Coronavírus: Secretaria de Educação de Mogi antecipa recesso escolar para abril

A Secretaria de Educação de Mogi das Cruzes irá antecipar o recesso para os mais de 47 mil alunos da rede municipal de ensino devido às ações preventivas ao novo coronavírus. Os alunos de escolas e creches da cidade estarão em recesso de 8 a 30 de abril.

Inicialmente a Pasta havia antecipado os 12 dias previstos para a formação de professores. De 23 de março até 7 de abril, os professores estão em teletrabalho, participando de formação à distância. A Secretaria de Educação está desenvolvendo um material para que os alunos possam fazer atividades em casa.

Recesso será de 8 a 30 de abril. Os games educacionais, elaborados por técnicos da Secretaria de Educação, estão sendo indicados pelas escolas neste período de suspensão das aulas. Foto: Guilherme Berti/PMMC

Os alunos também poderão acessar os games educacionais elaborados por técnicos da Pasta, como o Simulados (simulados.se-pmmc.com.br) para alunos do ensino fundamental e o Migo (migo.se-pmmc.com.br) para a aprendizagem de inglês a partir dos três anos. O acesso pode ser feito por meio do login que o aluno já possui ou com o RA do aluno, sendo que neste caso a senha será a data de nascimento da criança sem as barras, somente os números. No caso do Migo, há atividades livres para a educação infantil.

A suspensão das aulas é por tempo indeterminado, a Secretaria de Educação está acompanhando as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Coronavírus: SESI-SP suspende atividades por tempo indeterminado

Em decorrência da crescente disseminação do coronavírus (COVID-19), como medida de prevenção e responsabilidade social, o SESI-SP (Serviço Social da Indústria) suspende suas atividades em todas unidades pelo estado.

Com o objetivo de colaborar para atenuar o pico de casos da doença e seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), o SESI-SP assume posicionamento emergencial de distanciamento social para evitar aglomerações e contato físico, como atitudes necessárias para o momento, prezando pela saúde de todos que fazem parte da instituição, direta e indiretamente.

O anúncio das suspensões, divulgado pelo presidente do SESI-SP, Paulo Skaf, em áudio gravado para as redes sociais, deixa sua mensagem: “Só tenho a desejar a todos que se cuidem. Espero que tudo passe, o mais rapidamente possível, sem prejuízo à saúde das pessoas, que é o mais importante, mas também para a economia do País. Contem conosco”.

O SESI-SP criou um Comitê de Gestão de Crise do qual fazem parte lideranças, colaboradores, médicos e outros especialistas da Saúde. A cada novidade, as informações serão divulgadas em todos os canais de comunicação do SESI-SP.

Nas escolas da rede SESI-SP

As aulas do Ensino Básico estão suspensas a partir de 23/03/2020, segunda-feira, por tempo indeterminado. Durante a semana de 16 a 20 de março, as escolas estarão funcionando, como um período de adaptação para as famílias, mas com a opção de as crianças e jovens ficarem em casa, sem prejuízo de faltas.

Os alunos não serão prejudicados por conteúdos perdidos ou ausência em provas. Há um planejamento de reposição das aulas. As orientações com as mudanças no Calendário Escolar 2020 serão encaminhadas aos familiares.

Sobre a vacina contra a gripe: haverá o agendamento, normalmente, pela prestadora de serviço contratada pelo SESI-SP. É recomendado o comparecimento dos alunos, visando diminuir as incidências de doenças respiratórias e a ida aos hospitais. Caso o aluno opte por não comparecer, a imunização poderá ser realizada, posteriormente, conforme existência de clínica credenciada no município ou poderá ser feito o ressarcimento da taxa efetuada.

Eventos diversos: foram cancelados os campeonatos internacionais de robótica, assim como festivais esportivos e agendamentos de atividades extraclasse diversas.

Nos Centros de Qualidade de Vida do SESI

As atividades abaixo estão suspensas a partir de 18/03, retornando normalmente assim que for recomendado:

Planos Básico, Escolha ou Total

Será prorrogada a vigência dos planos Básico, Escolha ou Total, já pagos antecipadamente (modalidade fidelidade: trimestral, semestral ou anual), na mesma quantidade de dias suspendidos.

Aulas esportivas

  • Academia
  • Atleta do Futuro (PAF)
  • Treinamento Esportivo

Aulas culturais

  • Dança
  • Núcleo de Artes Cênicas
  • Núcleo de Música

Programação Cultural

  • Centro Cultural Fiesp
  • Unidades do SESI-SP
  • Estações Sesi de Cultura
  • Unidades Móveis

Atletas do Rendimento Esportivo

Treinos suspensos para Atletas das categorias de Base. Treinos restritos para as categorias Adulto Individual e Adulto Coletivo, seguindo todas as recomendações de higiene e prática ao ar livre.

Outros cursos e aulas

  • Programa de Alfabetização Intensiva
  • Esporte na Escola
  • Programa SESI Idiomas

Reabilitação SESI Vila Leopoldina

Serão mantidos apenas os atendimentos já contratados e que podem comprometer o estado de saúde do paciente se interrompido.

Outros eventos adiados

  • Jogos do Sesi: as atividades estão suspensas. Será reorganizada a tabela de jogos/provas, com o objetivo de adiar a competição.
  • Liga Sesi de Treinamento Esportivo: suspenso no 1º semestre e as novas datas serão divulgadas posteriormente.
  • Shows Externos.

Para mais informações, contatarem as Secretarias das unidades do SESI-SP. Os horários de atendimento estarão reduzidos.

Fonte: Portal SESI-SP

Coronavírus: Governo de SP antecipa férias de 150 mil professores da rede estadual

O Governador João Doria anunciou nesta quinta-feira, 19/03/2020, a antecipação das férias e recesso escolar de 150 mil professores da rede estadual. Além das duas semanas de férias que estavam previstas para o mês de julho, terão início na próxima segunda-feira, 23, as duas semanas de recesso que aconteceriam em abril e outubro, definidas no novo calendário.

A medida ocorre em prevenção ao contágio e à transmissão do vírus e deverá ser publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, 20.

Estamos antecipando as férias para 150 mil professores e auxiliares e para os 15 mil profissionais do Centro Paula Souza em todo o Estado. Mais informações serão repassadas aos profissionais pelos diretores de ensino”, afirmou Doria.

Recessos e férias de docentes têm início a partir de segunda-feira, 23, para prevenir o contágio pelo novo coronavírus. Foto: A2 Fotografia/José Luis da Conceição

A Secretaria da Educação já havia autorizado o trabalho remoto para servidores com 60 anos ou mais, gestantes e portadores de doenças respiratórias crônicas, cardiopatias, diabetes não controlada, hipertensão, pessoas em tratamento oncológico, lúpus e HIV que atuem nas escolas, diretorias de ensino e órgãos centrais.

Entre abril e maio, a Secretaria da Fazenda e Planejamento deve efetuar o pagamento das férias para 150 mil professores da rede estadual. Estima-se a destinação de R$ 130 milhões para efetivar o pagamento.

Confira a mudança nas datas

– Recesso escolar (1 semana): de 20 a 24 de abril mudou para 23 a 27 de março

– Recesso escolar (1 semana): de 13 a 16 de outubro mudou para 30 de março a 3 de abril

– Férias escolares (2 semanas): de 9 a 26 de julho mudou para 6 a 20 de abril

Aulas suspensas

Também como medida de segurança, as aulas na rede estadual começaram a ser suspensas gradualmente desde a última segunda-feira, 16/03. As unidades permanecem abertas até esta sexta-feira, 20.

A partir da semana que vem, 100% das aulas ficam suspensas por tempo indeterminado e não haverá atendimento ao público nesse período. Para garantir rotinas administrativas essenciais, como preservação do patrimônio, limpeza, pequenos reparos e gestão de financeira, serão mantidos funcionários e equipe gestora nas escolas.

A Secretaria da Educação estuda parcerias com empresas de tecnologia para disponibilizar conteúdos por meio de ensino a distância durante o período de suspensão. A pasta analisa a questão do fornecimento de merenda para os estudantes mais vulneráveis.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Coronavírus: Prefeito decreta situação de emergência para conter disseminação

O prefeito Marcus Melo declarou situação de emergência em Mogi das Cruzes para enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O decreto 19.140/2020 define uma série de medidas que reforçam as ações de contenção que vêm sendo adotadas nos últimos dias com o objetivo de conter a disseminação do vírus, de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo.

Entre as medidas estabelecidas está a possibilidade de requisitar bens e serviços de pessoas físicas e jurídicas, com garantia de pagamento de indenização posterior. Também fica autorizada a dispensa de licitação para aquisição de bens e serviços destinados ao enfrentamento da emergência.

Os gestores dos órgãos municipais, incluindo autarquias, poderão suspender, reduzir ou alterar serviços e implementar novas condições e restrições, ente outras medidas para reduzir o fluxo e aglomeração de pessoas nos locais de atendimento, principalmente os cidadãos com maior probabilidade de desenvolvimento dos sintomas mais graves decorrentes do Coronavírus.

Providências adotadas visam a reduzir circulação de pessoas nos órgãos públicos municipais e em toda cidade

Se confirmada a infecção, ou caracterizada outra doença em algum servidor, o funcionário será licenciado para tratamento. Cada gestor adotará as providências legais para evitar ou reduzir a exposição dos agentes públicos e frequentadores das repartições aos riscos de contágio, em especial no período da emergência.

Entre as medidas, está a adoção de regime de teletrabalho, com critérios específicos e cujas tarefas possam ser realizadas de forma não presencial, sem prejuízo ao serviço público. A exceção são os servidores das secretarias de Assistência Social, Saúde e Segurança. Por serem consideradas áreas essenciais na situação de emergência, além da impossibilidade do trabalho remoto os funcionários desses setores também tiveram as férias suspensas pelo período de 60 dias.

Também estão vedados os afastamentos de servidores públicos para viagens ao exterior e a realização de provas de concursos públicos.

Os gestores públicos também deverão adiar reuniões, sessões e audiências que possam ser suspensas temporariamente ou realizadas de forma remota, entre outras medidas para reduzir contatos e aglomerações, incluindo a reorganização da jornada de trabalho dos funcionários.

O decreto também define regras específicas aos prestadores de serviço.

Serviços suspensos

A partir da próxima segunda-feira, 23/03/2020, a Prefeitura suspenderá, por tempo indeterminado, as aulas em toda rede pública municipal e creches subvencionadas.

Desde terça-feira, 17/03, também estão paralisados, por prazo indeterminado, uma série de serviços municipais, como cursos do Centro de Apoio à Educação de Jovens e Adultos (Crescer), atividades e aulas esportivas (veja relação completa no decreto anexo).

O decreto recomenda a não aglomeração ou a não realização de eventos de massa (governamentais, esportivos, artísticos, culturais, políticos, científicos, comerciais, religiosos e outros com concentração próxima), com público estimado ou acima de 20 pessoas, devendo, preferencialmente, ser cancelados ou adiados.

Os locais de grande circulação, tais como terminais urbanos, shoppings e comércios em geral deverão reforçar as medidas de higienização de superfície e disponibilizar álcool gel 70% para os usuários, em local sinalizado.

A Secretaria Municipal de Transportes adotará providências específicas para proteção de usuários e trabalhadores do transporte coletivo e individual de passageiros, como orientação para higienização de mãos e pontos de contato.

A Secretaria de Saúde está responsável pelas providências para capacitação de todos os profissionais da área para atendimento, diagnóstico e orientação quanto a medidas protetivas; aquisição de equipamentos de proteção individual para os profissionais; utilização, se necessário, de equipamentos públicos culturais, educacionais e esportivos do município para atendimentos emergenciais, com prioridade para os grupos de risco de forma a minimizar a exposição dessas pessoas.

Também caberá ao setor a requisição de servidores de outros órgãos municipais para necessidades excepcionais de atendimento à população, entre outras medidas.

A classificação da situação mundial como pandemia significa risco potencial de a doença atingir a população de forma simultânea. As providências que adotamos visam a reduzir a circulação de pessoas nos órgãos públicos municipais e na cidade como um todo, evitando contaminações em grande escala, restringindo riscos e preservando a saúde do público em geral”, destaca o prefeito.

Coronavírus: Prefeitura de Mogi amplia medidas de contenção

Considerando as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Centro de Contingência do Coronavírus no Estado de São Paulo para conter a pandemia de Coronavírus, a Prefeitura de Mogi das Cruzes determinou a adoção das seguintes medidas para conter a disseminação do vírus:

SERVIÇOS SUSPENSOS OU REDUZIDOS

[Atualizado às 10:40 de 17 de março]

🚫 Educação: as aulas em toda a rede municipal de ensino (creches e escolas) serão gradualmente suspensas a partir desta terça-feira,  17/03/2020, e os pais que puderem já devem deixar seus filhos em casa. As faltas serão abonadas e não haverá prejuízo do conteúdo. A suspensão total ocorre a partir do dia 23/03 e é importante que os pais se organizem para que seus filhos fiquem em casa ou na residência de amigos ou parentes em segurança, exceto na casa dos avós. Idosos fazem parte do grupo mais suscetível ao desenvolvimento de quadros respiratórios graves e resultados fatais para o novo Coronavírus (COVID-19).

🚫 Qualificação Profissional: cursos do Crescer, cursos do Fundo Social, cursos da Escola de Empreendedorismo e Inovação e turmas de EJA (Educação de JOvens e Adultos).

🚫 Emprega Mogi: o atendimento e a triagem dos candidatos estão sendo feitos, mas a orientação é de que o candidato somente compareça às unidades caso a vaga realmente atenda o perfil. Há ainda a possibilidade do envio do currículo para o email emprega.vagas@pmmc.com.br

🚫 Iprem: suspendeu por 120 dias o recadastramento anual para os aposentados e pensionistas, procedimento que é realizado no mês de aniversário. A autarquia também flexibilizou os prazos para apresentação de documentos. O setor também está reforçando aos segurados, por telefone, que não é necessário o comparecimento à sede do Iprem para solicitação de serviços, e também orienta os segurados a fazer os pedidos pelo site.

🚫 Assistência Social: Serviços de convivência para idosos, crianças e adolescentes

🚫 Esporte: aulas esportivas e atividades recreativas em espaços públicos.

🚫 Lazer: edições do Bairro Feliz

🚫 Procon: as audiências de conciliação estarão suspensas a partir desta quarta-feira, 18/03. A medida valerá, inicialmente, por um período de 30 dias.

EQUIPAMENTOS PÚBLICOS FECHADOS

[Atualizado às 16h20 de 16 de março]

🚫 Espaços Culturais e Educativos: Auditório do Cemforpe, Biblioteca Municipal, Centro Cultural, Theatro Vasques, Casa do Hip Hop, CEU das Artes, Casarão do Carmo, Estúdio Municipal de Áudio e Música (EMAM), prédio da Banda Santa Cecília e todos os Museus.

🚫 Espaços Esportivos: Ginásio Municipal de Esportes, Centro Municipal do Paradesporto, Ginásio Municipal Paulo Kobayashi, Pró-Hiper e Núcleo de Avaliação Física (NAF).

🚫 Desenvolvimento: Polo Digital de Mogi das Cruzes

🚫 Assistência Social: Centro Dia do Idoso

🚫 Espaços ambientais: Ilha Marabá

ESPAÇOS PÚBLICOS QUE CONTINUAM FUNCIONANDO

[Atualizado às 16h20 de 16 de março]

 Espaço Abertos: Parque Centenário, Parque da Cidade, Parque Leon Feffer, Centros Esportivos e Academias da Terceira Idade

 Centros de Compras: Feiras Livres, Feiras Noturnas, Varejão, Mercado Municipal e Mercado do Produtor

 Transporte: Terminais de Ônibus

PROIBIÇÕES

[Atualizado às 16h20 de 16 de março]

🚫 A Prefeitura de Mogi das Cruzes suspendeu a emissão de alvarás para eventos privados, como forma de evitar a aglomeração de pessoas. Além disso, os alvarás já emitidos também estão suspensos.

FISCALIZAÇÃO

[Atualizado às 10:40 de 17 de março]

O Procon de Mogi das Cruzes está fiscalizando a venda de álcool em gel e de máscaras descartáveis nos estabelecimentos comerciais da cidade. O objetivo é evitar práticas que ferem o direito dos consumidores, como a cobrança de preços abusivos. Em caso de flagrante de aumento abusivo de preços, os estabelecimentos serão multados. O valor pode variar entre R$ 10 mil e R$ 50 mil, de acordo com o tamanho do estabelecimento comercial. A população também pode auxiliar com denúncias pelo telefone 4798-5090.

TRANSPORTE PÚBLICO

[Atualizado às 16h35 de 16 de março]

As empresas de transporte coletivo municipal estão orientadas a intensificar os trabalhos de limpeza e higienização dos ônibus. Os trabalhos incluem os locais de circulação dos passageiros e também bancos, vidros, balaústres e espaços dos motoristas. Além disso, os vidros dos coletivos estão permanecendo abertos para a circulação do ar.

Os cartões de estacionamento especial para idosos e pessoas com deficiência que venceram ou vencerão dentro do primeiro semestre deste ano serão prorrogados até o final do primeiro semestre. Assim, o usuário não necessitará fazer a renovação do documento. É importante lembrar, no entanto, que os cartões vencidos poderão ser utilizados apenas dentro do município de Mogi das Cruzes.

Os recursos de multas e a indicação do condutor infrator podem ser feitas por meio de remessa postal. Com isso, o cidadão não precisa se deslocar até a Prefeitura para atendimento.

VELÓRIOS

[Atualizado às 08h35 de 17 de março]

A orientação para a conduta nos velórios municipais é que o tempo de velório seja minimizado para, no máximo, 4 horas, diminuindo a exposição dos familiares às condições favoráveis à contaminação. A recomendação aos servidores nos atendimentos realizados nos cemitérios é manter a distância mínima do público.

CONCURSO PÚBLICO

[Atualizado às 08h35 de 17 de março]

🚫 As provas dos Concursos Públicos da Prefeitura de Mogi das Cruzes, organizadas pela Vunesp, que seriam realizadas nos dias 29 de março e 5 de abril, estão temporariamente suspensas. Assim que a situação estiver normalizada, novas datas serão agendadas e divulgadas nos sites da Prefeitura e da Fundação Vunesp.

CASOS DE CORONAVÍRUS EM MOGI DAS CRUZES

[Atualizado às 16h35 de 16 de março]

Mogi das Cruzes não tem nenhum caso confirmado até o momento, mas recebeu 28 notificações suspeitas, das quais cinco casos foram descartados e 23 aguardam resultados de exames.

GUIA DE PREVENÇÃO

O Estado de São Paulo criou o Centro de Contingência do Estado para monitorar e coordenar ações contra a propagação do novo coronavírus. Acesse o Guia de Prevenção e saiba como se proteger.

NOTÍCIAS

Para acompanhar as últimas notícias sobre o coronavírus em Mogi das Cuzes, clique aqui.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes