🏀 Liga das Américas 2018 – Semifinal

O Brasil está de volta à decisão da Liga das Américas. Na noite deste sábado, 24/03/2018, o Mogi das Cruzes/Helbor bateu o Regatas Corrientes, da Argentina, por 78 a 74, em plena Buenos Aires, e se classificou de forma inédita para grande final da principal competição da América Latina.

Com o resultado positivo, o Mogi chegou a sua primeira final de Liga das Américas na história. O time brasileiro terá o anfitrião San Lorenzo pela frente na busca do inédito título. A decisão já é neste domingo, 25, às 21h30 (de Brasília), com transmissão ao vivo do SporTV.com.

Após fechar o primeiro quarto com sete pontos de desvantagem (21 a 14), o Mogi fez oito pontos seguidos rapidamente e assumiu a frente do marcador, para não perder mais. Com ótimo desempenho ofensivo na parcial, os comandados de Guerrinha fizeram 28 a 14 e foram para o intervalo com devolvendo desvantagem de sete pontos, com 42 a 35 no placar.

Mogi das Cruzes/Helbor x Regatas Corrientes. Foto: FIBA Americas

Com altos e baixos na volta do intervalo, o Mogi conseguiu aplicar boa sequência na reta final do terceiro quarto e foi para os 10 minutos com dez pontos de frente (60 a 50). Depois de rápida reação do Regatas nos minutos iniciais, a parcial final se tornou bem tensa.

Vencendo por dois pontos, a 37 segundos do fim (76 a 74), o mogianos recuperaram a bola e, na sequência, Shamell sofreu falta. O ala foi à linha do lance livre, converteu os dois e deixou o time paulista com duas posses de vantagem pela primeira vez em muito tempo. O Quinteros ainda tentou recolocar a equipe argentina no jogo, mas errou arremesso de 3 pontos, o que deu números finais ao jogo.

Deixa com ele: Atleta de enorme experiência, Shamell já demonstrou seu talento em grandes jogos internacionais. Nesta noite, o norte-americano mais uma vez teve grande atuação em jogo desta altura. Além de protagonista de uma das jogadas decisivas, o camisa 24 anotou 19 pontos e deixou a quadra como cestinha da partida.

Além de Shamell, outros três nomes do quinteto titular mogiano tiveram grandes atuações e, de quebra, todos registraram um duplo-duplo. Tyrone foi responsável por 18 pontos e 11 rebotes; Larry Taylor anotou 13 tentos e pegou 10 sobras; enquanto Caio Torres contribuiu com 10 pontos e 10 rebotes.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios