, s/nº) atenderão a população para casos de urgência e emergências. As unidades 24 horas de Jundiapeba e Jardim Universo e o Pró-Criança, que fica no Mogilar, também atenderão normalmente a população. Para remoção de pacientes, a Cure 192 funcionará ininterruptamente.

A Guarda Municipal e o Departamento de Fiscalização de Posturas manterão o atendimento ao público pelo telefone 153 para denúncias e reclamações referentes ao descumprimento das medidas de quarentena, utilização de máscaras e outras legislações municipais, além de casos de urgência e emergência.

Na sexta-feira, 22/05, o Mercado Municipal funcionará das 8h00 às 12h00, obedecendo às regras estabelecidas para este período de quarentena. Já no sábado, 23/05, o funcionamento será das 8h00 às 16h00 e no domingo, 24/05, das 8h00 às 12h00. Caso a antecipação do feriado estadual seja aprovada, o funcionamento na segunda-feira, 25/05 também será das 8h00 às 12h00.

As feiras livres e o Mercado do Produtor também terão atendimento ao público durante o feriado, também respeitando as determinações que estão em vigor durante o período de quarentena.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Coronavírus: Governo de São Paulo prorroga quarentena até dia 10 de maio

O Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira, 17/04/2020, a extensão da quarentena em todos os 645 municípios do Estado de São Paulo até 10 de maio. A medida mantém o fechamento de comércio e serviços não essenciais para reforçar o isolamento social e reduzir a circulação de pessoas ante o crescimento de casos e de mortes pela COVID-19.

O anúncio foi feito durante a coletiva de imprensa que acontece no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, e novas medidas de combate ao novo coronavírus serão informadas.

A atitude responsável do Governo do Estado de São Paulo é pela prorrogação desta quarentena e evitar o colapso no atendimento da saúde pública e privada. São Paulo acredita na ciência e nos médicos”, afirmou Doria. “Para reabrir o comércio e os serviços, nós precisamos controlar melhor a contaminação e ter o sistema de saúde em condições de atendimento para salvar vidas”, completou.

No período de um mês desde o primeiro registro de morte provocada pelo coronavírus em São Paulo, o Estado registrou 11.568 casos confirmados de COVID-19 e 853 mortos pela doença. São Paulo é o epicentro das contaminações por coronavírus no Brasil – o país registrava 30.425 infectados e 1.924 mortes até quinta, 16.

Medida tem início a partir do próximo domingo, 19. Foto: Governo do Estado de São Paulo

A restrição de acesso a estabelecimentos comerciais e o veto a eventos públicos ou privados com aglomerações está em vigor desde o dia 24 de março. Esta é a segunda vez que o Governo de São Paulo determina a prorrogação da quarentena para reduzir a velocidade de contágio do coronavírus e permitir que o sistema de saúde mantenha a capacidade de atendimento nas redes pública e privada.

De acordo como o Coordenador do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, o médico infectologista David Uip, a decisão do grupo de 15 especialistas em medicina e ciência foi unânime pela prorrogação da quarentena.

Esta manutenção é absolutamente fundamental tanto do ponto de vista da área metropolitana da capital como os da Baixada Santista e do interior. Há a falsa impressão que a doença se limita à Grande São Paulo”, disse Uip. “As medidas atuais são efetivas e estão adequadas para este momento”, acrescentou.

Nos últimos dias, o número de casos de contaminação pelo coronavírus aumentou a pressão sobre os hospitais públicos e privados, principalmente na rede privada. A taxa de ocupação de leitos de UTI já alcança 60% nas regiões metropolitanas da capital, litoral e interior. Algumas unidades da Grande São Paulo já atuam perto do limite de atendimento.

Outro sinal de alerta para a extensão da quarentena foi a queda do índice de isolamento social tanto na média estadual como na medição específica da capital. Na última quinta, 16, o Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP), operado em parceria entre operadoras de telefonia móvel e o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) da USP, ambos os índices atingiram apenas 49% – a taxa considerada ideal é de 70%.

O Governo de São Paulo também vai intensificar as orientações educativas da Vigilância Sanitária do Estado, com apoio da Polícia Militar e de agentes municipais de fiscalização. Ao longo desta semana, a fiscalização de estabelecimentos que descumpriam a quarentena foi concentrada na Grande São Paulo.

Fonte: Portal do Governo de São Paulo

Coronavírus: Governo de São Paulo faz apelo para que população não viaje na Páscoa

O Governador João Doria fez um apelo, nessa quarta-feira, 08/04/2020, para que as pessoas não viajem durante o feriado prolongado da Páscoa e permaneçam em casa para contribuir com as medidas de combate ao contágio pelo novo coronavírus.

A orientação do Governo de São Paulo é de que a população mantenha o isolamento social, em atendimento ao decreto da quarentena, e não faça viagens desnecessárias especialmente para municípios do litoral.

Só na lembrança: Pedido é para que as pessoas não vão ao litoral e fiquem em casa no feriado; isolamento social é fundamental para combate ao coronavírus

Estamos na Semana Santa e temos um feriado prolongado a partir dessa sexta-feira (10), se é que podemos falar em feriado em um período de uma crise tão densa e tão triste como essa. Eu faço um apelo às famílias que, por favor, não se dirijam ao litoral de São Paulo. É um apelo que faço como governador do Estado: permaneçam em casa”, destacou Doria.

O Governo de São Paulo não instalou bloqueios ou impôs restrições de utilização das rodovias paulistas durante o período de quarentena. Apesar disso, o acesso às praias não está liberado. “Peço que não se desloquem. As praias estão fechadas, no Litoral Norte, no Litoral Sul e na Baixada Santista. Isso foi uma determinação do Governo de São Paulo e uma orientação correta de prefeitos e prefeitas das cidades do litoral do Estado de São Paulo”, pontuou o Doria.

O Governador utilizou as estatísticas de contaminação pelo coronavírus para embasar o pedido. Ele destacou que São Paulo tem 56% dos óbitos e 41% dos casos confirmados de COVID-19 no Brasil. Apenas na terça-feira (7), foram registradas 67 mortes por coronavírus, o maior índice desde o início da pandemia. Sem as medidas de quarentena, os números poderiam ser maiores. Por este motivo, o pedido do Governo do Estado é para que a população se conscientize sobre a importância do isolamento e evite fazer viagens.

A orientação está alinhada com os pedidos apresentados ao Governo de São Paulo pelos prefeitos das cidades litorâneas. Eles defendem que a população não se desloque até o Litoral, para que não haja maiores índices de contaminação e consequente sobrecarga dos sistemas de saúde dos municípios.

Os prefeitos estão sintonizados, preocupados com o atendimento à população residente nestas cidades. Portanto, mais uma vez, a recomendação é: por favor, faça a sua Páscoa em casa”, concluiu Doria.

Fonte: Portal do Governo de São Paulo