Obras alteram intervalos da CPTM neste fim de semana​ (27 e 28/08/2016)

Neste final de semana (27 e 28/08/2016), a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) prosseguirá com as obras de modernização em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem.

Veja como fica a operação em cada linha da região:

Linha 11-Coral [Luz – Guaianases]: Domingo, 28/08, das 7h00 às 21h00, em razão de serviços no sistema de rede área e nos equipamentos de via permanente entre as estações Luz e Tatuapé, o intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Luz e Brás, e de 30 minutos entre Brás e Guaianases.

Linha 11-Coral [Guaianases – Estudantes]: Sábado, 27/08, das 22h00 até o fim da operação comercial, por conta das intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Ferraz de Vasconcelos e Poá, o intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Domingo, 28/08, das 6h00 às 21h00, prosseguirão os serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Ferraz de Vasconcelos e Poá, além das obras de modernização da Estação Poá. O intervalo médio entre os trens será de 22 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás – Calmon Viana]: Domingo, 28/08, das 4h00 até meia-noite, serão realizadas obras no sistema de rede aérea nas proximidades da Estação Itaquaquecetuba. O intervalo médio entre os trens será de 15 minutos entre as estações Brás e Eng. Manoel Feio e, de 30 minutos entre as estações Eng. Manoel Feio e Calmon Viana.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800-0550121.

Fonte: CPTM

Aniversário de 456 anos de Mogi terá shows e inaugurações

A agenda em comemoração ao aniversário de 456 anos de Mogi das Cruzes tem sequencia ao longo da próxima semana com diversos eventos e inaugurações. Na quinta-feira, 01/09/2016, tem início a ‘Exposição de Quimonos’, das 8h00 às 18h00 no Parque Centenário, e o desfile cívico-militar na Avenida Cívica, a partir das 9h00. Já a Expo Mogi, que é a tradicional festa de comemoração do aniversário da cidade, abre as portas ao público a partir das 10h00.

Confira a programação completa do aniversário de Mogi

A entrega da reforma e acessibilidade do prédio sede da Prefeitura acontecerá no dia 06/09 (terça-feira), a partir das 10h00. No mesmo dia, a partir das 20h00, será a vez da abertura da nova Galeria de Prefeitos e da ‘Exposição Mogi das Cruzes 456 anos’, também na Prefeitura.

Um dos destaques da Expo Mogi será os shows com artistas renomados, que serão sempre antecedidos por apresentações de artistas locais. No primeiro dia, 01/09, quem toma o palco é a dupla César Menotti e Fabiano, após o show dos cantores mogianos Douglas e Rodrigo. Na sexta-feira, 02/08, o destaque é o show da banda NX Zero, que virá depois da apresentação do cantor local SlowMind. No sábado, 03/09, a atração principal será o show com Victor e Leo, com a participação especial da Orquestra Sinfônica Minha Terra Mogi, Coral Canarinhos do Itapety e Mil Vozes. No domingo, 04/09, acontece a apresentação do cantor Moacir Franco.

Nos três primeiros dias, as atividades no palco externo da ExpoMogi começam às 19h30 e os grandes shows são a partir das 21h00. Já no último dia a programação será antecipada em uma hora. Desta forma, a apresentação de abertura começa às 18h30 e o show maior será às 20h00.

Campeonato Paulista de Basquete 2016 – Rodada 8

O Mogi das Cruzes/Helbor se isolou na liderança do Campeonato Paulista de Basquete ao derrotar o Basquete Osasco, nesta quinta-feira, 25/08/2016, por 84 a 75 (46 a 28 no primeiro tempo), mesmo atuando no ginásio Municipal Sebastiao Rafael da Silva (Geodésico), em Osasco, no complemento da rodada inicial do returno da fase inicial. Depois de um primeiro quarto equilibrado (14 a 15), o time mogiano cresceu no segundo e abriu vantagem (32 a 13), o que foi preponderante para vencer, já que a agremiação de Osasco tentou a recuperação nos dois períodos finais (24 a 17 e 23 a 21).

Os principais nomes da partida foram Gustavo Basílio (20 pontos, 04 rebotes, 04 assistências e 04 bolas recuperadas) e Lupa dos Santos (17 pontos, 11 rebotes, 03 assistências e 01 bola recuperada – double-double), pelo time da casa; o norte-americano Tyrone Curnell (23 pontos, 11 rebotes, 03 assistências e 03 bolas recuperadas – double-double) e Caio Torres (18 pontos, 09 rebotes, 02 assistências, 02 bolas recuperadas e 01 bloqueio), em favor do visitante. A estatística completa da partida pode ser conferida neste link.

Nós fizemos um primeiro tempo perfeito e um segundo tempo terrível. Ficar na frente 18 pontos e não pode perder a concentração. Do outro lado, é claro que a equipe está jogando em casa e veio para o terceiro quarto para o tudo ou nada. Mas nós temos experiência, leitura de jogo para sair dessa de uma forma mais tranquila do que o segundo tempo que nós tivemos. Tem que jogar muito mais na vontade e na raça do que na experiência”, adverte o técnico Jorge Guerra, do Mogi das Cruzes/Helbor.

A competição tem sequência no sábado, 27/08, com a realização de uma rodada completa: Mogi das Cruzes/Helbor x EC Pinheiros, às 14h30, em Mogi das Cruzes, com transmissão ao vivo pela Rede TV!; Basquete Osasco x Bauru Basket, às 16h00, em Osasco; XV/Raizen/Unimed/Unimep/Selam x Paulistano/Corpore, às 18h00, em Piracicaba; Franca Basquete/Magazine Luiza x América/UNIRP/Rodobens/SMEL/3M, às 18h00, em Franca; e Rio Claro Basquete x Liga Sorocabana de Basquete, às 18h00, em Rio Claro.

Fonte: Federação Paulista de Basketball

Governo inicia trabalhos de desassoreamento do Tietê

Neste sábado, 20/08/2016, foram iniciadas as obras de desassoreamento de 44,2 quilômetros do rio Tietê, em Mogi das Cruzes. “Estamos iniciando uma obra estruturante e importante para toda bacia do Alto Tietê, que é o desassoreamento de 44 quilômetros do rio. Com a retirada de 343 mil metros cúbicos de sujeira, limpamos o rio, aprofundamos a calha e ajudamos toda a micro e macrodrenagem da região“, explicou o governador Geraldo Alckmin, que esteve presente no início dos trabalhos responsáveis por evitar as enchentes causadas por falta de escoamento das águas dos córregos e rios que desaguam no Tietê.

O trabalho é realizado pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e inclui a remoção de aproximadamente 343 mil m³ de sedimentos (como areia, argila e materiais não inertes) e lixo depositados no fundo do canal, o que deverá contribuir para evitar inundações nos municípios beneficiados: Poá, Suzano, Itaquaquecetuba e Mogi das Cruzes. A expectativa é concluir o trecho em 18 meses. O investimento do Governo do Estado é de R$ 37,7 milhões.

Governo vai desassorear mais de 40 quilômetros do Rio Tietê, a partir de Mogi. Foto: A2img / Daniel Guimarães

O investimento do Estado no desassoreamento do Tietê é de R$ 735,8 milhões entre 2011 e 2016, quando foram removidos 10,8 milhões m³ de detritos do rio e de seus afluentes. Foram aplicados R$ 532,4 milhões no próprio Tietê, divididos entre os lotes 1, 2 e 3 (7,2 milhões m³), e mais R$ 203,4 milhões nos demais cursos d’água (3,3 milhões m³).

O Lote 1 tem 16,5 km de extensão entre a barragem Edgard de Souza e o Cebolão, pelos municípios de Santana de Parnaíba, Barueri, Carapicuíba e Osasco. Já o Lote 2, com 24,5 km em São Paulo, vai do Cebolão à barragem da Penha. Por fim, o Lote 3 tem mais 25 km na capital, entre a barragem da Penha e o córrego Três Pontes.

Em Biritiba Mirim e Salesópolis, o DAEE está investindo mais de R$ 6,5 milhões no desassoreamento de 5 quilômetros do rio Tietê (a montante do canal de adução da Sabesp para o reservatório do Biritiba) e 5 quilômetros do rio Paraitinga (a partir da foz com o rio Tietê) nos municípios de Biritiba Mirim e Salesópolis. As máquinas estão removendo 61,5 mil m³ de sedimentos nesse trecho, denominado Lote 5, que foi atingido por alagamentos em novembro de 2014. O DAEE já executou 25% do trabalho contratado no trecho.

Fonte: Portal do Governo do Estado

EDP faz balanço de combate às fraudes de energia em São Paulo

Prática perigosa que coloca em risco a vida das pessoas, as fraudes de energia também podem diminuir a qualidade da eletricidade fornecida aos clientes e aumentar o valor da conta de luz daqueles que são regulares.  Para combater esse tipo de crime, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, realizou nos 28 municípios de sua área de concessão, entre os meses de janeiro a julho deste ano, mais de 65 mil inspeções em campo.

No primeiro semestre de 2016, foram recuperados 34.154 MWh de energia, volume suficiente para abastecer uma cidade com 186 mil clientes por um mês. Somente nos oito municípios que compreendem a região do Alto Tietê, foram realizadas 17.961 inspeções, com 13.385 MWh de recuperação. As atividades em campo são realizadas por equipes técnicas com treinamento específico para identificar irregularidades no medidor, ou qualquer anormalidade na rede.

Previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro, a fraude ou furto de energia é crime: “Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 01 (um) a 04 (quatro) anos, e multa”. A ação ilegal pode provocar sobrecarga na rede elétrica, com prejuízo para a população, que sofre com a interrupção ou oscilação do fornecimento para sua residência e nas vias públicas. As ligações irregulares trazem ainda o risco de acidentes mais sérios, como a morte do infrator ou de terceiros, pois os cabos da rede elétrica sempre estão energizados.

EDP

As fraudes também trazem prejuízos financeiros, e não apenas para a Concessionária. Os próprios clientes são lesados, já que a tarifa do consumidor abrange parte das perdas elétricas da Distribuidora, e o custo da energia usada irregularmente é parcialmente repassado a todos os usuários regulares da rede”, explica o Relações Institucionais da EDP, Marcos Scarpa.

É importante destacar que a EDP atua rigorosamente em duas frentes: inspeções direcionadas por modelos estatísticos computacionais, que têm como foco identificar irregularidades no sistema de medição de energia; e a retirada de ligações irregulares, feitas diretamente a partir da rede de distribuição, que ficam visíveis às equipes de campo da Distribuidora.

Com intuito de coibir cada vez mais a prática da clandestinidade, a empresa pede que a população contribua e denuncie as ligações irregulares. Para tanto, disponibiliza os canais de atendimento os consumidores: Agência Virtual, Central de Atendimento ao Cliente, no 0800 721 0123, que funcionam 24 horas e com ligação gratuita ou se dirigir até uma das agências de atendimento presencial. O sigilo é total, e a inspeção, realizada com a máxima urgência.