🏀 Campeonato Paulista de Basquete 2018 – rodada 4

A equipe do Mogi/Helbor conquistou na noite desta quinta-feira, 09/08/2018, em Osasco, sua segunda vitória seguida no primeiro turno da fase de classificação do Campeonato Paulista de Basquete 2018. O time dirigido pelo técnico Jorge Guerra derrotou o Basquete Osasco por 83 a 68 (42 a 28 no primeiro tempo). Agora o time mogiano tem 50% de aproveitamento. Começou o campeonato perdendo duas seguidas – Liga Sorocabana e Bauru. Já o time de Osasco, sofreu a quinta derrota seguida.

A partida teve alguns momentos distintos. O primeiro período foi equilibrado, com o Mogi vencendo por 16 a 14. Já no segundo, a equipe vice-campeã brasileira jogou melhor e fez 26 a 14. Já no terceiro período, uma reação espetacular de Osasco que fez 20 a 12. Com um time mais experiente e entrosado, o Mogi fez 29 a 20 no quarto período para fechar o jogo em 15 pontos.

O pivô JP Batista, com 21 pontos, 15 rebotes e sete assistências foi o principal destaque de Mogi, seguido por Arthur Pecos (16 pontos, sete assistências e dois rebotes) e Luiz Gruber (10 pontos, oito rebotes e uma assistência) e Guilherme Filipin (10 pontos, seis rebotes e três assistências). O time pegou 48 rebotes, sendo 10 ofensivos e aproveitamento de 61% de tentativas de dois pontos (27 de 44 arremessos).

O pivô JP Batista foi decisivo para a vitória do Mogi/Helbor ao marcar 21 pontos, mais 15 rebotes (duplo-duplo) e sete assistências. Foto: Antonio Penedo/Mogi

Já pelo lado de Osasco, Vitor Machado, com 13 pontos e dois rebotes, mais Kleton Torres, com 11 pontos e quatro rebotes) e Leonardo Oliveira, com 10 pontos e dois rebotes. O time todo pegou 50 rebotes, sendo 15 ofensivos, porém teve baixo aproveitamento de dois pontos: 31%, com 14 bolas certas de 45 tentativas.

“Uma das coisas que gosto mais de fazer é dar assistência. Não existe coisa melhor do que fazer os outros melhores. O jogo de hoje foi um jogo em que eu pude soltar mais a bola. Com a defesa fechando muito, eu consegui esse feito. A gente sabia que essa equipe do Osasco deu trabalho para as equipes que vieram aqui e a nossa mentalidade era vir aqui e bater de frente, impor o nosso ritmo. A gente conseguiu. Agora é continuar evoluindo e treinando porque a temporada é longa”, declarou o pivô JP Batista, cestinha de Mogi e da partida.

Fonte: Federação Paulista de Basketball

Anúncios