🏀 Novo Basquete Brasil 2018/2019 – rodada 15

Foi um jogo e tanto. Na noite desta quinta-feira, 10/01/2019, Mogi das Cruzes/Helbor e AABJ/Joinville fizeram uma partida eletrizante e a decisão veio apenas na prorrogação. Com direito a uma atuação monstruosa de JP Batista, o time paulista foi mais decisivo no tempo extra e venceu por 90 a 84.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

O dono do jogo foi JP Batista, que marcou incríveis 35 pontos – segunda maior marca da temporada. Dominante no garrafão, o pivô converteu 16 bolas de 2 em 20 tentativas (80%) e cravou seu recorde pessoal de pontos no NBB CAIXA. De quebra, ainda pegou 11 rebotes e anotou seu quarto duplo-duplo no campeonato.

Foi uma vitória gigante. Tivemos alguns altos e baixo durante o jogo, mas fomos ajustando e jogamos bem no segundo tempo e prorrogação. Todo mundo tem mérito, marcamos muito bem e soubemos jogar com paciência no ataque”, disse o jogador mais eficiente da temporada até o momento.

Não foi só JP Batista que brilhou na partida. Apenas em sua quarta partida no NBB CAIXA, o norte-americano Starks marcou 34 pontos – terceira maior marca da temporada – e teve uma atuação de gala. Com direito a lindas jogadas individuais, o armador acertou sete bolas de três pontos e comandou o ataque catarinense.

A última cesta de Starks na partida foi ainda no início do último quarto. Depois disso, a defesa mogiano parou o jogador. Com Gui Deodato e Cafferata se revezando na marcação, o norte-americano não achou mais espaço para pontuar e viu sua equipe sair derrotada.

Com 11 pontos e 11 rebotes, Gui Deodato foi outro atleta do Mogi a somar um duplo-duplo. Já Shamell contribuiu com 15 pontos, enquanto que Cafferata e João Pedro saíram do banco para marcarem 12 e 10 pontos, respectivamente.

O camisa 54 do Joinville teve uma atuação completa nesta quinta e somou nove pontos, sete rebotes, seis assistências e oito bolas recuperadas. Com os expressivos números, Socas deixou a quadra com 25 de eficiência.

Outro atleta do Joinville a ter boa atuação foi Cook. Autor de lindas jogadas individuais, o norte-americano marcou 22 pontos.

Poder de decisão: Depois do empate no tempo normal, Mogi mostrou mais tranquilidade na prorrogação. Explorando muito bem as jogadas no garrafão e com uma defesa sólida, a equipe abriu vantagem logo no início do tempo extra e não deu nenhuma chance de reação aos rivais.

Agora com 11 vitórias em 15 jogos, o Mogi segue na quarta colocação. Já o Joinville continua na 12ª colocação, com campanha de quatro triunfos em 14 partidas.

E agora? Joinville volta a atuar na próxima segunda-feira, novamente em casa, diante do Vasco da Gama. No dia seguinte, o Mogi enfrentará o Universo/CAIXA/Brasília, na capital federal.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios

Parque Leon Feffer receberá provas práticas para habilitação de motoristas

O Parque Leon Feffer, no distrito de Braz Cubas, passará a receber as provas práticas para habilitação de motoristas. A transferência de local foi necessária devido ao início das obras de construção do novo ginásio de esportes, no Mogilar. Anteriormente, as provas vinham sendo lá.

A definição do novo local aconteceu após uma reunião entre o prefeito Marcus Melo e o superintendente do Detran no Vale do Paraíba, Eduardo Chaves da Silva. O novo local receberá provas para motoristas de automóveis, motocicletas e carretas.

A Secretaria Municipal de Transportes já realizou a pintura do espaço que será utilizado, enquanto a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos desenvolveu adequações, como a implantação da estrutura a ser utilizada para o teste de rampa.

Parque Leon Feffer receberá as provas práticas para habilitação de motoristas, que eram realizadas na área que receberá novo ginásio de esportes, no Mogilar. Foto: PMMC

“A mudança de local das provas permitirá um espaço adequado para a realização dos testes, sem que haja prejuízos para os frequentadores do parque Leon Feffer, que também continuarão com locais para o estacionamento de veículos e não terão interferências nas atividades lá desenvolvidas”, destacou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

O secretário lembrou ainda que a pasta também está realizando uma sinalização especial na estrutura do CIP, no bairro do Mogilar. O local será utilizado para algumas atividades desenvolvidas pelo Detran para a habilitação de motociclistas.

O secretário lembrou ainda que a pasta também está realizando uma sinalização especial na estrutura do CIP, no bairro do Mogilar. O local será utilizado para algumas atividades desenvolvidas pelo Detran para a habilitação de motociclistas.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

🏀 Novo Basquete Brasil 2018/2019 – rodada 14

O Mogi das Cruzes/Helbor estreou no segundo turno do NBB CAIXA com o pé direito. Em um jogo de muito equilíbrio, o time comandado por Jorge Guerra derrotou o São José Basketball, no Ginásio Prof. Hugo Ramos, por 88 a 82, e assumiu a quarta colocação do NBB CAIXA.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

Com a vitória, o Mogi agora detém campanha de dez vitórias em 14 jogos e ocupa a quarta colocação na tabela de classificação do NBB CAIXA – 71,4 % de aproveitamento. Já o São José, com o revés, agora é o nono colocado, com cinco triunfos em 14 oportunidades – 35,7 % de aproveitamento.

O Mogi entrou na partida sem uma presença importante em quadra. Além dos desfalques do ala/pivô Fabricio e do pivô Zé Carlos, a equipe mogiana teve o desfalque de última hora do ala Filipin, que sofre com uma crise renal.

Mineiro, do São José e JP Batista, do Mogi. Foto: LNB

Gui Deodato foi o nome do jogo no time mogiano. Com grande atuação, principalmente no segundo tempo do jogo, o ala do Mogi teve noite de gala e foi o cestinha da partida com 22 pontos, além de distribuir 3 assistências. O pivô JP Batista, com 18 pontos e nove rebotes, o ala Shamell, com 16 pontos e seis rebotes, e o ala/pivô Gruber, com 16 pontos, nove rebotes, quatro assistências e cinco tocos, também se destacaram pelos números apresentados.

No São José o maior destaque ficou para o armador Sahdi. Com oito pontos, 15 assistências e seis rebotes, o jogador joseense foi o maior garçom da partida e ditou o ritmo ofensivo da equipe do interior paulista. Além dele, o ala/armador Pedro, com 14 pontos, terminou a partida como o cestinha do São José.

O primeiro tempo ficou marcado pela atuação de gala do experiente ala Shamell, do Mogi. O norte-americano sobrou em quadra e foi muito eficiente na tábua ofensiva, com 14 pontos em 16 minutos em quadra. Com isso, na ida para o intervalo, o placar apontava o empate, de 42 a 42.

Na volta dos vestiários, o panorama do confronto mudou, com o Mogi à frente das ações ofensivas. Com três minutos restantes para o final do terceiro quarto, a equipe mogiana vencia com oito pontos de frente, mas dali em diante o cenário mudou. O São José acordou e, com bela cesta de três pontos do ala/armador Pedro, empatou o placar.

Deodato, de muito longe: Após ambas equipes se revezaram na liderança no placar, o ala Gui Deodato, do Mogi, teve a oportunidade de chutar uma bola de 3 pontos do meio da quadra, que cirurgicamente caiu no estouro do cronômetro e deu a vantagem de quatro pontos de frente para os mogianos na ida para os dez minutos finais (64 a 60).

No último quarto do jogo, o time do Mogi comandou as ações ofensivas, com boa atuação do ala Gui Deodado, autor de 7 pontos na parcial, e venceu o confronto sem sustos, por 88 a 82.

Próxima parada: O Mogi voltará as quadras do NBB CAIXA já nesta quinta-feira, 10/01, diante do Joinville/AABJ, no Centreventos Cau Hansen, às 19h00, com transmissão ao vivo no Facebook do NBB. Já o São José medirá forças com o Life Fitness/Minas, na Arena Minas Tênis Clube, às 19h00.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Novos pontos de fiscalização eletrônica começam a operar nesta segunda, 07/01/2019

A partir desta segunda-feira, 07/01/2019, seis novos pontos de fiscalização eletrônica de velocidade com radares fixos começarão a operar em Mogi das Cruzes, autuando os motoristas que passarem pelos locais acima do limite de velocidade estabelecido. A medida busca aumentar a segurança no trânsito da cidade e prevenir acidentes com risco à vida da população. Os equipamentos foram instalados em setembro e já passaram por aferição dos órgãos técnicos responsáveis.

Os pontos de fiscalização eletrônica ficam nas duas pistas da avenida Francisco Ferreira Lopes, no trecho que corta a Vila Jundiaí; na rua Doutor Deodato Wertheimer, no Mogi Moderno; na avenida Júlio Simões, na Vila Cecilia; na avenida Prefeito Carlos Alberto Lopes, no Jardim Camila; e na avenida Japão, no trecho conhecido como “Curva da Morte”.

A Secretaria Municipal de Transportes implantou banners em todos os locais para alertar os motoristas. Desde o mês de setembro, os locais já estavam identificados com a informação sobre a implantação dos dispositivos, que foi feita após estudos desenvolvidos pela pasta.


Equipamentos passarão a autuar nesta segunda-feira os motoristas que passarem acima da velocidade e locais receberam faixas alertando sobre a fiscalização. Foto: Junior Lago/PMMC

A função da fiscalização eletrônica, antes de tudo, é a prevenção de acidentes e educação do motorista, sobre o perigo que o excesso de velocidade causa, principalmente para os pedestres. Por isso, durante todo o período de implantação, que quatro meses, os locais foram indicados alertando para a presença do radar e, agora, novamente este trabalho está sendo feito com o início da fiscalização. É importante lembrar ainda que todos os pontos estão devidamente sinalizados, de acordo com a legislação de trânsito”, explicou o secretário municipal de Transportes.

A implantação dos novos pontos de fiscalização eletrônica faz parte de uma série de ações da Prefeitura de Mogi das Cruzes dentro do programa Mogi pela Vida, que busca o aumento da segurança viária, prevenção de acidentes e diminuição no número de mortes no trânsito na cidade. A iniciativa também abrange ações de sinalização, engenharia de tráfego e educação para o trânsito.

A relação com todos os pontos de fiscalização eletrônica em Mogi das Cruzes está disponível no site da Prefeitura.

Confira os pontos que receberão fiscalização eletrônica:

Rua Doutor Deodato Wertheimer, 2.376/2.378 – C/B e B/C – 40 km/h
Avenida Prefeito Carlos Alberto Lopes, 650/655 – C/B e B/C – 40 km/h
Avenida Francisco Ferreira Lopes x Rua Alberto Alves – B/C – 60 km/h
Avenida Francisco Ferreira Lopes, 4.410 + 40 m – C/B – 60 km/h
Avenida Júlio Simões, 302 – B/C – 50 km/h
Avenida Japão, 3.982 + 850 m – C/B – 40 km/h

IPTU 2019: postagem de carnês começa na próxima semana

A Prefeitura de Mogi das Cruzes inicia na próxima semana (07/01/2019) a postagem dos cerca de 140 mil carnês do IPTU de 2019, que devem ser entregues às residências até o fim do mês. O pagamento poderá ser feito em até dez parcelas (de fevereiro a novembro) e os vencimentos serão todos os dias 8, 9 ou 10 de cada mês, de acordo com o CEP da propriedade – esta organização é feita para evitar longas filas em agências bancárias e casas lotéricas.

Quem optar pelo pagamento à vista tem 5% de desconto. Além disso, o contribuinte que estava em dia com o imposto até 1º de novembro de 2018 tem direito a mais 5%, totalizando um abatimento de 10%.

Se em algum mês a data de vencimento cair em feriado ou fim de semana, automaticamente é prorrogada para o primeiro dia útil seguinte. Isso ocorrerá, por exemplo, nos meses de fevereiro e março, quando os dias 9 e 10 serão, respectivamente, sábado e domingo. O vencimento, portanto, fica para o dia 11 (segunda-feira).

O pagamento do imposto poderá ser feito em qualquer agência bancária do País dos seguintes bancos autorizados: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Santander, Itaú, Mercantil do Brasil e Bradesco, além das casas lotéricas.

A estimativa de arrecadação do IPTU em 2019 é de R$ 165 milhões, já consideradas as isenções, reduções e imunidades, previstas na legislação. O tributo é uma das principais fontes de recursos do município, o que é necessário para os investimentos: a receita é revertida em benefícios à população, como educação, saúde, segurança, esportes e infraestrutura, entre outros.

Para 2019, o imposto terá correção monetária de 4,56%, em relação ao valor do ano passado. O percentual corresponde à inflação apurada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se um índice oficial muito utilizado no País para atualização de preços – tanto que é a referência para o sistema de metas de inflação do Governo Federal.

Mais de 20 mil contribuintes do IPTU de Mogi das Cruzes têm direito à imunidade, isenção ou redução do tributo. Em alguns casos, como aposentados e pensionistas, é necessário solicitar o benefício (dentro de algumas situações específicas).

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes