CPTM anuncia fim definitivo da baldeação em Guaianases

Nesta terça-feira, 09/04/2019, o Governador João Doria e o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, anunciaram a ampliação do serviço Expresso Leste-Mogi, da Linha 11-Coral, da CPTM, que passa a circular em tempo integral, incluindo também os horários de pico nos dias úteis.

Acabamos com a baldeação. Trabalhadores, estudantes e usuários que sofreram ao longo de mais de uma década, agora terão uma linha direta expressa, sem a baldeação. Isso era compromisso de campanha e, mais do que tudo, um compromisso do Governo de São Paulo, da prefeitura de Mogi e daqueles que representam essa região, de fazer aquilo que é necessário fazer. São 19 anos de solicitação”, afirmou o Governador.

Foto: Ney Sarmento/PMMC
Governador João Doria também anunciou a entrega de três novos trens que passam a operar na Linha 11-Coral. Foto: Ney Sarmento/PMMC

Até janeiro deste ano, eram realizadas somente 30 viagens diárias entre as estações Estudantes e Luz (nos dois sentidos), sem transferência em Guaianases. Para atender a uma reivindicação dos moradores do Alto Tietê, a nova gestão da CPTM aumentou o número de viagens diretas em dias úteis para 120 em fevereiro.

Implantação

A partir de agora, com a realização das obras de energia, serão 313 no total durante todo o horário comercial. Em dias úteis, o intervalo médio dos trens no Expresso Leste-Mogi será de 8 minutos. Cerca de 230 mil passageiros do Alto Tietê serão beneficiados com a ampliação do serviço. Vale destacar que a frota de trens foi renovada em janeiro.

Para a implantação do Expresso Leste-Mogi, a CPTM fez obras nas subestações de energia Patriarca e Dom Bosco. Os maquinistas também foram treinados. “A eliminação da baldeação na Estação Guaianases era uma antiga reivindicação da população do Alto Tietê. Demos início a essa operação em fevereiro e é com sensação de dever cumprido que hoje estendemos o serviço para todos os horários, inclusive os de pico, o que é tão importante para os trabalhadores”, ressaltou Alexandre Baldy.

No trecho entre Luz e Guaianases, a CPTM adotará uma estratégia especial nos horários de pico (das 4h00 às 8h30 e das 15h20 às 20h15) em dias úteis, para manter o intervalo médio em 4 minutos.

Só esse trecho transporta 506 mil passageiros por dia, a maior demanda da Linha 11-Coral. Assim, a circulação será feita com viagens alternadas entre Luz e Guaianases e entre Luz e Estudantes durante o horário de pico.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Anúncios

CPTM confirma fim da baldeação neste primeiro semestre

Em reunião com o deputado federal Marco Bertaiolli e os vereadores de Mogi das Cruzes, o presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, Pedro Moro, confirmou que ainda neste 1º semestre o Expresso Leste atenderá a Linha 11 – Coral em todos os horários, colocando fim à baldeação em Guaianases também no horário de pico. Ao longo da semana, já não há mais a necessidade da troca de trens, das 9h00 às 15h00, e nos finais de semana, em todo o horário de circulação.

A reunião, que contou com a presença dos vereadores Sadao Sakai, presidente da Câmara Municipal, Edson Santos e Antonio Lino, ocorreu nesta segunda-feira, 01/04/2019. Na semana passada, a Companhia deu início a uma série de testes do trem expresso, sem baldeação, em todos os horários.

Segundo o presidente da CPTM, são necessários ajustes no que diz respeito à capacidade de carga de energia elétrica. “Os testes nos horários de pico têm sido muito satisfatórios e em breve teremos boas novidades para o Alto Tietê”, confirmou Pedro Moro, que na reunião estipulou este primeiro semestre de 2019 como prazo para o fim da baldeação em Guaianases.

Foto: CMMC

O deputado Marco Bertaiolli saiu otimista da reunião. “A CPTM está fazendo um trabalho árduo para que o Expresso Leste chegue em todos os horários nas estações da Linha- 11. Estamos otimistas, nossa reivindicação será atendida ainda neste primeiro semestre”, afirmou.

O presidente da Câmara de Mogi, vereador Sadao Sakai, considerou positiva a reunião: “O fim da baldeação em Guaianases é um anseio não só dos mogianos, mas da população do Alto Tietê. E agora a CPTM está de fato comprometida em colocar o Expresso Leste em todos os horários da Linha 11”.

O vereador Edson Santos ressalta que a CPTM tem trabalhado com seriedade neste objetivo. “O presidente Pedro Moro nos colocou de forma muito clara que os trabalhos estão adiantados. Passo a passo, tem avançado de forma decisiva para o fim da baldeação. É animador!

O vereador Antonio Lino também avalia a reunião positivamente: “A CPTM tem feito os testes necessários para colocar o Expresso Leste também nos horários de pico. Não é tão simples como parece, e estamos vendo que a companhia realmente tem se dedicado fazer o que for necessária para acabar com a baldeação”.

Fonte: Câmara Municipal de Mogi das Cruzes

CPTM amplia viagens do Expresso Leste para Mogi

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) ampliará as viagens diretas do Expresso Leste no trecho Luz-Estudantes fora do horário de pico. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 01/02/2019.

A partir desta segunda-feira, 04/02, os trens da Linha 11 vão fazer as viagens sem baldeação em Guaianases, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 15h00. Já aos fins de semana, todas as partidas serão sem baldeação.

Segundo a CPTM, as viagens já programadas do Expresso Leste sem baldeação em Guaianases serão mantidas nos demais horários (veja aqui a tabela completa).

Fonte: Companhia Paulista de Trens Metropolitanos

Reunião discute a chegada do Expresso Leste a Mogi das Cruzes em todos os horários

O prefeito Marcus Melo se reuniu, na manhã desta quinta-feira, 17/01/2019, com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy. Durante o encontro, o secretário informou que já estão sendo adotados os procedimentos para a extensão do Expresso Leste até Mogi das Cruzes, com o fim da baldeação na estação Guaianases. A reunião aconteceu em São Paulo e contou com a participação do deputado federal eleito Marco Bertaiolli e do presidente da Câmara Municipal, Sadao Sakai.

“Foi uma reunião bastante produtiva e o secretário se comprometeu a trabalhar para que o Expresso Leste chegue definitivamente a Mogi das Cruzes. Estamos fazendo um trabalho unido para poder melhorar o dia a dia dos usuários da Linha 11, que é a mais movimentada da CPTM”, destacou Marcus Melo.

Secretário Baldy informou sobre ampliação do Expresso Leste, em reunião com Marcus Melo, o deputado Bertaiolli e o presidente da Câmara, Sadao Sakai. Foto: Ney Sarmento/PMMC

O secretário reforçou que o Governo do Estado já realizou estudos e análises para que o Expresso Leste possa chegar a Mogi das Cruzes em todos os horários. Atualmente, os passageiros necessitam trocar de trens na estação Guaianases e apenas algumas viagens durante o dia acontecem de forma direta. Somente entre as estações Estudantes e Guaianases, circulam cerca de 220 mil pessoas por dia útil.

É compromisso do governador João Dória melhorar o transporte público em toda a Região Metropolitana e é nossa prioridade fazer que o Expresso Leste, que é uma expectativa por parte dos moradores de Mogi das Cruzes, una toda a linha e saia do papel definitivamente este ano. Já estamos com todos os estudos e todas as análises prontas para que possamos ir para o campo da realização”, afirmou o secretário.

Durante a reunião, também foi reiterada a solicitação para que as estações da CPTM em Mogi das Cruzes sejam reformadas e modernizadas. O secretário recebeu um levantamento sobre a situação atual das estações.

Entre os investimentos solicitados, está a nova estação Mogi das Cruzes, que seria construída nas proximidades do Terminal Central e faz parte das obras de requalificação urbana da região da praça Sacadura Cabral.

No projeto inicial, a estação será deslocada em cerca de 150 metros e ficará em frente ao Terminal Central, de onde partirá uma passarela para que os usuários acessem as plataformas ou atravessem a linha férrea. Ainda segundo o projeto, a nova Estação Mogi das Cruzes será construída em um mezanino e terá ligação com o terminal de ônibus por meio de uma passarela. A nova estação também terá acesso à nova praça que será formada com a passagem subterrânea. Ainda estão previstos estacionamento e bicicletários.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Linha 11-Coral recebe novo trem

A Linha 11-Coral-Expresso Leste (Luz-Guaianazes) da CPTM acaba de ganhar um novo trem, que trará mais conforto aos usuários. O governador Geraldo Alckmin entregou nesta quarta-feira, 06/07/2016, a primeira composição que entra em operação do lote de 65 unidades encomendadas.

Serão dois trens por mês, num total de 65 trens. Cada um tem oito carros, então serão 520 carros a mais. Zero quilômetro, com tecnologia de ponta, salão contínuo de passageiros, câmeras de vídeo e maior motorização“, explicou Alckmin.

CPTM
A chegada do novo lote de trens prevê a diminuição de paralisação, de lotação nos vagões e mais horários à disposição. Foto: A2 Fotografia/ Alexandre Moreira

Todos os trens possuem ar-condicionado, os passageiros têm passagem livre entre os carros, as câmeras monitoram a parte externa e interna e os vagões são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência (contam com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico, áudio e espaço para cadeirantes).

CPTM
Os vagões são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência. Foto: Divulgação/ Internet

Além disso, a composição possui monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria.

Os demais trens desse lote serão entregues nos próximos meses e entrarão em operação após a realização de testes. Eles serão incorporados para a renovação da frota de acordo com a necessidade operacional de cada linha.

Testes

Ao receber do fabricante um novo trem, a CPTM realiza testes antes que o veículo entre em operação, a fim de garantir a segurança dos passageiros.

São testados todos os sistemas elétricos, mecânicos e de sinalização ferroviária em oficinas e em vias operacionais. Dependendo das necessidades de ajustes que surgirem e do tempo de solução por parte do fabricante, os testes podem ser prolongados.

Fonte: Portal do Governo do Estado