EDP e EDPR alinham identidade com compromissos da transição energética

Um ano depois de ter reforçado o compromisso com a transição energética, assumindo um investimento de 24 bilhões de euros até 2025, a EDP anuncia uma nova identidade, alinhada com o posicionamento da empresa no setor energético e com o seu papel na sociedade.

Esta imagem reflete a transformação da EDP nos últimos anos, para uma empresa mais global, inclusiva e focada no futuro, na sustentabilidade, na inovação e na responsabilidade social. Neste contexto, o grupo decidiu atualizar a sua comunicação de marca e de cultura interna, de forma a garantir que continuem a refletir a evolução da EDP e a sua ambição de liderar a transição energética.  As várias empresas do grupo, incluindo a operação do Brasil, que é hoje o segundo maior mercado da Companhia no mundo, terão uma identidade de marca única, representando a abrangência da EDP, que só no último ano entrou em 12 novos mercados.

O logotipo e identidade gráfica são inspirados na circularidade da natureza, do planeta e das várias fontes de energia renovável – o sol, as turbinas eólicas e hídricas, elementos-chave na estratégia da empresa, que está a endereçar as alterações climáticas com o objetivo de duplicar até 2025 a sua capacidade renovável. No Brasil, o Grupo EDP atua em todos os segmentos do setor elétrico por meio da EDP Brasil e da EDP Renováveis. A aposta por projetos renováveis tem sido um eixo estratégico para o crescimento do Grupo, e a complementariedade da expertise das empresas tem sido chave para desenvolver projetos em parceria, como as usinas solares de grande porte Monte Verde e Novo Oriente.

A nova identidade reflete também a ambição da EDP por uma economia circular mais sustentável e reforça a importância da inovação, tão necessária no setor energético para responder ao desafio da independência energética e de redução do uso de combustíveis fósseis.

As cores escolhidas – verde, azul e roxo – representam a sustentabilidade da natureza, as energias limpas, a tecnologia e as pessoas e se alinham ao objetivo da EDP de ser neutra em carbono até o final desta década, não deixando ninguém para trás nesta transição. A nova identidade foi desenvolvida por uma equipe multicultural da agência de design internacional Pentagram, com conhecimento sobre os mercados onde a EDP está presente.

Ao longo de mais de 40 anos, temos contribuído para a reinvenção do setor energético e para um impacto positivo na sociedade. Continuaremos a liderar a transição energética e a descarbonização da economia, para um futuro melhor. Com a evolução que comunicamos hoje, queremos incorporar na nossa imagem e nas nossas ações os pilares desta missão e de uma transição justa e sustentável”, afirma Miguel Stilwell D’Andrade, CEO do Grupo EDP.

A nova imagem foi apresentada em primeira mão aos quase 13 mil colaboradores pelo Conselho de Administração Executivo, durante evento transmitido a partir de Lisboa para os mercados em que a EDP está presente.

A mudança de marca irá avançar numa primeira fase internamente e, de forma progressiva, também externamente, num processo que deve ocorrer até 2023.

Para comunicar esta evolução, foi desenvolvida uma campanha de posicionamento institucional pela agência internacional Havas. “We Choose Earth – Nós Escolhemos a Terra” é o manifesto que dá voz a esta mudança e que pretende mobilizar toda a sociedade nesta transição urgente e necessária.

Sobre a EDP no Brasil

Presente há mais de 25 anos no País, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. Com mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, a Companhia tem negócios em Geração, Transmissão, e Soluções em Serviços de Energia voltados ao mercado B2B, como geração solar, mobilidade elétrica e mercado livre de energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,6 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Em 2021 foi eleita pelo segundo ano consecutivo a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em ESG, ocupando o primeiro lugar do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, no qual figura há 16 anos.

Sobre a EDPR Renewables

A EDP Renewables (Euronext: EDPR) é líder mundial no setor das energias renováveis e o quarto maior produtor mundial. Com a sua robusta carteira de desenvolvimento, ativos de primeira classe e uma capacidade operacional líder de mercado, a EDPR tem mostrado um crescimento extraordinário nos últimos anos, com uma presença em 26 mercados em toda a Europa, América Latina e do Norte e Ásia.

A EDPR é um motor de progresso social com o seu compromisso com a sustentabilidade e integração, com as políticas centradas nos trabalhadores a obter uma presença no Índice Bloomberg de Igualdade de Género e a ser nomeada um Top Employer 2022 na Europa (Espanha, Itália, França, Roménia, Portugal e Polónia) e no Brasil, bem como um Top Workplace 2022 nos Estados Unidos.

A EDP – principal acionista da EDPR – é uma empresa global de energia e líder na criação de valor, inovação e sustentabilidade. A EDP está listada no Índice Dow Jones há 14 anos consecutivos, tendo sido recentemente nomeada a empresa de eletricidade mais sustentável do Índice.

EDP abre vagas para o Programa Jovem Aprendiz em Mogi

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê e Vale do Paraíba, abre inscrições para o Programa Jovem Aprendiz. Durante 12 meses os contratados serão remunerados para participar de um curso de capacitação e qualificação de eletricista com foco na atuação em rede aérea de distribuição de energia. As pessoas interessadas poderão se inscrever até 03 de Junho de 2022, por meio do site brasil.edp.com/pt-br/escola-de-eletricistas.

Em linha com as diretrizes de seu Programa de Inclusão e Diversidade, a empresa destinará 50% das vagas para pessoas negras, valorizando as interseccionalidades de gênero, raça, deficiência e LGBTQIAP+ em todas as posições. Todas as etapas, incluindo entrevistas e dinâmicas, serão realizadas de forma online, a fim de preservar os candidatos. O projeto é fruto de uma parceria da Companhia com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), através do Programa de Aprendizagem Industrial, que forma jovens no curso de Eletricista de Redes de Distribuição de Energia Elétrica.

Podem participar do Programa, pessoas com idade entre 18 e 23 anos

Com carga horária total de 800 horas, sendo 20 horas semanais, o programa tem cerca de doze meses de duração. Os estudantes serão contratados em regime CLT por prazo determinado, receberão salário e benefícios durante o período do curso, ganharão um certificado chancelado pelo SENAI e permanecerão no banco de talentos da EDP, podendo participar futuramente de processos seletivos para vagas efetivas.

O curso terá aulas online e presenciais respeitando os protocolos de saúde em relação à pandemia do COVID-19. O intuito é que os participantes aprendam sobre os procedimentos e técnicas necessárias para planejamento, execução, avaliação e inspeção das redes, bem como sobre manutenções preventivas e corretivas, dentro das normas técnicas e de segurança.

Inscrições

O Programa Jovem Aprendiz será ministrado na sede do Senai em Mogi das Cruzes e de Taubaté, a partir de Julho. Ao todo são 36 vagas, sendo 18 disponíveis para cada unidade. Os requisitos para cursar a qualificação são os seguintes:

  • Formação: Ensino Médio completo;
  • Para as vagas de Mogi das Cruzes, residir preferencialmente nas cidades de Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Poá, Itaquaquecetuba, Guararema e Salesópolis.
  • Para as vagas de Taubaté, residir preferencialmente na cidade, Guaratinguetá ou municípios vizinhos
  • Ter nascido entre 01/08/1999 a 19/07/2004
  • Disponibilidade de horário para período integral

A inscrição deve ser realizada pelo site brasil.edp.com/pt-br/escola-de-eletricistas até 03 de junho. O processo de seleção inclui prova de português e matemática, teste prático, entrevista. O curso iniciará em julho.

Vale ressaltar que a EDP oferece aos estudantes, salário, vale refeição, vale transporte e convênio médico, além de material didático, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e certificação com chancela do SENAI.

Serviço:

Programa Jovem Aprendiz – Mogi das Cruzes e Taubaté

  • Inscrições até 03 de Junho
  • Site para cadastro no processo seletivo: brasil.edp.com/pt-br/escola-de-eletricistas
  • Local do curso: sede do Senai em Mogi das Cruzes / sede do Senai em Taubaté
  • Horário: Segunda a Sexta (20 horas semanais)
  • Salário: R$ 900,00
  • Benefícios: Vale Refeição (R$ 344,00), Vale Transporte, Assistência Médica Sul America e Seguro de Vida

Ao final do curso receberão o certificado chancelado pelo SENAI e ficarão no banco de talentos da EDP com possibilidade de participar futuramente de processos seletivos para vagas efetivas.

Dias frios: Cuidados para o chuveiro elétrico não se tornar o vilão da conta de luz

Com a chegada de dias mais frios, o chuveiro elétrico pode representar um aumento significativo na conta de luz. A EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, alerta que o uso de um chuveiro com 5.500w de potência por 30 minutos todos os dias, na posição ‘inverno’, pode representar mais de R$ 60 na conta de luz no fim do mês.

Para auxiliar o consumidor a usar o chuveiro de forma mais eficiente, a EDP reuniu algumas dicas. As orientações começam na compra de um novo equipamento, já que a potência do aparelho está diretamente relacionada ao investimento nas instalações elétricas da residência, uma vez que, quanto maior a potência do chuveiro, mais elevado será o consumo de energia e, consequentemente, maior deverá ser a capacidade dos fios e do disjuntor do circuito.

A EDP reuniu algumas dicas para economia de energia na hora do banho

Geralmente, os produtos de menor potência esquentam menos a água e consomem menos energia, mas o fator fundamental para a economia é a mudança de hábito. Por exemplo, ao reduzir o jato do chuveiro, o equipamento de menor potência consegue aquecer o suficiente, diminuindo o gasto de energia e de água, contribuindo também para o meio ambiente. Vale também uma boa administração do tempo do banho”, ressalta Roberto Miranda, gestor de relacionamento da EDP.  Lembrando que se a família tiver um tempo de utilização diária de uma hora de chuveiro elétrico durante todo o mês, isso representará um valor na conta de energia de mais de R$ 120.

Cuidar da segurança nas instalações também é sempre muito importante e com o chuveiro é essencial. “Fugas de corrente elétrica podem causar acidentes. Por isso, as conexões do chuveiro devem ser bem-feitas e isoladas para que não ocorra aquecimento da fiação e devem ser realizadas por um profissional. Acima de tudo, para um banho seguro, jamais toque na ducha com o aparelho ligado. A chave inverno/verão deve ser acionada com o chuveiro sempre desligado”, acrescenta Miranda.

O gestor da EDP orienta, ainda, que se na hora do banho for identificado algum cheiro de queimado, isso pode indicar aquecimento em uma conexão malfeita, “desligue o chuveiro imediatamente e chame um eletricista para promover os reparos”, alerta. E aquele pequeno choque que pode ocorrer ao ligar o chuveiro também não é normal, é deve ser verificado para não gerar risco de acidentes.

Confira algumas dicas para economia de energia na hora de utilizar o chuveiro elétrico:

  • Evite banhos longos, o ideal é que o tempo seja de 5 a 8 minutos. O uso do chuveiro representa despesas de água e energia, por isso, o consumidor deve limitar seu tempo debaixo do banho de água quente ao mínimo indispensável;
  • Não faça a barba, escove os dentes ou se depile debaixo do chuveiro;
  • Ao ensaboar-se ou lavar os cabelos, desligue o chuveiro.
  • Siga as instruções de instalação do equipamento conforme o manual e dicas do fabricante. Uma fiação antiga ou mal instalada pode significar desperdício de energia elétrica;
  • Nunca reaproveite uma resistência queimada, pois ela aumenta o consumo e põe em risco a sua segurança;
  • Limpe periodicamente os furos de saída de água do chuveiro, evitando a queima da resistência;
  • Sempre que possível, mantenha o chuveiro na chave ‘verão’. O consumo de energia é cerca de 30% menor que na posição inverno;

Você sabia?

Quando, no meio do banho quente, o chuveiro desliga porque caiu o disjuntor ou porque foi ligado no mesmo momento o micro-ondas ou forno elétrico, por exemplo, significa que o circuito elétrico não está corretamente dimensionado para um consumo tão grande de energia ao mesmo tempo. Neste caso, a dica é não colocar a segurança em risco e recorrer a um profissional capacitado para fazer avaliação da fiação elétrica da sua residência.

EDP reforça orientações de segurança com energia elétrica durante o Carnaval

As festas de carnaval foram canceladas ou adiadas em diversas cidades do país por conta da Covid-19, porém, muitas pessoas no período do feriado farão comemorações menores e particulares, com amigos e familiares. Pensando nisso, a EDP, distribuidora de energia elétrica para as regiões do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, reforça orientações de segurança para que os festejos sejam tranquilos e sem acidentes.

Distribuidora alerta sobre cuidados especiais durante as festividades; período terá atuação reforçada das equipes de atendimento

Os foliões devem estar atentos para evitar atividades de risco, como a soltura de fogos de artifício, que nunca devem ser próxima à rede elétrica. Outra recomendação de cuidado está relacionada aos materiais como serpentinas de papel ou metálicas, assim como jatos de espumas ou de água. Esse tipo de objeto jamais deve ser lançado em direção às redes de energia para evitar risco de choque elétrico. Vale destacar que a pandemia ainda não acabou, por isso, continua essencial evitar aglomerações, bem como a utilização de máscara e reforço da higiene com álcool em gel e lavagem das mãos.

Outras dicas para garantir a segurança:

  • Não utilizar os postes da EDP para fixar decorações.
  • Não fazer gambiarras, ligações clandestinas ou “gatos”, pois aumentam o risco de acidentes com a rede;
  • Não instalar nenhum enfeite próximo à rede elétrica;
  • Nunca lançar artefatos (serpentinas, confetes, entre outros), metálicos ou não, na rede elétrica, pois podem ser condutores de energia ou romper cabos e causar sérios acidentes;
  • Não ligar aparelhos elétricos próximo de duchas, piscinas ou em lugares molhados;
  • Em casos de colisão de veículos com poste, não saia do carro. Se houver algum cabo partido em contato com o veículo o acidente pode ser fatal;
  • Todas as instalações da rede elétrica, tais como transformadores e cabos, energizados ou não, constituem patrimônio da distribuidora e somente profissionais autorizados pela empresa podem manuseá-los.

É importante frisar que, em caso de ocorrências que envolvam a rede de distribuição de energia elétrica da EDP, a Concessionária deve ser contatada imediatamente pelos canais de atendimento que funcionam 24 horas, de forma gratuita:

  • Site www.edponline.com.br
  • Aplicativo EDP Online
  • WhatsApp EDP: (11) 93465-2888
  • SMS para 28037 com a mensagem Falta Luz
  • Central de Atendimento: 0800 721 0123

Operação especial

A EDP fará uma operação especial durante o feriado de Carnaval, visando garantir a qualidade e segurança do fornecimento de energia a seus clientes. Haverá reforço do efetivo no Centro Operação Integrado (COI), responsável por monitorar  e gerenciar em tempo real o sistema elétrico de toda a área de concessão, além do reforço também das equipes em campo, proporcionando mais agilidade no atendimento em caso de ocorrências na região.

EDP atendeu mais de 2.200 ocorrências com pipas na rede elétrica do Alto Tietê em 2021

Durante as férias escolares, as crianças ficam por mais tempo em casa e também brincando ao ar livre, e por vezes esses momentos acontecem sem a supervisão de um adulto. Com isso, se torna ainda mais importante reforçar os cuidados com energia elétrica, evitando o risco de acidentes graves.

Durante o ano de 2021 foram atendidas 2.277 ocorrências relacionadas a pipas nas redes elétricas da EDP, distribuidora de energia do Alto Tietê. Além dos riscos envolvidos para quem está no local, com o corte dos cabos, o fornecimento de energia pode ser interrompido, não só para residências, como para comércios, indústrias e até hospitais da região. Para o atendimento dessas ocorrências é necessário o deslocamento de equipes técnicas da concessionária, que realizam o reparo e a limpeza da rede danificada.

Dentro de casa ou na rua, é importante sempre reforçar os cuidados com energia elétrica junto às crianças

Afonso Celso, gestor de Operação da EDP, reforça a importância da prática segura da brincadeira. “Trabalhamos para restabelecer o fornecimento de energia o mais rápido possível, mas nossa preocupação maior é com a segurança. Sabemos que o cerol e linha chilena são proibidos, mas ainda tem quem utiliza e, por serem compostos de pó de vidro, são materiais altamente condutores de energia, podendo causar sérios acidentes com quem está brincando e com outras pessoas.

Vale relembrar algumas orientações sobre as pipas e outros cuidados em casa, para as férias:

  • Além de serem proibidos, o cerol e a chamada “linha chilena” trazem risco para motociclistas e pedestres e também oferecem perigo no contato com a rede de energia. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;
  • Empine pipas longe de rede elétrica, em locais onde não exista nenhum tipo de cabo de energia, de serviço telefônico ou antenas de celular. Isso evita acidentes e interferências na qualidade desses serviços;
  • Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, não tente retirá-la. Nunca use varas nem suba no poste para tirar uma pipa. O choque, nestes casos, pode ser fatal;
  • Arremessar objetos na rede elétrica para o resgate da pipa pode causar graves acidentes. O “lança-gato” (pedra presa a uma linha) ou qualquer outro objeto não devem ser lançados na rede;
  • Empinar pipas em locais como lajes e muros deve ser evitado. A proximidade com os fios de alta tensão aumenta o risco de acidentes graves e fatais, além do perigo de quedas.
  • Em caso de relâmpagos, recolha a pipa imediatamente. Não solte pipas em dias de chuva ou vento muito forte;
  • Dentro de casa, projeta tomadas com tampas, evitando o contato das crianças menores.
  • Nunca utilize o celular durante o carregamento na tomada. No caso de um raio atingir a proximidade, pode haver maior circulação de energia no circuito interno da residência, atingindo quem está usando o aparelho.
  • Evite utilizar equipamentos elétricos com o corpo molhado, já que água é condutora de energia.
  • Não deixe fios e aparelhos elétricos próximos de piscinas.

Para conscientizar a população e alertar crianças e adultos sobre como reduzir os riscos na hora de brincar, a EDP e o Instituto EDP realizam projetos durante todo o ano com as comunidades dos municípios onde a concessionária atua, principalmente em escolas e áreas com altos índices de ocorrências com a causa pipas.

Ocorrências com pipas. Dados por município no Alto Tietê. Fonte: EDP

Um acidente causado por descarga elétrica pode deixar sequelas como queimaduras e, em casos mais extremos, causar a morte. Para solicitações e denúncia de possíveis riscos com a rede elétrica, ou para comunicar a interrupção de energia, a EDP orienta à população a entrar em contato pelos canais de atendimento:

Site EDP Onlinewww.edponline.com.br
– Aplicativo EDP Online (compatível com as plataformas Android™, iOS e Windows Phone)
– Central de Atendimento ao Cliente: 0800 721 0123 (ligação gratuita, 24 horas/sete dias por semana).
Agência de atendimento presencial (endereços de todas as unidades no site EDP Online)