🏀 Novo Basquete Brasil 2017/2018 – rodada 19

Foi com muita emoção que o Mogi das Cruzes/Helbor colocou mais um resultado positivo na conta no NBB CAIXA 2017/2018. Na noite desta sexta-feira, 16/02/2018, ao lado de sua torcida, no Ginásio Hugo Ramos, o time paulista contou com um arremesso de três de Jimmy no último segundo para segurar uma incrível reação do Banrisul/Caxias Basquete e triunfar por 76 a 75.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Reação incrível: No início do último quarto, a vantagem mogiana chegou aos 20 pontos, mas Caxias não se entregou e foi buscar. Com destaque para Cauê Borges, que marcou 12 pontos na parcial, o time do Sul emplacou uma incrível sequência de 25 a 5 e chegou a empatar o jogo com 14 segundos para o fim.

Mogi garantiu sua 15ª vitória em 19 partidas e se firmou na terceira posição, na cola de Paulistano/Corpore (1º) e Flamengo (2º). A diferença dos comandados de Guerrinha para as duas equipes está apenas em uma derrota, já que os líderes perderam apenas três cada.

Fabrício, do Mogi. Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor

“O time não fez um último quarto bem, eles [Caxias] começaram a fazer contato e a gente não soube jogar com esse contato. A gente com 20 pontos à frente tem que saber lidar e jogar com esse tipo de situação. Tem dia que dá para fazer gol de bicicleta, tem dia que é gol de bicuda. O que vale é o resultado e o importante foi a vitória. Claro que tem que analisar as coisas boas que o time fez, principalmente o primeiro e o terceiro quartos”, analisa o técnico Guerrinha.

Fez falta: No último quarto, Shamell precisou deixar a quadra depois de um lance de jogo. O atleta sofreu uma pancada no cotovelo e passará por exames específicos neste sábado para saber a gravidade da lesão.

“O Shamell teve um trauma muito grande na hora do jogo, avaliamos e não tem sinal de fratura. Amanhã analisaremos a gravidade da lesão, mas a princípio não há nada muito sério. Provavelmente ele não jogue domingo, iremos preservá-lo para a Liga das Américas. Amanhã o exame vai dizer exatamente o que faremos, mas durante a semana ele passará por tratamento”, comenta o médico do clube, Marcus Vinícius Porcelli.

E agora? Mogi volta à quadra neste domingo, 18/02, às 19h00, para duelar com o Joinville/AABJ, novamente em casa. Já o Caxias segue no Estado de São Paulo e enfrentará a Liga Sorocabana, na próxima segunda-feira, no Ginásio Gualberto Moreira.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios