⚡️Curtas (17/08/2018)

– Sabaúna recebe o 8º Festival Gastronômico do Cambuci

O Distrito de Sabaúna, em Mogi das Cruzes, será palco neste final de semana para a 8ª edição do Festival Gastronômico do Cambuci. A entrada é gratuita e o festival acontece ao lado da antiga Estação Ferroviária de Sabaúna. No local, haverá venda de produtos artesanais feitos a partir do cambuci.

No sábado, 18/08, e domingo, 19, a programação começa às 10h00 e segue até às 19h00. A atividade é promovida pelo Instituto Auá de Empreendedorismo Socioambiental, para resgatar a importância histórica, cultural e gastronômica do cambuci, tida como a fruta símbolo da Mata Atlântica.

O festival trará exposição e venda de produtos nativos, pratos e bebidas à base de cambuci, presença de pequenos produtores da região e muitas tradições culturais em apresentações artísticas. Mogi das Cruzes é um dos mais importantes produtores deste fruto no Cinturão Verde, onde cresce a cada ano o potencial para cultivo, comercialização e uso, sempre relacionado à recuperação e à conservação da Mata Atlântica.

O distrito de Sabaúna será palco neste final de semana da 8ª edição do Festival Gastronômico do Cambuci, fruta que é tida como símbolo da Mata Atlântica. Foto: Divulgação

Além das atividades do festival, durante o evento, Sabaúna irá receber uma ilustre visitante, a “Velha Senhora” (apelido carinhoso da Locomotiva 353 de Guararema). Será a primeira viagem da Maria Fumaça de Guararema à Sabaúna e a Cezar de Souza.

Será, portanto, uma inédita oportunidade no maior percurso já realizado com a maior locomotiva a vapor em funcionamento no país em três décadas. Serão três opções de passeio e duas “classes” diferentes para você escolher. Aos que optarem pelo percurso completo, serão aproximadamente 37km percorridos no total (ida e volta).

Para participar do passeio com o trem turístico é preciso embarcar nas Estações de Guararema, Sabaúna ou Cezar de Souza em Mogi das Cruzes. O passeio ocorre das 14h00 às 18h20.

O festival tem apoio da Prefeitura de Mogi, por meio das Secretarias de Gabinete, Esporte e Lazer, Serviços Urbanos e o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae). Mais informações devem ser obtidas pelos telefones 4695-3765 e 4695-3782. Pelo WhatsApp, o atendimento é pelo número (11) 97363-6405.

– Pico do Urubu sediará o Festival da Primavera neste final de semana

Neste final de semana, o Pico do Urubu sediará o Festival da Primavera, evento que comemora os 30 anos do Mogi Clube de Voo Livre. Famoso por ter uma vista ampla da cidade, o lugar também é muito conhecido por praticantes de parapente.

O Clube de Voo livre convida todos a prestigiarem, nestes sábado e domingo, 18 e 19/08, das 8h00 às 17h00, os pilotos desse esporte que colorem o céu de Mogi, além de curtirem uma boa música ao vivo durante o evento, que conta com o apoio da Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Cultura e Coordenadoria de Turismo.

 

Anúncios

⚡️Curtas (03/08/2018)

– Complexo Viário ficará fechado de madrugada para manutenção

Os dois túneis do Complexo Viário Jornalista Tirreno da San Biagio ficarão fechados das 23h00 às 6h00, entre os dias 07 e 10/08/2018 (terça a sexta-feira), para a realização de serviços de tratamento das paredes de concreto e verificação preventiva no sistema de drenagem. O Consórcio Viário Mogi, responsável pela construção do complexo, será o responsável pelo trabalho, que é considerado de rotina. Haverá sinalização de orientação aos motoristas.

No período em que os dois túneis estiverem fechados durante a noite, a orientação para os motoristas que queiram atravessar a linha férrea (tanto no sentido centro-bairro, como no bairro-centro) é utilizar a passagem subterrânea Engenheiro Oswaldo Crespo de Abreu ou a avenida Cavalheiro Nami Jafet.

– Casarão do Chá realiza a quinta edição do Festival de Cerâmica

Neste domingo, 05/08, o Casarão do Chá realiza, com apoio da Prefeitura de Mogi das Cruzes, o 5º Festival de Cerâmica. O evento vem se consolidando como um dos maiores e mais reconhecidos da categoria. Serão mais de 2 mil peças de cerâmica em exposição e para venda, mais oficinas e demonstrações gratuitas. A entrada é franca.

Ao longo do dia, os 40 ceramistas e ateliês participantes do evento estarão a disposição do público. Trata-se de um encontro entre artistas renomados, jovens artistas com designs diferenciados e iniciantes criativos. O festival, portanto, estimula a troca de experiências e incentiva a formação de novos ceramistas.

O evento também contará com atrações demonstrativas e workshops. Serão realizadas duas oficinas gratuitas, em que a única exigência é chegar com 30 minutos de antecedência. Uma é a oficina de modelagem com o grupo Temtempo, denominada Tebineri e com início às 10 horas. A segunda é a oficina Mãos na Massa, que será comandada pelo ceramista Sergio Onodera e tem um apelo maior para o público infantil. Ela acontecerá em dois horários – das 10h00 às 11h00 e das 14h00 às 15h00.

O festival terá ainda uma oficina de demonstração de queima – raku, que será das 10h00 às 11h00. A atividade, contudo, não é gratuita e os interessados devem se inscrever antecipadamente, pelo e-mail acasaraodocha@gmail.com ou pelo WhatsApp 11 97222-7543. Já das 11h00 às 14h00 acontecerá demonstração gratuita da queima e abertura do forno.

Uma novidade deste ano é um bingo beneficente, que será realizado das 12h00 às 14h00 e vai premiar os vencedores com peças de cerâmica doadas por diversos ceramistas.

Quem visitar o festival poderá desfrutar ainda de degustação e venda de chás, diversas opções de comida oriental, como temaki e tempurá e também culinária italiana, mexicana, doces e bebidas. O Casarão do Chá tem ainda peças de artesanato e plantas.

O 5º Festival de Cerâmica será das 9h00 às 17h00. A expectativa dos organizadores, com base em edições anteriores, é receber turistas de todo o Estado.

O Casarão do Chá fica na Estrada do Chá 05, no bairro do Cocuera. Mais informações podem ser obtidas no site da Associação Casarão do Chá, pelo Facebook ou no telefone 4792-2164.

– Mogi ganha franquia Mr. Hoppy Beer & Burger

Com pouco mais de dois anos, o negócio que começou com duas kombis de chopes artesanais percorrendo eventos de foodtrucks por todo o Brasil durante oito meses, passou por uma transformação e hoje é uma consolidada rede de hamburguerias, com previsão de faturamento de R$ 10 milhões para este ano, um crescimento de 60% em relação ao resultado do ano passado. Hoje, são cinco unidades em Curitiba (PR), duas em Belo Horizonte (MG), duas em Recife (PE), uma em São Caetano do Sul (SP) e uma em Joinville (SC).

Em Mogi das Cruzes, o Mr. Hoppy Beer & Burger estará sob o comando das franqueadas Camila Albuquerque e Maria Inês Cruz, que pretendem inaugurar o espaço, localizado na Rua Vitorino Partenio, 62, Vila Partenio, no sábado, 11/08, a partir das 15h00.

A rede paranaense de hamburgueria e chope artesanal, Mr. Hoppy Beer & Burger, escolheu Mogi das Cruzes para receber a sua 12ª unidade.

Nossa proposta é oferecer uma gastronomia de qualidade, preço acessível e seguir a característica da marca que é a parceria com cervejarias locais”, explica Camila Albuquerque. De acordo com ela, Mogi das Cruzes foi escolhida por ter uma localização privilegiada, próximo à capital e ao litoral.

É uma cidade em grande crescimento e, ao mesmo tempo, mantém um ar de cidade de interior. O mogiano busca qualidade de vida, boa gastronomia, boa música, chopes especiais e a cidade carece de um ambiente que reúna duas paixões nacionais, que são os hambúrgueres e chopes artesanais com preço acessível em um ambiente altamente descolado e descontraído”, completa Maria Inês.

A rede diferencia-se pelo seu formato de atendimento. Não possui garçons e os consumidores fazem e retiram seus pedidos diretamente no balcão. O cardápio é composto por seis opções de hambúrgueres, que variam de R$ 10 a R$ 18, e um mínimo de oito opções de chopes artesanais, a partir de R$ 8. Na inauguração do Mr. Hoppy Beer & Burger de Mogi das Cruzes serão distribuídos 500 chopes grátis para os primeiros clientes.

 

CEU das Artes oferece mil vagas em oficinas gratuitas durante as férias escolares (julho/2018)

O Centro de Artes e Esporte Unificado (CEU) de Mogi das Cruzes está com uma ampla programação de oficinas ao longo do mês de julho/2018, que é o período de férias escolares. São cerca de mil vagas disponíveis em mais de dez modalidades esportivas e artísticas, que podem ser desfrutadas por crianças com idade a partir de seis anos, adultos e idosos.

Veja aqui a relação completa de oficinas

A proposta do equipamento, que está situado na Vila Nova União, é oferecer cultura e esporte para toda a família, atendendo a comunidade local e pessoas de toda a cidade de uma forma geral. Todas as atividades são gratuitas.

As opções são: arte circense, danças urbanas, judô, ritmos, slackline, voleibol, ginástica, futsal, zumba, funcional, skate e teatro. Algumas oficinas são destinadas a crianças e têm número limitado de vagas, enquanto outras atendem pessoas de outras faixas etárias e não têm um limite imposto para o número de alunos.

Os interessados devem ir pessoalmente ao CEU, que fica na Rua Aurora Ariza Meloni, 1175, ou então ligar antes para obter mais informações, pelo telefone 4725-4398.

O Centro de Artes e Esporte Unificado (CEU), na Vila Nova União, está com vagas abertas para as oficinas gratuitas de julho, período de férias escolares. Foto: PMMC

O CEU reúne em um mesmo espaço programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, atividades de formação e qualificação para o mercado de trabalho, políticas de prevenção à violência e inclusão digital.

No total, são cerca de 3 mil metros quadrados distribuídos em salas multiuso, biblioteca, telecentro, auditório, quadra poliesportiva coberta, pista de skate, equipamentos de ginástica, playground e pista de caminhada.

O espaço é administrado pelo Instituto Sementinha e possui um Conselho Gestor, responsável pela escolha das oficinas, atrações e modalidades esportivas, formado por representantes da sociedade civil, do poder público e da comunidade.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Secretaria de Cultura do Estado adia a Virada Cultural 2018 para novembro

A Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo divulgou nota oficial, na qual informa que a edição de 2018 da Virada Cultural Paulista foi adiada para o mês de novembro. A justificativa é a ampliação no evento, que, de acordo com o Estado, passará a incluir outros municípios do oeste paulista, região de São José do Rio Preto e Araçatuba, litoral sul e norte e Grande São Paulo. Na última edição, 22 cidades paulistas participaram da Virada.

Deste modo, a gestão espera não apenas manter a excelência do programa, mas também ampliar sua capilaridade em todo o Estado. Também será possível, desse modo, uma revisão do modelo do programa junto aos municípios, que terão mais tempo para se organizarem.  Em breve serão definidos os fins de semana do evento e os municípios serão chamados para uma reunião com o secretário Romildo Campello”, trouxe a nota.

O show com o cantor e compositor Arnaldo Antunes encerrou a 10ª edição da Virada Cultural em Mogi das Cruzes, realizada em maio de 2017. Foto: Ney Sarmento/PMMC

O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, foi informado oficialmente da alteração na última sexta-feira, 18/05/2018, durante reunião com Luís Sobral e Silvio Marcondes de Castro, que são, respectivamente, diretor executivo e superintendente artístico da Associação Paulista dos Amigos da Arte, a APAA.

Em Mogi das Cruzes, a Virada Cultural Paulista já teve dez edições consecutivas – esta, portanto, será a 11ª – e já foi reconhecida como uma das maiores do Estado, após a da capital paulista. Na última edição, o evento teve 44 atrações, distribuídas por seis palcos e atraiu público total de 35 mil pessoas.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

⚡️Curtas (04/04/2018)

– Akimatsuri 2018

Nesse fim de semana tem início um dos festivais mais tradicionais da colônia japonesa realizada dentro do Estado de São Paulo: o 33º Festival de Outono – Akimatsuri. Com uma média de público de 80 mil pessoas, é realizada em Mogi das Cruzes desde 1986. A festa acontecerá em dois finais de semana – 07, 08, 14 e 15 de abril, aos sábados das 10h00 às 22h00 e aos domingos das 10h00 às 21h00.

O evento é uma megarealização, que reúne no Centro Esportivo do Bunkyo apresentações artísticas e culturais, praça de alimentação, centro de negócios, minishopping e exposição agrícola.

A entrada custa R$ 14, com meia-entrada para estudantes mediante a carteirinha, professores e pessoas acima de 60 anos. Crianças até 7 anos não pagam. O estacionamento custa R$ 25.

O Centro Esportivo do Bunkyo fica na Avenida Japão nº 5919, bairro Porteira Preta.

Outras informações em akimatsuri.com.br / facebook.com/akimatsuri ou pelo telefone (11) 4791-2022.

– Câmara aprova concessão do Centro Esportivo do Socorro ao SESC

Na sessão ordinária desta terça-feira, 03/04/2018, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 151/2017, que autoriza a Prefeitura a ceder, por meio de concessão, o imóvel e as dependências do Centro Esportivo do Socorro ao Serviço Social do Comércio (SESC) para a implantação de um Centro Cultural e Desportivo.

Na proposta, a Prefeitura argumenta que com a concessão, além das 33 atividades oferecidas pelo atual Centro Esportivo do Socorro, os usuários poderão usufruir de mais 769 atividades, em uma estrutura mais moderna, contemporânea e acessível a pessoas com mobilidade reduzida. Além disso, a Prefeitura ressalta que o local passará a atender cerca de 30 mil pessoas por mês. Hoje o Centro Esportivo do Socorro atende aproximadamente 1.200 pessoas mensalmente, de acordo com os dados do Executivo.

Centro Esportivo do Socorro

A partir da entrega da área, o Sesc terá um prazo de um ano e meio para ocupar e iniciar as atividades relativas ao programa proposto. Após a ocupação, a instituição terá três anos para submeter ao Município o projeto arquitetônico referente à implantação do Centro Cultural e Desportivo e, com a aprovação da Prefeitura, o Sesc terá mais cinco anos para edificar o projeto. A concessão de direito real de uso, dada ao Sesc, é de 99 anos.

O vereador Cuco Pereira (PSDB), membro da Comissão Permanente de Justiça e Redação da Casa e um dos principais apoiadores da vinda do Sesc a Mogi das Cruzes, fez o uso da palavra durante a sessão para reafirmar a importância da construção do Centro Cultural e Desportivo na cidade. “Temos a oportunidade de tornar realidade hoje o sonho que almejamos há muitos anos. Esse grande equipamento vai, sem dúvidas nenhuma, revolucionar o crescimento de nossa cidade”, defendeu.