EDP alerta para os riscos de instalar antena próxima à rede elétrica

Com o objetivo de garantir a segurança da população durante a troca de antenas neste período de transição do sinal analógico de TV para o digital, a EDP São Paulo, distribuidora de energia elétrica para as regiões do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte, preparou uma série de orientações de segurança para evitar acidentes envolvendo a rede de eletricidade.

Os antenistas devem respeitar uma distância segura – a maior possível – da rede energizada antes de definir o local de instalação da antena. Deve-se calcular, por exemplo, se no caso de ventos fortes e queda da antena, existe o risco de a estrutura encostar nas linhas de distribuição de energia. Também é necessário que o trabalho seja feito por um profissional qualificado e devidamente protegido com os equipamentos de segurança.

Um dos nossos princípios é ‘a vida sempre em primeiro lugar’. Seguimos este preceito em todos os nossos trabalhos e campanhas para manter a segurança de nossos colaboradores, clientes e parceiros. Para instalar a antena de forma segura, os profissionais devem manter distância da rede, a fim de evitar acidentes graves, como queimaduras e até mortes, além de danos a equipamentos, que podem causar falhas no fornecimento de energia”, explica Adriano Ramos, gestor executivo de Operação da EDP.

Confira alguns cuidados que os antenistas devem tomar:

– A instalação da antena deve ser feita por profissionais qualificados e experientes;

– Nunca instale a antena próxima a para-raios nem interligue o cabo da antena aos condutores elétricos;

– Durante a instalação, não arremesse cabos sobre a rede elétrica, mesmo que eles sejam encapados, pois a capacidade de isolamento do material pode não ser suficiente para evitar a passagem da eletricidade;

– Marquises jamais devem servir de local para a instalação de antenas, devido à proximidade das redes elétricas;

– Ao manusear a antena de TV, não se aproxime ou toque na rede elétrica;

– Instale a antena o mais distante possível da rede elétrica, de preferência, do lado oposto ao da fiação.

Anúncios