⚡️Curtas (06/10/2017)

– Feira gastronômica “Sabores do Alto Tietê” acontece neste sábado, 07/10/2017

O público do Alto Tietê tem uma atração diferente para conferir neste sábado, 07/10/2017. Das 10h00 às 17h00, será realizado no Largo do Rosário, em Mogi das Cruzes, o “Sabores do Alto Tietê”, um evento com boa comida e uma programação cultural eclética, com música, dança e show de palhaços.

A iniciativa é do Conselho do Fundo Social de Solidariedade do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê e conta com a participação de 11 cidades – Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano.

Com o objetivo de estimular a solidariedade, divulgar as ações e arrecadar recursos para os projetos, os Fundos Sociais irão comercializar comidas diversificadas e com preços acessíveis. No cardápio tem fritas (em diferentes versões), esfiha, fogazza, doces, baião de dois, tapioca, churros, nhoque, pastel, pizza, pães, queijos e mel.

A proposta desse cardápio é mostrar um pouco do que é tradição nas festas que acontecem na cidade”, ressalta Vanessa Noronha Leite, coordenadora do Conselho do Fundo Social do Condemat.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, Karin Melo, também fala sobre a importância da atividade. “O trabalho junto ao Condemat tem sido muito gratificante, pois podemos trocar experiências, debater ideias e projetos juntos. Espero que todos compareçam, prestigiem e aproveitem as opções gastronômicas ali oferecidas, ao mesmo tempo em que estarão contribuindo para uma causa nobre“, enfatiza.

A programação cultural começa logo na abertura do evento e se estende até o final da tarde com apresentações de taikô (Grupo Kouran Daiko – Suzano Bunkyo); zumba (Guararema); show com os palhaços Paçoca e Paçoquita (Suzano); moda de viola com Shirley Luzia & Prata Fina (Salesópolis) ; dança folclórica com Catiteiros de Salesópolis; MPB e sertanejo com o cantor Eduardo Henrique (Mogi das Cruzes) e, fechando a programação, a cantora Leandra Oliveira (Arujá) com música sertaneja.

O palco está montado na parte central do Largo do Rosário e as barracas de comida nas duas laterais. O local foi escolhido em virtude da grande circulação de pessoas, em especial aos sábados.

– Prefeitura amplia número de câmeras com imagens disponíveis pela internet

A Prefeitura de Mogi das Cruzes ampliou o número de câmeras de monitoramento que têm suas imagens disponibilizadas, em tempo real, na página da administração municipal na internet. Com a inclusão, as imagens de 30 equipamentos instalados em ruas, avenidas e praças da cidade podem ser consultados.

O projeto faz parte das ações da Prefeitura para a utilização de ferramentas tecnológicas para facilitar o dia a dia da população. O serviço ‘Câmeras Ao Vivo’ pode ser acessado pelo endereço eletrônico mogidascruzes.sp.gov.br/camera-ao-vivo. As imagens serão atualizadas a cada 5 segundos e o internauta pode verificar, em tempo real, a movimentação das regiões atendidas, as condições do trânsito, entre outras informações.

Imagens de 30 câmeras de monitoramento estão disponíveis na página da Prefeitura de Mogi das Cruzes na internet, com atualização a cada 5 segundos

Os novos equipamentos disponibilizados ficam no Centro (rua Coronel Cardoso de Siqueira x Largo Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira e Rua Professor Flaviano de Melo X Praça Otaviano Augusto Malta Moreira – Totó), Cezar de Souza (Avenida João XXIII X Avenida Nilo Marcatto e Avenida Ricieri José Marcatto X Rua Maria do Nascimento Boz Vidal), Jundiapeba (Avenida Pres. Altino Arantes X Rua Pedro Paulo dos Santos e Avenida Áurea Martins dos Anjos X Alameda Santo Ângelo) e em Braz Cubas (Avenida Edith Inácia da Silva X Rua Shiguetoshi Suzuki).

No lançamento do projeto, em julho, já haviam sido disponibilizadas as imagens de 23 câmeras com tecnologia compatível para o envio automático para a internet. Estes equipamentos ficam nos bairros Jundiapeba, Jardim Universo, Centro, Centro Cívico, Cezar de Souza, Braz Cubas, Alto do Ipiranga, Vila Natal, Nova Mogilar, Ponte Grande, Vila Oliveira e Chácara Jafet.

Mogi das Cruzes possui atualmente cerca de 300 câmeras de monitoramento, entre equipamentos localizados em espaços públicos e em prédios municipais. O sistema é monitorado pela Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp).

– Novo PAC Central inicia atendimento na segunda-feira, 09/10

A Prefeitura de Mogi das Cruzes entregará, na próxima segunda-feira, 09/10/2017, às 9h00, as obras de reforma e modernização da unidade central do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC). O setor, que desde julho funciona provisoriamente no saguão do Paço Municipal, encerrou suas atividades às 12h00 desta sexta-feira, 06/10, para transferência de móveis e equipamentos para as novas instalações. O serviço ao público será retomado na segunda, a partir do meio-dia.

O investimento na melhoria do serviço foi de R$ 317 mil. A unidade central do PAC passará a funcionar em área fechada com vidros e terá ar-condicionado. Foram construídas três salas para o Procon, duas delas para audiências de conciliação, salas para coordenação do PAC, de atendimento e de convivência.

O PAC Central funciona no térreo do Prédio 1 da Prefeitura

O piso elevado foi substituído e há rampas e piso podotátil para garantir a acessibilidade. As instalações elétricas, hidráulicas, de lógica e telefonia foram trocadas.

Esta será a última etapa do processo de modernização do prédio da Prefeitura, que ganhou novo visual e melhorias estruturais nos últimos dois anos. O prédio foi construído na década de 80 e, desde então, não havia recebido atualizações.

Com investimento de R$ 7,4 milhões, a reforma garantiu acessibilidade, elevadores, novo sistema elétrico e de informática, trazendo mais conforto para cidadãos e servidores.

Ciemp passa a atuar na fiscalização de trânsito a partir desta sexta-feira (04/09/2015)

A partir desta sexta-feira (04/09/2015), a Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp) também fará a fiscalização de trânsito nas ruas e avenidas de Mogi das Cruzes. A medida vai ao encontro da resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de junho de 2015, que permite a utilização de câmeras de monitoramento no flagrante e autuação de infrações. A medida busca melhorar a segurança de motoristas e pedestres que circulam pela cidade.

Para este trabalho, serão utilizadas imagens das câmeras de monitoramento existentes na cidade e o acompanhamento será realizado por guardas municipais, que possuem treinamento para atuação como agentes municipais de trânsito. Ao todo, Mogi das Cruzes conta com 284 equipamentos instalados em ruas, avenidas e prédios públicos.

As câmeras de monitoramento terão mais uma função voltada à segurança da população, desta vez em um trabalho ligado à segurança viária de motoristas e pedestres e à obediência à sinalização de trânsito. É importante lembrar que um trânsito mais seguro depende da participação de todos, no sentido de ter a consciência sobre a necessidade de respeito à legislação de trânsito para evitar colocar a si próprio e aos outros”, explicou o secretário municipal de Transportes, Nobuo Aoki Xiol.

Ciemp
Fiscalização de trânsito por meio de câmeras de monitoramento foi definida por meio da resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito. Foto: PMMC

O secretário lembrou que, de acordo com a resolução do Contran, poderão ser fiscalizadas todas as infrações de trânsito que não dependam de equipamento metrológico para serem verificadas, como o caso de excesso de velocidade. Além disso, na autuação deverá constar que ela foi elaborada com a utilização de videomonitoramento.

Para que a fiscalização fosse iniciada, a Secretaria Municipal de Segurança realizou uma adequação na rotina de trabalho dos guardas municipais que atuam na Ciemp para que não influencie nas ações voltadas à segurança e às emergências públicas.

O trabalho em conjunto entre as Secretarias Municipal de Segurança e de Transportes já acontece em Mogi das Cruzes. Além de 30 guardas municipais que estão capacitados a atuar como agentes de trânsito, há também o projeto Barreiras Eletrônicas, em que equipamentos de fiscalização eletrônica com tecnologia OCR de leitura de placas estão instalados nas entradas e saídas da cidade e em avenidas de grande movimentação. As informações sobre os veículos que passam pelos aparelhos são encaminhadas à Polícia Militar, que, em caso de irregularidades criminais, pode realizar operações para interceptação.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Prefeitura inaugura nova ‘Sala de Situação’ da Ciemp nesta quarta-feira (08/06/2011)

A Prefeitura de Mogi das Cruzes inaugurará, nesta quarta-feira (08/06/2011), a nova “Sala de Situação” da Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp). O evento, marcado para as 18h30, marcará o início oficial das operações das novas câmeras de monitoramento, que há semanas estão instaladas em diversos pontos da cidade, e passavam por últimos ajustes. Além de auxiliar as Polícias Militar e Civil no flagrante a crimes e delitos, os equipamentos ajudam também na ordenação e controle do trânsito, e até mesmo em ações a serem adotadas pela Defesa Civil.

O investimento na ampliação foi de R$ 1,9 milhão. A Central, que até pouco tempo tinha 32 câmeras móveis, passará a ter 77. Já o número de câmeras fixas saltou de 96 para 206. Logo, o sistema no total contará com 283 dispositivos de monitoramento. As móveis são colocadas em esquinas, pontos de alta movimentação e bairros diversos da cidade, enquanto que as fixas são implantadas em prédios públicos, como a sede da Prefeitura, prédios da saúde, da educação, do esporte, serviços urbanos, parques e terminais rodoviários.

A região central continua concentrando o maior número de câmeras. Ao todo, são 27 equipamentos instalados em pontos importantes, como as esquinas das ruas Dr. Deodato Wertheimer e Barão de Jaceguai, Dr. Ricardo Vilela com a Presidente Rodrigues Alves e Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco com a Presidente Campos Salles. Mas há também muitos equipamentos pelos grandes distritos da cidade, como é o caso de Jundiapeba, que conta com sete equipamentos.

A disposição de todas as câmeras móveis pela cidade ficará da seguinte maneira: Jundiapeba (7), Jardim Universo (3), Centro (27), Cezar de Souza (4), Braz Cubas (4), Shangai (3), Vila Lavínia (1), Vila Suíssa (1), Parque Santana (1), Parque Monte Líbano (2), Mogilar (3), Ponte Grande (1), Vila Industrial (1), Vila Bernadotti (1), Vila Cléo (1), Vila Natal (2), Nova Mogilar (2), Jardim Santista (1), Vila Jóia (1), Centro Cívico (5), Taiaçupeba (5), Vila Brasileira (1).

Para suportar esse aumento no número de câmeras, a Prefeitura providenciou também uma ampliação em 70 quilômetros na rede de fibra ótica da cidade. Antes eram 40 km totais e agora passarão a ser 110 km. É por meio deste material que as imagens captadas pelos dispositivos são enviadas e monitoradas diretamente pela Ciemp.

Desde que o sistema de monitoramento por câmeras foi implantado, em 2005, 169 casos já foram solucionados com auxílio da Ciemp, sendo 11 apenas em 2011. O último noticiado foi em 13 de maio deste ano, quando dois homens foram detidos após serem flagrados pelas câmeras pichando a fachada do Mercado Municipal, no Centro da cidade. Ambos foram detidos e respondem por dano ao patrimônio público.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes