Novo Basquete Brasil 2015/2016 – semifinal – jogo 3

O Mogi das Cruzes/Helbor conquistou uma vitória gigante na noite desta segunda-feira, 09/05/2016. Diante de um Ginásio do Tijuca Tênis Clube completamente lotado pela torcida rubro-negra, o time paulista venceu o Jogo 3 contra o Flamengo, por 83 a 77, e abriu 2 a 1 de frente na série válida pela semifinal do NBB CAIXA 2015/2016.

O Jogo 4 da série acontecerá no próximo sábado, 14/05, no Ginásio “Professor Hugo Ramos”, em Mogi das Cruzes, às 14h10, em mais uma transmissão simultânea na RedeTV! e no SporTV. Caso vença, Mogi garantirá a inédita vaga na Final do NBB CAIXA 2015/2016.

A partida foi decidida apenas em seus instantes finais. Restando pouco mais de dois minutos para o fim, o placar estava empatado em 75 a 75. Mais eficiente, Mogi teve ótimo rendimento no fechamento do jogo, enquanto que o Flamengo parou de pontuar e nada pôde fazer para impedir o revés diante de seu torcedor.

NBB 2015/2016
Lersch, do Mogi, e Rafael Mineiro, do Flamengo. Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo

Até então com apenas cinco pontos, Lucas Mariano brilhou no fim e teve participação para lá de fundamental para o triunfo de sua equipe. Primeiro, o ala/pivô converteu uma bola de três pontos que colocou Mogi quatro pontos na frente (80 a 76), com 51 segundos para o fim. Depois, converteu cesta seguida de falta, em jogada que praticamente selou a vitória mogiana.

É uma felicidade saber que foi uma vitória difícil, jogando na casa do adversário, que é o atual campeão do NBB. A gente lutou até o fim e soubemos manter o jogo na frente e sair com a vitória. Agora a gente tem uma oportunidade muito grande de fechar a série. Mas só está 2 a 1, não ganhamos nada. Agora vamos descansar e pensar no próximo jogo em Mogi”, disse Lucas.

Shamell e Tyrone comandaram a pontuação do Mogi durante todo o jogo e juntos marcaram 39 dos 83 pontos da equipe. Autor de 17 pontos, Shamell ainda completou sua grande atuação com sete assistências, enquanto que seu compatriota foi o cestinha do time, com 22 pontos.

Só os três: Apresentando altíssimo aproveitamento nos arremessos de quadra, Marquinhos comandou a pontuação rubro-negra e foi o cestinha do jogo, com 25 pontos. Utilizados juntos no garrafão rubro-negro durante boa parte do jogo, Olivinha e Rafael Mineiro marcaram 17 pontos cada e foram outros destaques do Flamengo na partida.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios