🏀 Novo Basquete Brasil 2017/2018 – Final – jogo 3

O Paulistano/Corpore está novamente em vantagem nas Finais do NBB CAIXA. Neste sábado, 26/05/2018, no Ginásio Wlamir Marques, em São Paulo, o clube da capital paulista venceu o Jogo 3 contra o Mogi das Cruzes/Helbor, por 88 a 84, e abriu 2 a 1 na série que definirá o grande campeão da temporada 17/18.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

E agora? O Jogo 4 das Finais acontece no próximo sábado, 02/06, às 14h00, no Ginásio Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes, com transmissões ao vivo de Band e SporTV. Se vencer, o Paulistano fica com o título. Já o Mogi precisa da vitória para forçar o Jogo 5.

Shamell, do Mogi, e Fuller, do Paulistano. Foto: LNB

“Tivemos coragem para jogar com pressão depois de perder um jogo em que não vimos a cor da bola. Tivemos coragem para atacar da mesma forma e buscar o que fizemos a temporada inteira. Tivemos disposição para pegar os rebotes, porque em Finais tem muito mais erros do que acertos, então é importante ter as segundas bolas”, disse Gustavo De Conti.

“Podemos analisar o último quarto por dois ângulos. Me incomodaram as bolas que perdemos na saída de bola, mas tivemos sangue frio. Não é fácil segurar uma pressão dessas dentro de casa, você às vezes fica até mais pressionado, mas conseguimos segurar. Prefiro valorizar isso. Convertemos lances livres com Nesbitt e Lucas, Yago soube bater para dentro e achar o Deryk fora, fomos bem no fim. Agora prefiro valorizar esse lado positivo, mas durante a semana com certeza vamos tocar nos erros que cometemos”, completou o treinador do Paulistano.

Eles tentaram: Do lado mogiano, a pontuação ficou concentrada na dupla Tyrone e Shamell. O ala/pivô foi o cestinha do jogo, com 20 pontos, enquanto que o camisa 24 marcou 19. Fundamental na reação da equipe, Larry Taylor marcou dez pontos (oito no último quarto).

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios