Obra interdita trecho da Av. Japão nesta quarta (25/01/2017)

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) de Mogi das Cruzes inicia nesta quarta-feira, 25/01/2017, a segunda etapa da interligação de dois coletores de esgoto na Vila São Sebastião, que fará com que 540 mil litros de efluentes deixem de ser lançados diariamente no Córrego do Gregório. Esta fase da obra exigirá a interdição das duas faixas da Avenida Japão e de uma faixa da Avenida Henrique Perez (Perimetral, na pista sentido Braz Cubas). O bloqueio será no cruzamento das duas vias. Haverá desvios no trânsito.

O projeto de expansão do esgotamento sanitário no bairro inclui a implantação de 576 metros de redes nas Ruas José Oswaldo Jardim de Azevedo e Virgilio Padovani. As tubulações atendem 82 residências (320 pessoas, em média).

Com a interligação dos coletores-tronco do Córrego do Gregório, o benefício abrangerá uma área bem maior – totalizando 4.650 pessoas – em que esgoto era coletado, porém sem tratamento. Nessa obra, o coletor já existente será ligado à outra tubulação que conduzirá os efluentes para a Estação de Tratamento da Sabesp, em Suzano.

Obra interdita trecho da Av. Japão
Motoristas que estiverem em ambos os sentidos da Av. Japão deverão ficar atentos para os desvios

O investimento do Semae é de R$ 386,1 mil, sendo R$ 240,6 mil na extensão de redes e R$ 145,5 mil para interligação de coletores.

Nos últimos anos, Mogi das Cruzes obteve avanços históricos em esgotamento sanitário, que passou de apenas 5% de tratamento no ano 2000 para os atuais 95% de coleta e 60% de tratamento.

Com a finalização das obras de esgotamento no Botujuru e em Cezar de Souza, que estão em andamento, e com a construção do Coletor Ipiranga, cujos recursos para a obra foram garantidos pelo Governo Federal, os índices de coleta e tratamento devem chegar a 96% e 71%, respectivamente.

Trânsito

A previsão é de que a interligação dos coletores seja concluída na sexta-feira, 27/01, para que as duas avenidas fiquem liberadas no fim de semana, quando o tráfego é mais intenso para ida e retorno do litoral. Mesmo nos dias de obra, a interdição será somente durante o dia (das 7h00 às 18h00).

Os motoristas que estiverem na Avenida Japão seguindo na direção do centro terão de pegar o desvio pela Avenida Henrique Peres, na pista sentido Braz Cubas (no período de interdição, será permitida a conversão à esquerda), e ruas Francisco Rodrigues Passos e Itaquaquecetuba, na Vila Cléo.

Na direção contrária, o caminho também se inverte: o desvio é primeiro pelas ruas Itaquaquecetuba e Francisco Rodrigues Passos, com conversão à esquerda na Perimetral, sentido Mogi-Bertioga. Uma alternativa válida somente para veículos leves que estiverem na Avenida Japão em direção aos bairros é continuar até o acesso à Perimetral, na pista sentido Braz Cubas, e pegar o primeiro retorno para voltar à Avenida Japão.

Já quem estiver dirigindo pela Perimetral não precisará pegar nenhum desvio. É necessário apenas ficar atento para a interdição de uma faixa da pista sentido Braz Cubas, também na altura do cruzamento com a Avenida Japão. Durante a realização da obra, o local será monitorado pela Secretaria Municipal de Transportes.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios