Confira as dicas da EDP para aproveitar a iluminação ambiente e economizar energia no inverno

Até setembro, o inverno no Sudeste tende a deixar os dias mais curtos, forçando o uso das lâmpadas por mais tempo dentro de casa, o que contribui para aumentar a conta de energia. A EDP, distribuidora do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, alerta seus clientes para economizar adotando procedimentos simples que fazem diferença na fatura.

Substituição de lâmpadas:

Levantamento do Inmetro mostra que uma família gasta, em média, de R$ 20 a R$ 30 por mês em uma casa com dois quartos com iluminação de lâmpadas incandescentes, que deixaram de ser comercializadas em 1º de julho. Substituindo-as por fluorescentes, o custo mensal cai para R$ 4.

A substituição das lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes ou de LED pode ocorrer de forma gradativa, com a escolha de um cômodo da residência para receber a nova iluminação. A entrada da residência, iluminada durante toda a noite, pode ser o primeiro local a receber a lâmpada mais eficiente.

LED Lighting Bulb
Uma lâmpada incandescente converte apenas 5% da energia que utiliza em luz, enquanto a LED tem aproveitamento de 40%.

Os modelos incandescentes e fluorescentes utilizam diferentes tecnologias para converter a energia em luz. A primeira gasta mais eletricidade para produzir a mesma quantidade de luz que uma fluorescente – isso ocorre porque apenas 5% da energia consumida vira luz, e os outros 95% se perdem em calor.

Ainda que seja necessário um desembolso maior, a fluorescente de 15 watts dura mais que a incandescente de 60 watts e pode gerar economia de energia de 75%, que fará muita diferença na fatura. É uma redução que vale o investimento”, diz Marcos Scarpa, relações institucionais da EDP.

Além da troca de lâmpadas, aproveitar ao máximo a luz natural do dia também contribui para economizar energia. Sempre que possível, janelas, persianas e cortinas precisam favorecer o aproveitamento da luz solar.

A pintura das paredes e do teto dos cômodos influencia a iluminação do ambiente. O ideal é utilizar cores claras na pintura, aproveitando o reflexo das lâmpadas.

Outras dicas para economizar energia no inverno:

  • Apague sempre as lâmpadas que não estiver utilizando, salvo aquelas que contribuem para sua segurança.
  • Utilize somente lâmpadas de voltagem compatível com a rede local da concessionária.
  • Use o chuveiro, sempre que possível, na posição “verão”, pois assim você economiza cerca de 30% de energia.
  • Limite seu tempo debaixo da água quente.
  • Não tente aproveitar uma resistência queimada, pois isso acarretará aumento de consumo.
  • A geladeira deve ser protegida dos raios solares e mantida afastada do calor do fogão.
  • Os alimentos, quando quentes, não devem ser guardados no refrigerador ou no freezer.
  • A borracha de vedação da porta deve estar sempre em bom estado, evitando a fuga de ar frio.
  • Regule o termostato adequadamente em estações frias do ano. Consulte o manual do fabricante.
  • Aquecedor: ao usá-lo, mantenha portas e janelas fechadas. Regule adequadamente o termostato, mantendo a temperatura desejada no ambiente.
Anúncios