Prefeito entrega projeto que autoriza cessão de área para construção do Sesc à Câmara

O prefeito Marcus Melo foi à Câmara Municipal nesta terça-feira, 19/12/2017, e entregou ao presidente do Legislativo, Carlos Evaristo, o projeto de lei que autoriza o município a repassar a área do Centro Esportivo do Socorro para a construção de uma unidade do Sesc. A proposta será analisada pelos vereadores e prevê que a área seja transferida por um período de tempo – no caso 99 anos –, e não de forma definitiva. A previsão é de que sejam investidos R$ 120 milhões na construção do equipamento, que oferecerá cultura, lazer e diversão aos mogianos.

Fiz questão de vir aqui entregar o projeto e quero agradecer todo o apoio que a Câmara Municipal nos deu neste projeto, atuando lado a lado com a Prefeitura e fazendo com que a proposta do Sesc fosse debatida junto à população, que em sua maioria é favorável à vinda deste equipamento”, disse Melo, que esteve no Legislativo ao lado dos secretários municipais Marcos Regueiro (Gabinete), Nilo Guimarães (Esportes e Lazer), Daniel Teixeira de Lima (Verde e Meio Ambiente), Mateus Sartori (Cultura), Juliana Guedes (Educação), Eduardo Rangel (Transportes), Paulo Roberto Madureira Sales (Segurança) e Walter Zago (Obras).

Ao lado de secretários municipais, prefeito Marcus Melo levou o projeto à Câmara e agradeceu os vereadores pelo apoio dado ao longo de toda a construção da proposta. Foto: Ney Sarmento/PMMC

Nos últimos meses, foram realizadas várias consultas públicas, por meio do programa Diálogo Aberto, sobre o tema. Elas aconteceram no Conselho de Turismo, Conselho da Cidade, Associação Mogicruzense de História, Artes e Letras, Conselho da Pessoa com Deficiência, Conselho de Cultura, Conselho de Assistência Social, Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente e Conselho da Promoção da Igualdade Racial, entre outras. Em todas elas, houve manifestações favoráveis à instalação do equipamento no município.

O vereador José Antonio Cuco Pereira lembrou que a cessão da área por tempo determinado – e não em definitivo – é um ponto importante do projeto, pois assegura a posse do terreno para o município. Outra questão levantada pelo vereador é o custeio do equipamento, que ficará exclusivamente por conta do Sesc. “Tenho a convicção de que esta será uma conquista histórica para a cidade”, frisou. Quem também acompanhou a reunião e agradeceu o apoio de vereadores e do prefeito mogiano foi o presidente do Sincomércio, Valteli Martinez. “Esta era uma bandeira que o nosso presidente Airton Nogueira carregou durante 15 anos e que agora se tornará realidade”, observou.

Além de já ofertar serviços à comunidade, o Centro Esportivo do Socorro atende aos demais requisitos da diretoria do Sesc. Foto: Guilherme Berti/PMMC

Participaram da reunião os vereadores Mauro Araújo, Rinaldo Sadao Sakai, Marcos Furlan, Diego de Amorim Martins, Benedito Taubaté Guimarães, Jean Lopes, Caio Cunha, Edson Santos, Francisco Bezerra, Emerson Rong, Claudio Miyake, Iduígues Martins, Protássio Nogueira, José Francimário Vieira de Macedo e Antonio Lino.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios