Bazar Solidário 2018 será realizado nos dias 12 e 13 de dezembro

Nos dias 12 e 13 de dezembro, o Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes promove a edição 2018 do Bazar Solidário. O evento será realizado no salão social do Clube de Campo de Mogi das Cruzes e vai oferecer, ao longo de dois dias, diversas opções de produtos e presentes, com preços atrativos e design criativo.

O bazar deste ano contará com um total de 50 expositores, que estarão comercializando produtos dos segmentos de artesanato, bijuterias e acessórios, cosméticos, roupas e sapatos. O espaço também vai oferecer praça de alimentação, com opções como comida árabe, brasileira (sanduíches, crepes, salgados), japonesa (temaki), além de doces, biscoitos artesanais e bebidas.

Assim como ocorreu na última edição, neste ano o consumidor vai poder fazer a compra do produto escolhido direto no estande. A mudança facilita e agiliza o processo de compra, beneficiando tanto o expositor como o cliente. As opções de pagamento (dinheiro ou cartão) ficam a critério de cada expositor.

O Bazar Solidário 2018, do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, será realizado nos dias 12 e 13 de dezembro, no salão social do Clube de Campo. Foto: Ney Sarmento/PMMC

O Bazar Solidário ficará aberto nos dois dias, das 10h00 às 22h00. A entrada é franca e haverá serviço de valet. O evento contribui para a campanha Natal de Sorrisos, ação do Fundo Social que faz a arrecadação e entrega de brinquedos para crianças de regiões de vulnerabilidade da cidade, no período do Natal.

A campanha de arrecadação segue oficialmente até o dia 10 de dezembro. A meta do Fundo Social de Solidariedade é conseguir presentear todas as crianças referenciadas pelas 200 entidades cadastradas, o que gera um total aproximado de 30 mil brinquedos.

Diversos postos de coleta estão instalados em locais estratégicos, como a Prefeitura de Mogi das Cruzes, a Câmara, escolas municipais, estaduais e particulares, estabelecimentos comerciais e a Associação Comercial de Mogi das Cruzes.

Os mogianos que quiserem contribuir devem depositar brinquedos novos ou em bom estado dentro desses pontos ou, se preferirem, podem entrar em contato direto com o Fundo Social, pelo telefone 4798-5143.

O Clube de Campo de Mogi das Cruzes, onde acontecerá a edição 2018 do Bazar Solidário, fica na rua Duarte de Freitas, 133, no Parque Monte Líbano.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Torneio Internacional de Tênis chega ao fim com recorde de público no Clube de Campo de Mogi

O argentino Francisco Cerundolo foi o grande campeão, no domingo, 21/10/2018, da primeira edição do Campeonato Internacional de Tênis, disputado no Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC). O gaúcho Rafael Matos e o argentino Facundo Mena levaram o troféu de duplas. O evento durou uma semana e posicionou o Clube de Campo de Mogi entre os maiores do Estado e colocou a cidade em destaque no cenário desta modalidade esportiva. Nesse período, aproximadamente 2.500 pessoas, recorde de público, estiveram no CCMC, entre sócios, não associados e convidados, com entrada gratuita todos os dias.

O presidente do Clube de Campo de Mogi, Pedro Paulo Gonçalves, avaliou o torneio internacional como extremamente relevante para a região e adiantou que há estudos para uma nova edição em 2019. “Afinal, faz 11 anos que o último campeonato deste porte foi realizado no clube. As instalações do CCMC e toda a estrutura colocada a disposição dos visitantes foram elogiadas, tanto pelos realizadores do Instituto Sports, Try Sports e atletas como o público. Queremos incluir o CCMC como sede no calendário regular da ITF para 2019 e, quem sabe, os próximos três anos, no mínimo”, comentou. O presidente se referiu ao International Tennis Federation (ITF), que promove torneios profissionais no mundo todo.

Cerimônia de premiação. Foto: João Pires/Fotojump

Pedro Paulo destacou também o reconhecimento aos pioneiros, tanto que a diretoria realizou homenagem, no encerramento do torneio, aos responsáveis por trazer o torneio na década de 1990 e início de 2000: o saudoso Roberto Pires, ex-presidente, e Moacir Teixeira da Silva, ex-diretor e ex-gerente do antigo banco BCN na cidade. Pedro Paulo elogiou também o ex-tenista profissional mogiano Pertti Vesantera, no apoio ao torneio, e a toda equipe, de diferentes segmentos dentro do clube, que se empenham e trabalharam para que o campeonato encerrado no domingo se concretizasse e se revestisse de pleno êxito: “Nossas palavras neste momento, a todos, são de gratidão”.

O presidente acrescentou que, como legado, além da valorização e o incentivo à prática esportiva, o CCMC ficará com todo o projeto de iluminação e refletores da quadra principal, que serão incorporados ao ativo do clube, bem como melhorias realizadas.

RESULTADOS

Diretores do CCMC, representantes dos organizadores e o secretário de Esportes da Prefeitura de Mogi, Nilo Guimarães, participaram da cerimônia de premiação dos atletas. Os tenistas vencedores somaram pontos no ranking mundial no Future, que distribuiu US$ 15 mil em prêmios. O argentino Francisco Cerundolo, de 20 anos, conquistou o primeiro troféu da carreira, após superar o paulista Daniel Dutra da Silva, por 6/2 6/4, diante de grande público. “Estou muito contente em conquistar meu primeiro troféu aqui”, contou.

Em dupla, o gaúcho Rafael Matos e o argentino Facundo Mena superaram os principais favoritos, os paulistas Daniel Dutra da Silva e Eduardo Russi, por 6/1 6/2. “Foi uma ótima semana, gostei muito de jogar o torneio aqui nesse clube. Todos me receberam muito bem”, contou Mena, de 26 anos, que acumula 13 troféus de Future nas duplas.

O tenista mogiano João Olavo Souza, o Feijão, foi derrotado pelo argentino Francisco Cerundolo sábado, nas quartas de final. Um dos favoritos até então, Feijão foi superado por Cerundolo por 6/3 6/0. Nessa semana, Feijão disputa o Circuito Internacional de Tênis em Curitiba.

Feijão e Gutierrez disputam Campeonato Internacional de Tênis em Mogi

Os brasileiros João Souza, o Feijão, e Oscar Gutierrez estão na disputa do Campeonato Internacional de Tênis, nas quadras de saibro do Clube de Campo de Mogi das Cruzes, de 13 a 21 de outubro de 2018. A competição integra o calendário ITF Future e distribui US$ 15 mil em prêmios. Além dos brasileiros, tenistas da Argentina, Chile, Suécia e Ucrânia disputam o evento, em busca de pontos no ranking mundial da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais). A entrada é gratuita.

Natural de Mogi das Cruzes, Feijão, começou a jogar tênis no Clube de Campo. Um dos destaques da lista prévia, o paulista já foi 79º do ranking mundial e defendeu o Brasil três vezes na Copa Davis. Além disso, possui nove títulos de ATP Challenger e seis troféus de ITF Future. “Estou muito ansioso. Faz muitos tempo que não jogo em Mogi, acho que mais de 10 anos, então será muito especial. Minhas expectativas são ótimas. No momento não venho ganhando tantos jogos, mas estou voltando a me encontrar e a jogar legal. Em Campinas, acho que fisicamente não aguentei. Mas, estou trabalhando para melhorar meu físico. É sempre bom ter torneio no Brasil, esse ano não tivemos muitos, então será importante para somar pontos. Espero fazer um grande torneio”, disse Feijão, que no ATP Challenger de Campinas passou o qualifying e caiu na primeira rodada da chave principal.

Com o melhor ranking da carreira, na 387º posição, Oscar Gutierrez encabeça a lista de inscritos. Esta temporada o gaúcho venceu seu primeiro título de Future em Brasília, na segunda etapa do Circuito Internacional de Tênis, em mais um evento do Instituto Sports. Recordista brasileiro em Futures com 23 troféus, Daniel Dutra da Silva também é um destaque nacional do evento, além dos jovens tenistas Rafael Matos, de 22 anos, com três troféus de Futures e João Lucas Reis, de 18 anos, que venceu seu primeiro título profissional esta temporada.

A lista também traz nomes internacionais como Christian Lindell, da Suécia, com experiência em Copa Davis e 10 títulos de Futures no currículo, o ucraniano Daniil Zarichanskyy e os argentinos Ignacio Monzon, Facundo Mena, Ignacio Carou, Federico Moreno e Francisco Cerundolo.

Completam a lista dos 18 tenistas inscritos para a chave principal – há duas vagas para special exempt – mais quatro jogadores com as definições dos wild cards (convites) e outros oito tenistas classificados por meio do qualifying. No total, a chave principal terá 32 jogadores e a do quali, 48.