Obras elevarão a 90% a coleta e o tratamento de esgoto em Jundiapeba

A Prefeitura iniciou a preparação do terreno para construção de uma nova Estação Elevatória de Esgotos na Vila Nova Jundiapeba. É o início das obras de esgotamento sanitário no bairro, que além da estação, incluirão assentamento de 15 quilômetros de redes, 1.760 metros de coletor-tronco e 1.240 metros de linha de recalque (bombeamento). O investimento será de R$ 9.534.043,37, com recursos do Governo Federal. O projeto representará um aumento de 6,9% no volume de esgoto tratado na cidade, passando dos atuais 61% para 67,9%. Especificamente em Jundiapeba e Nova Jundiapeba, o índice será superior a 90%, tanto coleta quanto tratamento. A previsão é concluir os trabalhos em 2021.

No ano 2000, o município tratava apenas 0,5% do esgoto coletado. Isso passou a mudar a partir de 2008, com a inauguração da Estação de Tratamento Leste, em Cezar de Souza. Desde então, alcançamos avanços históricos e chegamos aos atuais 61%, índice que será ampliado com as novas obras”, afirma o prefeito Marcus Melo.

Investimento é de R$ 9,5 milhões para construção de estação elevatória, assentamento de redes coletoras e de bombeamento e coletor-tronco. Foto: Divulgação

Os 15 quilômetros de redes vão abranger 26 vias. A população atendida será de 8 mil pessoas.

Além dessa obra, a Prefeitura e o Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) investem em outras frentes para ampliar os índices de coleta e tratamento na cidade. Está em fase final a implantação de um sistema de coleta, condução e tratamento de esgoto em Sabaúna.

O investimento é de R$ 3,2 milhões na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, rede e três estações de bombeamento, todas na Vila Andrade, área central do Distrito. A capacidade de tratamento é de 9 litros por segundo para atender uma população de 4.000 pessoas.

A autarquia também está investindo mais de R$ 3 milhões na reforma e modernização da Estação Elevatória de Esgoto Indonésia. Serão feitas readequações estruturais, obras civis e melhorias nos sistemas elétrico, hidráulico e mecânico.

Como já adotado em outras três elevatórias recém-modernizadas, o Semae passará a utilizar uma tecnologia inovadora para o bombeamento de efluentes, até a estação de tratamento, com bombas que ficam na superfície, facilitando a operação e a manutenção, e um triturador para evitar que materiais sólidos lançados irregularmente na rede comprometam a operação. A Indonésia é a principal estação de bombeamento de esgotos de Jundiapeba.

A autarquia também está elaborando projetos executivos para sistemas de esgotamento sanitário em núcleos isolados: Biritiba Ussu, Chácara Guanabara, Jardim Nove de Julho, Parque São Martinho, Parque Varinhas, Quatinga, Taiaçupeba e Vila Mathias (Sabaúna). O investimento nos projetos é de R$ 5,7 milhões. Após a conclusão, o Semae buscará recursos para as obras.

Já as obras de esgotamento sanitário do Botujuru e Cezar de Souza chegam a 60% de execução e devem ser concluídas em 2020. É a maior obra de coleta e tratamento de esgoto em andamento na cidade, com um investimento de R$ 26 milhões. No total, serão implantados 45 quilômetros de redes de esgoto, 2.760 ligações prediais, 3.500 novas ligações prediais ao término da obra, 6 Estações Elevatórias de Esgoto (EEE), 4.000 metros de linhas de recalque (bombeamento) e 4.500 metros de coletores-tronco.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Mercado Municipal não funcionará neste domingo para serviços de melhoria na rede elétrica

O Mercado Municipal ficará fechado neste domingo, 19/01/2020, para a realização de serviços de melhoria na rede elétrica. O trabalho faz parte das intervenções que estão sendo feitas pela Prefeitura de Mogi das Cruzes para a melhoria do local para a utilização de consumidores e comerciantes.

O fechamento será necessário porque haverá a interrupção na energia elétrica do Mercadão, no domingo, das 8h30 às 10h30. O local funcionará normalmente neste sábado, 18/01, das 7h00 às 16h00, e voltará a atender a população na segunda-feira, 20/01, a partir das 7h00.

Mercado Municipal

O Mercado Municipal vem recebendo uma série de ações de melhorias, que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura. O local acaba de receber uma reforma, que contou com pintura das telhas internas, externas e estruturas metálicas da cobertura, pintura de paredes externas, reforma dos banheiros e substituição das caixas d’água. O investimento foi de R$ 222.964,60.

Já em 2018, já havia sido entregue a reforma dos tetos e piso, revisão da cobertura e calhas e adequações das instalações de proteção e combate a incêndio.

O Mercado Municipal oferece 118 boxes onde pode-se encontrar frutas, verduras, legumes, flores, fumos de corda, bijuterias, gêneros alimentícios, armarinhos, banca de jornal, vestuários, utensílios de cozinha, pet shop’s, produtos japoneses, brinquedos, artigos de pesca, adega, produtos eletrônicos, artesanato, pastelarias, lanchonetes e docerias. O endereço é rua Coronel Souza Franco, 440 – Centro.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Vila Helio lança programação cultural gratuita aos domingos

A Vila Helio, espaço no Centro de Mogi das Cruzes administrado e revitalizado pelo Grupo Marbor, lançará no próximo domingo, 19/01/2020, o “Domingo na Vila Helio”, uma programação cultural que vai proporcionar diversão e lazer para mogianos e turistas.

Os eventos são gratuitos e o primeiro terá como tema “Férias na Vila Helio”. A partir das 10h00, o espaço terá diversas atrações voltadas para a família, em especial para as crianças, como brinquedos infláveis e recreação.

Os pequenos poderão se divertir no tobogã, na cama elástica, no futebol de sabão, na piscina de bolinhas, no tombo legal, big jump, kid play e muito mais.

Os estabelecimentos comerciais da Vila estarão abertos para receber o público e com desconto em seus produtos e serviços. O parklet também estará aberto para consumo, com gastronomia do Hotel Marbor – almoço, lanches, petiscos e bebidas estão entre as opções disponíveis a preços especiais. O estacionamento particular da Vila oferecerá desconto no valor da tarifa nos dias de evento.

O evento é aberto ao público e a entrada para o estacionamento será pela Rua Professor Flaviano de Melo. Mais informações e a programação completa do “Domingo na Vila Helio” nas redes sociais (Facebook e Instagram).

Próximos eventos:

O segundo “Domingo na Vila Helio” será no dia 16 de fevereiro, com o tema “Pré-carnaval na Vila Helio”. O próximo será em 8 de março, em homenagem ao Dia da Mulher.

Secretaria de Educação abre 750 vagas para minicursos do Crescer na próxima segunda, 20/01/2020

A Secretaria de Educação abrirá na próxima segunda-feira, 20/01/2020, novas vagas para minicursos do Centro de Apoio à Educação de Jovens e Adultos (Crescer). Todas as seis unidades do Crescer receberão novos cursos, que desta vez formarão 31 turmas, totalizando 750 vagas. Os mogianos interessados devem se dirigir à unidade desejada para fazer a matrícula até sexta-feira, 24/01. Caso número de inscritos seja maior que o número de vagas haverá a formação de novas turmas e remanejamento dos alunos excedentes.

Todas as seis unidades do Crescer receberão novos cursos, que desta vez formarão 31 turmas, totalizando 750 vagas.

Para a matrícula, o candidato deverá comparecer ao Crescer em que é oferecido o curso portando um documento de identidade (de preferência o RG) e um comprovante de endereço (serão aceitos comprovantes de endereço de Mogi das Cruzes no próprio nome, no nome dos pais ou no nome do cônjuge). O inscrito deverá atender aos requisitos do curso escolhido. Os menores deverão estar acompanhados do responsável legal.

Lista de minicursos do Crescer

O início das aulas será a partir de segunda-feira, 27/01, e o material didático escrito (caso o curso possua) será cedido pela unidade do Crescer. Já os outros materiais necessários para a realização de cada aula serão de responsabilidade do estudante. Ao final do curso será emitido um certificado para os alunos que possuírem a frequência necessária. Os cursos que estarão disponíveis serão Antepastos, Barboterapia , Chapéu de Praia Personalizado, Chinelos de crochê, Gelado de abacaxi, Torta de Banofe, Gelado de abacaxi na taça, Informática – Currículo (Elaboração e Formatação), Mala para viagens – Organização e dicas , Orientação Profissional – Currículo e Entrevista , Delícias geladas de verão, Estojo Escolar em Feltro, Saladas de pote, Criança na Cozinha – Cupcakes de férias, Personalização de cadernos e Blue Velvet.

O Crescer possui seis unidades espalhadas por toda a cidade de Mogi das Cruzes. Além da unidade central localizada na Rua Ipiranga, 579, as outras cinco ficam em Jundiapeba (avenida Lourenço de Souza Franco, 1479), Cezar de Souza (rua doutor Romulo Pasqualini, 304), Vila Natal (rua dos Vicentinos, 1216), Vila Brasileira (rua Professor João Gualberto Mafra Machado, 221) e, a maior, em Braz Cubas (rua capitão Francisco de Almeida, 47). O horário de funcionamento do Crescer é de segunda a sexta-feira das 8h00 às 17h00. Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas no documento acima, ou nas próprias unidades do Crescer.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Programa Tampinha Solidária continua recebendo arrecadações

O programa Tampinha Solidária, que converte tampas plásticas em ajuda para protetores independentes de cães e gatos da cidade, continua recebendo doações. A ação, que foi lançada em março do ano passado, fechou 2019 com cerca de 13 toneladas de tampas recebidas, 10,2 toneladas de tampas vendidas e 4,3 toneladas de ração compradas e distribuídas para 43 protetores de animais.

Antes de seguirem para a venda, as tampas passam por um processo manual de separação por cor, que é feito em uma sala do Pró-Hiper, por voluntários. O espaço é dotado de duas mesas coletoras e todo o material de higiene e segurança e nele as tampas são armazenadas separadamente, conforme a cor. Esse processo é fundamental pois, disposto assim, o material vale quase três vezes mais na hora da venda.

Com o recurso obtido com a venda, o Fundo Social adquire pacotes de ração para cães e gatos e distribui o alimento entre protetores cadastrados e previamente visitados pelas equipes do órgão. Assim, o projeto ajuda as pessoas que desenvolvem esse trabalho de resgate, proteção e cuidados com cachorros e gatos e, ao mesmo tempo, contribui para a preservação do meio ambiente e o aumento dos índices de reciclagem.

O Tampinha Solidária é uma campanha permanente, portanto as pessoas podem continuar separando e encaminhando ao programa tampas plásticas de produtos

Além da sala de separação, que, aliás, recebeu recentemente a visita da primeira-dama do Estado do São Paulo, o programa Tampinha Solidária também deu origem à feira de adoção, que tem como intuito combater a superlotação de alguns abrigos de cães e gatos de protetores visitados pela equipe do Fundo Social. Entre os meses de setembro e dezembro do ano passado, foram realizadas quatro feiras, sendo duas no Parque Centenário e duas no Varejão, que resultaram na adoção de 21 animais adultos.

Para ajudar o programa, basta separar as tampas plásticas de produtos que podem ser alimentos, condimentos, itens de higiene, cosméticos, canetas e afins. Hoje, há 326 pontos de coleta espalhados pelo município e as projeções para 2020 é que esse número tenha um crescimento da ordem de 30%.

A relação dos pontos é disponibilizada no site da Prefeitura, porém como o aumento é constante e parte da população, quem tiver dúvidas e precisar de orientações sobre onde levar as tampinhas pode ligar no Fundo Social, no telefone 4798-5143.

Também é possível ajudar o programa passando a integrar o grupo de voluntários que trabalha na sala de separação. Atualmente, o espaço funciona às terças, quintas e sextas, das 14h00 às 18h00 e aos sábados, das 9h00 às 13h00. Porém, havendo um aumento no número de voluntários, também será possível ampliar o expediente da sala. A orientação é também entrar em contato com o Fundo Social, para manifestar seu interesse em ajudar.

O Tampinha Solidária é um programa permanente, portanto quanto mais pessoas abraçarem a causa, mais será possível contribuir com os cuidados de cães e gatos da cidade.

Mais informações devem ser obtidas pelo mesmo telefone do Fundo Social, que é o 4798-5143.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes