Inscrições abertas para cursos do Fundo Social na Escola de Empreendedorismo

O Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes abriu nesta segunda-feira, 08/10/2018, as inscrições para os cursos profissionalizantes gratuitos, que serão ministrados no Estúdio Culinária, Corte e Costura e Espaço da Beleza, dentro da Escola de Empreendedorismo e Inovação. Inaugurada no penúltimo sábado, 29/09, a unidade é o mais novo espaço destinado à formação e qualificação profissional da cidade, com foco no fomento ao espírito empreendedor.

Veja aqui a relação completa dos selecionados

Para efetivar a inscrição, todos devem comparecer à sede do Fundo Social, que fica no primeiro andar do prédio-sede da Prefeitura de Mogi das Cruzes, portando os seguintes documentos: RG, CPF e/ou CNH e comprovante de residência. O horário de atendimento é das 8h00 às 17h00.

As aulas de seis turmas dos cursos de maquiagem, pequenos reparos e gastronomia clássica já começam nesta quinta-feira, 18/10, portanto a orientação é levar os documentos já nesta quarta-feira, 17, para validar as inscrições.

No caso das minioficinas de culinária, as aulas começam nesta sexta-feira, 19, portando os selecionados podem procurar o Fundo Social até esta quinta-feira, 18.

Já o curso de manicure e pedicure tem início na próxima segunda-feira, 22, juntamente à outras duas turmas do curso de pequenos reparos e mais duas de gastronomia clássica. Aos selecionados para essas turmas, logo, é preciso confirmar inscrição até esta sexta-feira, 19.

Neste primeiro momento, serão oferecidos cursos nas áreas de gastronomia clássica, maquiagem, manicure e pedicure, pequenos reparos e também minioficinas de panificação, massas, hambúrgueres, sushi, temaki e cafeteria. As aulas terão início no dia 18 de outubro.

Estão abertas as inscrições para os cursos do Fundo Social que serão ministrados na recém-inaugurada Escola de Empreendedorismo e Inovação. Foto: Ney Sarmento/ PMMC

A primeira etapa para os interessados é se inscrever até domingo, 14/10, por meio de formulário online, no qual devem ser inseridos dados pessoais e de contato. A partir da próxima segunda-feira, a equipe do Fundo Social entrará em contato com os cadastrados e convocará os selecionados para apresentarem a documentação necessária. Somente nesta última etapa é que a inscrição do candidato estará confirmada.

A entrega dos documentos necessários para confirmar a inscrição, que são cópias do RG, CPF e do comprovante de residência, deverá ser feita diretamente na Escola de Empreendedorismo e Inovação (EEI), onde os cursos acontecerão. A unidade fica na rua Senador Dantas, 326, no Centro, no edifício que antes abrigava o Instituto Dona Placidina.

Esta é mais uma oportunidade para quem busca uma colocação no mercado de trabalho e quer obter ou ampliar seus conhecimentos técnicos. Todos os cursos são gratuitos e agregam ao trabalho de capacitação profissional, que se tornou prioridade para o Fundo Social.

Nova unidade integrará o ecossistema de inovação da cidade, realizando um trabalho conectado com o Polo Digital de Mogi das Cruzes. Foto: Divulgação/PMMC

É uma grande satisfação poder ampliar nossos espaços destinados à capacitação e, com isso, o número de alunos atendidos. A Escola de Empreendorismo acaba de ser entregue e o espaço está lindo, além de totalmente adequado à sua vocação, que é a oferta de qualificação profissional”, destacou a presidente do Fundo Social, Karin Melo, lembrando que os cursos têm o poder de transformar a vida das pessoas, com o desempenho de novas funções e a geração de renda.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4798-5902, da Escola de Empreendedorismo e Inovação ou então pelo 4798-5143, do Fundo Social de Solidariedade.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios

Escola de Empreendedorismo e Inovação será inaugurada neste sábado, 29/09/2018

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Educação, entregará neste sábado, 29/09/2018, às 10h00, a Escola de Empreendedorismo e Inovação. O espaço na Rua Senador Dantas, 326, que antes abrigava o Instituto Dona Placidina, oferecerá atividades voltadas para o empreendedorismo de inovação, além de cursos oferecidos pelo Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes e atendimento do Sebrae-SP.

A nova unidade também integrará o ecossistema de inovação da cidade, realizando um trabalho conectado com o Polo Digital de Mogi das Cruzes. “A inovação veio para ficar e temos estar preparados, em especial, os nossos jovens. Estamos criando um ambiente favorável para fortalecer a cultura empreendedora e dar oportunidades para que novas empresas possam surgir e também escolher nossa cidade para investir”, disse o prefeito Marcus Melo.

Nova unidade integrará o ecossistema de inovação da cidade, realizando um trabalho conectado com o Polo Digital de Mogi das Cruzes. Foto: Divulgação/PMMC

A unidade tem como objetivo fomentar o comportamento empreendedor, por meio da inovação com vistas para o desenvolvimento da Indústria 4.0 no município. Capacitará os jovens para atuarem no mercado frente às novas exigências do mercado e atendendo às necessidades do próprio município. Os alunos encontrarão um formato inovador de ensino nesta unidade, o trabalho será conduzido de maneira que sejam mais autônomos e criem sua própria trilha de conhecimento.

O Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes terá espaços para cursos voltados para a culinária, moda e beleza. Os cursos profissionalizantes são uma das diretrizes de atuação do Fundo Social de Mogi. Por meio deles, as pessoas têm a oportunidade de aprender um novo ofício, praticam a socialização e podem, a partir dos conhecimentos obtidos, entrar ou se reinserir no mercado de trabalho, ou ainda gerar renda de forma autônoma.

O local também contará com parceiros, como o Sebrae-SP, que estará presente na sala de atendimento ao empreendedor. Todos os cursos serão propostos de acordo com os conceitos de inovação e empreendedorismo, além do atendimento às turmas de Educação de Jovens e Adultos.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Crescer abre inscrições para mais de 6,1 mil vagas nesta quinta, 23/08/2018

O Crescer – Centro Municipal de Apoio à Educação de Jovens e Adultos, da Secretaria Municipal de Educação de Mogi das Cruzes, está com inscrições abertas para o preenchimento de 6.150 vagas em cursos de qualificação profissional oferecidas nas seis unidades do programa, localizadas na Vila Natal, Braz Cubas, Vila Brasileira, Centro, Jundiapeba e Cezar de Souza. Os mogianos podem se inscrever de forma presencial, diretamente na unidade onde desejam fazer o curso ou pelo site da Prefeitura (links abaixo), nesta quinta, 23/08/2018, e sexta-feira, 24, das 8h00 às 18h00 e no sábado, 25, das 8h00 às 12h00.

Lista de primeira chamada:
Braz Cubas \ Centro \ César de Sousa
Jundiapeba \ Vila Brasileira \ Vila Natal

Os convocados deverão comparecer de 4 a 6 de setembro ou na primeira aulas do curso para o qual foi sorteado com a documentação necessária.

Inscreva-se nos links abaixo: (inscrições encerradas)
Braz Cubas \ Centro \ César de Sousa \ Jundiapeba \ Vila Brasileira \ Vila Natal

Cursos e vagas:
Braz Cubas \ Centro \ César de Sousa \ Jundiapeba \ Vila Brasileira \ Vila Natal

O maior número de vagas disponíveis está na unidade de Braz Cubas com 1.855 vagas. O Crescer Vila Natal oferece 1.485 oportunidades. Na Vila Brasileira são 870 vagas e no Centro, 700. As unidades de Cezar e Jundiapeba oferecem o mesmo número de vagas, 620. Estão disponíveis cursos de confecção de embalagem de Natal, confecção de peças natalinas em feltro, culinária natalina, panetones e colombas, decoração fácil para o Natal, além de crochê e biscuit sobre o tema. Sucessos nos minicursos, os cursos de comida árabe e gastronomia e harmonização de vinhos também fazem parte da programação deste módulo.

Caso o número de inscrições seja superior ao de vagas, será realizado sorteio nas unidades no dia 28 de agosto a partir das 9h00. A primeira chamada será divulgada no dia 3 de setembro a partir das 14h00 no site da Prefeitura e nas unidades do Crescer. O inscrito deverá ter a idade mínima exigida para o curso.

As matrículas poderão ser feitas de 4 a 6 de setembro ou na primeira aula do curso selecionado nas unidades CRESCER. Para fazer a matrícula, é preciso apresentar RG, comprovante escolaridade, se for necessário e comprovante de endereço, que pode ser no próprio nome (moradores de Mogi das Cruzes), comprovante de aluguel ou em nome do conjugue ou dos pais.

Centro
Rua Ipiranga, 579
Tel.: 4727-4971

Braz Cubas
Rua Capitão Francisco de Almeida, 47
Tel.: 4798-5729

Vila Natal
Rua dos Vicentinos, 1216
Tel.: 4725-1985

Vila Brasileira
Rua João Gualberto Mafra Machado, 221
Tel.: 4721-2423

César de Souza
Rua Rômulo Pasqualini, 304
Tel.: 4699-1294

Jundiapeba
Av. Lourenço de Souza Franco, 1479
Tel.: 4725-3876

Assinatura de convênios garante ao Fundo Social a oferta de dois novos cursos profissionalizantes

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Karin Melo, estiveram no Palácio dos Bandeirantes na tarde desta segunda-feira, 11/06/2018, para a assinatura de dois convênios que vão garantir a implantação na cidade de dois novos projetos de qualificação profissional, garantidos a partir da parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP): “Natal Espetacular” e “Costurando o Futuro”

A solenidade, que foi comandada pela presidente do FUSSESP, Lúcia França, teve por objetivo disseminar a realização de projetos destinados à qualificação profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade social, a fim de proporcionar oportunidades de geração de emprego e renda.

O FUSSESP vai disponibilizar a capacitação dos monitores que ficarão responsáveis pelas turmas e destinar recursos, que deverão ser utilizados para a aquisição de insumos e concessão de bolsa-auxílio e auxílio-deslocamento a todos os participantes. As duas ações terão início em caráter imediato e devem estar finalizadas até o final deste ano.

O projeto “Natal Espetacular” tem por objetivo qualificar cinco pessoas em situação de vulnerabilidade social em técnicas de artesanato e reciclagem, para confeccionarem enfeites natalinos a partir de garrafas pet. As garrafas pet devem ser arrecadadas por meio de gincanas escolares, a serem promovidas pelo Fundo Social de Mogi.

Os novos projetos têm por objetivo capacitar pessoas em situação de vulnerabilidade social para confeccionarem enfeites de Natal e uniformes escolares. Foto: Junior Lago/PMMC

Segundo o cronograma, as gincanas devem ter início ainda em junho e a capacitação dos participantes e produção de enfeites deve se estender até novembro. Já o acender das luzes está previsto para acontecer entre os dias 1 e 2 de dezembro. O valor total destinado pelo FUSSESP para este projeto é de R$ 17.848,00.

Já o projeto “Costurando o Futuro” tem por objetivo capacitar 20 alunos em técnicas de corte e costura industrial, mais serigrafia (estamparia), para confeccionarem parte dos uniformes escolares utilizados nas creches municipais. A ideia é que sejam produzidos 500 kits, contendo um agasalho, uma calça, uma bermuda e duas camisetas de manga curta cada um.

Para este curso, o município deverá adquirir três máquinas de costura, nos modelos galoneira, overloque e costura reta. O FUSSESP vai disponibilizar a capacitação dos monitores e repasse financeiro no valor total de R$ 74.422,00 para a aquisição de maquinário, insumos e aviamentos, além de bolsa-auxílio e auxílio-deslocamento para os participantes.

O curso terá dois meses de duração, com carga horária total de 160 horas. Segundo o cronograma, os kits devem ser entregues às crianças em novembro de 2018 e passarão a ser utilizados em janeiro de 2019.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, Karin Melo, falou sobre o importante acréscimo que esses projetos trarão ao rol de cursos já oferecidos. “Nossa meta é ampliar cada vez mais o número de cursos profissionalizantes oferecidos à população e neste ano já estamos trabalhando fortemente nessa política de formar mais turmas e alunos. É, portanto, uma grande alegria poder contar com mais essa parceria do Fundo Social do Estado, para diversificar e atender ainda mais pessoas com ações de qualificação”, frisou, lembrando que nesta quinta-feira acontecerá, a partir das 10h00, a cerimônia de formatura de 327 alunos que concluíram cursos do Fundo Social.

O prefeito, Marcus Melo, também enalteceu a iniciativa. “A qualificação profissional segue sendo uma das premissas para termos um mercado de trabalho cada vez mais forte e competitivo e, nesse tipo de ação, ainda conseguimos aliar isso a um incentivo à geração de renda e, consequentemente, à melhoria na qualidade de vida dos cidadãos mogianos. Por isso, parcerias assim são fundamentais para o município“.

A cerimônia como um todo contou com a assinatura de 246 convênios, beneficiando dezenas de municípios paulistas.

Ficamos extremamente agradecidos por estarem conosco hoje. O Natal Espetacular é um projeto que, além da qualificação de mão-de-obra, tem como prioridade a conscientização e a educação dos jovens para o meio ambiente. Já o Costurando para o Futuro tem como objetivo principal ajudar os municípios, que vão conseguir economizar a partir da produção independente de uniformes escolares”, destacou a primeira-dama do Estado, Lúcia França.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

EDP abre inscrições para primeira Escola de Eletricistas exclusiva para mulheres

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico no País, vai lançar o primeiro curso de formação de eletricistas exclusivo para mulheres. As aulas serão realizadas na área de concessão da Companhia, em Mogi das Cruzes, São Paulo, e as interessadas poderão se inscrever entre os dias 25 de abril e 30 de maio de 2018, por meio do site soulan.com.br/eletricistas-edp.

A iniciativa faz parte do compromisso do Grupo com o desenvolvimento de ações para promover a igualdade de oportunidades entre gêneros. Em 2017, a EDP endossou os Princípios de Empoderamento das Mulheres, criados pela ONU, e aderiu ao esforço global em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que colocam a Igualdade de Gênero como uma das grandes metas globais a serem atingidas até 2020.

O projeto, pioneiro, vai ao encontro das diretrizes de cultura da EDP, que valorizam a diversidade em todas as suas dimensões. Fomentar a inclusão de mulheres em um setor conhecido como masculino possibilita a multiplicação de possibilidades de forma mais igualitária e justa”, afirma Fernanda Pires, diretora de recursos humanos da Empresa.

O projeto é fruto de uma parceria da Companhia com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Com carga horária de 556 horas, cerca de quatro meses de duração, o programa é gratuito e tem como foco a qualificação e capacitação como eletricista de redes de distribuição. As estudantes receberão bolsa-auxílio durante o período do curso, ganharão um certificado chancelado pelo SENAI e permanecerão no banco de talentos da EDP, podendo participar futuramente de processos seletivos para vagas efetivas.

O curso terá aulas teóricas e práticas a respeito dos princípios e leis que regem o funcionamento de sistemas elétricos. O intuito é que as participantes aprendam sobre os procedimentos e técnicas necessárias para planejamento, execução, avaliação e inspeção das redes, bem como sobre manutenções preventivas e corretivas, dentro das normas técnicas e de segurança.

Inscrições:

A Escola de Eletricistas será ministrada na sede da EDP em Mogi das Cruzes de julho a outubro. Há 16 vagas disponíveis. Os requisitos para cursar a qualificação são os seguintes:

– Formação: Ensino Médio completo;
– Residir na região do Alto do Tietê ou proximidade;
– Ter, no mínimo, 18 anos de idade;
– Disponibilidade de horário para estudo em período integral durante 70 dias;
– Preferencialmente possuir CNH “B”.

A inscrição deve ser realizada pelo site soulan.com.br/eletricistas-edp, até 30 de maio de 2018. O processo de seleção inclui prova teórica e prática, avaliação psicossocial e entrevista.

Vale ressaltar que a EDP oferece às estudantes bolsa-auxílio, material didático, uniformes e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), almoço e certificação com chancela do SENAI.