Novo Basquete Brasil 2015/2016 – Rodada 21

Mesmo em noite de recorde histórico para de Shamell, o Rio Claro não quis saber de festa. Em noite de feito inédito, o Leão contou com cinco jogadores que anotaram mais de 12 pontos e emplacou uma expressiva vitória sobre o Mogi das Cruzes/Helbor, no Ginásio Felipe Karam, no interior paulista, pelo placar de 98 a 84.

Com esta vitória os leões de Rio Claro chegaram a nove vitórias em 20 jogos, se igualam ao Franca Basquete e ao EC Pinheiros, porém, com um jogo a mais, e agora está na oitava colocação do campeonato. Com esta derrota os mogianos estão a um jogo do Solar Cearense e estacionaram no sexto lugar da tabela de classificação do NBB 2015/2016.

NBB 2015/2016
Jimmy, do Mogi, e Gui Deodato, do Rio Claro. Foto: Filippo Ferrari/ Divulgação

O armador Larry Taylor, do Mogi, foi a alma da equipe durante toda a partida e, no fim dela, totalizou expressivos 27 pontos, pegou seis rebotes e ainda deu cinco assistências nos quase 38 minutos que permaneceu em quadra.

Noite histórica: Com dois pontos no começo do primeiro quarto, o ala Shamell, do Mogi, se tornou o primeiro jogador a anotar 5.000 tentos na história do NBB. O maior cestinha na história do NBB acumulou 14 pontos no final da partida.

O Rio Claro descansará uma semana e depois viajará pelo país para quatro jogos fora de casa seguidos. Seu próximo confronto é no dia 16 de fevereiro, contra o Paschoalotto/Bauru, vice-líder da competição, no Ginásio Panela de Pressão, às 20h00. O Mogi volta para sua cidade e aguarda uma semana, quando enfrentará o Universo/Vitória, na sexta-feira, 12/02, às 19h00, com transmissão ao vivo do #NBBnaWeb (lnb.com.br/tempo-real).

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios