Última semana para aproveitar o desconto na compra de geladeiras mais eficientes oferecido pelo programa Bônus EDP

Até 24 de junho de 2018, os clientes da EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, poderão comprar geladeiras mais eficientes com até R$ 500 desconto, por meio do projeto Bônus EDP. Os interessados podem acessar o bonusedp.com.br para verificar os modelos disponíveis.

O objetivo da iniciativa é estimular o uso racional e seguro da energia elétrica e facilitar o acesso a equipamentos mais econômicos. Os aparelhos usados são destinados ao descarte de forma ambientalmente correta.

Por estarem ligados 24 horas por dia, os refrigeradores antigos e em más condições podem desperdiçar grandes volumes de energia, representando uma parcela da conta significativa no final do mês. A economia na troca de uma geladeira antiga, com mais de oito anos de uso, por uma mais nova, com o selo PROCEL, pode chegar a até 50%.

Desde seu início em 2017, o programa já somou uma economia no consumo de energia calculada nos clientes de 4,43 megawatt-hora ao ano (MWh/ano), o equivalente ao abastecimento médio de mais de 200 residências por mês. Além disso, com a retirada dos equipamentos antigos para o descarte ecológico, será evitada a emissão de 415,3 toneladas de gás carbônico (CO2) nos próximos 10 anos na atmosfera. Para efeito de comparação, esse volume é correspondente ao plantio de 2.965 novas árvores.

Como comprar com o Bônus EDP

Acessando o portal bonusedp.com.br até dia 24 de junho, o consumidor será direcionado para a loja online e escolherá um dos modelos, que deve ser compatível com o tamanho do refrigerador já utilizado na residência. É feito um cálculo da diferença a pagar e o crédito do bônus entrará automaticamente no perfil do cliente.

Cada consumidor pode trocar uma geladeira. Para participar, é necessário estar com as contas de energia em dia e o aparelho precisa ter ao menos oito anos de uso.

Na data acordada para a entrega, o consumidor destinará o equipamento antigo, em funcionamento, para reciclagem ambientalmente correta, mediante doação para a EDP.

Para verificar a eficácia do projeto Bônus EDP, alguns clientes serão selecionados para uma visita técnica de medição de consumo do novo aparelho. Este processo é essencial para a comprovação da eficiência em economia de energia na substituição de eletrodomésticos antigos por modelos mais novos e com melhor desempenho energético. Essa visita será agendada previamente.

Anúncios

EDP São Paulo orienta sobre instalação segura de enfeites natalinos

Muitas residências e estabelecimentos comerciais são decorados para a chegada das festas de final de ano. A EDP São Paulo orienta sobre a instalação e utilização correta dos pisca-piscas e outros equipamentos elétricos utilizados provisoriamente nos enfeites para que não haja risco de acidentes ou susto pelo aumento da conta de luz.

Os cuidados devem começar na hora da compra dos produtos. O ideal é escolher itens que garantam o melhor isolamento elétrico possível e tragam em sua embalagem a comprovação de requisitos de qualidade e segurança.

É importante avaliar também a potência em watts (W), que corresponde à carga elétrica demandada. Isso porque, quanto maior a potência, maior será o consumo de energia do produto. “Estes equipamentos devem ser colocados em tomadas exclusivas, minimizando a possibilidade de sobreaquecimento do circuito elétrico interno, fuga de corrente e, consequentemente, risco de acidentes e aumento na conta de luz”, diz Marcos Scarpa, relações institucionais da EDP São Paulo.

Christmas tree
Cuidados evitam choques elétricos e curtos-circuitos. Foto: Jon Sullivan/ Domínio Público

Um curto-circuito na rede elétrica pode ser ocasionado pela má utilização dos materiais ou por seu uso prolongado em uma mesma tomada.

Dentre as decorações mais utilizadas no período estão os pisca-piscas. A sugestão é investir naqueles com lâmpadas de LED, mais econômicas, eficientes e duráveis. Para a instalação em área sujeita a chuva ou alagamento, os enfeites devem ser impermeáveis, pois são mais seguros e duram mais. Além disso, quando houver a necessidade de reutilização do produto, é importante uma checagem prévia para avaliar se há fiação desencapada ou lâmpadas queimadas.

Confira mais alguns cuidados importantes:

– Muitas árvores de Natal são feitas de arame, e por ser altamente condutor de energia esse material deve estar bem isolado para impedir energização acidental.

– Os fios desencapados provocam choques, curtos-circuitos e, às vezes, incêndios. Passar fios por baixo de tapetes ou por trás de cortinas também pode causar acidentes.

– Antes de substituir lâmpadas queimadas dos enfeites, desligue os equipamentos da tomada.

– Desligar os enfeites luminosos antes de dormir ou sair de casa pode contribuir para a redução do valor da conta de energia e evitar acidentes.

– Para enfeites em áreas externas, verifique a proximidade com a rede de energia da EDP, pois, no caso de chuva forte com vento, a iluminação decorativa instalada pode tocar a rede elétrica e provocar sérios acidentes.

– Para não ocorrer sobrecarga de energia, caso a quantidade de enfeites seja grande, busque a orientação de um eletricista, que vai calcular o que pode ou não ser ligado. Se necessário, o profissional vai equiliibrar o circuito da residência por meio de uma adequação na instalação elétrica.

Em caso de acidentes ou ocorrências na rede elétrica, entre em contato imediatamente com a EDP São Paulo pelos canais de atendimento:

– EDP Online: edp.com.br
– Aplicativo EDP Online (Compatível com as plataformas Android™, iOS e Windows).
– Em caso de falta de energia, enviar SMS para o número 33777 com o texto ENERGIA + n° da instalação.
– Agências de atendimento presencial.
– Central de atendimento por telefone (0800 721 0123).

EDP abre inscrição para projeto que substitui geladeiras antigas

A partir desta segunda-feira, 17/07/2017, os clientes residenciais de sete cidades da área de concessão da EDP São Paulo terão a oportunidade de se cadastrar para substituir suas geladeiras antigas por equipamentos mais eficientes. O projeto Bônus EDP que prevê desconto para a compra de refrigeradores que consomem menos eletricidade, tem como objetivo incentivar a utilização consciente e segura da energia elétrica. Serão 3.400 geladeiras com desconto e as inscrições estarão abertas até o término do estoque.

Para participar do programa, os moradores das cidades de Guarulhos, São José dos Campos, Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba, Taubaté, Suzano e Jacareí devem fazer um pré cadastro no site bonusedp.com.br, utilizando o computador, celular ou tablet e escolher qual equipamento será comprado. Após 17 de agosto, aqueles clientes que demonstraram interesse serão contatados para finalizar a compra. O desconto cedido pelo projeto da EDP varia de 18 a 32%.

Cada consumidor pode trocar uma geladeira usada por um novo modelo com o selo PROCEL, de eficiência energética. Para participar do programa, é necessário estar com as contas de energia em dia dos últimos 12 meses.

O projeto Bônus EDP tem como foco o incentivo à utilização eficiente da energia pelos clientes da área de concessão. Além disso, permite uma ótima economia ao participante, já que o desconto se dará na compra da geladeira e que, por ter o selo PROCEL, também auxiliará na redução do consumo de energia em um dos equipamentos que mais gastam nas residências, ” ressalta Marcos Scarpa, relações institucionais da EDP São Paulo.

Como se inscrever no Bônus EDP

Ao fazer a adesão ao programa pelo site bonusedp.com.br o consumidor escolherá um dos três refrigeradores, compatíveis ao modelo utilizado na residência (261, 300 ou 435 litros), para aquisição. Será realizado o cálculo da diferença a pagar e o crédito do bônus entrará automaticamente no perfil do cliente na loja online.

Na data acordada para a entrega da nova geladeira, o consumidor destinará o equipamento antigo para reciclagem ambientalmente correta, mediante doação para a EDP São Paulo. A Concessionária entregará o refrigerador para uma empresa especializada, que atende as normas técnicas referentes ao descarte. A geladeira doada deverá estar em funcionamento.

Para verificar a eficácia do projeto Bônus EDP, alguns clientes serão selecionados para uma visita técnica de medição de consumo do novo equipamento. Este processo é essencial para a comprovação da eficiência em economia de energia na substituição de eletrodomésticos antigos por modelos mais novos e com melhor desempenho energético. Essa visita será agendada previamente.

Início do Horário de Verão: EDP orienta sobre uso consciente da energia

Diminuir a demanda de energia no horário de pico do sistema elétrico brasileiro. Essa é a principal função do horário de verão, que começa neste domingo, 16/10/2016, e se estende até 19 de fevereiro do ano que vem.

De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), no último horário de verão (2015/2016), houve a redução de 4,5% da demanda de energia no Brasil, o que representou uma economia de R$ 162 milhões para o País, já que não foi preciso acionar energia extra de usinas termelétricas de maior custo para garantir o abastecimento nos horários de pico.

O período de maior consumo de energia se dá quando as famílias chegam em casa, entre 18h00 e 21h00. Isso porque, ao entrarem em suas residências, possuem o hábito de acender luzes e ligar os eletrodomésticos, como TV e máquina de lavar. Além disso, no mesmo momento, entra em operação a iluminação pública das ruas.

Itaipu Binacional
De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), anualmente, a redução média varia entre 3,5% e 5%. Foto: Itaipu Binacional

O horário de verão serve para minimizar essa concentração de carga no horário de ponta, já que os dias se tornam mais longos e a iluminação pública e das residências começa a funcionar um pouco mais tarde”, explica Marcos Scarpa, relações institucionais da EDP.

Além da redução da demanda, o período é propício para mudança de hábitos que trazem economia na conta de luz. Para isso, a EDP orienta seus clientes com dicas simples que podem fazer uma grande diferença na fatura do fim do mês.

Iluminação

– Durante o horário de verão o dia tem mais tempo de iluminação solar, por isso, abra as cortinas e utilize menos as lâmpadas.

– A pintura das paredes e do teto dos cômodos influencia a iluminação do ambiente. O ideal é utilizar cores claras na pintura, aproveitando o reflexo das lâmpadas.

Chuveiro

– Sempre que possível, use o chuveiro na posição “verão” – a economia pode chegar a 30%.

– Limite seu tempo de banho. O ideal é de cinco a oito minutos.

– Não tente aproveitar uma resistência queimada, pois isso acarretará aumento no consumo de energia elétrica.

Refrigerador ou freezer

– O aparelho deve ser protegido dos raios solares e mantido o mais afastado possível do calor do fogão.

– Os alimentos, quando quentes, não devem ser guardados no refrigerador ou no freezer. Isso faz com que o motor do equipamento tenha de trabalhar por mais horas.

– A borracha de vedação da porta deve estar sempre em bom estado, evitando a fuga de ar frio.

– Não utilize a parte traseira do refrigerador para secar panos e roupas. Mantenha-o distante da parede, conforme instruções do manual (em média, 20 centímetros).

– Caso o equipamento tenha mais de dez anos, comece a pensar na possibilidade de substituí-lo, e na hora da compra verifique a existência do selo Procel, que garante economia e eficiência energética.

Ar-condicionado

– Utilize o equipamento somente em ambientes fechados. Janelas e portas devem estar bem vedadas.

– Na hora da compra, avalie a potência do equipamento de acordo com o tamanho do ambiente que será refrigerado.

– Mantenha sempre limpo o filtro do ar-condicionado para que não haja necessidade de esforço extra do equipamento.

Vale lembrar que manter a rede elétrica interna em bom estado e equilibrada é essencial para evitar fuga de corrente e desgaste na fiação elétrica.

Dia Mundial da Energia: EDP reforça orientações de utilização eficiente

O Dia Mundial da Energia, celebrado em 29 de maio, coloca em pauta a importância do uso consciente da eletricidade. A boa prática pode começar com a mudança de pequenos hábitos do dia a dia, com o objetivo de combater o desperdício e economizar na conta de luz.

EDP

Por isso, a EDP, distribuidora de energia elétrica no Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, recomenda algumas ações úteis que podem contribuir para a utilização eficiente da eletricidade.

Chuveiro

O aproveitamento de resistência queimada pode acarretar em aumento de consumo de energia. Nos dias frios, o tempo do banho deve ser o menor possível (de cinco a oito minutos), já que o chuveiro utilizado na posição “inverno” consome cerca de 30% a mais.

Ferro elétrico

O equipamento pode sobrecarregar a rede elétrica se não utilizado da forma correta. Para reduzir o consumo de energia, o ideal é passar todas as roupas de uma vez só e ajustar a temperatura para cada tipo de tecido.

Instalações internas

A fuga de corrente é uma das grandes causas do desperdício e, consequentemente, do aumento na conta de luz. Emendas de fios feitas de forma incorreta, conexões frouxas, fios desencapados ou com isolamento comprometido pelo tempo podem ocasionar a fuga de corrente.

Aquisição de novo aparelho

O Selo Procel reconhece os equipamentos considerados faixa “A” da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE), instituída pelo Inmetro, ou seja, todos os equipamentos que têm essa certificação são mais eficientes e contribuem para a preservação do meio ambiente, além de reduzir a conta dos clientes sem diminuir o conforto.

É importante ter em mente que equipamentos eficientes são mais exigentes em relação à rede elétrica que os abastece, por isso, manter a fiação interna em equilíbrio é essencial.

Iluminação

Levantamento do Inmetro mostra que uma família gasta, em média, de R$ 20 a R$ 30 por mês em uma casa com dois quartos com iluminação de lâmpadas incandescentes. Substituindo-as por fluorescentes, o custo mensal cai para cerca de R$ 4. Vale lembrar que tetos e paredes pintados de cores claras refletem melhor a luz, o que diminui a necessidade de iluminação artificial durante o dia.

Para obter orientações sobre utilização eficiente de energia, acesse edp.com.br.