🏀 Novo Basquete Brasil 2017/2018 – rodada 24

A fase de classificação do NBB CAIXA 2017/2018 está chegando ao fim e Mogi das Cruzes/Helbor e Flamengo trataram de fazer uma partida com “cara de playoffs”. Neste sábado, 10/03/2018, no Ginásio Hugo Ramos, as duas equipes travaram um duelo extremamente equilibrado do início ao fim e quem levou a melhor foi o time carioca, de maneira dramática, por 75 a 72.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Com a vitória, a oitava seguida e a 17ª nos últimos 18 jogos, o clube da Gávea assegurou pelo menos a vice-liderança da fase de classificação. Agora com um total de 22 triunfos em 25 jogos, o esquadrão rubro-negro ainda pode ultrapassar o líder Paulistano/Corpore. Para isso, precisa contar com uma derrota dos rivais nos últimos dois jogos, além de vencer suas três partidas restantes.

O jogo deste sábado foi um duelo de tirar o fôlego. A maior prova disso é que a liderança mudou de lado incríveis 18 vezes e o placar ainda esteve empatado em 14 oportunidades. A maior vantagem rubro-negra foi de seis pontos, enquanto que Mogi conseguiu abrir no máximo três pontos de frente.

Fabrício, do Mogi. Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor

Este foi o 21º confronto entre as equipes na história do NBB CAIXA e pela 17ª vez a diferença ficou abaixo dos dez pontos. Levadas em consideração apenas as partidas jogadas no Ginásio Hugo Ramos, o cenário é ainda mais equilibrado e sete dos nove jogos tiveram diferença abaixo dos cinco pontos. No entanto, o Flamengo leva larga vantagem no histórico do duelo, com 17 vitórias contra quatro dos mogianos.

“Jogamos com muita raça, e isso fez a diferença. Todos os jogos que fazemos com Mogi são assim decididos no fim e sabíamos que hoje não seria diferente. Mogi é uma equipe que joga com muita energia, ainda mais jogando em casa, e nossa equipe mostrou muita força para vencer esse jogo”, disse o pivô rubro-negro JP Batista, que contribuiu com oito pontos e cinco rebotes.

Alerta ligado: Mogi sofreu sua oitava derrota em 24 jogos e segue na quarta colocação. No entanto, a equipe está apenas uma vitória à frente do Sendi/Bauru Basket, quinto colocado, e as equipes farão um duelo direto pelo G-4, na próxima quinta, 15/03, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru.

“Foi um jogo intenso e pesado. Qualquer um dos dois poderia ganhar hoje, mas infelizmente a gente perdeu. A gente está confiante para ficar no G-4. Precisamos ganhar jogos agora, a começar pelo Minas segunda, mas a gente não está preocupado com isso. Estamos focados nos playoffs. Somos os dois melhores times do Brasil e sempre Mogi e Flamengo vai pegar fogo. Quando dois times assim jogam, é um jogaço”, disse Tyrone.

Casa cheia: Como de costume, a torcida mogiana não só lotou as arquibancadas do “Hugão”, como também fez muito barulho o tempo todo. O público total da partida deste sábado foi de 4.888 pessoas.

E agora? O próximo compromisso do Flamengo será o rival Botafogo, nesta segunda-feira, 12/03, na Arena Carioca 1. A partida está marcada para as 19h00 e terá transmissão ao vivo dos canais SporTV. No mesmo dia, o Mogi enfrentará o Minas Tênis Clube, novamente em casa.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios