Ciemp passa a atuar na fiscalização de trânsito a partir desta sexta-feira (04/09/2015)

A partir desta sexta-feira (04/09/2015), a Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp) também fará a fiscalização de trânsito nas ruas e avenidas de Mogi das Cruzes. A medida vai ao encontro da resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), de junho de 2015, que permite a utilização de câmeras de monitoramento no flagrante e autuação de infrações. A medida busca melhorar a segurança de motoristas e pedestres que circulam pela cidade.

Para este trabalho, serão utilizadas imagens das câmeras de monitoramento existentes na cidade e o acompanhamento será realizado por guardas municipais, que possuem treinamento para atuação como agentes municipais de trânsito. Ao todo, Mogi das Cruzes conta com 284 equipamentos instalados em ruas, avenidas e prédios públicos.

As câmeras de monitoramento terão mais uma função voltada à segurança da população, desta vez em um trabalho ligado à segurança viária de motoristas e pedestres e à obediência à sinalização de trânsito. É importante lembrar que um trânsito mais seguro depende da participação de todos, no sentido de ter a consciência sobre a necessidade de respeito à legislação de trânsito para evitar colocar a si próprio e aos outros”, explicou o secretário municipal de Transportes, Nobuo Aoki Xiol.

Ciemp
Fiscalização de trânsito por meio de câmeras de monitoramento foi definida por meio da resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito. Foto: PMMC

O secretário lembrou que, de acordo com a resolução do Contran, poderão ser fiscalizadas todas as infrações de trânsito que não dependam de equipamento metrológico para serem verificadas, como o caso de excesso de velocidade. Além disso, na autuação deverá constar que ela foi elaborada com a utilização de videomonitoramento.

Para que a fiscalização fosse iniciada, a Secretaria Municipal de Segurança realizou uma adequação na rotina de trabalho dos guardas municipais que atuam na Ciemp para que não influencie nas ações voltadas à segurança e às emergências públicas.

O trabalho em conjunto entre as Secretarias Municipal de Segurança e de Transportes já acontece em Mogi das Cruzes. Além de 30 guardas municipais que estão capacitados a atuar como agentes de trânsito, há também o projeto Barreiras Eletrônicas, em que equipamentos de fiscalização eletrônica com tecnologia OCR de leitura de placas estão instalados nas entradas e saídas da cidade e em avenidas de grande movimentação. As informações sobre os veículos que passam pelos aparelhos são encaminhadas à Polícia Militar, que, em caso de irregularidades criminais, pode realizar operações para interceptação.

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Anúncios