Novo Basquete Brasil 2015/2016 – semifinal – jogo 1

Neste sábado, 30/04/2016, o Mogi das Cruzes/Helbor abriu as semifinais do NBB CAIXA 2015/2016 com uma grande vitória. Com o Ginásio “Professor Hugo Ramos” completamente lotado pro sua fanática torcida, o time paulista venceu o Flamengo, pelo placar de 86 a 81 e largou na frente na briga por um lugar na decisão do campeonato nacional.

Para sair vencedor, Mogi dominou os três primeiros quarto. Logo nos minutos iniciais, a equipe se firmou na liderança e fechou o primeiro tempo com vantagem de cinco pontos. Depois, no terceiro quarto, os donos da casa deslancharam e colocaram 15 pontos de frente.

Um dos grandes trunfos do Mogi nos primeiros 30 minutos foi o ótimo trabalho defensivo. Sem dar espaços aos cariocas durante, a equipe do técnico Danilo Padovani sofreu apenas 51 pontos nos três primeiros quartos.

Junto da ótima defesa, o time mogiano contou com grande atuação de Tyrone. Até então discreto nos playoffs, o norte-americano marcou 24 pontos, com direito a ótimo aproveitamento nos arremessos, estabeleceu sua maior marca na temporada e foi o cestinha da equipe na partida.

E agora? O segundo jogo da série acontece na próxima sexta-feira, 06/05, às 21h00, desta vez no Rio de Janeiro. A terceira partida também acontecerá em solo carioca, na próxima segunda-feira, 09/05, novamente às 21h00. Os dois duelos contarão com transmissão ao vivo dos canais SporTV.

O jogo: No embalo do embalo da empolgação vinda das arquibancadas, Mogi começou a partida com tudo. Com uma ótima defesa, a equipe forçou o Flamengo a cinco erros nos minutos iniciais e abriu 13 a 8 de frente. Na sequência, Marquinhos chamou a responsabilidade pela equipe visitante e a diferença caiu para dois pontos (20 a 18).

No segundo período, os mogianos contaram com grandes desempenhos de Tyrone e Jimmy. Sem errar um arremesso sequer, os jogadores marcaram nove e sete pontos, respectivamente, e totalizaram 16 dos 19 pontos do time paulista na parcial.

Com grande desempenho dos dois jogadores, Mogi colocou sua vantagem na casa dos 12 pontos (39 a 27) ao longo do segundo quarto. No entanto, em um “piscar de olhos”, o Flamengo marcou sete pontos seguidos em menos de dois minutos e a diferença no placar caiu para cinco pontos antes da pausa para o intervalo (39 a 34).

Dois lances plásticos fizeram a torcida mogiana inflamar ainda mais. Primeiro, Larry aplicou um lindo toco. Pouco tempo depois, Larry lançou lindo passe para Tyrone cravar na ponte-aérea.

No terceiro quarto, o time paulista dominou completamente as ações. Com sua defesa funcionando muito bem e dificultando demais os ataques rubro-negros, o time do técnico Danilo Padovani teve tranquilidade para atacar e estabeleceu novamente sua vantagem na casa dos dois dígitos.

No último lance do terceiro período, Shamell converteu lindo arremesso de três pontos, inflamou a torcida mogiana nas arquibancadas e colocou a vantagem no placar em 15 pontos (66 a 51).

Atrás no marcador, o Flamengo mudou sua postura e o jogo pegou fogo no fim. Com grande atuação de Marcelinho, os visitantes chegaram a baixar a diferença no placar para apenas quatro pontos (79 a 75), com pouco mais de um minuto para o fim. No entanto, um rebote ofensivo de Lucas Mariano, seguido de dois lances livres convertidos após receber falta, selaram o triunfo mogiano.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios