Usuários de equipamentos elétricos essenciais à sobrevivência podem ter desconto na conta de luz

A energia elétrica, como um serviço de utilidade pública, é também prioritária para usuários em tratamento médico domiciliar que requer o uso de equipamentos elétricos essências à vida, como respiradores, aparelhos para hemodiálise, entre outros. Assim, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral norte de São Paulo, alerta sobre o cadastramento para atendimento especial de residências (unidades consumidoras) com pessoas nessas condições.

O cadastro auxilia tanto no atendimento e prestação de serviços às unidades consumidoras, quanto na otimização de manutenções programadas da rede, que visam assegurar a qualidade da energia fornecida aos 1,8 clientes atendidos na área de concessão no estado”, afirma Marcos Scarpa, relações institucionais da EDP.

O objetivo é facilitar a comunicação entre a empresa e o consumidor sobre interrupções programadas ou não do fornecimento de energia elétrica, de maneira a minimizar possíveis transtornos. Após o cadastro, as faturas passam a disponibilizar a mensagem UNIDADE CONSUMIDORA CADASTRADA PARA AVISO PREFERENCIAL.

A inscrição da unidade consumidora deve ser formalizada junto à EDP diretamente na agência de atendimento presencial mais próxima, acompanhado das seguintes informações:

– Endereço completo;
– Nome do titular da fatura de energia elétrica;
– Número da instalação também informado na fatura;
– Telefone e e-mail;
– Laudo médico confirmando o nome da pessoa que utiliza o equipamento, assim como a justificativa sobre a necessidade do uso.

Se o dependente do equipamento não for o titular responsável pela unidade consumidora, é importante que providencie também a transferência de titularidade. Não sendo possível, a mesma deve apresentar um Termo de Autorização (disponível nas agências de atendimento presenciais da EDP) assinado pelo titular autorizando a Distribuidora a efetuar o cadastro.

Como obter o desconto na fatura de energia

O benefício pode ser adquirido por meio do programa Tarifa Social de Energia Elétrica, que garante de 10% a 65% de desconto na conta de luz para os primeiros 220 kW/h consumidos mensalmente.

É necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Caso não esteja cadastrada e possua renda mensal de até três salários mínimos, é importante buscar informações na Prefeitura Municipal. Posteriormente ao cadastro, deve dirigir-se a agência de atendimento da EDP.

Com a inscrição no CadÚnico, o paciente ou familiar deve se dirigir a uma agência de atendimento da EDP ou entrar em contato com a Central de Atendimento no 0800 721 0123, 24 horas e com ligação gratuita.

Anúncios