CPTM realiza Operação Especial de Natal neste fim de semana (15 e 16/12/2018)

A CPTM prossegue neste fim de semana a Operação de Natal que funcionará até o dia 23 de dezembro. No sábado, 15/12, seis linhas irão operar com maior quantidade de trens e intervalo menor das 6h00 às 18h00. São elas: Linha 7-Rubi (entre Luz e Francisco Morato), Linha 8-Diamante (entre Júlio Prestes e Itapevi), Linha 9-Esmeralda, Linha 10-Turquesa, Linha 11-Coral (entre Luz e Guaianases) e Linha 12-Safira.

Foto: Ciete Silvério/Governo do Estado de SP

No domingo, 16/12, estas linhas também terão operação especial. Os trens circularão com o intervalo de sábado, que é de cerca de 8 minutos no horário de maior movimento. A Operação Especial de Natal funcionará somente aos finais de semana

A Linha 13-Jade (Engenheiro Goulart – Aeroporto-Guarulhos) continuará a operar normalmente. Lembrando que o serviço Connect (Brás-Aeroporto-Guarulhos) funciona no sábado de manhã. As partidas no Brás são nos seguintes horários: 6h25, 7h05 e 7h45. Já na Estação Aeroporto são: 6h20, 7h00 e 7h40.

Operação Natal no Brás

A Estação Brás, a mais movimentada nesta época do ano, também tem operação especial nos finais de semana que antecedem o Natal, com aumento no número de empregados da estação e da segurança.

Para agilizar o acesso dos usuários, estarão em operação os 24 bloqueios (catracas), sendo um deles especial. Trata-se de um “porta balcão”, com 90 cm de largura, que também aceita todos os tipos de bilhetes da CPTM e Metrô, e permite o acesso de cadeirantes e pessoas com volumes grandes devido às compras.

Além do reforço das equipes, também é intensificada a emissão dos APs (Avisos ao Público) e as informações de segurança aos usuários, como cuidados redobrados com pertences como bolsas, celulares e até as crianças, além da compra antecipada do bilhete para o retorno.  A operação conta com o apoio da PM e da Guarda Civil Metropolitana que têm postos móveis na Praça Agente Cicero.  

Embora a Estação Brás ofereça mais de um acesso, a venda de bilhetes estará concentrada nos sete guichês da bilheteria do saguão principal, dos quais um é exclusivo para receber pagamentos realizados em moedas no valor exato da tarifa e outro destinado ao atendimento preferencial (gestantes, pessoas com crianças de colo, idosos, entre outros).  

Para recepcionar os usuários vindos das compras, são colocados direcionadores de fluxo que organizam as filas na bilheteria e gradis que direcionam para a linha de bloqueios. Ainda há o serviço de orientação àqueles que já possuem o bilhete e para quem deseja comprá-lo, além do público que utiliza os bilhetes preferenciais.   

Em caso de dúvida, o usuário pode entrar em contato com o SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário) pelo telefone 0800 055 01 21 ou através do site cptm.sp.gov.br.

Fonte: CPTM

Anúncios

🏀 Novo Basquete Brasil 2018/2019 – rodada 13

O Mogi das Cruzes/Helbor garantiu o mando de quadra nas quartas de final da Copa Super 8. Na noite desta sexta-feira, 14/12/2018, a equipe do técnico Guerrinha venceu o Vasco da Gama, no Ginásio São Januário, por 88 a 75, e assegurou o quarto lugar do primeiro turno do NBB CAIXA.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

Os mogianos asseguraram a quarta colocação e terão o mando de quadra nas quartas de final da Copa Super 8 contra o quinto colocado Paulistano/Corpore. Ainda será definida a data que o confronto acontecerá – 20, 21 ou 22 de dezembro.

Já o Vasco da Gama, com a derrota, deixou a briga por um lugar na Copa Super 8. A equipe fechou o primeiro turno com campanha de quatro vitórias em 13 oportunidades (30,7% de aproveitamento), mas ainda depende de outros resultados para saber em qual lugar ficará entre o nono e o 13º lugar.

Shamell fez uma partida daquelas. Com 24 pontos, sendo 11 deles no último quarto, o maior cestinha da história do NBB CAIXA acertou cinco bolas de 3 pontos em sete tentadas (71,4% de aproveitamento) e deixou a quadra como cestinha da grande vitória do Mogi.

Ainda pelo Mogi, o ala/pivô Gruber, autor de um duplo-duplo de 15 pontos e 11 rebotes, além de cinco assistências, foi o atleta mais eficiente da partida, com 27 de valorização. Já Gui Deodato flertou com o triplo-duplo ao registrar 12 pontos, nove rebotes e sete assistências (22 de eficiências). E por fim, o pivô JP Batista também fez um duplo-duplo, com 11 pontos e dez rebotes, além de cinco assistências (20 de eficiência).

Pelo lado do Vasco, os destaques ficaram por conta do pivô Caio Torres, com 16 pontos e quatro rebotes, do ala Gemerson, autor de 15 pontos e sete sobras, e o armador norte-americano Deonta Stocks, que deixou a quadra com 12 pontos.

A primeira parte do confronto foi favorável ao Mogi, que depois de vencer o primeiro quarto por 23 a 14, abriu 15 pontos logo nos primeiros minutos do segundo quarto (31 a 16). No entanto, o Vasco reagiu ainda no mesmo período. Com bastante intensidade na transição ofensiva, o time da casa emplacou uma corrida de 16 a 3 em seis minutos e cortou a diferença para apenas quatro pontos (36 a 32). A resposta mogiana foi rápida: cinco pontos seguidos e vantagem de nove pontos ao final do primeiro tempo (41 a 32).

A equipe mogiana seguiu em superioridade no terceiro quarto e, de maneira dominante, estendeu a diferença para 19 pontos (62 a 43). O Vasco ainda tentou uma reação, mas o máximo que conseguiu foi diminuir o prejuízo para dez pontos. Em seguida, no último quarto, os comandados do técnico Guerrinha deslancharam de novo e voltaram a abrir 19 pontos e ganhou uma bela “gordura” para segurar uma nova investida dos cariocas no final do duelo.

Próxima parada: Enquanto o Mogi medirá forças com o Paulistano pela Copa Super 8 (data será entre os dias dias 20, 21 ou 22 de dezembro), o Vasco da Gama voltará à quadra somente em 2019, no dia 09 de janeiro, contra o Sendi/Bauru Basket, em São Januário, às 19h00.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Travessias iluminadas são implantadas e melhoram a segurança dos pedestres

A Prefeitura de Mogi das Cruzes está implantando faixas de pedestres iluminadas em locais com grande movimentação de pessoas. Ao todo, 45 pontos receberão o benefício que faz parte de um convênio entre a administração municipal e o Detran, por meio do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, para a melhoria da segurança das ruas e avenidas na cidade. Oito pontos já estão em funcionamento.

Já estão em funcionamento seis pontos de travessia iluminada na avenida Francisco Rodrigues Filho. Eles estão em frente ao Terminal Rodoviário Geraldo Scavone, na altura da avenida Lourenço Della Nina Tavares, em frente ao Parque Centenário, próximo ao encontro com a avenida Ricieri José Marcatto e em pontos em que a avenida cortam a Vila Suíssa e o Botujuru. Os outros pontos já beneficiados estão na avenida Lothar Waldemar Hoehnne, na altura dos números 3.000 e 3.139, no Rodeio.


Travessias iluminadas aumentam a segurança dos pedestres no período noturno e estão sendo instaladas em locais como a avenida Francisco Rodrigues Filho. Foto: Divulgação

“As faixas iluminadas são um avanço para o trânsito de Mogi das Cruzes, uma vez que dão mais visibilidade para a travessia e mais segurança para os pedestres atravessarem no período noturno. Foram escolhidos locais com grande movimentação de veículos e pessoas e, assim, conseguimos diminuir o risco de acidentes”, destacou o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida.

O secretário lembrou ainda que as faixas iluminadas são inéditas em Mogi das Cruzes e que nas demais travessias que receberão a iluminação estão em andamento os trabalhos de implantação dos postes e da preparação do sistema elétrico.

A implantação faz parte de uma série de investimentos da Prefeitura para ampliar a segurança dos pedestres e a acessibilidade em Mogi das Cruzes. Já foram implantadas 54 rampas de acessibilidade de um total de 86 locais que serão beneficiados, entre o convênio assinado com o Detran e recursos de emenda parlamentar, e 11 lombadas.

Além disso, a cidade já ganhou 6 lombofaixas que ficam na rua Professor Álvaro Pavan, na avenida Anchieta, nas praças Sacadura Cabral e da Bandeira e no largo Prefeito Francisco Ribeiro Nogueira. Além disso, outras cinco serão implantadas.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Cantata de Natal 2018 será realizada nesta quinta-feira, 13/12

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, realiza nesta quinta-feira, 13/12/2018, a partir das 20h00, a edição 2018 da Cantata de Natal. Tradicional na cidade, o evento será realizado na Catedral de Santana e consiste em um encontro de coros da cidade, mais a Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes, em celebração ao espírito natalino.

Ao todo, sete coros participarão da Cantata. São eles: Coral 1º de Setembro, Coral da Apampesp (Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo), coral da Unai (Univerdade Aberta à Integração), Coral do Cecan (Centro de Convivência e Apoio ao Paciente com Câncer), Canarinhos do Itapety, Coral Woldemar Goetz e Coral Musicativa.


A Cantata de Natal 2018 será realizada nesta quinta-feira, a partir das 20h00, na Catedral de Santana, com a participação da Orquestra e sete coros. Foto: PMMC

De todos, o mais antigo é o Coral 1º de Setembro, que foi fundado em 1953. O grupo chegou a encerrar suas atividades em 1964, porém retomou as mesmas em 2012. Regido pela maestrina Solange Urbano, possui 33 membros atualmente, dos mais diversos segmentos da comunidade mogiana.

Só dos corais, são 256 pessoas envolvidas no evento. Soma-se isso aos 70 músicos da Orquestra Sinfônica Jovem de Mogi das Cruzes, o que resulta em mais de 300 artistas envolvidos na ação, que é um dos pontos altos da programação de Natal do município, atraindo sempre grande público.

O regente da apresentação será o maestro Lélis Gerson, que é regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem e presidente da Associação Orquestra Sinfônica de Mogi das Cruzes. O espetáculo contará ainda com as participações especiais da pianista Alex Sandra Grossi e do tenor Sérgio Wernec Junior, que também atuam como regentes dos corais do Cecan e da Unai, respectivamente.

Na programação, estão sete canções, entre composições nacionais e internacionais. São elas: “Natal Branco”, “Natal Feliz” (Franz Gruber), “Adestes Fideles” (John Francis Wade), “Jingle Bell Rock” (Boby Helms), “Carta ao Papai Noel” e “Alegria de Natal”.

O evento tem patrocínio da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Grupo JSL. A entrada é livre e gratuita a todos os interessados.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

🏀 Novo Basquete Brasil 2018/2019 – rodada 12

O Mogi das Cruzes/Helbor venceu pelo NBB CAIXA 2018/2019. Em jogo pegado, com prorrogação e final dramático, Mogi consegue virada na raça sobre o Corinthians, por 102 a 96, no Ginásio Prof. Hugo Ramos, e garantiu uma das vagas na Copa Super 8.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

Com a vitória, o Mogi, quarto colocado, ficou com campanha de oito vitórias em 12 jogos (66,7% de aproveitamento) e carimbou uma vaga na Copa Super 8. Já o Corinthians, com o revés, viu a chance de se qualificar entre os oito que vão para a Copa Super 8 ficar mais longe. Com campanha de quatro triunfos em 12 partidas (33,3% de aproveitamento), o alvinegro ocupa a décima colocação do NBB CAIXA 2018/2019.

Dois jogadores dividiram o título de cestinha da partida: o pivô JP Batista, do Mogi, e o ala/pivô Giovannoni, do Corinthians. Decisivos, cada um contribuiu com 27 pontos e foram essenciais para que se concretizasse um placar tão alto após o apito final.

Além dos 27 pontos, o pivô JP Batista contribuiu com 13 rebotes, além de atingir 31 no índice de eficiência. Único jogador na partida com um duplo-duplo e o atleta com o maior índice de eficiência no jogo. Partida digna de aplausos para JP Batista.

Disputa de bola. Foto: LNB

Com um jogo muito aberto e de muitos pontos, o primeiro quarto ficou marcado pela grande atuação do pivô JP Batista, do Mogi, que liderou a equipe o time mogiano no ataque ao contribuir com 11 pontos na primeira parcial. Mesmo com essa situação, o ataque do Corinthians não decepcionou e, com boa atuação do armador norte-americano Fuller e do ala/pivô Giovannoni, ambos com seis pontos no período, conseguiu segurar o ataque do Mogi e ir para o segundo quarto com a vantagem (24 a 21).

Na volta para os dez minutos finais do primeiro tempo, a dupla Uruguaia do Corinthians, formada pelo armador Parodi, com oito pontos no período, e pelo ala Aguiar, com sete pontos na parcial, foi decisiva para o êxito do Timão no segundo quarto. Ao todo, os dois contribuíram com 15 dos 26 pontos marcados pelo Corinthians no segundo quarto, o que foi suficiente para o time alvinegro ir para o intervalo à frente no placar, mesmo após a boa atuação do ala Gui Deodato, do Mogi, com 10 pontos no período (50 a 46).

O início do terceiro quarto foi todo do Corinthians. Com o equilíbrio da rotação do elenco e o bom aproveitamento nos chutes, o time alvinegro chegou a abrir sete pontos de vantagem, mas viu essa distancia diminuir nos últimos cinco minutos da parcial. Já no último minuto da partida, o Mogi encostou no placar e reduziu a vantagem (68 a 63).

Nos dez minutos finais, o Corinthians manteve o ritmo e esteve na liderança no placar por todo o último quarto. Nos segundos finais, no momento em que o jogo estava 86 a 83, o jogo caminhava para um triunfo importante do Corinthians, mas após falta cometida pelo uruguaio Parodi sobre Arthur Pecos, o Mogi foi para a linha de lance livre com direito a dois chutes. A primeira cobrança foi convertida, mas após errar a segunda e a bola sobrar no garrafão, o pivô João Pedro, que acabará de entrar, converteu dois pontos e levou o jogo para a prorrogação.

Com a moral abalada após o final do quarto período, o Corinthians voltou mal, sofreu a virada com bola de dois pontos do armador Arthur Pecos, e não conseguiu mais retomar a dianteira. Já no final, o time mogiano uniu um bom aproveitamento ofensivo com uma forte defesa e, dessa forma, anulou qualquer chance do time do Parque São Jorge vencer o jogo.

Próxima parada: Agora o Corinthians receberá em seus domínios o Sendi/Bauru Basket, no próximo sábado, 15/12, no Ginásio Wlamir Marques, às 14h00, com transmissão ao vivo na Band. Já o Mogi, na próxima sexta-feira, 14/12, viajará para o Rio de Janeiro e medirá forças com o Vasco da Gama, no Ginásio de São Januário, com transmissão ao vivo do FoxSports.

Fonte: Liga Nacional de Basquete