Curtas (22/11/2015)

Mogi recebe ‘Corrida Ecológica’

Corredores profissionais e amadores têm encontro marcado nas ruas de Mogi das Cruzes, no dia 13 de dezembro. A Corrida Ecológica, último evento do calendário de corridas de rua da cidade, tem patrocínio exclusivo da NGK, multinacional japonesa, referência mundial nos setores automotivo e cerâmico, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. As inscrições para 3.500 atletas serão abertas a partir das 10h00 do dia 23 de novembro até 4 de dezembro pelo site corridasecologicas.com.br. Vale ressaltar que a participação é gratuita.

Os participantes poderão optar entre a corrida de 5 e 10 quilômetros, ou ainda pela caminhada de 5 quilômetros. A largada será no Ginásio Municipal de Esportes “Professor Hugo Ramos”.

Corrida Ecológica

Os kits de participação, contendo camiseta, sacola reutilizável, número de peito, chip descartável e barra de cereal, deverão ser retirados no dia 12 de dezembro, das 9h00 às 18h00, no Ginásio Municipal. Ao retirar o kit, o participante poderá contribuir com um quilo de alimento não perecível ou um litro de leite Longa Vida. Os mantimentos serão doados para a Prefeitura de Mogi das Cruzes, que os destinará a entidades assistenciais da cidade.

Segundo o Secretário Municipal de Esporte e Lazer, Nilo Guimarães, ações como esta da Corrida Ecológica apoiadas pela iniciativa privada são muito importantes. “A NGK, empresa radicada há 56 anos em nossa cidade, é parceira de Mogi das Cruzes e tem uma visão muito clara com relação ao Esporte como ferramenta inclusiva de uma sociedade. Proporcionar um evento deste nível à população é mostrar um carinho enorme a Mogi das Cruzes e nos dá um grande orgulho“.

Nova feira noturna

Mogi conta com mais uma feira realizada no período noturno. A feira acontece na Avenida Cívica, às terças-feiras, das 17h00 às 21h00. Esta é a terceira iniciativa que atende os consumidores à noite. Às quintas-feiras, é realizada a feira noturna na sede da Secretaria de Agricultura, no Centro e às sextas-feiras acontece a edição do Mercado do Produtor.

“É mais uma oportunidade para os produtores venderem seus produtos e desenvolver a agricultura mogiana. Temos visto com as outras duas feiras, que há um público muito interessante no período noturno. A feira, na região central, atrai cerca de 1,5 mil pessoas e o público no Mercado do Produtor, às sextas-feiras, tem ultrapassado a marca de 2 mil frequentadores”, disse o secretário municipal de Agricultura, Oswaldo Nagao. A cidade tem 16 feiras livres e 8 varejões. Estão cadastrados 174 feirantes e 188 varejistas

Na nova feira são vendidos alimentos diretamente dos produtores. “O produtor rural não pode pensar somente na produção, mas dar um destino para o seu produtor e partir também para a comercialização. É importante conscientizar os produtores de que eles têm que valorizar seus produtos”, disse o secretário.

Feira do Produtor Rural. Foto: Yusi Edagi/ PMMC
Feira do Produtor Rural. Foto: Yusi Edagi/ PMMC

Semae vai implantar mudanças no tratamento da água

O Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae) iniciou os procedimentos administrativos para instalação de um sistema de utilização de dióxido de cloro no tratamento da água. O objetivo é preparar a autarquia para evitar que, futuramente, eventuais aumentos na concentração de manganês no Rio Tietê voltem a interferir na coloração da água distribuída à população. A solução foi apontada pelo diretor-geral do Semae, Marcus Melo, durante reunião com vereadores, na Câmara de Mogi das Cruzes.

A solução será o dióxido de cloro. O Semae ainda não tem o equipamento para utilizá-lo, mas iniciamos o processo administrativo para implantá-lo. Estaremos preparados para enfrentar o problema se e quando ele surgir novamente”, disse Melo, acompanhado de técnicos e engenheiros da autarquia.

Um problema semelhante ao atual aconteceu em janeiro de 2011, e durou poucos dias. A previsão é de que sejam investidos aproximadamente R$ 2 milhões para instalação do novo sistema.

Anúncios