🏀 Novo Basquete Brasil 2016/2017 – rodada 9

O UniCEUB/BRBCARD/Brasília está voando neste início de NBB CAIXA 2016/2017. Na noite desta terça-feira, 13/12/2016, atuando em casa, no Ginásio da Asceb, a equipe da capital federal conquistou uma grande vitória sobre o Mogi das Cruzes/Helbor, pelo placar de 86 a 75, e chegou ao quinto jogo seguido sem perder.

Com a quinta vitória seguida na conta, Brasília segue na vice-liderança da competição nacional, agora com um total de sete triunfos em oito partidas (87,5% de aproveitamento). Já o Mogi conheceu sua segunda derrota em seis jogos disputados (66,7%) e agora divide a quarta posição com o EC Pinheiros.

“Foi uma vitória importantíssima para nossa sequência. Se trata de um adversário direto na briga por posições na parte de cima da tabela de classificação e foi um triunfo de grande valor para nós. Claro que não define nada, mas essa vitória pode nos ajudar muito lá na frente” disse Giovannoni.

“Protegemos nossa invencibilidade em casa e isso também muito importante. Temos que mostrar que somos fortes jogando em casa e uma vitória como essa faz nossa moral crescer ainda mais”, completou o capitão do Brasília, ao lembrar que a equipe conquistou a quarta vitória em quatros jogos atuando no Ginásio da Asceb.

NBB 2016/2017
Pilar, do Brasília, e Shamell, do Mogi. Foto: Brito Junior/ UniCEUB

No comando do placar desde o início, Brasília precisou segurar uma reação do Mogi para vencer. No início do último quarto, a equipe mogiana chegou a empatar o placar, mas os donos da casa deram rápida resposta, abriram larga vantagem logo em seguida e garantiram a vitória sem sustos no fim.

Atuando pela primeira vez contra sua ex-equipe, Lucas Mariano teve mais uma grande atuação neste início de campeonato. O pivô marcou 20 pontos, sendo 13 deles no segundo tempo, e foi o cestinha do Brasília. Este foi o quinto jogo seguido em que o jogador anota 20 ou mais pontos.

Deryk e Fúlvio também foram personagens importantes da vitória candanga. O primeiro marcou 18 pontos e ainda registrou cinco assistências e quatro rebotes. Já o camisa 11 teve mais uma atuação de gala e deixou a quadra com 15 pontos, oito assistências e seis rebotes na conta.

Dois dos mais versáteis jogadores do NBB CAIXA, os alas Pilar e Alex Oliveira também tiveram boas participações pela equipe vencedora e marcaram 12 pontos cada. Os jogadores, que também podem atuar como ala/pivô, ainda somaram oito rebotes juntos.

Do lado do Mogi, o jogador mais efetivo em quadra foi o ala Jimmy, autor de 15 pontos e oito rebotes. Vivendo grande fase e dono de sólidas atuações, o jogador de 26 anos registra 13,7 pontos e 5,0 rebotes por jogo nesta edição do NBB CAIXA – maiores médias de sua carreira.

Dois dos principais pontuadores do Mogi no jogo, com 20 e 13 pontos, respectivamente, Tyrone e Shamell “se revezaram” nas duas metades da partida. O camisa 88 marcou 15 pontos no primeiro tempo, enquanto que seu compatriota anotou todos seus pontos nos 20 minutos finais da partida.

Mostrando um ótimo jogo coletivo, Brasília distribuiu 20 assistências na partida. Do outro lado, Mogi teve apenas 12. Além disso, a equipe candanga teve aproveitamento bastante superior nas bolas de três pontos, com 43,3% (13 acertos em 30 tentativas), contra 22,2% dos rivais (seis em 27).

E agora? O próximo compromisso das duas equipes será nesta quinta-feira, 15/12. Novamente fora de casa, Mogi enfrentará o Minas Tênis Clube, às 19h00, com transmissão ao vivo do #NBBnaWeb. Já o Brasília receberá o Campo Mourão, às 20h00.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios