Novo Basquete Brasil 2015/2016 – Rodada 19

O Mogi das Cruzes/Helbor está firme na missão de retornar ao G-4. Nesta sexta-feira (29/01/2016), a equipe do técnico Danilo Padovani venceu uma partida emocionante contra o EC Pinheiros, fora de casa, no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo, por 81 a 79, e igualou a campanha do quinto colocado Solar Cearense.

Tinha tudo para ser uma noite especial para Shamell, do Mogi. Ídolo do basquete do Pinheiros, onde atuou por cinco temporadas e conquistou um título paulista e uma Liga das Américas, o ala norte-americano registrou 21 pontos e ficou a apenas dois tentos de completar a histórica marca de 5.000 no NBB.

O dono da noite pode até ter sido Shamell, mas outro norte-americano quase roubou a cena no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim: Corderro Bennett. Com expressivos 27 pontos, o camisa 1 do Pinheiros registrou seu recorde de pontos no NBB. De quebra, o jogador ainda pegou cinco rebotes, deu duas assistências e totalizou 29 de eficiência.

Tyrone, do Mogi, e Arthurzão, do Pinheiros. Foto: Ricardo Bufolin/ ECP
Tyrone, do Mogi, e Arthurzão, do Pinheiros. Foto: Ricardo Bufolin/ ECP

Com o resultado, o Mogi chegou ao seu décimo triunfo em 16 partidas na atual temporada do NBB (62,5% de aproveitamento) e igualou a campanha do quinto colocado Solar Cearense, no entanto, não assumiu a posição pois perdeu para os nordestinos no primeiro turno, por 83 a 76. Assim como os mogianos, o Pinheiros também não se moveu na tabela de classificação e permaneceu na sétima colocação, agora com nove triunfos em 18 jogos (50% de aproveitamento).

Também apareceu: Outro grande responsável pela bela vitória do Mogi foi o armador Larry Taylor, responsável por 19 pontos, cinco rebotes, três assistências, três roubos de bola e 24 de valorização. Com dez pontos e nove rebotes, o ala/pivô norte-americano Tyrone beirou um duplo-duplo.

Na próxima quinta-feira, 04/02, o Mogi tentará estender sua sequência de vitórias para três jogos diante do Rio Claro Basquete, fora de casa, no Ginásio Felipe Karam, no interior paulista, às 20h00. No dia anterior, quarta-feira, 03/02, o Pinheiros receberá o Paschoalotto/Bauru, novamente no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, às 20h30.

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios