Liga Sul-Americana de Basquete 2015 – semifinal – Rodada 1

O Mogi das Cruzes/Helbor estreou com derrota no Grupo C da Liga Sul-Americana 2015. Na noite desta terça-feira (17/11/2015), em Barquisimeto, na Venezuela, a equipe paulista foi superada pelo San Martín de Corrientes (ARG), em partida decidida no fim, pelo placar de 79 a 75.

Depois da derrota, o Mogi fará um confronto de vida ou morte nesta quarta-feira, 18/11, às 22h00, diante do anfitrião Guaros de Lara, com transmissão ao vivo do SporTV 2. Na primeira partida do dia, o Franca encarará o San Martín, ao vivo no SporTV 3.

Depois de vencer o primeiro quarto (24 a 22), Mogi viu os argentinos dominarem completamente as ações no segundo período. Com uma forte defesa e ataques bem trabalhados, o San Martín não só virou o jogo como após vencer a parcial por expressivos 21 a 11 abriu oito pontos de frente no placar (43 a 35).

A vantagem dos argentinos chegou a 14 pontos (56 a 42) no início do terceiro quarto. Só que Mogi não se entregou e colocou fogo no jogo. Com um quinteto formado por Elinho, Larry, Jimmy, Lucas Mariano e Wagner, a equipe brasileira reagiu de maneira expressiva e chegou para o último período perdendo por apenas dois pontos (64 a 62).

Liga Sul-Americana 2015
Mogi mostrou grande poder de reação, mas não consegui vencer o San Martín. Foto: José Jiménez Tirado/ FIBA Americas

Com três minutos para o fim, Mogi chegou a igualar o placar (74 a 74) depois de uma bola de três convertida por Elinho. Só que na sequência os argentinos foram mais eficientes, principalmente com o norte-americano Larry O’Bannon, e garantiram a vitória.

O grande nome da vitória do San Martín – a segunda da equipe sobre Mogi nesta edição da Sul-Americana – foi o pivô norte-americano Jeremiah Wood, que anotou um duplo-duplo de 18 pontos e 13 rebotes.

Vindo do banco de reservas, Larry foi o maior pontuador do jogo, ao lado de Wood, com 18 pontos.

Atuação sólida: Nome importante durante a reação mogiana, o armador Elinho deixou a quadra com nove pontos, oito rebotes e seis assistências para totalizar 18 pontos de eficiência.

O aproveitamento nos arremessos de quadra foi decisivo para o triunfo do San Martín. Somados os tiros de dois e três pontos, a equipe de Corrientes acertou 30 em 55 tentativas (55% de aproveitamento), enquanto que os mogianos converteram 25 dos 78 arremessos que tentaram (32% de aproveitamento).

Fonte: Liga Nacional de Basquete

Anúncios