Campeonato Paulista de Basquete 2016 – Rodada 7

O Mogi das Cruzes/Helbor manteve o 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista de Basquete ao derrotar o Paulistano/Corpore, nesta quinta-feira, 18/08/2016, por 93 a 88 (48 a 39 no primeiro tempo), em partida válida pelo turno da fase inicial, disputada no ginásio Municipal “Professor Hugo Ramos”, em Mogi das Cruzes. Com este resultado, o time comandado pelo técnico Jorge Guerra reassumiu a liderança, somando agora 14 pontos, decorrentes de sete resultados positivos.

O clássico foi bastante disputado e muito movimentado, com o equilíbrio prevalecendo. A equipe mogiana fez o mando de quadra prevalecer, pois cresceu de produção no terceiro quarto, o que foi determinante para vencer a partida, visto que o time da capital tentou reagir, mas sem conseguir a virada no período final – 23 a 22 (primeiro), 25 a 17 (segundo), 24 a 23 (terceiro) e 21 a 26 (quarto).

Os atletas mais efetivos foram os norte-americanos Shamell Stallworth (29 pontos, 05 rebotes, 02 assistências e 04 bolas recuperadas) e Tyrone Curnell (19 pontos, 05 rebotes, 03 bolas recuperadas e 01 bloqueio), além de Guilherme Filipin (17 pontos, 03 rebotes e 01 assistência), pelo time da casa; Guilherme Hubner (18 pontos, 08 rebotes e 01 bloqueio), Lucas Silva (15 pontos, 08 rebotes, 03 assistências, 03 bolas recuperadas e 01 bloqueio) e Arthur Pecos (15 pontos, 03 rebotes, 10 assistências e 03 bolas recuperadas – double-double), em favor do visitante. A estatística completa da partida pode ser conferida neste link.

Campeonato Paulista de Basquete
O norte-americano Shamell foi o grande nome do Mogi na vitória sobre o Paulistano. Foto: Antonio Penedo/ Mogi-Helbor

O Paulistano é um time alto, que joga bastante no físico. A nossa equipe colocou uma diferença boa, jogou com intensidade, mas foi cansando e perdendo a parte física. Perdeu a intensidade e cometeu erros por puro cansaço e por vigor físico do adversário. Eles jogaram bem, mas a gente soube ganhar o jogo e agora o importante foi a vitória diante de um time que tinha apenas uma derrota. A tendência é evoluir a equipe para abrir 15 pontos e chegar no final com 20 e não com três. No esporte você tem que trabalhar a cada dia e crescer. Nós precisamos melhorar muito como equipe. Temos muitas qualidades, mas ainda existem erros que precisamos mudar”, comenta o técnico Jorge Guerra, técnico do Mogi das Cruzes/Helbor.

É um time que mescla a experiência com os jogadores mais novos. O Paulistano é um time de pegada, que joga muito físico e tem uma boa comissão técnica. Sabíamos que seria difícil. Mas ter um Shamell no time, que chama a responsabilidade e tem qualidade no ataque, é importante nessas horas. Eu também estava em um dia bom e consegui ajudar bastante na pontuação. Nessas horas a experiência conta muito”, completa o lateral Guilherme Filipin, também da equipe do Alto Tietê.

O campeonato prossegue no sábado, 20/08, com a realização de cinco jogos: Rio Claro Basquete x Mogi das Cruzes/Helbor, às 14h10, em Rio Claro, com transmissão ao vivo pela Rede TV!; EC Pinheiro x Paulistano/Corpore, às 16h00, em São Paulo; Liga Sorocabana de Basquete x Franca Basquete/Magazine Luiza, às 18h00, em Sorocaba; XV/Raizen/Unimed/Unimep/Selam x Basquete Osasco, às 18h00, em Piracicaba; e América/UNIRP/Rodobens/SMEL/3M x Bauru Basket, às 19h00, em São José do Rio Preto.

Fonte: Federação Paulista de Basketball

Anúncios