Agenda Cultural: 22 a 24 de Janeiro/2016

Confira a Agenda Cultural deste fim de semana em Mogi das Cruzes:

22/01 – SEXTA-FEIRA

Das 8h00 às 22h00 (Centro Cultural)
Evento: Exposição ‘Entre Muros e Miragens’ com o artista Galo [até 31/01]
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
‘Entre Muros e Miragens’ é uma mostra individual do artista Galo, Arquiteto e Urbanista de formação, nascido em São Bernardo do Campo e residente em Mogi das Cruzes há 3 anos.
Galo se encantou com a linguagem do graffiti em 2009, época em que trabalhava em São Paulo. Desde então, o artista vem percorrendo a periferia da capital deixando seus graffitis nos muros e participando de exposições coletivas e individuais por todo o Brasil e, inclusive, no exterior, onde expôs, em 2012, em uma mostra coletiva na Noruega.

Exposição ‘Entre Muros e Miragens’
Exposição ‘Entre Muros e Miragens’

Das 10h00 às 15h00 (Praça Oswaldo Cruz)
Evento: Feira de Artesanato ‘Mogi feita à Mão’
GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
Além de atrações musicais do projeto Arte na Praça, cerca de 60 artesãos expõem seus trabalhos em madeira, tecido, fibras, contas e miçangas, biscuit, arames, papel, cosméticos, linhas e lãs, bambu, PVC, EVA, cabaça, entre outros materiais. A feira conta também com barracas de alimentação.

20h30 (Centro Cultural)
Evento: Show ‘Brega Sim, Trash Não’ com Big Charles and The Little Big Band
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
A Big Charles and The Little Big Band  é composta pelos músicos Carlos Mello (Big Charles) voz, violão, guitarra e teclado;  Célia Fonseca (voz);  André Luíz Mello (voz, teclado e acordeom); Ricardo Vergueiro (baixo e voz); Diodio Battanni (guitarra e voz); Rafael Pereira (bateria e voz) e Flávia Caruso (percussão).
No repertório, além do trabalho autoral, as clássicas Sandra Rosa Madalena, Sorria de Evaldo Braga, Fogo e Paixão do Wando, as infantis dos anos 80, como Superfantástico, canções românticas, como Não se Vá de Jane e Herondy, até o que não é considerado Brega por muitos, mas indiscutivelmente são canções populares, como Não quero Dinheiro de Tim Maia e sambas de Alcione e Eliana de Lima. Entre as autorais estão As Noites em Claro, de Carlos Mello e A Menina da vez, de Ricardo Vergueiro.

Centro Cultural de Mogi das Cruzes
Centro Cultural de Mogi das Cruzes

23/01 – SÁBADO

Das 8h00 às 22h00 (Centro Cultural)
Evento: Exposição ‘Entre Muros e Miragens’ com o artista Galo [até 31/01]
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
‘Entre Muros e Miragens’ é uma mostra individual do artista Galo, Arquiteto e Urbanista de formação, nascido em São Bernardo do Campo e residente em Mogi das Cruzes há 3 anos.
Galo se encantou com a linguagem do graffiti em 2009, época em que trabalhava em São Paulo. Desde então, o artista vem percorrendo a periferia da capital deixando seus graffitis nos muros e participando de exposições coletivas e individuais por todo o Brasil e, inclusive, no exterior, onde expôs, em 2012, em uma mostra coletiva na Noruega.

10h00 (Parque Centenário)
Evento: City Tour ‘Mogi para os Mogianos’
Ingressos: R$ 5 (a primeira pessoa) e R$ 2,50 (as demais, até 3 acompanhantes)
Com o objetivo de estimular os mogianos a conhecerem a própria cidade, a Prefeitura de Mogi criou o city tour “Mogi para os Mogianos”. Composto por quatro roteiros – Rural, Religioso, Cultural e Ecoturismo, as saídas são sempre aos domingos, às 10h00, do Parque Centenário, que por si só já merece uma visita.
O City Tour conta com ônibus preparado para receber o turista com todo o conforto e guias devidamente treinados para levar toda a família aos principais pontos turísticos da cidade.
Roteiro: Sítio Querência. Localizada no bairro da Volta Fria, a propriedade conta com uma grande área cercada por muito verde, com trilhas para caminhadas ecológicas e espaço reservado para a realização de eventos, como aeromodelismo e campeonato de pipas artesanais.
Reservas: devem ser antecipadas e feitas no Centro de Informações Turísticas, no Parque Centenário
Informações: (11) 4726-9920

Das 10h00 às 15h00 (Praça Oswaldo Cruz)
Evento: Feira de Artesanato ‘Mogi feita à Mão’
GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
Além de atrações musicais do projeto Arte na Praça, cerca de 60 artesãos expõem seus trabalhos em madeira, tecido, fibras, contas e miçangas, biscuit, arames, papel, cosméticos, linhas e lãs, bambu, PVC, EVA, cabaça, entre outros materiais. A feira conta também com barracas de alimentação.

16h00 (Centro Cultural)
Espetáculo: ‘Cauda de Serpente, asas de Dragão’ (Cia. Duo Encantado)
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
Baseado no livro de mesmo nome, a narração explora o dia a dia de crianças e sua relação com diferentes adultos que têm como papel cuidar delas, como pais, tios, babás e avós. Misturando realidade e fantasia, os contos são cheios de situações inusitadas e divertidas sobre a relação entre pequenos e grandes.

‘Cauda de Serpente, asas de Dragão’. Foto: Divulgação/ Internet
‘Cauda de Serpente, asas de Dragão’. Foto: Divulgação/ Internet

17h00 (Parque Centenário)
Evento: Show com Luana Camarah
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
A banda de rock, formada em 2005, tem três CDs lançados e é composta pela vocalista Luana Camarah, o guitarrista Joziel Wagner, o baixista Bruno Freire e o baterista Luiz Cunha. A projeção nacional da banda veio após a participação da vocalista, Luana Camarah, em um programa de talentos na TV.

Luana Camarah. Foto: Divulgação/ Internet
Luana Camarah. Foto: Divulgação/ Internet

20h30 (Theatro Vasques)
Espetáculo: ‘A Exceção e a Regra’ (TWL Ousadia)
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
Duração: 50 minutos
Um pequeno grupo participa de uma disputa em direção à cidade de Urga. A expedição que chegar primeiro ganha como prêmio uma concessão para explorar petróleo. Durante a viagem são expostos de modo radical a relação entre explorador e explorado, assim como os mecanismos que legitimam o abuso de um e a submissão do outro.

20h30 (Centro Cultural)
Evento: Show ‘Não sei Pousar’ com Gui Cardoso
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
Duração: 90 minutos
Gui Cardoso é músico e compositor. No espetáculo “Não Sei Pousar”, Gui  apresentará, ao lado dos músicos Danilo Silva (guitarra, violões e produção musical), Fabio Faustino (bateria) e Rangel Cruz (contrabaixo), canções compostas em parceria com alguns dos mais influentes compositores da região, entre eles, Henrique Abib, Paulo Henrique (PH), Pedro Abib, Rabicho, Guilherme Bandeira, Léo Zerrah, Gabriel Tarragô e Kacá Novais. O repertório inclui ritmos variados que vão do Samba ao bolero até o pop e baladas jazzísticas.

Gui Cardoso. Foto: Divulgação/ Internet
Gui Cardoso. Foto: Divulgação/ Internet

21h00 (Casarão da Mariquinha)
Evento: Bico do Corvo no Casarão da Mariquinha
Ingressos: R$ 10
Recomendação: Não Informada
O Bico Do Corvo se apresenta pela primeira vez no Casarão da Mariquinha. Venga, Venga! A república do milharal precisa do seu empenho como cidadão!
Informações: facebook.com/AssociacaoCasaraodaMariquinha

Bico do Corvo

24/01 – DOMINGO

Das 9h00 às 14h00 (Centro Cultural)
Evento: Exposição ‘Entre Muros e Miragens’ com o artista Galo [até 31/01]
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
‘Entre Muros e Miragens’ é uma mostra individual do artista Galo, Arquiteto e Urbanista de formação, nascido em São Bernardo do Campo e residente em Mogi das Cruzes há 3 anos.
Galo se encantou com a linguagem do graffiti em 2009, época em que trabalhava em São Paulo. Desde então, o artista vem percorrendo a periferia da capital deixando seus graffitis nos muros e participando de exposições coletivas e individuais por todo o Brasil e, inclusive, no exterior, onde expôs, em 2012, em uma mostra coletiva na Noruega.

Das 9h00 às 17h00 (Casarão do Chá)
Evento: Feira de Artesanato /  Exposição ‘Chaer Geométrico e Orgânico’ [até 20/03]
GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
Artesanatos, comidas (lanche de pernil, pernil de porco assado no rolete, espetinhos de carne e de frango, comida árabe, galinhada, paella, entre outros) e produtos típicos.
Artista plástico, Mauricio Chaer é conhecido em Mogi das Cruzes pelas curvas, volume e cores de suas peças. Possui ateliê no bairro do Botujuru desde 1979, e tem na cerâmica e escultura sua paixão. Suas obras estão instaladas em diversas localidades como em Mogi das Cruzes, Suzano, Ribeirão Pires, Cuiabá, São Paulo e até no exterior, em cidades como Madri e Lisboa.
Informações: Associação Casarão do Chá

10h00 (Parque Centenário)
Evento: City Tour ‘Mogi para os Mogianos’
Ingressos: R$ 5 (a primeira pessoa) e R$ 2,50 (as demais, até 3 acompanhantes)
Com o objetivo de estimular os mogianos a conhecerem a própria cidade, a Prefeitura de Mogi criou o city tour “Mogi para os Mogianos”. Composto por quatro roteiros – Rural, Religioso, Cultural e Ecoturismo, as saídas são sempre aos domingos, às 10h00, do Parque Centenário, que por si só já merece uma visita.
O City Tour conta com ônibus preparado para receber o turista com todo o conforto e guias devidamente treinados para levar toda a família aos principais pontos turísticos da cidade.
Roteiro: Orquidário Oriental e Mosteiro Beneditino. No Orquidário, é possível contemplar o cultivo e a produção das mais variadas espécies dessa belíssima flor. O roteiro é uma boa opção para quem deseja conhecer o admirável mundo das orquídeas e também um pouco da história do mosteiro, que abriga uma comunidade de monges camaldolenses.
O mosteiro oferece retiros espirituais individuais e para grupos, semanas de formação espiritual, missa cotidiana e no domingo, tempos de oração e meditação. Os visitantes ainda podem comprar mel e velas de produção artesanal.
Reservas: devem ser antecipadas e feitas no Centro de Informações Turísticas, no Parque Centenário
Informações: (11) 4726-9920

Orquidário Oriental
Orquidário Oriental

11h00 (Centro Cultural)
Espetáculo: ‘De Bem com o Planeta’ (Cia. Duo Encantado)
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
Histórias da tradição oral de diversos países que falam da importância do cuidado com o planeta. Através das diferentes culturas do mundo, em cada história, tem-se uma lição de amor e de bom convívio com os ritmos e padrões da natureza. O jardim mágico (Cazaquistão); A lagartixa irritada (Bali); Alimentar com carne de língua (conto da tradição árabe); Por que o céu é tão longe (Nigéria).

A partir das 13h00 (Parque Centenário)
Evento: Roda de Samba com a Comunidade Samba Mogi
Festival de Verão
Ingressos: GRATUITO 🙂
Recomendação: Livre
A Comunidade Samba Mogi surgiu em 2009 após alguns encontros de amigos para a realização de rodas de samba. Desses encontros cujo objetivo sempre foi resgatar o samba antigo e de raiz, o grupo fundou a Associação Beneficente Comunidade Samba Mogi,  uma associação sem fins lucrativos que ajuda instituições e pessoas carentes com os alimentos arrecadados nas apresentações beneficentes que acontecem todo o segundo sábado de cada mês. O grupo é formado por 12 músicos e alguns colaboradores, e cantam relíquias de compositores como Manaceia, Cartola, Nelson Cavaquinho, Geraldo Filho, dentre outros.

18h00 (Casarão da Mariquinha)
Evento: Samba no Quintal
Ingressos: R$ 10
Recomendação: Não Informada
Com Evandro dos Reis, Vanderlei Oliveira, Juan Silva, Eurico de Souza, Felipe Cravo, Alex Constantino, Claudia Trindade e Guilherme Bandeira.
Informações: facebook.com/AssociacaoCasaraodaMariquinha

Samba no Quintal

Anúncios