Faltas de pacientes às consultas e exames prejudica o atendimento na Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde solicita aos mogianos que não faltem às consultas, retornos ou exames confirmados. E, caso não possam comparecer, que informem pelo SIS 160 com pelo menos dois dias de antecedência para que a vaga possa ser direcionada para outra pessoa na espera.

Nos primeiros 10 dias de atendimento ampliado para consultas e retornos na Rede Básica, foram registradas 1.934 ausências de pacientes. “Estamos reforçando equipes e buscando diversas alternativas para atendermos à demanda reprimida gerada durante a pandemia, mas a população precisa colaborar. As faltas causam um enorme prejuízo ao serviço público e também aos pacientes que esperam por uma vaga”, lamenta o secretário municipal de Saúde, Zeno Morrone Junior.

Unidade Básica de Saúde Alto do Ipiranga

Entre os dias 1º e 12 de março, a Secretaria Municipal de Saúde agendou 8.841 consultas em 19 unidades, mas somente 6.907 pacientes compareceram. Foram ofertadas 3.297 vagas para Ginecologia e 5.544 para Clínica Médica, das quais compareceram 2.506 e 4.401 pacientes, respectivamente, resultando em 791 ausências em Ginecologia e 1.143 em Clínica Médica.

Os números representam uma média de 22% de absenteísmo, mas, dependendo da unidade, os índices chegam a 30%. O Posto de Saúde Santo Ângelo, por exemplo, abriu 208 vagas para Ginecologia em 10 dias, das quais somente 139 pacientes compareceram: foram 69 ausências, o que equivale a 33% de absenteísmo. Na Clínica Médica, das 449 vagas ofertadas, 319 pacientes compareceram e 130 faltaram (29%).

Na Unidade Nova Jundiapeba, foram 731 consultas agendadas somente em março, até o dia 12, das quais 535 foram realizadas e 196 foram perdidas por ausência dos pacientes. Foram desperdiçadas 93 vagas de Ginecologia e 103 de Clínica Médica.

As faltas aumentam o tempo de espera por agendamento. O SIS 160 envia mensagens com antecedência aos munícipes e, quem não puder comparecer, deve responder essas mensagens e disponibilizar a vaga para outra pessoa.

Exames

Somente na primeira quinzena de março, a Secretaria Municipal de Saúde já perdeu mais de mil vagas para exames de especialidades variadas como ultrassografias diversas, eletrocardiograma, tomografia, endoscopia e colonoscopia, entre outros. De 5.437 procedimentos agendados e previamente confirmados, 1.014 pacientes deixaram de comparecer sem qualquer aviso prévio que possibilitasse a disponibilidade da vaga para outra pessoa. Destes, 179 estavam marcados para os mutirões que estão sendo realizados em horários alternativos e finais de semana em diversos locais como Unica de Jundiapeba e o Hospital Municipal.

Atendimento Estendido

Com a reposição de médicos nas unidades de maior demanda e atendimento estendido aos sábados, a partir de Março a Secretaria Municipal de Saúde realizou a ampliação da oferta de vagas para consultas e retornos na Rede Básica de Saúde. Os novos atendimentos ocorrem por meio de um complemento no contrato já existente com o Cejam – Centro de Estudos e Pesquisa Dr. João Amorim, responsável pela contratação dos profissionais. No total, devem ser ofertadas 16 mil novas consultas por mês.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Mogi recebe Carreta da Mamografia

A Carreta da Mamografia do Programa Estadual “Mulheres de Peito” chega a Mogi das Cruzes nesta segunda-feira, 02/12/2019. A novidade é o primeiro resultado da reunião do prefeito Marcus Melo com o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, realizada no último dia 19, para solicitar aumento no número de vagas para consultas e exames de especialidades na cidade.

Os exames de mamografia serão destinados para atendimento exclusivo de mulheres que já aguardam pelo procedimento. “Ficamos muito satisfeitos com o rápido retorno do Governo do Estado para uma das demandas apresentadas na semana passada”, afirmou o prefeito, que recebeu o retorno durante visita à Brasília. Na oportunidade, o chefe do Executivo esteve também no Ministério da Saúde em busca de novas parcerias para Mogi das Cruzes.

A Carreta da Mamografia será montada no Largo do Rosário e os atendimentos começam na terça-feira, dia 03, prosseguindo até o dia 21 de dezembro com um total de 775 exames disponibilizados. De segunda a sexta-feira, o atendimento será realizado das 9h00 às 18h00 e serão convocadas 50 pacientes por dia. Aos sábados, o horário será das 9h00 às 13h00, com 25 pacientes.

Carreta do programa ‘Mulheres de Peito’. Foto: José Luís da Conceição

As convocações estão sendo feitas pela Secretaria Municipal de Saúde com base nas solicitações já existentes e as pacientes devem comparecer no dia e horário marcado com documento pessoal, cartão SUS e cartão SIS.

Para reduzir os prazos e esperas, a Secretaria Municipal de Saúde está promovendo vários mutirões. Desde segunda-feira, 25/11, está em andamento um mutirão de exames na Unica de Jundiapeba com oferta de vagas para ultrassonografias de mama, ultrassonografias com doppler, mamografia, eletroencefalograma, eletrocardiograma e teste ergométrico.

O Hospital Municipal de Mogi das Cruzes também está promovendo mutirões para acelerar o atendimento com consultas de cardiologia, exames de ecocardiograma, endoscopia e colonoscopia. E nesta quarta-feira, 27/11, foi iniciado um mutirão de Oftalmologia no Pró-Hiper, que prossegue nesta quinta, 28, e sexta-feira, 29/11.

Em todos os casos, os procedimentos são destinados para pacientes que já aguardavam as convocações. Não há atendimento para demanda espontânea. “Quero pedir aos pacientes que não faltem às consultas e exames agendados. Quem não puder comparecer, deve informar à Secretaria de Saúde para que a vaga seja liberada para outra pessoa. Estamos realizando um grande trabalho e não podemos desperdiçar essas vagas”, afirma o secretário municipal de Saúde, Francisco Bezerra.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Atendimento de Odontologia passa a ser agendado pelo SIS 160

O prefeito Marcus Melo participou, nesta manhã de quarta-feira, 03/05/2017, do lançamento do SIS Odonto, uma nova ferramenta do Sistema Integrado de Saúde que permitirá o agendamento de consultas odontológicas pelo telefone 160. O evento foi realizado na Unidade Básica de Saúde (UBS) Alto Ipiranga e reuniu profissionais de saúde, autoridades e membros da comunidade local.

Inicialmente, o sistema foi utilizado para identificar demandas reprimidas e reduzir o tempo de espera para início do tratamento. A partir de maio, o agendamento da primeira consulta odontológica passa a ser feito pelo SIS 160. “O SIS dá mais um importante passo, utilizando a tecnologia, para otimizar o atendimento aos cidadãos. O que está ocorrendo hoje aqui é justamente o que eu tenho pedido aos secretários: encontrar soluções para melhorar a vida das pessoas”, afirmou o prefeito.

Prefeito Marcus Melo, ao lado do vice-prefeito Juliano Abe, explica as facilidades de agendamento do SIS Odonto. Foto: Guilherme Berti/ PMMC

A expectativa é reduzir o tempo de espera pelo atendimento odontológico de rotina, utilizando o princípio de regionalização. Se uma unidade ou profissional está com demanda acima média, é oferecida alternativa próxima ou de acordo com as possibilidades propostas no sistema. “Vamos utilizar as mesmas ferramentas já disponíveis para consultas médicas, aos tratamentos odontológicos, gerenciando as vagas de forma inteligente e otimizada”, explicou o secretário municipal de Saúde, Téo Cusatis.

Para informar os detalhes do novo sistema, o secretário fez uma apresentação ao público presente e também mostrou um filme publicitário em primeira mão. A abertura do agendamento para Odontologia será às quintas-feiras, das 7h00 às 10h00. Nos demais dias e horários, serão disponibilizadas as vagas e horários disponíveis no sistema. O SIS 160 funciona de segunda a sexta-feira das 7h00 às 19h00 e aos sábados das 7h00 às 13h00. Os documentos necessários são Cartão SIS, RG e comprovante de endereço.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes