Campeonato Paulista de Basquete 2016 – semifinal – jogo 2

O Mogi das Cruzes/Helbor garantiu classificação ao playoff – final do Campeonato Paulista de Basquete ao derrotar o Paulistano/Corpore, neste domingo, 16/10/2016, por 76 a 69 (33 a 39 no primeiro tempo), em duelo equilibrado, disputado no ginásio Municipal “Professor Hugo Ramos”, na cidade de Mogi das Cruzes. Com este resultado, o time comandado pelo técnico Jorge Guerra venceu a série com duas vitórias e nenhuma derrota.

O jogo foi digno das grandes disputas, visto que as duas equipes lutaram bastante pelo resultado positivo, correndo e se entregando ao máximo. Com esse panorama, o quarto inicial foi exatamente igual (18 a 18) e o time da capital paulista cresceu de produção no segundo, com marcação forte, e passou a comandar o marcador, com boa performance do lateral Lucas Dias, bem nos tiros de longa distância (15 a 21).

O segundo tempo foi comandado pelo representante do Alto Tietê, que conseguiu conter as principais bolas ofensivas do adversário e atacou com mais consciência (21 a 14), igualando as ações, com presença importante do ala Jimmy Dreher. Nos dez minutos derradeiros, o equilíbrio foi a tônica até a parte final do quarto, momento em que valeu a maior experiência do Mogi das Cruzes, com Shamell Stallworth, Larry Taylor e Tyrone Curnell, enquanto os atletas mais jovens do Paulistano sentiram a pressão e cometeram alguns erros não forçados, que acabaram sendo decisivos para o resultado final (22 a 16).

Campeonato Paulista de Basquete 2016
Apoiado pelo seu torcedor, o Mogi das Cruzes/Helbor venceu a segunda diante do Paulistano. Foto: Antonio Penedo/ Mogi-Helbor

Os principais nomes da partida foram Jimmy Dreher (22 pontos, 08 rebotes e 03 bolas recuperadas) e os norte-americanos Larry Taylor (15 pontos, 05 rebotes, 03 assistências e 02 bolas recuperadas) e Shamell Stallworth (15 pontos, 06 rebotes, 04 assistências e 01 bola recuperada), pelo time da casa; Lucas Dias (14 pontos, 02 rebotes e 01 assistência) e Renato Carbonari (13 pontos, 03 rebotes, 01 assistência e 03 bolas recuperadas), em favor do visitante. A estatística completa da partida pode ser conferida neste link.

A gente acaba o jogo exausto, mas o basquete é isso. Não tem empate. É o céu ou o inferno. As duas equipes lutaram muito, mas com a experiência de alguns jogadores mais decisivos conseguimos fechar os dois jogos bem. O importante é que levamos a série dura com 2 a 0, temos muitas coisas a melhorar, mas fizemos muitas coisas boas, principalmente nunca desistir da vitória, esse é o grande mérito da equipe”, avalia o técnico Jorge Guerra, do Mogi das Cruzes/Helbor.

É sempre bom você contribuir com pontos também, ainda mais que as pessoas costumam me conhecer mais pela defesa. Isso mostra que eu estou evoluindo bastante. Estou começando a ficar completo, conseguindo marcar e atacar. As expectativas agora são as melhores possíveis. Nós estamos focados desde o início da temporada para levantar o caneco este ano. Agora faltam dois jogos para conseguir o nosso objetivo”, complementa o ala Jimmy Dreher, também da equipe mogiana.

Na decisão, o Mogi das Cruzes/Helbor vai encarar o vencedor da outra série semifinal, que reúne Franca Basquete/Magazine Luiza e Gocil/Bauru Basket. O terceiro e decisivo confronto acontece nesta segunda-feira, 17/10, às 20h10, no ginásio Municipal Pedro Murilla Fuentes (Pedrocão), em Franca.

Confira, na íntegra, a partida neste link.

Fonte: Federação Paulista de Basketball

Anúncios

Um comentário sobre “Campeonato Paulista de Basquete 2016 – semifinal – jogo 2

  1. […] Apesar de ter sido a estreia dos dois times no NBB CAIXA, Mogi e Paulistano já fizeram alguns confrontos nesta temporada e o time mogiano está levando a melhor com vitória nos últimos quatro encontros. Na partida mais recente, ocorrida na última terça-feira, 08/11, válida pelo Grupo F da fase semifinal da Liga Sul-Americana, o Mogi teve atuação dominante sobre rivais na parcial final e venceu, por 80 a 59. No Campeonato Paulista, o time do interior venceu a série semifinal por 2 a 0 para avançar rumo ao título. […]

    Curtir

Os comentários estão desativados.