Rede Bom Prato servirá almoço especial de Dia das Mães nesta sexta (08/05/2015)

Os restaurantes populares Bom Prato estão em festa. Na próxima sexta-feira (08/05/2015), comemoram o Dia das Mães com almoço especial. Cada unidade tem um cardápio diferente, feito no capricho e com todo carinho, incluindo arroz, feijão, pãozinho, prato principal, guarnição, salada, suco e sobremesa.

Os pratos variam em cada unidade e entre eles valem os destaques: bife a pizzaiolo, fricassé de franco, isca suína e macarronada da mama. De sobremesa, o usuário poderá ainda degustar de doce de leite, pudim de chocolate ou gelatina. Apesar do cardápio diferenciado, não haverá alteração do valor nutricional ou do custo da refeição para os frequentadores do restaurante popular.

O almoço começa ser servido às 10h30 para público prioritário (crianças, idosos e pessoas com deficiência) e, às 11h00, para público em geral.

Além da alimentação, também são oferecidos cursos de capacitação na área de alimentos dentro do Bom Prato. As inscrições e a capacitação são do Via Rápida Emprego, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. O restaurante também abriga um posto do Acessa São Paulo, que oferece inserção digital e internet gratuita.

O Bom Prato de Mogi atende na Rua Prof. Flaviano de Melo, nº 378 – Centro (veja no mapa)

Bom Prato de Mogi das Cruzes
O serviço começa a funcionar a partir das 10h30 e segue até o término da cota diária de almoços. Foto: Secretaria de Desenvolvimento Social

Sobre o Bom Prato

O programa de segurança alimentar do Governo do Estado de São Paulo foi criado em dezembro de 2000 com objetivo de oferecer à população de baixa renda, refeições saudáveis e de alta qualidade a custo acessível.

Atualmente há 48 unidades no Estado, sendo 22 localizadas na Capital e as demais na Grande São Paulo, litoral e interior. A rede de restaurantes Bom Prato serve diariamente cerca de 80 mil refeições (são 78,9 mil durante a semana e mais 3,7 mil no fim de semana, na unidade de Campos Elíseos).

O almoço, com 1.200 calorias, feito de arroz, feijão, salada, legumes, um tipo de carne, farinha de mandioca, pãozinho, suco e sobremesa (geralmente uma fruta da época) tem custo de R$ 1,00 para o usuário. O subsídio governamental é de R$ 3,50 para adultos e de R$ 4,50 para crianças com até 6 anos, que tem a refeição gratuita.

Já o café da manhã tem leite com café, achocolatado ou iogurte, pão com margarina, requeijão ou frios e uma fruta da estação. A refeição tem 400 calorias em média e custa R$ 0,50 ao usuário. Em setembro de 2011 o serviço foi implantado em todos os restaurantes, com subsídio do Estado no valor de R$ 0,80 por refeição matinal.

Desde a implantação do Programa Bom Prato, foram servidas mais de 135 milhões de refeições e investidos mais de R$ 320 milhões entre custeio das refeições, implantação e revitalização das unidades.

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento Social

Anúncios