Projeto Eficiência Solidária, da EDP, substituirá 24 mil lâmpadas de maior consumo por LED

A partir de segunda-feira, 16/09/2019,  Mogi das Cruzes contará com o  posto de troca “Led Truck” da quarta edição do projeto Eficiência Solidária da EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, que fará a substituição de lâmpadas de maior consumo (incandescentes, halógenas ou fluorescentes compactas) por LED, dos clientes residenciais da cidade. Serão 24 mil lâmpadas disponíveis até dia 28 de setembro ou até terminarem os estoques. O posto de troca ficará estacionado na Praça Largo do Rosário (Praça da Marisa).

A ação tem como objetivo incentivar a utilização correta e segura da energia elétrica, beneficiando os moradores da área de concessão. Nesta edição do projeto serão disponibilizadas 60 mil lâmpadas em quatro município: Guaratinguetá, Taubaté, São Sebastião e Mogi das Cruzes. Além das lâmpadas, serão entregues informes educativos sobre o uso seguro e eficiente da energia e, ao final do programa, 250 lâmpadas LED tubular serão doadas a instituições sociais da região.

Desde o início do projeto, 144 mil lâmpadas foram substituídas dos moradores de 15 cidades e 30 instituições sociais beneficiadas. A economia de energia gerada foi de 5.642 megawatts-hora/ano (MWh/ano), o que corresponde ao abastecimento anual de aproximadamente 2.350 residências. Todas as lâmpadas entregues pelos clientes no momento da substituição foram destinadas ao descarte ecologicamente correto.

O projeto Eficiência Solidária traz uma economia real para os clientes com a substituição das lâmpadas, já que a iluminação pode representar cerca de 15% da conta de luz dependendo do hábito de consumo da família. Além disso, o programa cumpre um papel social importante, de reforçar a conscientização sobre o uso racional e seguro da energia elétrica e dos recursos naturais”, ressalta gestor executivo da EDP, Luciano Cavalcante.

O posto de troca das lâmpadas também foi pensado para estimular a consciência ambiental. O “Led Truck” é autossustentável, funciona com 100% de energia solar, a iluminação é toda com LED e o design foi realizado pelo artista mineiro Baba Jung, conhecido por suas pinturas em vagões de trens e peças do universo ferroviário.

Comparação entre as lâmpadas

Como participar do projeto Eficiência Solidária

Para participar do programa, é necessário ser cliente residencial da EDP de Mogi das Cruzes e dirigir-se até o posto de troca, munido da última fatura de energia, do documento de identidade, além de estar com as contas de luz em dia. Caso o cliente não seja o titular da instalação, deve levar um comprovante (cópia ou foto) do documento do titular.

No local, o consumidor entrega até cinco lâmpadas incandescentes, halógenas ou fluorescentes compactas (de maior consumo), que estejam em funcionamento, e recebe a mesma quantidade de LED. Clientes beneficiados por outros projetos de eficiência energética da EDP, que já tenham recebido lâmpadas LED, não estão aptos a participar do Eficiência Solidária.

Caso esteja inscrito para receber a fatura de energia por e-mail ou realizar o cadastro no ato da troca, o consumidor ganhará uma lâmpada Bônus. A fatura por e-mail da EDP é um serviço que une sustentabilidade e praticidade. A adesão elimina a emissão de papel e o cliente recebe em até dois endereços de e-mail sua conta com maior antecedência e segurança.

O projeto Eficiência Solidária faz parte do Programa de Eficiência Energética – PEE da EDP, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Com o objetivo de preservar os recursos naturais e promover educação para o uso inteligente da energia elétrica, evitando, assim, o desperdício, o PEE da EDP realiza projetos na área de concessão que buscam a conscientização, fazendo com que a energia seja utilizada com responsabilidade.

Conheça mais sobre o Eficiência Solidária, acesse o site edpsp.eficienciasolidaria.com.br.

Anúncios

EDP registra 3.794 ocorrências de fraudes de energia no Alto Tietê no 1º semestre de 2019

Durante o primeiro semestre de 2019, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, atuou fortemente no trabalho contra as fraudes de energia. Conhecidas popularmente como “gatos”, estas irregularidades acarretam em prejuízo para toda sociedade, além de expor o responsável e terceiros a sérios riscos, como choques elétricos, curto circuitos e até incêndios.

Por meio do trabalho de fiscalização realizado na cidade foram identificadas 3.794 fraudes de energia em residências, comércios e indústrias. A energia recuperada pela EDP é o suficiente para abastecer a cidade de Guararema por dois meses. Após o flagrante, o responsável pelo local é convidado a participar da medição da energia furtada junto dos técnicos especialistas da empresa e, conforme regras da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), é realizado a cobrança de todo o valor não faturado durante o período do furto.

A tecnologia é parte essencial no trabalho de combate às fraudes. Por meio de uma central integrada de monitoramento remoto e ferramentas de modelagem estatística, a Companhia identifica com mais precisão as inconsistências na medição dos clientes, com alertas e mapeamento de suspeita de irregularidades e dessa forma realiza inspeções em campo em toda área de Concessão, com equipes especializadas, munidas de equipamentos de última geração. No primeiro semestre, 1 em cada 3 inspeções realizadas no Alto Tietê foi identificada fraude.

O furto de energia, além de perigoso, contribui para tornar a conta de luz mais cara para todos os consumidores, uma vez que a quantidade de energia perdida por fraude e os custos para identificar e coibir as irregularidades são levados em consideração pela Aneel para estabelecer o valor da energia para cada área de concessão. O Estado também é prejudicado, já que deixa de arrecadar o Imposto sobre Comercio e Serviço (ICMS), cobrado por meio da conta de luz, que poderia ser utilizado em benefícios à própria população.

Além do impacto financeiro, os furtos e fraudes de energia pioram a qualidade do serviço prestado, prejudicando todos os consumidores. As ligações clandestinas sobrecarregam as redes elétricas, deixando o sistema de distribuição mais suscetível a interrupções e oscilações no fornecimento de energia.

Muitas vezes, os “gatos” são feitos de forma precária, o que aumenta muito o risco de acidentes graves a quem pratica o crime e para toda a população. O objetivo das ações da EDP é eliminar estes casos, garantindo segurança e também a qualidade do serviço aos consumidores que pagam suas contas em dia,” destaca Luciano Cavalcante, gestor executivo da EDP.

De acordo com a Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia (ABRADEE), ligação clandestina é a segunda maior causa de morte no país relacionada à energia elétrica, só perdendo para manutenção/construção predial. Entre 2009 e 2017 foram registrados 279 óbitos. Somente em 2017 foram 21 casos. Vale ressaltar que o Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, prevê que o furto de energia é crime e passível de multa e prisão de um a quatro anos para o infrator.

Como denunciar

Com intuito de coibir cada vez mais a prática, a EDP pede que a população contribua, denunciando as ligações irregulares. A Distribuidora disponibiliza os seguintes canais de atendimento aos consumidores:

– Site EDP Onlinewww.edponline.com.br
– Aplicativo EDP Online (compatível com as plataformas Android™, iOS e Windows Phone)
– Agências de atendimento (o endereço de cada ponto pode ser encontrado no site EDP Online)
– Central de Atendimento ao Cliente: 0800 721 0123 (ligação gratuita, 24 horas/sete dias por semana).

É importante salientar que o sigilo da denúncia é total, e a inspeção realizada com a máxima urgência.

Clientes da EDP poderão negociar débitos no Feirão Limpa Nome Online 2019

Até o dia 31 de março de 2019, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, vai integrar a 23ª edição online do Feirão Limpa Nome, do Serasa Experian. Interessados podem acessar o site pelo computador ou celular.

O site serasaconsumidor.com.br/feirao, disponibiliza um ambiente digital para liquidação de dívidas, com acesso gratuito às informações sobre pendências financeiras das empresas conveniadas. O Feirão Limpa Nome já facilitou a realização de mais de 1 milhão de acordos.

Clientes da EDP com débitos em aberto que acessarem o portal terão condições personalizadas para quitar pendências, evitando assim uma possível suspensão do fornecimento e restrição ao crédito. “Estamos à disposição dos nossos clientes para auxiliá-los com possibilidades diversificadas de negociação”, ressalta Luciano Cavalcante, gestor executivo da EDP.

Negociação sem sair de casa

A realização de acordos pela internet já é uma realidade para a Empresa. No portal EDP Online, edponline.com.br, ou pelo aplicativo EDP Online, disponível para todas as plataformas de smartphone ou tablets, o cliente pode ver as opções de negociação e optar pela mais conveniente para quitar os débitos em aberto. Basta ter em mãos o número de instalação e o CPF do titular da fatura.

Para facilitar ainda mais o contato do cliente para a regularização de suas pendências, a empresa disponibiliza um contato via Whatsapp, por meio do número (12) 9 9710-8056. Existe ainda a possibilidade de negociação por meio da Central de Atendimento por telefone e, neste caso, a Distribuidora orienta que o contato seja feito pelo titular da conta de luz, e que o mesmo informe o número de instalação e seus dados pessoais (RG e CPF). A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas por dia, pelo número 0800 721 0123.

Os acordos também podem ser realizados nas agências de atendimento presencial de cada município. Os endereços de cada unidade podem ser conferidos no portal EDP Online, na internet.

Circo dos Sonhos chega a Mogi das Cruzes

Em uma sociedade cada vez mais ligada no mundo globalizado, onde as fronteiras não existem mais, pelo menos na internet, as brincadeiras de criança deram lugar à diversão tecnológica dentro de casa, nas telas de videogames, tablets e telefones de última geração. Será que a infância se reduz a essa realidade eletrônica? Será que as crianças não precisam de mais brincadeiras e mais encontros com os amigos? Será que elas ainda reservam na imaginação um espaço para o encantado, a magia e para a Fantasia?

Mesmo em meio a toda essa modernidade, o milenar mundo do circo sobrevive e continua fascinando famílias ao redor do planeta. Dessa constante necessidade de adaptar-se, o Circo dos Sonhos se reinventa e convida o público, e principalmente as crianças, a deixarem de lado esse mundo eletrônico e embarcarem rumo ao Mundo da Fantasia, seu mais novo espetáculo, que estreia em Mogi das Cruzes no dia 14/09/2018. Os ingressos já estão à venda no site circodossonhoslilas.byinti.com.

Pensando em resgatar os aspectos lúdicos da garotada, o Circo dos Sonhos conta a história de Ly, uma criança que não desgrudava um só minuto do videogame, até o aparelho entrar em curto circuito e sua tela dar lugar a um portal, que a leva à fronteira da realidade e da ilusão: o Mundo da Fantasia. Depois de ultrapassar esse portal ela é recepcionada pelos palhaços, que como bobos da corte, apresentam a ela aquele reino encantado. Toda a ação do espetáculo acontece no castelo do Mundo da Fantasia, onde um show de surpresas com personagens, figurinos e cenários que povoam os contos infantis será exibido ao público. Reis, rainhas, príncipes, princesas, sapos, bruxas e fadas, que habitam o imaginário das crianças, são representados por renomados artistas circenses que surpreendem a todos com muita força, graça e destreza nas suas performances, com atrações inéditas e números aéreos de tirar o fôlego.

A criação do espetáculo é da família Jardim, com mais de 30 anos de tradição, que hoje possui três circos que viajam pelo Brasil, onde trabalham mais de uma centena de pessoas, entre elenco, produtores, carpinteiros, serralheiros e muitos outros profissionais envolvidos na produção de três espetáculos de sucesso. “O espetáculo mostra para crianças e adultos que apesar de todo o aparato tecnológico, a imaginação ainda é a melhor e mais barata forma de brincar”, diz Rosana Jardim, a diretora da montagem.

Esse é um espetáculo criado para toda a família com muito carinho. Um espetáculo lúdico que oferece aos adultos a oportunidade de ser crianças mais uma vez. O programa ideal para a criançada!” – Afirma o ator Marcos Frota, Embaixador do Circo dos Sonhos e ator exclusivo da Rede Globo de Televisão desde 1983, com mais de 30 papéis e destaque para as novelas “América”, “O Clone”, “A Próxima Vítima“ e “Mulheres de Areia”.

SERVIÇO:

Circo dos Sonhos no Mundo da Fantasia
Local: Mogi Shopping – Av. Ver. Narciso Yague Guimarães, 1001
Data: Estreia dia 14/09/2018, às 20h00. Temporada de Terça a sexta às 20h00, Sábados, Domingos e feriados às 16h00, 18h00 e às 20h00.
Valor: Terça a sexta – R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia entrada*), sábados, domingos e feriados – R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia entrada*)
*Valor da meia entrada para crianças de 02 a 12 anos, estudantes e pessoas com mais de 60 anos.
Vendas: Bilheteria do Circo – de terça a sexta, das 13h00 às 20h00 e no site circodossonhos.com
Lotação: 700 Lugares
Classificação: Livre
Duração do Espetáculo: 1h30
Maiores Informações: (11) 2076 0087 – circodossonhos.com

No primeiro semestre de 2018, EDP realizou mais de 20 mil inspeções contra furto de energia no Alto Tietê

Durante os primeiros seis meses do ano, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, atuou fortemente no trabalho contra as fraudes de energia. As equipes técnicas de campo realizaram 20 mil inspeções, o que resultou na recuperação de mais de 6 mil megawatts-hora (MWh) irregulares, volume suficiente para abastecer um município com 36 mil habitantes, como Aparecida, por um mês.

Prática perigosa, que pode pôr em risco a vida das pessoas, o furto de energia causa interrupções e instabilidades no fornecimento de todos os clientes, além de aumentar o valor da fatura de energia para os consumidores regulares. Como o cálculo do preço da tarifa abrange também as perdas elétricas da Concessionária, o custo da energia usada irregularmente é parcialmente repassado a todos os usuários. O Estado também é prejudicado, já que deixa de arrecadar o Imposto sobre Comercio e Serviço (ICMS), cobrado por meio da conta de luz.

Visando o combate às fraudes, as inspeções da EDP são realizadas diariamente em residências, estabelecimentos comerciais e indústrias de toda a área de concessão. “As tecnologias dos fraudadores se aprimoram ano a ano, mas a Companhia também investe em ferramentas e sistemas de última geração, além de capacitar seus colaboradores para investigar possíveis manipulações nos medidores ou qualquer anormalidade”, destaca Luciano Cavalcante, gestor executivo da EDP.

Além das inspeções em campo, a Empresa consegue identificar inconsistências no sistema de medição a partir de uma central de monitoramento remoto, a qual avisa caso haja suspeita de irregularidade. “O objetivo das ações contra o furto é prevenir acidentes por conta das ligações precárias, que não observam os padrões e normas técnicas, além de garantir a qualidade e continuidade do serviço aos clientes que pagam suas contas em dia,” finaliza Cavalcante.

Vale ressaltar que o Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, prevê que o furto de energia é crime e passível de multa e prisão de um a quatro anos para o infrator. E conforme a regra da Resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), após o flagrante, é realizada a cobrança de todo o valor não faturado durante o período do furto, além de custos administrativos.

Como denunciar:

Com intuito de coibir cada vez mais a prática, a EDP pede que a população contribua, denunciando as ligações irregulares. A Distribuidora disponibiliza os canais de atendimento aos consumidores:

Site EDP Online: edponline.com.br
Aplicativo EDP Online (compatível com as plataformas Android™, iOS e Windows Phone)
Agências de atendimento (o endereço de cada ponto pode ser encontrado no site EDP Online)
Central de Atendimento ao Cliente: 0800 721 0123 (ligação gratuita, 24 horas/sete dias por semana).

É importante salientar que o sigilo da denúncia é total, e a inspeção realizada com a máxima urgência.