Museus e espaços de cultura receberão câmeras para reforço na segurança

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo está adotando medidas de reforço na segurança de museus e espaços de cultura da cidade, por meio da aquisição de câmeras de monitoramento. A ação tem por objetivo evitar episódios como o ocorrido na semana passada, com a imagem sacra de Nossa Senhora da Conceição.

A princípio, foram adquiridas 20 câmeras, que serão instaladas na Pinacoteca de Mogi das Cruzes, no Arquivo Histórico Municipal “Historiador Isaac Grinberg” e no Museu Virtual de Educação. Só na Pinacoteca, serão 12 câmeras, a serem instaladas nas oito salas expositivas, corredores, entradas e saídas do prédio. No Arquivo Histórico serão duas, sendo uma para cada pavimento e no Muve serão instalados os demais seis equipamentos. O investimento inicial foi de aproximadamente R$ 12,5 mil.

A Secretaria de Cultura desenvolve neste momento o planejamento para que as mesmas providências sejam adotadas nos prédios do Casarão do Carmo, onde está o Museu Visconde de Mauá, no Centro de Cultura e Memória Expedicionários Mogianos (Museu dos Expedicionários) e no Museu Taro Konno, situado no Parque Centenário da Imigração Japonesa.

A Secretaria de Cultura e Turismo está adquirindo câmeras de monitoramento, que serão instaladas nos principais museus e espaços de exposição da cidade, para reforço na segurança. Foto: PMMC

Neste ínterim, foram adotadas algumas restrições referentes ao funcionamento de determinados espaços. A Pinacoteca, por exemplo, está fechada, até que seja feita a completa desmontagem da exposição Arte Sacra em Mogi das Cruzes, que ocupava o piso superior do prédio. Já o Museu Guiomar Pinheiro Franco, no Centro da Cidade, a partir de agora só receberá visitas espontâneas no seu piso térreo. No pavimento superior, só poderão ser feitas visitas de grupos, com agendamento prévio.

A meta é proteger os acervos dos museus do município, inibindo qualquer tipo de ação criminosa. Na semana passada, uma santa pertencente ao acervo da Diocese de Mogi das Cruzes foi retirada do local onde estava exposta na Pinacoteca e escondida em um cubo de exposição em outro cômodo do espaço. A suposição é de que o ato tenha sido premeditado, já com o objetivo de furtar a peça, em momento mais oportuno.

O ocorrido foi fundamental para que tomássemos providências no sentido de reforçar a segurança do nosso acervo. Mogi tem uma história riquíssima e é nossa obrigação proteger esse patrimônio, até para que ele continue cumprindo seu papel de resguardar e passar para futuras gerações fragmentos do nosso passado”, destacou o secretário municipal de Cultura e Turismo, Mateus Sartori.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios

⚡️Curtas (10/04/2019)

– Outlet

De acordo com o Valor Econômico, a General Shopping informou nesta quarta-feira, 10/04/2019, o lançamento do projeto de um shopping, chamado Outlet Premium Grande São Paulo.

O empreendimento será construído na rodovia Ayrton Senna, no acesso ao município de Mogi das Cruzes.

Outlet Premium São Paulo. Foto: General Shopping & Outlets

A primeira etapa do projeto tem conclusão prevista para o segundo semestre de 2020. Quando totalmente desenvolvido, o projeto terá 120 lojas distribuídas em 24 mil metros quadrados de área bruta locável.

Atualmente, a empresa mantém 15 shoppings em operação em seis Estados, incluindo o Suzano Shopping.

– Beco do Sapo recebe nova pintura

O Beco do Sapo, que liga a rua Senador Dantos ao Largo Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira, na região central da cidade, recebeu nova pintura e foi revitalizado, como parte do programa de adoção de praças e espaços públicos mantido pela Prefeitura de Mogi das Cruzes. A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente gerencia o projeto, que conta com cerca de 80 espaços públicos adotados por empresas da cidade.

Local recebeu grafite do artista João Ricardo Santos, conhecido como Jaum, criador da famosa personagem “Lalala Dog”. Foto: PMMC

O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, explica que o espaço infelizmente já foi alvo de atos de vandalismo e a Prefeitura realiza ações permanentes de combate a esta prática, como vigilância por parte da Guarda Municipal, além do monitoramento com câmeras: “Os locais públicos são de todos e sua preservação depende de cada um de nós. O Beco do Sapo está todo revitalizado e esperamos que continue assim, afinal é uma via bonita e que possui importância histórica para a cidade“, completa.

– Vereador faz apelo para implantação de Delegacia da Mulher 24h

A Câmara Municipal aprovou na sessão ordinária desta terça-feira, 09/04, o Requerimento nº 51/2019, de autoria do vereador Edson Santos, de apelo ao governador João Doria para a implantação da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) 24 horas em Mogi das Cruzes.

O documento destaca a proposta do governador João Doria implantar 40 DDMs com funcionamento 24 horas até o final do mandato. “Considerando que Mogi das Cruzes é a maior cidade do Alto Tietê, com mais de 440 mil habitantes, segundo dados do IBGE 2018, e referência no desenvolvimento de políticas públicas em defesa das mulheres vítimas de violência, é importante somarmos esforços para conquistar este serviço para o município”, destaca o vereador, que também direcionou o requerimento de apelo ao deputado federal Marco Bertaiolli e Marcos Damásio.

Ainda de acordo com a propositura, Mogi das Cruzes já conta com uma Casa Abrigo para Mulheres em Situação de Violência Doméstica, que é um acolhimento provisório para mulheres, acompanhadas ou não de seus filhos, em situação de ameaça ou risco de morte em razão da violência doméstica ou familiar. Também conta com a Patrulha Maria da Penha, da Guarda Municipal, que faz um acompanhamento preventivo e periódico, para garantir proteção às mulheres em situação de violência que possuem medidas protetivas de urgência expedidas pela Justiça, com base na Lei Maria da Penha. Em março de 2019, cerca de 200 mulheres foram atendidas pela Patrulha Maria da Penha.

5º Food Truck Solidário será realizado neste final de semana, 30 e 31/03/2019

O Parque da Cidade, na região do Parque Santana, será palco neste final de semana para a 5ª edição do Food Truck Solidário. Promovido pelo Fundo Social de Mogi das Cruzes, o evento tem por objetivo promover dois dias de lazer e descontração para toda a família mogiana, com diversas opções gastronômicas, comercializadas por food trucks e ainda a vertente da contribuição social.

Tanto no sábado quanto no domingo – 30 e 31 de março/2019 – o evento vai se estender das 10h00 às 21h00. Serão, ao todo, 21 food trucks, com opções como crepe, sucos, shakes, milho, açaí, sorvete, massas, culinária mexicana e australiana, espetos e porções, hambúrgueres, sanduíches, batata frita, pastel, pizza, culinárias valenciana e japonesa.

A 5ª edição do Food Truck Solidário será realizada neste final de semana no Parque da Cidade e contará com 21 opções gastronômicas, das 10h00 às 21h00. Foto: PMMC

Como em edições passadas, os trucks são montados no espaço interno do parque, normalmente destinado ao estacionamento de veículos. Por isso, quem for acessar o evento de carro deve entrar pela rua Lara. Já quem estiver a pé pode acessar o parque por qualquer uma das duas entradas (Rua Lara ou Jardelina de Almeida Lopes).

Além de degustar comida de qualidade, quem consumir no Food Truck Solidário estará contribuindo diretamente para ações e projetos do Fundo Social de Mogi das Cruzes, como a Campanha do Agasalho 2019, que foi lançada oficialmente na última sexta-feira, 22/03. Isso porque 20% da renda arrecadada com o evento será destinado ao órgão.

O Food Truck Solidário é um evento que já caiu no gosto dos mogianos. A cada edição realizada, tivemos uma média de 20 mil pessoas visitando o Parque da Cidade. Por isso, mais uma vez, esperamos uma edição de sucesso e lembramos a todos do caráter social da iniciativa. Com a verba obtida a partir deste evento, conseguimos ajudar muita gente da nossa cidade”, destacou a presidente do Fundo Social de Mogi, Karin Melo.

Mais uma vez, haverá atividades esportivas e culturais acontecendo no Parque da Cidade, de forma simultânea à realização do Food Truck Solidário. A agenda esportiva é garantida pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, enquanto as atrações artísticas são promovidas pela Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o programa Circuito Sesc de Artes.

No caso das atividades esportivas, o Parque da Cidade receberá torneios de tênis e beach tennis durante o final de semana. Para o Torneio de Tênis, os interessados precisam se inscrever previamente, até esta quarta-feira, 27/03. Já para o Torneio de Beach Tennis, os participantes poderão fazer suas inscrições no próprio sábado, 30/03, a partir das 8h00. Os sorteio das chaves serão realizados antes do início das partidas.

Já a programação cultural estará concentrada no domingo, 31/03, das 16h00 às 21h30 e é uma realização do Circuito Sesc de Artes. O público presente poderá conferir apresentação de dança, comandada pela Cia. De Dança Afrooyá (São paulo), o espetáculo cênico “A Onipotência do Sonho”, do Centro Teatral e Etc e Tal (Rio de Janeiro), apresentação musical com o Coletivo de Violino Popular e a montagem “Quem vem de longe”, do grupo As Graças.

O artesanato também estará presente na programação, com duas intervenções na programação: “Atelier Móvel – Bordado Livre”, cuja proposta é ensinar pontos básicos do bordado livre e “Grafiteira #6 – Carimbos, Caixas para Livros, Dobras”, do Ateliê Libélula, uma instalação que oferecerá ao público contato com carimbos gigantes, feitos a base de plástico-bolha, piso vinílico, tapetes de borracha e outros materiais.

Veja detalhes da programação cultural

A entrada no Parque da Cidade é inteiramente gratuita. O público também não terá qualquer custo para acompanhar as programações esportiva e cultural. Já quem for consumir no Food Truck Solidário, deve procurar os caixas do evento, que aceitarão dinheiro e também cartões de crédito e débito.

O Parque da Cidade tem entrada principal pela avenida Jardelina de Almeida Lopes, em frente à praça Deputado Paulo Kobayashi (Praça do Oito). Ele funciona todos os dias, das 7h00 às 19h00. O telefone para mais informações sobre o parque é o 4798-4087. Já quem busca mais informações sobre o Food Truck Solidário deve ligar no 4798-5143.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

⚡️Curtas (24/01/2019)

– ​CPTM realiza testes para eliminar a transferência em Guaianases

A CPTM realiza testes no Expresso Leste a fim de eliminar a transferência em Guaianases. Neste fim de semana, os testes serão realizados das 4h00 às 21h00, na sexta-feira, 25/01, e no sábado, 26.

Os trens circularão no trecho entre Luz e Estudantes, sem necessidade de transferência na Estação Guaianases

O Governo do Estado já realizou estudos e análises para que o Expresso Leste possa chegar a Mogi das Cruzes em todos os horários. Atualmente, os passageiros necessitam trocar de trens na estação Guaianases e apenas algumas viagens durante o dia acontecem de forma direta. Somente entre as estações Estudantes e Guaianases, circulam cerca de 220 mil pessoas por dia útil.

– Nova exposição de Mauricio Chaer será aberta nesta sexta, 25

A partir desta sexta-feira, 25/01, a Galeria de Artes Wanda Coelho Barbieri, no piso térreo do Centro Cultural de Mogi das Cruzes, recebe a exposição “Galhinhos Entre Nós”, do artista plástico mogiano Mauricio Chaer. A mostra faz parte da programação do 6º Festival de Verão e ficará aberta até o dia 28 de fevereiro, com visitação gratuita. A abertura oficial acontecerá às 20h00, com a presença do artista, que recepcionará o público.

A exposição revela a série mais recente de trabalhos de Chaer, com 18 obras no total, produzidas ao longo dos últimos dois anos. O processo de criação das peças teve início pela recolha, por parte do próprio artista, de galhos pertencentes a um cedro de seu próprio ateliê, no Botujuru e também de outros locais da cidade.

Imersos em parafina, esses galhos foram sendo moldados em estruturas delicadas e leves, depois amarradas e revestidas por coloridos fios de lã. Para garantir sustentação, as peças contam com base aramada. Como resultado, surgiram esculturas de diferentes tamanhos e versáteis, que remetem a elementos da natureza, como árvores, frutos e folhas.

O aspecto alegre e já característico das obras de Chaer se faz presente novamente nesse projeto, que mais uma vez prova como elementos simples podem ser convertidos em belas obras.

 

 

 

6º Festival de Verão começa neste sábado, 19/01/2019

A partir deste sábado, 19/01/2019, Mogi das Cruzes será palco para a 6ª edição do Festival de Verão. O evento, que tem como proposta oferecer programação cultural de qualidade durante o período de férias escolares, estende-se até o dia 9 de fevereiro. Serão, ao todo, 17 atrações, de linguagens como música, teatro, cinema, literatura e artes plásticas, todas com entrada gratuita.

Veja a programação completa

O Festival de Verão abre a agenda cultural do ano e será realizado a custo zero pela Prefeitura. Isto é, não haverá gastos com montagem de palcos e infraestrutura, nem contratação de artistas de fora. Assim, serão utilizados para as atrações palcos fixos da cidade, que são: o Theatro Vasques, o Centro Cultural de Mogi das Cruzes e o prédio da Banda Santa Cecília.

Um dos destaques da programação são os lançamentos de CDs que foram gravados no Estúdio Municipal de Áudio e Música – o EMAM. Serão cinco lançamentos ao longo do Festival, de grupos e artistas locais, começando pelo lançamento do CD da Orquestra de Violas, que abre a programação noturna do Festival de Verão, neste sábado, 19/01, a partir das 19h00, no Centro Cultural de Mogi das Cruzes.

A Orquestra de Violas de Mogi das Cruzes abre a programação noturna do 6º Festival de Verão de Mogi das Cruzes, com lançamento de CD neste sábado. Foto: Divulgação/Internet

Antes disso, no próprio sábado, 19/01, o Centro Cultural recebe, das 9h00 às 13h00, o primeiro módulo do curso “Trocando Memórias: Contação de Histórias”, da Associação Arte Despertar. O curso tem apoio do ProAC e será realizado por cinco sábados consecutivos, até o dia 23 de fevereiro. As vagas já estão preenchidas.

Também serão lançados o audiolivro “Coleção Arteira”, de Bia Pozo e os CDs musicais “Um cancioneiro Degustador de Palavras”, de Serginho Machado, “Jaqueta e Pisante”, da banda Ocre e “Sempre Vale a Pena”, de Rui Ponciano.

O festival terá uma forte programação do segmento de cinema, direcionado aos públicos infantil e adulto, com parceria do programa Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) e Programadora Brasil. Haverá sessões gratuitas nos dias 23 e 30 de janeiro e também no dia 6 de fevereiro. As sessões serão sempre no Centro Cultural, em dois horários: a partir das 15h00 começa a programação direcionada ao público infantil e às 19h00 tem início a seleção para o público adulto.

Pela programação infantil, serão exibidos os títulos “Calango Lengo”, de Fernando Miller, “Dayane e Zé Firo”, de Marta Kawamura, “Josué e o Pé de Macaxeira”, de Diogo Viegas, “Um Lugar Comum”, de Jonas Brandão, “Mocó Jack”, de Luiz Botosso e Thiago Veiga, “Ornithophonia”, de Daniel Paiva e “Josemildo”, de Eduardo Gameiro e Walkir Fernandes.

Já na seleção para o público adulto, estão os filmes “Bonitinha, mas ordinária”, de J.P. de Carvalho, “Cinemas, Aspirinas e Urubus”, de Marcelo Gomes e “A Navalha na Carne”, de Braz Chediak.

O Festival de Verão também vai contar com a exposição “Galhinhos Entre Nós”, do artista plástico Maurício Chaer, que abre no dia 25 de janeiro e fica até 28 de fevereiro no Centro Cultural de Mogi das Cruzes.

Haverá ainda a apresentação de dois espetáculos que receberam incentivo do Governo do Estado, por meio do ProAC – Programa de Ação Cultural. São eles: “Palavra de Stela”, que aborda a vida e obra da poetisa Stela do Patrocínio e “O Menino do Gigante”, do grupo teatral suzanense Teatro da Neura.

A programação contará com uma edição do programa Musicalidade e Capoeira/ Vozes do Berimbau, que acontece sempre no prédio da Banda Santa Cecília e terá ainda um show com o cantor Paulo Higa, no dia 8 de fevereiro, às 20h00, no Centro Cultural de Mogi das Cruzes.

Mais informações sobre o 6º Festival de Verão de Mogi das Cruzes podem ser obtidas pelo telefone 4798-6900.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes