Novo Basquete Brasil 2015/2016 – quartas de final – jogo 4

O Mogi das Cruzes/Helbor está nas semifinais do NBB CAIXA 2015/2016. Na noite deste domingo, 24/04/2016, com ótima presença de sua torcida no Ginásio “Professor Hugo Ramos”, a equipe do Alto do Tietê venceu o Solar Cearense com tranquilidade, por 95 a 80, e fechou a série válida pelas quartas de final da competição nacional em 3 a 1.

Disputando o NBB CAIXA pela quarta vez na história, o Mogi garantiu um lugar nas semifinais pela terceira temporada consecutiva e agora tentará a inédita vaga na decisão. Nas duas edições anteriores, a equipe terminou na quarta colocação.

Na briga por um lugar na Final, o Mogi enfrentará o atual tricampeão Flamengo e o primeiro jogo da série semifinal será no próximo sábado, 30/04, com transmissão ao vivo da RedeTV!. Esta será a segunda vez em que as duas equipes se enfrentam nesta fase dos playoffs do NBB CAIXA – a outra foi na temporada 2013/2014 e os cariocas venceram por 3 a 1.

Os caras: Com atuações brilhantes, Larry Taylor e Jimmy foram os principais nomes da vitória mogiana. O norte-americano naturalizado brasileiro foi o cestinha da equipe, com 24 pontos, além de cinco assistências e quatro rebotes. Por sua vez, Jimmy marcou 19 pontos, sendo 14 deles entre o segundo e terceiro quartos, e anotou sua melhor pontuação nesta temporada.

Estamos muito felizes com a classificação, o time, a cidade, todo mundo. Hoje foi nosso melhor jogo na série e por isso fizemos 95 pontos. Todo mundo conseguiu fazer um bom jogo e a vitória com tranquilidade não foi à toa. Vamos com tudo agora e acreditamos muito no nosso time”, disse Larry.

Vindo do banco de reservas, o pivô Paulão Prestes foi outro mogiano a ter bom rendimento no duelo desta noite e deixou a quadra com 15 pontos e cinco rebotes.

Esta foi a 18ª partida disputada do Mogi como mandante na atual edição do NBB CAIXA e a equipe somou sua 16ª vitória. As únicas derrotas da equipe no Hugão foram para Paulistano/Corpore e Flamengo.

O jogo: O primeiro quarto foi jogado em altíssimo nível do início ao fim e terminou empatado em 26 a 26. Prova disso foi o bom aproveitamento dos dois times nos arremessos de quadra – 10/19 para os donos da casa e 9/20 dos visitantes – e a baixa quantidade de erros, com apenas três dos mogianos e dois dos nordestinos.

O segundo período foi completamente dominado pelo time paulista que após vencer a parcial por 25 a 11, abriu 14 pontos de frente (51 a 37). Para isso, a equipe exerceu uma ótima defesa, dominou completamente os rebotes e teve ótimo aproveitamento nas bolas de dois pontos (11 acertos em 14 tentativas), com destaque para os desempenhos de Larry, Jimmy e Paulão.

A pausa para o intervalo não esfriou o ritmo mogiano. Assim como no quarto anterior, a equipe dominou completamente as ações no terceiro período e ampliou ainda mais a vantagem no marcador. Desta vez a vitória parcial foi de 24 a 17 e a diferença no placar subiu para 21 pontos (75 a 54). Depois, no último quarto, a equipe não deu mais chances e confirmou a vitória.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios