Obras alteram intervalos da CPTM neste fim de semana (23 e 24/06/2018)

Neste fim de semana, 23 e 24/06/2018, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM prosseguirá com as obras em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem.

Todos os direitos reservados a CPTM

Veja como fica a operação em cada linha da região:

Linha 11-Coral [Guaianases – Estudantes]: domingo, 24/06, das 4h00 à meia-noite, em razão das obras de modernização da Estação Suzano, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Guaianases a Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás – Calmon Viana]: sábado, 23/06, das 16h00 até o fim da operação comercial, haverá intervenções programadas na Linha 13-Jade, no trecho entre Engenheiro Goulart e USP-Leste. O intervalo médio dos trens será:

– Das 16h00 às 21h00: 15 minutos
– Das 21h00 até o fim da operação: 30 minutos

Domingo, 24, das 4h00 à meia-noite, devido às obras programadas na Linha 13-Jade, a circulação ficará interrompida entre as estações Tatuapé e Comendador Ermelino. Para seguir viagem no trecho, os usuários poderão utilizar ônibus gratuito, com distribuição de senhas nas estações.  O intervalo médios dos trens será de 15 minutos entre as estações Brás e Tatuapé e de 15 minutos entre Comendador Ermelino e Calmon Viana.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800-0550121.

Fonte: CPTM

Anúncios

Prefeito solicita suspensão das ações de reintegração de posse em Jundiapeba

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, reuniu-se na manhã desta quarta-feira, 20/06/2018, com representantes da Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP), para solicitar à empresa a suspensão das ações de reintegração de posse que correm na Justiça, referentes às áreas de propriedade da empresa e situadas embaixo das linhas de transmissão de energia, que foram irregularmente ocupadas no distrito de Jundiapeba.

Durante o encontro, que contou com a presença de dois representantes da CTEEP, o prefeito também pediu um maior rigor por parte da empresa no que tange à fiscalização dessas áreas, com o objetivo de congelá-las, evitando novas ocupações. Outro pedido feito foi para que a empresa arque com o pagamento do benefício de Aluguel Solidário para as famílias que já tiveram de desocupar os imóveis, na ação de reintegração cumprida no último dia 22 de maio.

Estamos solicitando à CTEEP que faça o devido monitoramento daquelas áreas, para que haja um congelamento daquela região, que proceda com o pagamento do Aluguel Solidário para as famílias que já saíram e também que suspenda novas reintegrações, até que haja unidades do programa Minha Casa Minha Vida para transferirmos essas famílias”, pontuou.

Prefeito Marcus Melo se reuniu com representantes da CTEEP e pediu a suspensão de ações de reintegração, congelamento da área e pagamento de Aluguel Solidário. Foto: Junior Lago/ PMMC

Os representantes da empresa se prontificaram a levar os pedidos do município à direção da CTEEP, internalizando os pleitos no município e garantiu que já vem buscando uma agenda mais positiva no que se refere à essas áreas ocupadas. Uma das propostas da empresa é trabalhar com um programa de desocupação voluntária e, paralelamente, desenvolver um projeto de sustentabilidade para a área, com a implantação de uma horta. Para tanto, a Secretaria Municipal de Agricultura deve ser acionada e participar do processo de planejamento.

Todas essas ações serão inseridas em um plano de trabalho entre Prefeitura e CTEEP, que vai se desenrolar com base em reuniões semanais entre as duas partes.

De acordo com a CTEEP, a primeira reintegração compreendeu um número aproximado de 75 famílias e, nas demais áreas de risco ocupadas em Jundiapeba, ainda há um total aproximado de 200 famílias.

Outra ação no âmbito desse mesmo caso foi a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que vai permitir o pagamento o benefício do Aluguel Solidário às sete famílias desabrigadas como resultado da primeira reintegração. Pela legislação atual, o benefício não poderia ser concedido.

Desde o cumprimento da primeira ação de reintegração, as famílias têm passado por um acompanhamento contínuo da Coordenadoria Municipal de Habitação.

Sabemos que a área foi ocupada irregularmente, mas a empresa precisa ter a sensibilidade de procurar uma saída mais humana para o problema. Eu entendo que o melhor caminho agora seria interromper as ações de reintegração de posse, até que os moradores tenham acesso às moradias do programa Minha Casa Minha Vida”, finalizou o prefeito.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Obras alteram intervalos da CPTM neste fim de semana (16 e 17/06/2018)

Neste fim de semana, 16 e 17/06/2018, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM prosseguirá com as obras em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem.

Todos os direitos reservados a CPTM

Veja como fica a operação em cada linha da região:

Linha 11-Coral [Luz – Guaianases]: domingo, 17/06, das 4h00 à meia-noite, devido às intervenções programadas na Estação da Luz, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Guaianases.

Linha 11-Coral [Guaianases – Estudantes]: domingo, 17/06, das 4h00 à meia-noite, serão executadas obras de modernização da Estação Suzano. Das 6h00 às 21h00 também haverá serviços nos equipamentos de via permanente entre Calmon Viana e Jundiapeba. O intervalo médio será de 30 minutos de Guaianases a Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás – Calmon Viana]: sábado, 16/06, das 20h00 até o fim da operação comercial, em razão das intervenções programadas na Linha 13-Jade, no trecho entre Engenheiro Goulart e Comendador Ermelino, o intervalo médio dos trens será de 35 minutos em toda a linha.

Domingo, 17, das 4h00 à meia-noite, haverá obras de modernização da rede aérea entre as estações Engenheiro Goulart e USP-Leste. O intervalo médio dos trens será de 25 minutos em toda a linha.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800-0550121.

Fonte: CPTM

Viveiro de Mudas do Parque Leon Feffer será reinaugurado nesta sexta, 15/06/2018

O viveiro de mudas do Parque Leon Feffer será reinaugurado nesta sexta-feira, 15/06/2018, a partir das 10h00, como parte da programação do Junho Verde. O espaço foi remodelado e manterá o objetivo de produzir mudas para a arborização de Mogi das Cruzes, mas passará a oferecer novas atividades, como os projetos Plantadores de Sombra e Circuito Escola.

O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, explica que a arborização do município é uma ação contínua e acontece de várias formas. Uma delas é a atuação da Prefeitura, por meio do plantio de árvores em praças e espaços públicos. Outra ocorre por parte da população – pessoas que cultivam plantas e árvores em casa ou em espaços comunitários. O programa de arborização da cidade prevê o plantio de 50 mil árvores até 2020.

Viveiro foi revitalizado e oferecerá, além de mudas para a população, ações de educação ambiental. Foto: Junior Lago/PMMC

A existência de um viveiro bem estruturado é fundamental neste processo. O espaço já existia aqui no Leon Feffer e, com algumas melhorias que fizemos, ele ficou mais funcional e diversificado”, observa o secretário. O projeto Plantadores de Sombra estimulará a população a plantar mudas e árvores, com orientações técnicas específicas. O resultado a médio e longo prazo é a ampliação da cobertura verde do município, o que aumenta o conforto térmico e a qualidade do ar.

Outra novidade do viveiro municipal é o Circuito Escola, uma atividade voltada para as escolas e população em geral. Os alunos e as pessoas que forem ao viveiro aprenderão mais sobre temas como erosão, ação das chuvas sobre áreas desmatadas e técnicas como plantio de mudas germinadas a partir de tubetes, onde é feito o transplantio para recipientes maiores com objetivo de “engordar” as mudas para aumentar o porte e plantio nas ruas e praças. “Também teremos uma horta no local, para demonstrar na prática os resultados de todo este trabalho”, complementa o secretário do Verde.

Os técnicos da Secretaria do Verde farão ainda a apresentação de um modelo de sintropia – um sistema de preparação natural do solo. Na prática, a sintropia prepara o solo para o plantio usando uma mescla de verduras, leguminosos e frutíferas. Para manter o solo úmido, a sintropia usa cobertura de folhas e material decomposto da própria plantação. O processo promove uma adubação natural e enriquece a terra, melhorando a qualidade da produção e dispensando a utilização de componentes químicos.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Assinatura de convênios garante ao Fundo Social a oferta de dois novos cursos profissionalizantes

O prefeito de Mogi das Cruzes, Marcus Melo, e a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Karin Melo, estiveram no Palácio dos Bandeirantes na tarde desta segunda-feira, 11/06/2018, para a assinatura de dois convênios que vão garantir a implantação na cidade de dois novos projetos de qualificação profissional, garantidos a partir da parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (FUSSESP): “Natal Espetacular” e “Costurando o Futuro”

A solenidade, que foi comandada pela presidente do FUSSESP, Lúcia França, teve por objetivo disseminar a realização de projetos destinados à qualificação profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade social, a fim de proporcionar oportunidades de geração de emprego e renda.

O FUSSESP vai disponibilizar a capacitação dos monitores que ficarão responsáveis pelas turmas e destinar recursos, que deverão ser utilizados para a aquisição de insumos e concessão de bolsa-auxílio e auxílio-deslocamento a todos os participantes. As duas ações terão início em caráter imediato e devem estar finalizadas até o final deste ano.

O projeto “Natal Espetacular” tem por objetivo qualificar cinco pessoas em situação de vulnerabilidade social em técnicas de artesanato e reciclagem, para confeccionarem enfeites natalinos a partir de garrafas pet. As garrafas pet devem ser arrecadadas por meio de gincanas escolares, a serem promovidas pelo Fundo Social de Mogi.

Os novos projetos têm por objetivo capacitar pessoas em situação de vulnerabilidade social para confeccionarem enfeites de Natal e uniformes escolares. Foto: Junior Lago/PMMC

Segundo o cronograma, as gincanas devem ter início ainda em junho e a capacitação dos participantes e produção de enfeites deve se estender até novembro. Já o acender das luzes está previsto para acontecer entre os dias 1 e 2 de dezembro. O valor total destinado pelo FUSSESP para este projeto é de R$ 17.848,00.

Já o projeto “Costurando o Futuro” tem por objetivo capacitar 20 alunos em técnicas de corte e costura industrial, mais serigrafia (estamparia), para confeccionarem parte dos uniformes escolares utilizados nas creches municipais. A ideia é que sejam produzidos 500 kits, contendo um agasalho, uma calça, uma bermuda e duas camisetas de manga curta cada um.

Para este curso, o município deverá adquirir três máquinas de costura, nos modelos galoneira, overloque e costura reta. O FUSSESP vai disponibilizar a capacitação dos monitores e repasse financeiro no valor total de R$ 74.422,00 para a aquisição de maquinário, insumos e aviamentos, além de bolsa-auxílio e auxílio-deslocamento para os participantes.

O curso terá dois meses de duração, com carga horária total de 160 horas. Segundo o cronograma, os kits devem ser entregues às crianças em novembro de 2018 e passarão a ser utilizados em janeiro de 2019.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, Karin Melo, falou sobre o importante acréscimo que esses projetos trarão ao rol de cursos já oferecidos. “Nossa meta é ampliar cada vez mais o número de cursos profissionalizantes oferecidos à população e neste ano já estamos trabalhando fortemente nessa política de formar mais turmas e alunos. É, portanto, uma grande alegria poder contar com mais essa parceria do Fundo Social do Estado, para diversificar e atender ainda mais pessoas com ações de qualificação”, frisou, lembrando que nesta quinta-feira acontecerá, a partir das 10h00, a cerimônia de formatura de 327 alunos que concluíram cursos do Fundo Social.

O prefeito, Marcus Melo, também enalteceu a iniciativa. “A qualificação profissional segue sendo uma das premissas para termos um mercado de trabalho cada vez mais forte e competitivo e, nesse tipo de ação, ainda conseguimos aliar isso a um incentivo à geração de renda e, consequentemente, à melhoria na qualidade de vida dos cidadãos mogianos. Por isso, parcerias assim são fundamentais para o município“.

A cerimônia como um todo contou com a assinatura de 246 convênios, beneficiando dezenas de municípios paulistas.

Ficamos extremamente agradecidos por estarem conosco hoje. O Natal Espetacular é um projeto que, além da qualificação de mão-de-obra, tem como prioridade a conscientização e a educação dos jovens para o meio ambiente. Já o Costurando para o Futuro tem como objetivo principal ajudar os municípios, que vão conseguir economizar a partir da produção independente de uniformes escolares”, destacou a primeira-dama do Estado, Lúcia França.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes