Obras alteram intervalos da CPTM neste domingo, 20/01/2019

Neste domingo, 20/01/2019, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM prosseguirá com as obras em algumas de suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem.

Todos os direitos reservados a CPTM

Veja como fica a operação em cada linha da região:

Linha 11-Coral [Luz – Guaianases]: Domingo, 20/01, das 4h00 à meia-noite, as obras de modernização ocorrerão no sistema de rede aérea entre as estações Corinthians-Itaquera e Guaianases. O intervalo médio será de 15 minutos de Luz a Brás e de 30 minutos de Brás a Guaianases.

Linha 11-Coral [Guaianases – Estudantes]: Domingo, 20, das 4h00 à meia-noite, também haverá obras de modernização do sistema de rede aérea entre as estações Antonio Gianetti Neto e Ferraz de Vasconcelos. O intervalo médio dos trens será de 22 minutos entre Guaianases e Estudantes.

Linha 12-Safira [Brás – Calmon Viana]: Domingo, 20, das 4h00 à meia-noite, em decorrência de serviços nos equipamentos de via permanente, entre as estações Comendador Ermelino e São Miguel Paulista, o intervalo médio entre os trens será de 25 minutos em toda a linha.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800-0550121.

Fonte: CPTM

Anúncios

Reunião discute a chegada do Expresso Leste a Mogi das Cruzes em todos os horários

O prefeito Marcus Melo se reuniu, na manhã desta quinta-feira, 17/01/2019, com o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy. Durante o encontro, o secretário informou que já estão sendo adotados os procedimentos para a extensão do Expresso Leste até Mogi das Cruzes, com o fim da baldeação na estação Guaianases. A reunião aconteceu em São Paulo e contou com a participação do deputado federal eleito Marco Bertaiolli e do presidente da Câmara Municipal, Sadao Sakai.

“Foi uma reunião bastante produtiva e o secretário se comprometeu a trabalhar para que o Expresso Leste chegue definitivamente a Mogi das Cruzes. Estamos fazendo um trabalho unido para poder melhorar o dia a dia dos usuários da Linha 11, que é a mais movimentada da CPTM”, destacou Marcus Melo.

Secretário Baldy informou sobre ampliação do Expresso Leste, em reunião com Marcus Melo, o deputado Bertaiolli e o presidente da Câmara, Sadao Sakai. Foto: Ney Sarmento/PMMC

O secretário reforçou que o Governo do Estado já realizou estudos e análises para que o Expresso Leste possa chegar a Mogi das Cruzes em todos os horários. Atualmente, os passageiros necessitam trocar de trens na estação Guaianases e apenas algumas viagens durante o dia acontecem de forma direta. Somente entre as estações Estudantes e Guaianases, circulam cerca de 220 mil pessoas por dia útil.

É compromisso do governador João Dória melhorar o transporte público em toda a Região Metropolitana e é nossa prioridade fazer que o Expresso Leste, que é uma expectativa por parte dos moradores de Mogi das Cruzes, una toda a linha e saia do papel definitivamente este ano. Já estamos com todos os estudos e todas as análises prontas para que possamos ir para o campo da realização”, afirmou o secretário.

Durante a reunião, também foi reiterada a solicitação para que as estações da CPTM em Mogi das Cruzes sejam reformadas e modernizadas. O secretário recebeu um levantamento sobre a situação atual das estações.

Entre os investimentos solicitados, está a nova estação Mogi das Cruzes, que seria construída nas proximidades do Terminal Central e faz parte das obras de requalificação urbana da região da praça Sacadura Cabral.

No projeto inicial, a estação será deslocada em cerca de 150 metros e ficará em frente ao Terminal Central, de onde partirá uma passarela para que os usuários acessem as plataformas ou atravessem a linha férrea. Ainda segundo o projeto, a nova Estação Mogi das Cruzes será construída em um mezanino e terá ligação com o terminal de ônibus por meio de uma passarela. A nova estação também terá acesso à nova praça que será formada com a passagem subterrânea. Ainda estão previstos estacionamento e bicicletários.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

🏀 Novo Basquete Brasil 2018/2019 – rodada 16

O nome dele é Clutch e eu conheci ele no NBB CAIXA”. Estamos falando de Shamell, que mais uma vez foi decisivo para o Mogi das Cruzes/Helbor. Com quatro pontos e uma roubada de bola, o maior cestinha da história da competição brilhou no fim e deu a vitória a sua equipe em uma partida extremamente equilibrada diante do Universo/CAIXA/Brasília, por 80 a 76, na noite desta terça, 15/01/2019, no Ginásio da Asceb, na capital federal.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

Com o placar empatado, Shamell sofreu falta e converteu dois lances livres para deixar Mogi em vantagem (78 a 76), com pouco mais de cinco segundos para o fim. Depois, no lance seguinte, roubou a bola após reposição lateral do Brasília e sacramentou a vitória mogiana com mais dois lances livres após receber outra falta.

Zach Graham, do Brasília, e Gruber, do Mogi. Foto: LNB

O que faz um time campeão é lance livre, rebote e defesa e fico feliz de ter acabado o jogo bem. Não estava fazendo uma boa partida, mas no fim puder ajudar meu time a ficar com a vitória”, disse Shamell, que fechou a partida como cestinha do Mogi, com 17 pontos.

Com o resultado, Mogi chegou a 12 vitórias em 16 partida e assumiu a terceira posição, com a mesma campanha do Paulistano/Corpore, quarto colocado. A equipe também segue na cola dos líderes Franca e Pinheiros, que também têm 12 triunfos na conta, mas com um e dois jogos a menos, respectivamente.

Além de Shamell, Mogi contou com boas atuações de Gruber, autor de 15 pontos, e JP Batista, que mesmo muito bem marcado pela defesa rival anotou um duplo-duplo de 13 pontos e dez rebotes, sendo nove pontos e quatro rebotes no último quarto.

Universo/CAIXA/Brasília e Mogi das Cruzes/Helbor fizeram uma partida extremamente equilibrada do início ao fim. Prova disso é que a liderança trocou de lado 13 vezes e o placar esteve empatado em seis oportunidades.

Do lado do Brasília, o ala Arthur teve sua melhor atuação na temporada e foi o cestinha da partida, com 24 pontos, sendo 12 no terceiro quarto. Já o norte-americano Zach Graham marcou 22 e segue como maior pontuador deste NBB CAIXA.

Com grande momento de Arthur, Brasília abriu oito pontos de frente – sua maior vantagem na partida. Mas, logo no início do período seguinte, Mogi cortou a diferença para apenas três pontos e o jogo seguiu equilibrado até os segundos finais.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

6º Festival de Verão começa neste sábado, 19/01/2019

A partir deste sábado, 19/01/2019, Mogi das Cruzes será palco para a 6ª edição do Festival de Verão. O evento, que tem como proposta oferecer programação cultural de qualidade durante o período de férias escolares, estende-se até o dia 9 de fevereiro. Serão, ao todo, 17 atrações, de linguagens como música, teatro, cinema, literatura e artes plásticas, todas com entrada gratuita.

Veja a programação completa

O Festival de Verão abre a agenda cultural do ano e será realizado a custo zero pela Prefeitura. Isto é, não haverá gastos com montagem de palcos e infraestrutura, nem contratação de artistas de fora. Assim, serão utilizados para as atrações palcos fixos da cidade, que são: o Theatro Vasques, o Centro Cultural de Mogi das Cruzes e o prédio da Banda Santa Cecília.

Um dos destaques da programação são os lançamentos de CDs que foram gravados no Estúdio Municipal de Áudio e Música – o EMAM. Serão cinco lançamentos ao longo do Festival, de grupos e artistas locais, começando pelo lançamento do CD da Orquestra de Violas, que abre a programação noturna do Festival de Verão, neste sábado, 19/01, a partir das 19h00, no Centro Cultural de Mogi das Cruzes.

A Orquestra de Violas de Mogi das Cruzes abre a programação noturna do 6º Festival de Verão de Mogi das Cruzes, com lançamento de CD neste sábado. Foto: Divulgação/Internet

Antes disso, no próprio sábado, 19/01, o Centro Cultural recebe, das 9h00 às 13h00, o primeiro módulo do curso “Trocando Memórias: Contação de Histórias”, da Associação Arte Despertar. O curso tem apoio do ProAC e será realizado por cinco sábados consecutivos, até o dia 23 de fevereiro. As vagas já estão preenchidas.

Também serão lançados o audiolivro “Coleção Arteira”, de Bia Pozo e os CDs musicais “Um cancioneiro Degustador de Palavras”, de Serginho Machado, “Jaqueta e Pisante”, da banda Ocre e “Sempre Vale a Pena”, de Rui Ponciano.

O festival terá uma forte programação do segmento de cinema, direcionado aos públicos infantil e adulto, com parceria do programa Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som) e Programadora Brasil. Haverá sessões gratuitas nos dias 23 e 30 de janeiro e também no dia 6 de fevereiro. As sessões serão sempre no Centro Cultural, em dois horários: a partir das 15h00 começa a programação direcionada ao público infantil e às 19h00 tem início a seleção para o público adulto.

Pela programação infantil, serão exibidos os títulos “Calango Lengo”, de Fernando Miller, “Dayane e Zé Firo”, de Marta Kawamura, “Josué e o Pé de Macaxeira”, de Diogo Viegas, “Um Lugar Comum”, de Jonas Brandão, “Mocó Jack”, de Luiz Botosso e Thiago Veiga, “Ornithophonia”, de Daniel Paiva e “Josemildo”, de Eduardo Gameiro e Walkir Fernandes.

Já na seleção para o público adulto, estão os filmes “Bonitinha, mas ordinária”, de J.P. de Carvalho, “Cinemas, Aspirinas e Urubus”, de Marcelo Gomes e “A Navalha na Carne”, de Braz Chediak.

O Festival de Verão também vai contar com a exposição “Galhinhos Entre Nós”, do artista plástico Maurício Chaer, que abre no dia 25 de janeiro e fica até 28 de fevereiro no Centro Cultural de Mogi das Cruzes.

Haverá ainda a apresentação de dois espetáculos que receberam incentivo do Governo do Estado, por meio do ProAC – Programa de Ação Cultural. São eles: “Palavra de Stela”, que aborda a vida e obra da poetisa Stela do Patrocínio e “O Menino do Gigante”, do grupo teatral suzanense Teatro da Neura.

A programação contará com uma edição do programa Musicalidade e Capoeira/ Vozes do Berimbau, que acontece sempre no prédio da Banda Santa Cecília e terá ainda um show com o cantor Paulo Higa, no dia 8 de fevereiro, às 20h00, no Centro Cultural de Mogi das Cruzes.

Mais informações sobre o 6º Festival de Verão de Mogi das Cruzes podem ser obtidas pelo telefone 4798-6900.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Tarifa do transporte coletivo tem alteração a partir desta segunda, 14/01/2019

A tarifa do sistema de transporte coletivo de Mogi das Cruzes terá alteração a partir desta segunda-feira, 14/01/2019 – mesmo com a isenção de ISS para empresas de transporte até 2021, que visava a “manutenção ou redução” do preço da passagem dos ônibus municipais. O valor passará a R$ 4,50, que havia sido aprovado pelo Conselho Municipal de Transportes, Trânsito e Mobilidade Urbana (CMTTMU) e é menor do que os apresentados pelas empresas concessionárias. O valor do passe escolar permanecerá representando 41,5% da tarifa integral, passando a R$ 1,87.

Na capital paulista, o preço da passagem de ônibus municipal passou a valer R$ 4,30. As tarifas do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) passarão a custar também R$ 4,30 no domingo, 13.

O novo valor também está abaixo da tarifa técnica unificada, aferida com a média das tarifas técnicas das duas empresas. Por este cálculo, o valor seria R$ 4,57. Em suas solicitações, a CS Brasil solicitou tarifa de R$ 5,16 e a Princesa, R$ 5,35.


O secretário de Transportes, José Luiz Freire de Almeida, explicou os cálculos para a definição da nova tarifa. Foto: Junior Lago/PMMC

Para chegar ao novo valor da tarifa, a Secretaria Municipal de Transportes realizou estudos técnicos levaram em consideração as variações de valores que impactam no custo do sistema e, consequentemente na tarifa, como salários dos operadores do sistema, combustível, insumos, peças, entre outros. Além disso, foi levado em consideração que a atual tarifa está em vigor desde 29 de janeiro de 2017, sendo que em 2018 não houve reajuste. O material foi apresentado na quinta-feira, 10/01, ao CMTTMU e aprovado por 13 votos a 4.

Atualmente, a tarifa do transporte coletivo de Mogi das Cruzes é de R$ 4,10. O sistema permite a integração, com a utilização do Cartão SIM. Com isso, o passageiro pode utilizar dois ônibus (que servem regiões diferentes) pagando uma passagem no período de uma hora e meia. O sistema transporta mensalmente cerca de 3,3 milhões de passageiros por mês, sendo que 32,45% deste total referem-se a algum tipo de gratuidade. São 243 ônibus que operam 84 linhas, ligando todas as regiões da cidade.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes