Vereadores e deputado anunciam verba de R$ 3,6 milhões para o Parque Leon Feffer

Em visita ao Parque Leon Feffer, o deputado federal Junji Abe, ao lado dos vereadores Mauro Araújo, Diegão Martins e Marcos Furlan e do vice-prefeito Juliano Abe, anunciou a conquista de uma verba extraordinária do Ministério do Turismo de R$ 3,6 milhões, que será destinada ao equipamento de lazer.

O dinheiro será usado para a construção de um Centro de Convenções (R$ 2,6 mi) e para a revitalização de uma das entradas do parque, que beneficiará, principalmente, os moradores da Vila Estação.

A maioria do público que frequenta este parque vem daquela região, por isso, em respeito a eles, vamos revitalizar aquela portaria”, ressaltou o vice-prefeito Juliano Abe.

Durante a visita, o secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira, com um mapa, mostrou aos demais representantes do poder público onde serão feitas as melhorias. Os vereadores também fizeram algumas sugestões, tais como pista de corrida, revitalização dos brinquedos do parque etc. No entanto, um dos maiores desafios, de acordo com os políticos, será atrair o comércio à região. Com as melhorias, uma base da Polícia Ambiental será instalada no local.

O dinheiro será usado para a construção de um Centro de Convenções e para a revitalização de uma das entradas do parque. Foto: CMMC

Como qualquer equipamento público, é importante fazer a manutenção do parque. Só de olhar a deterioração de alguns equipamentos aqui podemos ver o quanto o Leon Feffer precisa de atenção”, afirmou Junji.

O vereador Mauro Araújo enalteceu o trabalho de Junji Abe em conseguir a verba para revitalizar o parque e falou sobre novas possibilidades de levar melhorias ao lugar, entre elas a construção de um ginásio poliesportivo no parque, cujo convênio está em andamento, e equipamentos que deem ao local uma nova característica. “Acredito que o parque ainda precisa de uma identidade que atraia o público que a gente quer que frequente esse espaço. Acredito que turismo de aventuras seja uma ideia muito bacana para implementar aqui”, pontuou Araújo.

Há muitos anos as pessoas do distrito mais populoso de Mogi das Cruzes sentem que o parque está sendo deixado de lado. Com essa verba conseguiremos revitalizar e resgatar o público. Acredito até que ficará melhor que outros parques da cidade. Conseguiremos unir a família novamente nesse espaço”, comemorou o vereador Diegão.

O presidente da Comissão de Esportes da Câmara, vereador Marcos Furlan (DEM), exaltou a construção do centro de convenção. “Trará um novo público ao parque, que são aquelas pessoas interessadas em polos de negócios. Isso fará com que o parque seja mais visitado”, disse.

O Parque Leon Feffer foi inaugurado em agosto de 2004 pela Prefeitura de Mogi das Cruzes no Distrito de Braz Cubas, em uma área de aproximadamente 26 hectares, com o objetivo de dar uma maior integração da comunidade com a natureza. Inserido na Área de Proteção Ambiental da Várzea do Rio Tietê, o parque recebeu o plantio de 6 mil mudas.

Possui uma rica vegetação que margeia o Rio Tietê, que é conhecida como mata ciliar, responsável pela proteção das margens dos rios e pela formação de corredores ecológicos, ligando outros fragmentos de floresta. Entre as espécies encontradas estão ipês, maricá, ingá, aroeira, angico, araçá, cambuci e figueira-branca. A fauna local inclui várias espécies de aves, capivaras e ratão-do-banhado.

O Parque conta também com equipamentos para atividades físicas e artísticas. São quiosques, campo de futebol, campo de futebol de areia, quadras poliesportivas, quadras de voleibol, pista de skate, playgrounds, lago e trilha para caminhada.

Fonte: Câmara Municipal de Mogi das Cruzes

Anúncios

Secretaria de Cultura do Estado adia a Virada Cultural 2018 para novembro

A Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo divulgou nota oficial, na qual informa que a edição de 2018 da Virada Cultural Paulista foi adiada para o mês de novembro. A justificativa é a ampliação no evento, que, de acordo com o Estado, passará a incluir outros municípios do oeste paulista, região de São José do Rio Preto e Araçatuba, litoral sul e norte e Grande São Paulo. Na última edição, 22 cidades paulistas participaram da Virada.

Deste modo, a gestão espera não apenas manter a excelência do programa, mas também ampliar sua capilaridade em todo o Estado. Também será possível, desse modo, uma revisão do modelo do programa junto aos municípios, que terão mais tempo para se organizarem.  Em breve serão definidos os fins de semana do evento e os municípios serão chamados para uma reunião com o secretário Romildo Campello”, trouxe a nota.

O show com o cantor e compositor Arnaldo Antunes encerrou a 10ª edição da Virada Cultural em Mogi das Cruzes, realizada em maio de 2017. Foto: Ney Sarmento/PMMC

O secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, foi informado oficialmente da alteração na última sexta-feira, 18/05/2018, durante reunião com Luís Sobral e Silvio Marcondes de Castro, que são, respectivamente, diretor executivo e superintendente artístico da Associação Paulista dos Amigos da Arte, a APAA.

Em Mogi das Cruzes, a Virada Cultural Paulista já teve dez edições consecutivas – esta, portanto, será a 11ª – e já foi reconhecida como uma das maiores do Estado, após a da capital paulista. Na última edição, o evento teve 44 atrações, distribuídas por seis palcos e atraiu público total de 35 mil pessoas.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

🏀 Novo Basquete Brasil 2017/2018 – Final – jogo 1

O Paulistano/Corpore venceu o Jogo 1 com propriedade e largou na frente nas Finais do NBB CAIXA. Neste sábado, 19/05/2018, em pleno Ginásio Hugo Ramos, a equipe abriu grande vantagem logo no início da partida e superou o Mogi das Cruzes/Helbor, pelo placar de 99 a 82.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Para vencer de maneira imponente, o Paulistano teve um primeiro quarto praticamente perfeito e abriu 16 pontos de frente (30 a 14). Depois disso, a equipe ditou o ritmo do jogo, segurou sempre uma boa diferença no placar e venceu com tranquilidade nos minutos finais.

O jogo coletivo imperou no time da capital paulista e dez atletas diferentes pontuaram. Os cestinhas foram Deryk Ramos e Kyle Fuller, com 23 e 20 pontos, respectivamente. Autor de 15 pontos, Lucas Dias foi outro a ter boa produção, assim como Elinho e Jhonatan, que marcaram dez cada.

O Mogi não é esse time que jogou o primeiro quarto. Eles tiveram uma infelicidade com o aproveitamento no primeiro quarto e nós estávamos em um bom dia, tanto no ataque quanto na defesa. Se a gente quisesse sair daqui com a vitória hoje precisávamos de uma defesa muito forte e isso ocorreu”, explicou.

Fuller, do Paulistano, e Tyrone, do Mogi. Foto: LNB

O Fuller foi fundamental principalmente no início, mas em cada momento do jogo foi um jogador diferente que apareceu, Elinho, Deryk principalmente no último quarto. Mas acho que o Mogi não é essa equipe. Na próxima partida tenho certeza que eles vão entrar diferente. Nós precisamos nos ajustar a isso e evitar alguns erros que tivemos hoje”, completou o atleta do Paulistano que mais atuou neste sábado (34:30 minutos).

Eles tentaram: Com 24 pontos, Tyrone comandou o ataque do Mogi e foi o cestinha da partida. Responsáveis por 14 e 13 pontos, respectivamente, Larry Taylor e Shamell tiveram alguns bons momentos no jogo. Quem também apareceu bem foi o pivô Caio, autor de 11 pontos – todos no segundo tempo – em pouco mais de 13 minutos em quadra.

Nós começamos devagar. Contra o Paulistano você não pode começar devagar. O Guerrinha já havia falado para a gente que eles viriam com tudo no primeiro quarto e, de vez em quando você não acredita até acontecer. Na sequência da partida, eles precisaram apenas administrar”, disse.

Nós tínhamos bons lances, tentávamos voltar pro jogo, mas sabe aquelas partidas em que tudo dá errado? Nós tivemos oportunidades de abaixar tanto no segundo quanto no terceiro quarto, mas quando era a hora de chegar, nós desperdiçávamos ataques. Nada contra o Paulistano, mérito deles. Nós não jogamos o nosso melhor basquete, mas temos que aprender com isso. Não tem nada perdido, vamos para o Jogo 2”, completou.

E agora? As duas próximas partidas serão disputadas no Ginásio Wlamir Marques (Corinthians), em São Paulo. O Jogo 2 acontece na quinta-feira, 24/05, às 19h30, ao vivo no SporTV. Dois dias depois, no sábado, 26/05, as equipes fazem o Jogo 3, às 12h35, com transmissões de Band e SporTV.

Hugão lotado: Com uma atmosfera incrível, o Ginásio Hugo Ramos contou com a presença de 5.207 pessoas e teve um de seus maiores públicos na história.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Obras alteram intervalos da CPTM neste fim de semana (19 e 20/05/2018)

Neste fim de semana,  19 e 20/05/2018, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM prosseguirá com as obras em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Devido à realização da Virada Cultural, todas as linhas, exceto a Linha 13-Jade, irão operar das 4h00 de sábado, 19, até a meia-noite de domingo, 20. Durante a madrugada de domingo, entre 1h00 e 4h00, o intervalo entre os trens será de 30 minutos e as estações ficarão abertas para desembarque. Já as estações que têm integração com o Metrô estarão abertas tanto para embarque como desembarque.

Veja como fica a operação em cada linha da região:

Linha 11-Coral [Luz – Guaianases]: das 20h00 de sábado, 19/05, até o fim da operação comercial de domingo, 20, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Tatuapé e Corinthians-Itaquera. O intervalo médio dos trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Guaianases.

Linha 11-Coral [Guaianases – Estudantes]: Domingo, 20/05, das 4h00 à meia-noite, por conta de serviços no sistema de rede aérea entre as estações Suzano e Jundiapeba, o intervalo médio dos trens será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás – Calmon Viana]: Domingo, 20/05, das 4h00 à meia-noite, em razão das intervenções programadas na Linha 13-Jade, no trecho entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste, o intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800-0550121.

Fonte: CPTM

EDP abre inscrições para primeira Escola de Eletricistas exclusiva para mulheres

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico no País, vai lançar o primeiro curso de formação de eletricistas exclusivo para mulheres. As aulas serão realizadas na área de concessão da Companhia, em Mogi das Cruzes, São Paulo, e as interessadas poderão se inscrever entre os dias 25 de abril e 30 de maio de 2018, por meio do site soulan.com.br/eletricistas-edp.

A iniciativa faz parte do compromisso do Grupo com o desenvolvimento de ações para promover a igualdade de oportunidades entre gêneros. Em 2017, a EDP endossou os Princípios de Empoderamento das Mulheres, criados pela ONU, e aderiu ao esforço global em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que colocam a Igualdade de Gênero como uma das grandes metas globais a serem atingidas até 2020.

O projeto, pioneiro, vai ao encontro das diretrizes de cultura da EDP, que valorizam a diversidade em todas as suas dimensões. Fomentar a inclusão de mulheres em um setor conhecido como masculino possibilita a multiplicação de possibilidades de forma mais igualitária e justa”, afirma Fernanda Pires, diretora de recursos humanos da Empresa.

O projeto é fruto de uma parceria da Companhia com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI). Com carga horária de 556 horas, cerca de quatro meses de duração, o programa é gratuito e tem como foco a qualificação e capacitação como eletricista de redes de distribuição. As estudantes receberão bolsa-auxílio durante o período do curso, ganharão um certificado chancelado pelo SENAI e permanecerão no banco de talentos da EDP, podendo participar futuramente de processos seletivos para vagas efetivas.

O curso terá aulas teóricas e práticas a respeito dos princípios e leis que regem o funcionamento de sistemas elétricos. O intuito é que as participantes aprendam sobre os procedimentos e técnicas necessárias para planejamento, execução, avaliação e inspeção das redes, bem como sobre manutenções preventivas e corretivas, dentro das normas técnicas e de segurança.

Inscrições:

A Escola de Eletricistas será ministrada na sede da EDP em Mogi das Cruzes de julho a outubro. Há 16 vagas disponíveis. Os requisitos para cursar a qualificação são os seguintes:

– Formação: Ensino Médio completo;
– Residir na região do Alto do Tietê ou proximidade;
– Ter, no mínimo, 18 anos de idade;
– Disponibilidade de horário para estudo em período integral durante 70 dias;
– Preferencialmente possuir CNH “B”.

A inscrição deve ser realizada pelo site soulan.com.br/eletricistas-edp, até 30 de maio de 2018. O processo de seleção inclui prova teórica e prática, avaliação psicossocial e entrevista.

Vale ressaltar que a EDP oferece às estudantes bolsa-auxílio, material didático, uniformes e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), almoço e certificação com chancela do SENAI.