🏀 Novo Basquete Brasil 2017/2018 – rodada 14

O Mogi das Cruzes/Helbor encerrou sua participação no primeiro turno do NBB CAIXA com vitória. Na noite desta quarta-feira, 17/01/2018, no Ginásio Hugo Ramos, a equipe do técnico Guerrinha controlou a LSB/Uniso desde o início da partida, segurou a reação do adversário no fim e saiu de quadra com uma suada vitória, por 82 a 73.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Para sair de quadra como resultado positivo, o Mogi contou com grandes atuações do trio Shamell, Caio Torres e Larry Taylor. O primeiro foi o cestinha da partida, com 24 pontos (4/7 nas bolas de 3 pontos), além de cinco rebotes. Já o pivozão registrou seu primeiro duplo-duplo na temporada ao marcar 15 pontos e 12 rebotes (25 de eficiência). E por fim, o Alienígena teve atuação completa, com 16 pontos, sete rebotes e cinco assistências.

Guerrinha e equipe do Mogi. Foto: Antonio Penedo/Mogi Helbor

Com o resultado, o terceiro colocado Mogi se recuperou da derrota para o líder Flamengo na Arena Carioca 1 e somou sua 11ª vitória em 14 partidas na atual temporada do NBB CAIXA (78,6% de aproveitamento), o que o mantém rigidamente igualado a Sesi Franca Basquete (2º) e Paulistano/Corpore (4º) na tabela de classificação.

Pelo lado da Liga Sorocabana, que sofreu sua 12ª derrota seguida e caiu para a lanterna da competição, os destaques ficaram por conta dos norte-americano Anton Cook, autor de 24 pontos, sete rebotes e três assistências (22 de eficiência), e Dontrell Brite, com 14 pontos, oito rebotes e quatro servidas (18 de eficiência). Os jovens Jackson e Lucas Maciel também se destacaram pela LSB, com dez e nove pontos, respectivamente.

Confusão: Restando pouco mais de três minutos para o fim do segundo período, uma confusão iniciada após falta antidesportiva de Mineiro (LSB) em Tyrone (Mogi) resultou em uma confusão generalizada dentro de quadra. Com isso, sete atletas acabaram desqualificados: os pivôs Mineiro, Drudi e Lucão, e o ala Raphael pela LSB, e Tyrone, Jimmy e Fabrício pelo lado do Mogi.

E agora? Ambas as equipes voltarão à quadra na terça-feira, 23/01. Às 20h00, o Mogi das Cruzes/Helbor receberá o Botafogo, no Ginásio Hugo Ramos. Enquanto isso, às 20h30 (de Brasília), a LSB/Uniso estará em Fortaleza (CE) para medir forças com o Solar Cearense, no Ginásio Paulo Sarasate.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios